PT descarta seguir com Weverton Rocha

9comentários

O Partido do Trabalhadores (PT) demonstra união neste momento em torno da candidatura do ex-secretário de Desporto e Lazer (sedel), Márcio Jardim para o Senado.

O PT defende a candidatura de Márcio Jardim na chapa encabeçada pelo governador Flávio Dino (PCdoB).

Ontem à noite, o presidente do PT em São Luís, vereador Honorato Fernandes que é candidato a deputado estadual esteve reunido com Márcio Jardim.

Eles reafirmaram a candidatura de Márcio Jardim e descartaram acompanhar a candidatura de Weverton Rocha (PDT). O nome de Weverton Rocha já foi confirmado pelo governador Flávio Dino como um dos candidatos ao Senado em sua coligação, mas Jardim lembra que o PDT etrá candidato a presidência da República, assim como o PT que terá Lula.

“Não vamos acompanhar o PDT para o Senado”, disse Honorato.

Na semana passada, em entrevista ao Blog do Zeca Soares, Márcio Jardim disse acreditar que a sua relação histórica com o PT e proximidade com Lula reforçam a importância da sua candidatura ao Senado.

“Comecei minha militância política muito cedo. Entrei no PT antes de ter título de eleitor. Fui vice presidente da UNE e andei pelo Brasil inteiro nas lutas da nossa juventude. Em 1998 fui coordenador nacional da campanha Lula para a juventude. Já viajei para muitos países em representação oficial do PT. Hoje estou como membro do Diretório Nacional. Sou muito grato pelo que o Lula e o PT representam na minha vida. O presidente Lula e a nossa presidenta Gleisi sabem que em mim eles podem confiar”, explicou.

9 comentários »

Márcio Jardim mantém foco no Senado

1comentário

O ex-secretário de Desporto e Lazer (Sedel), Márcio Jardim (PT) demitido pelo governador Flávio Dino (PCdoB) para que pudesse abrigar o Partido Progressista (PP) em seu governo disse ao Blog do Zeca Soares acreditar que o Partido dos Trabalhadores venha a assegurar espaço na chapa encabeçada pelo comunista na eleição deste ano.

Jardim lembrou que essa posição foi tomada no Congresso Estadual do PT, no sentido de garantir voz em defesa do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva.

“Esse é um entendimento de todo o partido que se expressa numa resolução unânime tirada em seu congresso Estadual. 2018 será uma batalha crucial para a defesa do legado do presidente Lula. Nosso desejo é que tenhamos uma voz em defesa do Lula no palanque”, afirmou.

Nesse sentido, Márcio Jardim diz acreditar que a sua aproximação com Lula possa ajudar pela relacão histórica para que o seu nome venha a ser colocado como opção para a chapa do governador Flávio Dino como um dos candidatos ao Senado.

“Comecei minha militância política muito cedo. Entrei no PT antes de ter título de eleitor. Fui vice presidente da UNE e andei pelo Brasil inteiro nas lutas da nossa juventude. Em 1998 fui coordenador nacional da campanha Lula para a juventude. Já viajei para muitos países em representação oficial do PT. Hoje estou como membro do Diretório Nacional. Sou muito grato pelo que o Lula e o PT representam na minha vida. O presidente Lula e a nossa presidenta Gleisi sabem que em mim eles podem confiar”, explicou.

Perguntado sobre como ficaria a sua situação caso a candidatura de Lula não venhar a ser confirmada, Márcio Jardim foi curto e direto: “Lula será candidato”, finalizou.

1 comentário »

Márcio Jardim: uma complicação para Dino

1comentário

Nada é tão ruim que não possa piorar. Essa parece a situação do governador Flávio Dino para definir os dois nomes que serão candidatos ao Senado na sua chapa na eleição de 2018.

Flávio Dino já publicamente confirmou que um dos seus candidatos será o deputado federal Weverton Rocha (PDT), mas ainda não oficializou o segundo nome, apesar de informações seguras garantirem que Flávio Dino vai anunciar o nome do deputado federal José Reinaldo como o segundo candidato, assim que o ex-governador se transferir para o DEM. A garantia teria sido dada ao presidente da Câmara Federal e presidente Nacional do DEM, Rodrigo Maia, em recente visita ao Maranhão.

Apesar disso, os outros dois deputados federais – Waldir Maranhão e Eliziane Gama (PPS) – ainda não desistiram desta segunda vaga e seguem pressionando o governador.

Neste fim de semana o imbróglio aumentou para o comunista. O ex-secretário de Esporte do Maranhão, o petista Márcio Jardim, tem afirmado que já conseguiu junto a Direção Nacional do PT o aval para a sua pré-candidatura ao Senado.

Jardim esteve participando de um encontro nacional do PT em São Paulo e garante que lá sua pré-candidatura foi oficializada. Ou seja, agora são quatro nomes brigando por uma vaga, vaga essa que estaria prometida para José Reinaldo.

Apesar de estar sem mandato, a vantagem de Márcio Jardim é o partido, o PT. Por ser um dos maiores do Brasil, e tendo Lula como pré-candidato à Presidência da República, o PT é fundamental na tentativa de reeleição de Flávio Dino.

Justamente por essa importância, Márcio Jardim sempre tem defendido que o PT participe da chapa majoritária do comunista, não sendo apenas mero figurante. Jardim inclusive já se posicionou publicamente sobre o assunto. Veja abaixo postagem do mês de agosto deste ano.

“Se o PT do MA quiser existir no tabuleiro da disputa de 2018 tem que apresentar nome (s) para a chapa majoritária @gleise @MarcioMacedoPT”.

O ex-secretário de Esporte de Flávio Dino também já deixou claro que seria difícil o PT apoiar a candidatura de José Reinaldo ao Senado (reveja).

Pelo visto o problema de Flávio Dino aumentou e como o Blog já disse, quanto mais o comunista demorar a se posicionar, mais embaraços irá criar com aqueles que forem preteridos.

Blog de Jorge Aragão

1 comentário »

Aula ou campanha na escola?

4comentários

Depois que foi demitido pelo governador Flávio Dino da Sedel, o ex-secretário Márcio Jardim vem anunciado o seu retorno às salas de aula, fato que ainda não se registrou. Mas essa semana, Jardim repostou no Facebook, uma publicação feita há três anos (do dia 13 de novembro de 2014), quando ainda esperava ser nomeado secretário.

“Depois de um período afastado da atividade do magistério para exercer a função de Sub-Secretário de Assuntos Federativos da Prefeitura de Maricá/RJ, Secretário de Articulação Institucional da Prefeitura de São Luis/MA e também para a disputa eleitoral deste ano, retomei esta semana os trabalhos em sala de aula”, destacou.

Na época, o “professor de história”, Márcio Jardim escolheu um tema que merece a reflexão de todos: “A Era das Revoluções”. Coincidência ou não, o ítem 6.5 chama bastante atenção.

O professor Márcio Jardim aborda “A Tomada da Bastilha”e a “Derrocada da Oligarquia”….

O que chama atenção é o destaque para o ítem. No quadro percebam que o número 6.5 que está circulado é o número de campanha do governador Flávio Dino. E o tema “Oligarquia”. Vejam que é o único ítem destacado.

No último dia 13 de novembro, em seu perfil no Facebook, Márcio Jardim repostou quatro fotos com o 6.5 em destaque, relembrando o episódio.

A mim não parece uma simples coincidência. Será que o ex-secretário está querendo ser lembrado pelo governador e voltar a exercer um cargo público que não o de professor?

Só lembrando que, a repostagem ocorre após Márcio Jardim ter sido demitido e humilhado pelo governador Flávio Dino, pois a secretaria que Márcio Jardim ocupava foi entregue a um outro partido político em plena disputa dos Jogos Escolares Maranhenses.

Fotos: Facebook

4 comentários »

Márcio Jardim coladinho em Lula

0comentário

Exonerado do cargo pelo governador Flávio Dino (PCdoB), o ex-secretário de Estado de Desporto e Lazer (Sedel), Márcio Jardim aposta em sua aproximação com o e-presidente Lula para garantir uma possível candidatura ao Senado pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Márcio Jardim sabe que o seu nome nunca figurou lista de Flávio Dino, prova disso foi a forma como foi demitido e o silêncio que tomou conta do PT, por isso, depois de colar em Lula na Caravana pelo Nordeste, decidiu repetir a dose no fim do mês quando da passagem da Caravana de Lula em Minas Gerais.

“Impossível não se emocionar com tanta demonstração de carinho, amor e gratidão que as pessoas demonstram. Posso afirmar que elas serviram para fortalecer em mim a convicção que lutar pela democracia e por um Brasil com justiça social é o lado certo da história”, escreveu.

Ao se aproximar cada vez mais de Lula, Márcio Jardim acredita ganhar musculatura na briga por uma candidatura ao Senado, mas sabe que Dino não lhe coloca entre os possíveis escolhidos e sabe que à sua frente estão Waldir Maranhão, Zé Reinaldo, Weverton Rocha, Bira do Pindaré e até Eliziane Gama.

Para muitos no grupo de Flávio Dino, uma possível candidatura de Márcio Jardim só atrapalharia os planos.

Por tudo isso, Marcio Jardim anda coladinho em Lula para tentar se viabilizar candidato ao Senado.

Resta saber se o PT, Lula e Flávio Dino vão querer..

Foto: Divulgação

sem comentário »

Sedel cancela JEMs no Costa Rodrigues

3comentários

A Sedel decidiu mudar o local as finais dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) na categoria infanto que seriam disputadas no ginásio Costa Rodrigues.

Pela tabela, os jogos estavam previstos para o ginásio Costa Rodrigues que seria entregue na próxima sexta-feira (20) aos desportistas maranhenses.

A tabela dos jogos foi elaborada ainda na gestão do ex-secretário Márcio Jardim que de maneira precipitada marcou as decisões do basquetebol e voleibol para o Costa Rodrigues, mas segundo o novo secretário Hewerton Pereira, o piso não ficou pronto.

“Ainda faltam um detalhes, mas coisa que pode prejudicar o desempenho dos atletas”, disse Hewerton.

No dia 11 de outubro, após visita ao Costa Rodrigues, o ex-secretário Márcio Jardim escreveu: “Saíndo agora de mais uma vistoria no Ginásio Costa Rodrigues. O sonho de reabrí-lo para disputas dos JEMs será realizado na próxima semana”, disse.

Estava mais do que na cara que o Costa Rodrigues não ficaria pronto a toque de caixa. Aliás, o ginásio foi entregue completamente reformado na gestão anterior, mas sem uso nos últimos três anos acabou apresentando novos problemas.

Com a mudança, as finais do voleibol serão no ginásio Manoel Trajano e as do basquetebol, no ginásio Paulo Leite, ambos no Complexo esportivo do Outeiro da Cruz, local onde foram disputados a primeira fase e as semifinais.

Foto: Arquivo Pessoal

3 comentários »

Uma lição para Márcio Jardim e o PT

5comentários

A demissão do secretário de Estado de Desporto e Lazer, Márcio Jardim ainda está rendendo nos bastidores políticos, principalmente no Partido dos Trabalhadores (PT).

Jardim e muita gente no PT vai demorar a assimilar o gesto de Flávio Dino, principalmente por ocorrer às vésperas dos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) e da reabertura do emblemático ginásio Costa Rodrigues.

Descartado do governo por meio de interesses políticos, Márcio Jardim pagou o preço por comprar brigas e mais brigas com adversários políticos de Flávio Dino. Era sempre o primeiro a sair em defesa do governador.

Lembro que todas às vezes que critiquei algo da Sedel aqui, logo Márcio Jardim remetia às questões políticas. E rabatia dizendo que eram críticas técnica, mas ele, quase sempre “míope” e cego de paixão pelo governador entendia diferente.

Mas o que Márcio Jardim recebeu em troca? Uma exoneração do cargo que teve que brigar no começo para que fosse contemplado. Logo no começo, o governador deixava claro que Jardim não seria a principal opção. Agora, talvez, após a exoneração, o “companheiro de muitas trincheiras” possa refletir melhor sobre o assunto.

Da forma como tudo aconteceu, Jardim nunca foi tão importante e necessário ao governo… Só estava ocupando uma cadeira até que o governador decidisse colocar uma outra pessoa.

Agora, ao ser exonerado, Jardim terá que lutar dentro do PT e do próprio governo (mesmo estando fora dele) para viabilizar uma canditura ao Senado, o que não será tão fácil, pois neste caso as prioridades de Flávio Dino são Weverton Rocha e Waldir Maranhão.

Que o episódio sirva de lição a Márcio Jardim e ao PT….

5 comentários »

Jardim defende Dilma no Senado pelo MA

10comentários

O petista Márcio Jardim, atual secretário de Estado de Desporto e Lazer (Sedel), defendeu, nas redes sociais a candidatura da ex-presidenta Dilma Rousseff que sofre impeachment no ano passado ao Senado pelo Maranhão. Ela tem domicílio eleitoral no Rio Grande do sul.

“Penso que o PT do MA deveria colocar a legenda no estado totalmente a disposição dessa lutadora @Dilma. Venha, companheira Senadora!”, afirmou.

Segundo Jardim, a presença de Dilma engrandecerá qualque unidade da federação por onde sair candidata ao Senado. “Sou entusiasta que seja pelo meu Maranhão”, disse.

Resta saber o que pensa o eleito do Maranhão a esse respeito.

10 comentários »

Márcio Jardim está de saída da Sedel

3comentários

A saída de Márcio Jardim da Secretaria de Desporto e Lazer (Sedel) já é dada como certa. A mudança estaria prevista dentro das medidas que estão sendo tomadas pelo governador Flávio Dino (PCdoB) para abrigar “novos aliados”.

Ao anunciar mudanças na equipe na última terça-feira (1º), Flávio Dino adiantou que novas mudanças ocorrerão no governo. “Dando continuidade a ajustes na estrutura de governo, faremos mais algumas mudanças nos próximos dias”. Uma delas deverá ser no esporte.

O próprio secretário Márcio Jardim já fala sobre o assunto abertamente. Em contato com o Blog do Zeca Soares, ele adiantou que ainda não foi comunicado oficialmente sobre a mudança.

“Oficialmente não me comunicaram ainda, mas efetivamente isso está em discussão. O governo está aí acomodando novos aliados e a mudança na composição no secretariado está em curso. O fato é que tem uma negociação”, afirmou Marcio Jardim.

Um dirigente do Partido dos Trabalhadores (PT) adiantou que o assunto ainda não foi tratado entre o partido e o governo Flávio Dino. Márcio Jardim deve ser candidato na eleição do ano que vem a deputado estadual.

Nos bastidores comenta-se que a pasta teria sido oferecida inicialmente ao DEM, de Juscelino Filho que não teria aceito. O PP de André Fufuca também estaria no páreo. No governo ninguém comenta o assunto.

Outra informação que circula nos bastidores é que o comando da Sedel seria entregue ao deputado estadual Josemar de Maranhãozinho (PR) que indicaria um nome e assim Flávio Dino contlemplaria o Partido Republicano.

Outro nome citado é o do ex-deputado Hélio Soares, mas este tem dito que presente se candidatar a deputado estadual e teria interesse na Cultura.

Vamos aguardar…

Foto: Divulgação

3 comentários »

Márcio Jardim questiona ‘apoio’ a Zé Reinaldo

0comentário

O governador Flávio Dino, como de costume, “namora” com inúmeros partidos políticos das mais diversas correntes e pensamentos, pois busca uma ampla aliança para a sua reeleição. Entretanto, pelas últimas pesquisas e pela conjuntura atual, não é segredo para ninguém que a prioridade para o “casamento” será o PT do ex-presidente Lula.

Flávio Dino também tem quatro aliados, todos deputados federais – Eliziane Gama (PPS), Weverton Rocha (PDT), Waldir Maranhão (PP) e José Reinaldo (PSB) – pleiteando sair na chapa comunista como candidatos ao Senado Federal.

Somando essas duas situações é bem provável que, apesar de ser o padrinho político de Flávio Dino, o ex-governador José Reinaldo possa ter dado adeus, mais uma vez, a sua candidatura ao Senado, pelo menos ao lado do comunista.

Logo após a votação da Bancada Federal, o secretário de Esporte do Maranhão, o petista Márcio Jardim, fez um questionamento pertinente nas redes sociais.

Ou seja, se Flávio Dino vai realmente querer o PT ao seu lado, os petistas também terão o direito de exigir que na chapa do comunista estejam políticos que apoiem e trabalhem pelo retorno do ex-presidente Lula à Presidência da República, o que convenhamos não foi o caso de José Reinaldo.

Pior é que para manter sua candidatura ao Senado, caso seja “escanteado” pelo seu “afilhado político”, José Reinaldo teria que se aliar ao desafeto Roberto Rocha, ou fazer as pazes com Roseana e brigar por uma vaga na chapa, ou ainda se unir a Maura Jorge.

Blog de Jorge Aragão

sem comentário »