Sarney nega veto a nome de Pedro Fernandes

3comentários

O deputado maranhense Pedro Fernandes (PTB) disse que não será mais Ministro do Trabalho.

Na semana passada, Pedro Fernandes disse que foi indicado ao cargo pelo PTB e que havia aceitado o convite. Ele chegou a afirmar que a sua nomeação sairia na semana passada no Diário Oficial da União.

Nesta terça-feira (2), Pedro Fernandes divulgou nota na qual afirma que não será mais ministro do governo Temer. Segundo o deputado, o seu nome iria criar embaraço na relação entre o presidente Michel Temer e o ex-presidente José Sarney.

“Quero registrar o meu agradecimento ao presidente do PTB Roberto Jefferson, ao líder doPTB na Câmara Federal Jovair Arantes, ao ex-ministro Ronaldo Nogueira (PTB) pela indicação feita ao presidente Michel Temer do meu nome para o Ministério do Trabalho e Emprego e a toda a bancada pelo acolhimento desta, demonstrado pelas manifestações de carinho. Infelizmente não deu, devido ao embaraço que o meu nome cria na relação do presidente Michel Temer com o ex-presidente José Sarney. Obrigado amigos”, afirmou.

Em entrevista ao colunista Gerson Camarotti, o ex-presidente José Sarney negou que tenha vetado o nome de Pedro Fernandes para o Ministério do Trabalho no governo Temer.

“Não fui consultado e não vetei. Ele [Pedro Fernandes] quer arrumar uma desculpa. Colocar a responsabilidade sobre as minhas costas. Se, no passado, não vetei Flávio Dino para a Embratur, não faria isso para alguém que foi nosso amigo”, explicou Sarney.

Com veto ou não, o fato é que Pedro Fernandes não será mais ministro do Trabalho e de certa forma saiu desgastado no episódio, pois foi ele mesmo que chegou a afirmar que seria ministro na semana passada.

3 comentários para "Sarney nega veto a nome de Pedro Fernandes"


  1. Francisco Gaglianone

    Apesar de saber que o veto ao nome foi por outros motivos…valeu Sarney!!!
    Ainda bem que vetou o nome desse Deputado Federal, quem votou a favor da Reforma Trabalhista, não iria acrescentar nada ao mundo do trabalho como Ministro.

  2. jocca

    Sarney nem deveria tá dando explicacoes a respeito, GUERRA POLÍTICA É GUERRA,quer dizer entao que quando Pedro Fernandes e Gastao (os dois se locupletaram durante muitos anos sendo secretários de estado no grupo) pularam para a barca de FD que está no poder, É NORMAL E ESTÁ CORRETO? Agora quando fazem alguma coisa contra os mesmos na ESFERA POLITICA TÁ ERRADO? Lugar de choro é na cama, e a ELEICAO VEM AI……..

  3. ALUISIO

    ESPERO QUE OS MARANHENSES NÃO ESQUEÇAM DE QUE SARNEY É O MAIOR ALIADO DO GOVERNO TEMER UM GOVERNO CORRUPTO E QUE RETIRA DIREITOS DOS TRABALHADORES…ACREDITO QUE A ERA SARNEY ACABOU AQUI NO MARANHÃO, SO CONSEGUEM GANHAR CARGOS NO LEGISLATIVO GRAÇAS A MUITO…..( SEI QUE SERA CENSURADO, MAS TODO SABE O QUE É). MAS PARA O BEM DO POVO ACREDITO QUE A DOUTORA ROSEANA, COMPETENTE, GRANDE POLITICA, INTELIGENTE, GESTORA, APESAR DE TODOS OS ATRIBUTOS (RSRS) NÃO TERÁ A MINIMA CHANCE E OLHA QUE FLAVIO DINO É UM CANDIDATO FRACO, A MEU VER.

deixe seu comentário