Noite de gala no Troféu Mirante Esporte

0comentário

Conhecidos nesta quinta-feira (25), os vencedores do Troféu Mirante Esporte 2017 – A maior premiação do esporte no Maranhão que é realizada pelo Grupo Mirante.

Os atletas de 27 modalidades foram indicados por suas federações e os melhores escolhidos por um júri técnico formado por jornalistas e radialistas que trabalham na cobertura esportiva na TV Mirante, Rádio Mirante AM, Imirante, O Estado e Globoesporte.com.

A noite de gala do esporte maranhense foi realizada no cenário do luxuoso do Teatro Arthur Azevedo.

Além dos melhores nas modalidades, foram conhecidos o melhor atleta no júri técnico Ulisses, do Cordino; melhor atleta na votação popular Ricardo Filho e melhor federação que ficou com o ciclismo. Ainda tivemos uma homenagem à APAE.

Veja os vencedores:

Atletismo – Walisson Sousa Santos
Automobilismo – João Afro
Badminton – Ana Luisa Leite Zecchin
Basquete – Kassius Clay
Beach Soccer – Luís Alberto do Nascimento Braga (Datinha)
Capoeira – Robert Marley Carvalho de Sousa
Ciclismo – Esdras Sousa Penha
Fisiculturismo – Letícia Melo
Futebol – Ulisses Alves Viana (Cordino)
Futsal – Sol Sales
Ginástica – Marília Lima
Handebol – Emilly Diniz
Jiu-Jitsu – Bruno Ribeiro
Jogo de Damas – Kelly Silva Vieira
Judô – Claudio Flávio Santos Santana Filho
Karatê – Matheus Lima Dourado
Kitesurf – Bruno Lobo
Motociclismo – Rui Silvio de Oliveira Passos Segundo
Natação – Júlia Nina
Sinuca – Bartolomeu Feitosa (Beto)
Surf – Arthur Victor Trindade de Sousa (Kadú Paquinha)
Tênis de Mesa – Francisco Guilherme Nogueira Cruz
Tênis de Quadra – João Lopes
Tiro Esportivo – Emir Wendler
Triathlon – Dilson Para
Voleibol – Thais Facundes Santana Santos da Silva
Xadrez – Felipe Damous

Foto: Paulo Soares/ O Estado

sem comentário »

Marlon Reis considera Lula inelegível

3comentários

É claro que o maior questionamento, após a segunda condenação do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT), desta vez pelo TRF-4, é se o petista está ou não inelegível para o pleito eleitoral de 2018.

O site Congresso em Foco foi procurar a resposta na origem, ou seja, foi conversar com o ex-juiz maranhense, Marlon Reis, que simplesmente foi o idealizador da Ficha Limpa no Brasil. O ex-magistrado, que trocou a toga pela carreira política, foi enfático ao falar sobre o assunto.

“A Lei da Ficha Limpa é clara no sentido de que o pronunciamento condenatório de qualquer órgão colegiado já basta para tal”, disse Marlon Reis, ao comentar a condenação de Lula pelo TRF-4, órgão colegiado que por unanimidade decidiu condenar o ex-presidente a 12 anos de prisão.

Marlon Reis também lembrou que Lula poderá recorrer da decisão e conseguir uma liminar para participar do processo eleitoral, mas essa liminar deve fazer com que seu recurso seja julgado com maior celeridade.

O maranhense rebateu críticas que, agora, estão sendo feitas a Lei da Ficha Limpa por aliados de Lula, por conta da sua condenação. Marlon Reis lembrou que a legislação não foi feita para alcançar esse ou aquele, mas sim todos os políticos que cometessem irregularidades.

“Se há alguma crença de injustiça no caso dele, ela deve ser dirigida à Justiça Criminal, não à Lei da Ficha Limpa, que não tem nada a ver com isso. A Lei da Ficha Limpa é abstrata, não foi pensada para atingir ninguém em particular. Ela precisa ser defendida com afinco, porque chama atenção para a necessidade de mudança de comportamento na política”, defendeu.

Desta forma, está ficando cada vez mais difícil acreditar na candidatura de Lula para a Presidência da República, pelo menos nas eleições de 2018.

Blog do Jorge Aragão

3 comentários »

Prefeitura desobstrui canal do Coroadinho

0comentário

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), esta dando prosseguimento à limpeza de canais e bueiros na cidade, realizando a desobstrução de um trecho do canal do Coroadinho contíguo à Unidade de Educação Básica Darcy Ribeiro. A obstrução do canal ameaçava provocar inundações de ruas e moradias em pelo menos três importantes regiões do Sacavém, Salinas, Coroado e Coroadinho.

Pelo menos 15 toneladas de material foram retiradas pelos equipamentos utilizados pela Semosp na extensão de 200 metros do canal, na margem da Avenida dos Africanos. Em alguns pontos estão sendo substituídas manilhas e caneletas para permitir maior vazão da água.

O cronograma de limpeza do canal do Coroadinho segue o plano implementado pelo prefeito Edivaldo para conter ameaças de inundação em várias partes da cidade. “Esse é um trabalho de rotina que a Prefeitura, por orientação do prefeito Edivaldo, mantém na cidade. Neste período, elegemos algumas prioridades, mas os trabalhos seguem um cronograma previsto para atender a todas as áreas, evitando transtornos”, disse o secretário da Semosp, Antonio Araújo, que acompanhou o início dos trabalhos no local.

Segundo o plano, dentro do prazo de seis meses a limpeza deve alcançar efetivamente todos os 37 canais importantes existentes em São Luís. Com o sistemático despejo de material de construção descartado por moradores das proximidades, o canal do Coroadinho apresentava vários trechos com elevado índice de assoreamento. Além da retirada de material, a equipe da Semosp prossegue com a desobstrução das boca de lobo, permitindo melhor escoamento das águas pluviais.

Foto: A. Baeta

sem comentário »

MPF propõe ação em área de mangue

1comentário

O Ministério Público Federal no Maranhão propôs uma ação civil pública contra a União e a Prefeitura de São Luís por não controlar as construções realizadas em área de manguezal às margens do rio Anil e por não tomar providências para garantir a moradia de famílias que vivem em situação de risco.

Segundo o órgão, toda a região é de preservação permanente. O local é inundado pelas marés do rio Anil, que desempenham papel biológico na manutenção dos processos ecológicos e atuam como filtro biológico, o que contribui para a melhoria da qualidade das águas.

O MPF informou que o quadro de ocupação cresceu sem a correspondente atenção do poder público na última década. Além disso, a omissão do poder de polícia teria contribuído para a ocupação do solo urbano em área de manguezal, o que prejudicou o ecossistema e a qualidade das águas do rio Anil com reflexos na orla costeira de São Luís.

De acordo com o órgão, na região foram encontradas casas já instaladas em área de mangue, além de demarcações para futuras construções. Além disso, os ocupantes residem sem abastecimento de água, coleta de esgoto e resíduos sólidos, espaços de lazer, o que é incompatível com o direito à moradia adequada, resguardando um ambiente sadio, equilibrado e digno.

O MPF-MA requer a manutenção da fiscalização regular para conter novas ocupações, exercício do poder de polícia e identificação das construções passíveis de recuperação ambiental no prazo de 180 dias.

No caso das construções irregulares, o órgão pede que sejam removidas e que haja o reassentamento das famílias. Se não for possível recuperar a área, o MPF pede a regularização das ocupações.

Foto: Reprodução/ TV Mirante

Leia mais

1 comentário »

‘Torcedores’ voltam a prejudicar o Sampaio

0comentário

O “torcedor” do Sampaio ou melhor “alguns irresponsáveis de plantão no Castelão” ainda não entenderam que não podem mais continuar prejudicando a equipe, pelo contrário devem apoiar e verdadeiramente vestir a camisa do clube nas competições nacionais.

Digo isto, porque ontem, mais uma vez, o clube foi punido pelo STJD e terá que fazer uma partida em competições nacionais com portões fechados. O Sampaio havia sido punido e recorreu, mas acabou condenado novamente.

A punição foi imposta por conta dos objetos arremessados em campo pelos torcedores contra o trio de arbitragem na partida com o Fortaleza, na semifinal do Campeonato Brasileiro Série C. Tanto o árbitro da partida Héber Roberto Lopes quanto os dois assistentes foram atingidos.

Essa não foi a primeira vez que isso aconteceu, pelo contrário. O Sampaio tem sido presença constante no STJD por conta de episódios como esse.

Hoje, não cabe apenas identificar o culpado. Isso não livra o clube da punição.

O fato é que o torcedor do Sampaio que já não ajuda o clube como deveria tem que tomar consciência de que não pode continuar prejudicando a equipe, pois qualquer hora dessas algo pior pode acontecer e a grande massa Tricolor acabará pagando por conta de um ou alguns irresponsáveis.

Foto: Paulo Soares/ O Estado

sem comentário »

Fala, Lula…

4comentários

4 comentários »

Astro terá que detalhar gastos da Câmara

2comentários

Em audiência realizada nesta quarta-feira (24), pelo juiz titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos da capital, Douglas de Melo Martins, a Câmara Municipal de São Luís ficou obrigada a cumprir uma série de determinações, devendo disponibilizar ao público informações sobre remuneração de pessoal e vereadores, inclusive diárias e passagens; orçamentos e finanças; legislação; tramitação de documentos, entre outros. A sentença da Vara de Interesses Difusos homologou acordo firmado em Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público Estadual (MPMA) contra o Município de São Luís.

Pessoal – A Câmara Municipal terá o prazo de 30 dias para promover a adequação do seu “Portal da Transparência” às exigências estabelecidas por lei, detalhando a relação de todos os vereadores e servidores, com indicação de toda remuneração, referentes ao ano de 2017. Com relação aos dados de 2015 e 2016, o prazo para alimentação do portal será de 5 meses. Já sobre os dados anteriores a 2015, o prazo será até o final do ano de 2018, com os dados que forem encontrados.

No prazo de 60 dias, terá que promover o recadastramento de todos os servidores efetivos, comissionados, requisitados ou prestadores de serviço, colhendo deles todas as informações relevantes para a Administração Pública. Em caso de não comparecimento do servidor ao recadastramento, deverá ser suspensa a remuneração e aberto procedimento administrativo disciplinar para o fim de apuração de eventual falta funcional e, se for o caso, demissão. Ao fim do recadastramento, deverá ser juntada ao processo a relação dos servidores recadastrados com nome, cargo e remuneração.

A Câmara terá ainda o prazo de 4 meses para implantar sistema informatizado de ponto, via biometria, capaz de exercer o controle de entrada e saída de todos os servidores, excetuados somente os vereadores.

Finanças – A Casa deverá ainda, no prazo de 5 meses, promover o detalhamento dos Orçamentos e Finanças, disponibilizando-se acesso no portal da transparência às despesas referentes aos controles de estoque; viagens e passagens aéreas; custeio de vereadores, assim como o detalhamento de todas as demais despesas concernentes às verbas de gabinete, com dados relativos a partir do ano de 2015. Em relação às informações anteriores a 2015, o prazo para disponibilização no portal será até o fim do ano de 2018, com os dados que forem encontrados.

Transparência – No prazo de 30 dias, a Câmara Municipal deverá promover a adaptação do Serviço de Acesso às Informações Públicas ao Cidadão, para que possa atender, incentivar e orientar o público na busca e efetiva análise das informações fornecidas, além de informar sobre a tramitação de documentos e protocolos de requerimentos de acesso a informações.

Outro item do acordo determina que, no prazo de 30 dias, a Câmara disponibilize toda a legislação produzida pela casa no ano de 2017, por meio de link de fácil acesso, tendo em vista se tratar de informação de interesse público. Em relação às leis anteriores a 2017, deverá ser atualizado um ano de legislação a cada semestre.

A omissão de informações decorrentes de atos de gestores anteriores poderá ser objeto de apuração específica do Ministério Público para fins de responsabilização.

Foto: O Estado

2 comentários »

Mudanças na tabela que bagunçam o futebol

17comentários

Infelizmente as coisas continuam as mesmas quando o assunto é tabela do Campeonato Maranhense. Muda toda hora, todo dia em total desrespeito ao Estatuto do Torcedor.

A nova mudança na tabela por conta da partida entre Santa Quitéria e Sampaio é uma prova que existia data para a FMF realizar um campeonato mais equilibrado e que garantisse a realização de jogos em ida e volta, pois quando se quer se muda, mesmo quando isso possa significar “bagunçar” a competição, pois o que menos importa é o torcedor que logo esquecerá tudo.

A tabela foi divulgada com grande antecedência, mas infelizmente somente quando a competição começa é que a “bagunça” vem à tona com a enxurrada de modificações.

Se o Sampaio enfrentou o CSA pela Copa do Nordeste na quinta-feira (18) qual a necessidade do jogo com o Bacabal ter sido na terça-feira (23)? Por que não jogaram na segunda (21).

Se existe problema de logística para jogar a Copa do Brasil em Tucuruí por que não jogar no sábado (27)?

Para piorar a situação, a partida foi levada para o dia 10, mas como se o Sampaio tem jogo no dia 8 contra o Salgueiro pela Copa do Nordeste? O Sampaio vai aceitar jogar com o Moto (dia 3), com o Salgueiro dia (8) e o Santa quitéria (dia 10)?

Mais grave é que o pedido foi feito pelo Santa Quitéria para “estruturar o Rodrigão”. Mas agora? Não houve vistoria? Como um time pede para adiar o jogo para estruturar o campo se o Sampaio tinha interesse por conta da logística para chegar até Tucuruí?

Para que não pensem que estou falando apenas porque é o Sampaio quero lembrar que ontem ouvia a Rádio Mirante e o noticiário do Maranhão dava conta de um possível pedido de transferência do jogo com o Cordino, do Castelão para o Nhozinho Santos.

Imaginem vocês que a mudança de local ainda estava em estudo na quarta-feira. Dessa forma, como os clubes podem querer que o torcedor se programe para um jogo que vai acontecer no sábado.

Tabela deve ser feita e pensada para evitar esse tipo de coisas. É por isso que as nossas tabelas nunca são definitivas, pois mudam em tempo real quase que de minuto a minuto.

Até quando vai ser assim ninguém sabe….

Foto: Lucas Almeida

17 comentários »

Flávio Dino critica condenação de Lula

0comentário

Repercute bastante, nas redes sociais, a postagem feita pelo governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB), após a condenação do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva pelo TRF4.

Para Flávio Dino não pode haver condenação apenas com indícios, sem provas.

“Nem Lula, nem ninguém, pode ser condenado a 12 anos de prisão com base em alegados indícios e em palavra de delator. Ou seja, “provas” de baixíssima qualidade. É o que dizem a Constituição e as leis brasileiras”, disse.

O ex-juiz e o atual governador do Maranhão diz não ter esquecido os conceitos básicos do direito.

“Sou político, com muito orgulho e por opção. Mas não desaprendi conceitos básicos de Direito e por eles tenho dever de lutar. Uma unanimidade formal ou previamente ajustada não deve impedir a continuidade do bom debate”, afirmou.

Foto: Reprodução Facebook

sem comentário »

Sem mais importância

0comentário

O grau de importância do PT na política no Maranhão deve ser reduzido com a condenação em segunda instância do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que o deixa sem chances reais de disputar as eleições deste ano. E era a densidade de votos do petista que mais chamava a atenção, por exemplo, do governador Flávio Dino.

E foi essa densidade eleitoral no Maranhão que possibilitou o partido conseguir espaços dentro do governo comunista e que fazia com que os petistas sonhassem com a possibilidade de compor a chapa majoritária de Dino na vaga de vice ou com um candidato ao Senado.

Mas com a condenação de Lula ficam praticamente reduzidas a zero as chances de Márcio Jardim, ex-secretário de Esporte do governo, conseguir ser o segundo candidato a senador de Flávio Dino.

E os espaços dados ao PT no governo comunista somente permanecerão porque o partido ainda tem um atrativo: o tempo de televisão na propaganda gratuita eleitoral.

Mas com a condenação de Lula os petistas que ainda sonhavam com mais “bondades” de Dino agora terão que acordar e encarar a nova realidade, porque o amor do comunista pelo partido do ex-presidente deve diminuir bastante.

Sem sangue

Talvez, se o PT do Maranhão tivesse outro presidente, o partido poderia estar melhor posicionado no governo estadual. Mas Augusto Lobato – que é assessor especial de Flávio Dino – é apegado a sua nomeação no governo comunista. Além disso, Lobato não costuma contrariar o secretário Márcio Jerry, que é quem de fato – segundo os colegas petistas – anda dando as cartas no partido.

Problemas

A falta de posição firme de Augusto Lobato vem incomodando o deputado estadual Zé Inácio e o deputado federal Zé Carlos. Os petistas têm afirmado que, além de não lutar pelo PT junto ao governo, Lobato tem criado problemas na gestão do partido. O presidente encontrou três funcionários no diretório estadual e decidiu colocar mais cinco, o que vem causando problemas para fechar as contas mensais.

Foto: Divulgação

Estado Maior

sem comentário »