Caos na Saúde

0comentário

O anúncio de greve dos médicos que atuam nas unidades de Saúde da rede estadual é apenas o início de uma crise profunda no setor, que enfrenta graves problemas estruturais.

Os profissionais da Medicina reclamam do atraso no pagamento de salários acumulado desde o mês de setembro.

O secretário de Saúde, Carlos Lula, tem um problema e tanto nas mãos e, até então, não sinalizou com uma resposta contundente à categoria.

Penalizou

O atraso de salários de pelo menos três meses é, na ótica dos médicos, uma expressão da desvalorização pela qual é submetida a categoria dos profissionais da Saúde no Maranhão.

Além disso, há os problemas de condições de trabalho nas UPAs e nos hospitais regionais construídos no Programa Saúde é Vida, com falta de materiais básicos nas unidades.

Para médicos que enfrentam o dia a dia nas unidades de saúde, o setor está na UTI.

Estado Maior

sem comentário »

Wellington alerta para paralisação das UPA’s

0comentário

O deputado estadual Wellington do Curso apresentou indicação em que solicita ao governador Flávio Dino que pague os salários dos médicos do Maranhão. De acordo com as solicitações que chegaram ao gabinete do deputado Wellington, desde setembro, os médicos das UPAS em São Luís não estão recebendo os salários. Já os médicos do interior estão sem receber desde agosto.

Ainda de acordo com relatos dos médicos ao deputado Wellington, foi feita uma reunião com o Conselho Regional de Medicina há, aproximadamente, umas duas semanas, quando decidiram que seria feito o pagamento referente ao mês de setembro, mas até agora coisa alguma foi feita.

“É preciso deixar claro que pagar salário dos médicos não é favor. É obrigação! Há médicos que não recebem desde agosto. Outros não recebem salário desde setembro. Fizeram um acordo, mas que já foi descumprido. Solicitamos aqui que sejam adotadas as devidas providências. Flávio Dino, pague os salários dos médicos do Maranhão. Caso isso não seja feito, quem mais sofrerá é a população. Sobretudo, a parte que necessita das UPA’s. Para propaganda, o governo tem dinheiro. Agora, para a saúde, nem o salário está sendo pago. Continuaremos firmes fiscalizando essa situação. Médicos do Maranhão, contem comigo”, disse o deputado Wellington.

Ainda esse mês, o deputado estadual Wellington do Curso também se pronunciou contra a Portaria N°1.044, do governo, que tenta reduzir o salário dos médicos prestadores de serviço nos hospitais tanto da capital quanto do interior.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Andrea denuncia ‘alerta geral’ na Saúde

2comentários

A deputada estadual Andrea Murad (MDB) publicou nas redes sociais um diálogo em um grupo de whatsapp que foi disparado depois que a parlamentar comunicou à Secretaria de Saúde que fará visita às UPas e demais unidades de Saúde do governo do Maranhão.

o anúncio da visita provocou um verdadeiro alvoroço e logo foi disparado o que chamam de “alerta geral” com aviso de proibição para que a parlamentar entre nos leitos.

O comunicado revela a grave situação da Saúde no Maranhão que os diretores e funcionários das unidades são alertados a esconder numa total demonstraçào de falta de transparência.

“Que papelão desse secretário de saúde! Carlos Lula devia procurar trabalhar para que eu não receba reclamações de funcionários e pacientes de manhã, de tarde e de noite sobre a péssima situação das unidades ao invés de querer me impedir de fiscalizar como consta no print publicado.  Fiscalizar, visitar e cobrar providências sobre os problemas que estão se perpetuando no governo Flávio Dino é o meu trabalho e vou fazê-lo”, destaca Andrea.

“Nas mensagens que trocaram, eles mesmos reconhecem a situação que as Upas e Hospitais do estado se encontram. Vergonhoso! Não adianta esconder de mim se a população, que é o mais importante, está vendo a maldade e o crime que estão cometendo. Fiquem logo avisados que não visitarei somente as Upas, mas várias unidades de saúde do estado de onde recebo denúncias diariamente. Portanto continuarei fiscalizando e denunciando, sempre que o povo me exigir que faça”, reforçou.

Foto: Reprodução/Whatapp

2 comentários »

Falta de oxigênio

2comentários

Andrea Murad vai entrar com representação no MP contra possível falta de oxigênio nas UPAs

A deputada estadual Andrea Murad (PMDB) vai pedir ao Ministério Público que apure a denúncia de falta de oxigênio em três UPAs de São Luís.

Segundo a parlamentar, o problema foi registrado nas unidades da Vila Luizão, Itaqui Bacanga e Parque Vitória, de onde foram transferidos pacientes da UTI por conta de problemas no sistema de oxigênio.

Em novembro do ano passado, a parlamentar denunciou e protocolou uma representação denunciando a falha no sistema de oxigênio que pode ter causado a morte de oito pacientes no Hospital Presidente Vargas. Os casos que já estão sendo investigados pelo Ministério Público.

2 comentários »

André Murad repercute situação nas UPAs

0comentário
Andrea Murad repercute avanços no IDH e Selo UNICEF na Assembleia Legislativa

Deputada Andrea Murad repercute atraso de salários de médicos nas UPAs em São Luís

Por Andrea Murad

Vocês viram o JMTV de ontem sobre as UPAS? Alguns médicos paralisaram os atendimentos por falta de pagamento, mas o que me chamou atenção foi um médico dando entrevista sem mostrar o rosto e com a voz distorcida para não ser identificado.

Estou até agora me questionando que tipo de governo é esse que não dá o direito à liberdade de expressão aos seus funcionários. Pareceu aquelas cenas onde as pessoas dão entrevista na TV contando sobre um roubo, assassinato ou coisa do tipo e não mostram o rosto com medo de serem identificadas pelos bandidos. Tudo por medo de sofrer repressão.

Soube que três médicos foram afastados por causa da reportagem. Existe algo mais absurdo que isso? Não adianta depois querer colocar culpa nas terceirizadas pelas demissões quando ficar ruim perante a população essa vingança absurda.

O governador tem é de voltar os médicos aos seus locais de trabalho e principalmente fazer seus pagamentos ao invés de retaliá-los. Sinto dizer que dessa forma ele vai ter que demitir daqui a pouco quase a totalidade da classe médica do estado porque a insatisfação vem de praticamente todos.

Que governo é esse que dá medo nas pessoas? Mas esse é Flavio Dino, um ser humano incapaz de aceitar críticas e de entender que as pessoas que trabalham no governo que ele administra – de forma muito ruim – precisam de seus salários para viver. Absurdo isso.

*Andrea Murad é deputada estadual

Foto: Nestor Bezerra

sem comentário »

Médicos seguem trabalhando, diz Lula

0comentário

carloslula

O secretário de Saúde do Maranhão, o advogado Carlos Lula, assegurou, através das redes sociais, que os três médicos que foram informados que estavam desligados da UPA da Vila Luizão seguem trabalhando normalmente.

“Nem se quisesse teria como “demitir” algum médico. Eles são sócios de empresas que prestam serviços ao Estado. O Estado, portanto, não possui com eles qualquer relação. E a empresa medica a que pertencem os “denunciantes” permanece prestando serviço”, assegurou.

Carlos Lula também deixou claro que os “denunciantes” não precisam esconder os rostos para fazer as reclamações.

“Os tais “denunciantes”, inclusive, que não sei por qual motivo resolveram esconder o rosto na reportagem, também permanecem trabalhando”, finalizou.

Pelo visto quem ordenou que os três médicos fossem desligados da UPA da Vila Luizão não teve a autorização do secretário Carlos Lula. As explicações do secretário também servem para atualizar o secretário de Comunicação, Márcio Jerry, que, por maldade ou desinformação, afirmou que a TV Mirante utilizou falsos médicos para fazer a reportagem.

Leia mais

sem comentário »

Governo tirano e perseguidor de Flávio Dino

9comentários

FlavioDIno

O governo Flávio Dino deu mais uma prova de sua incoerência, deu mais uma prova que na prática é bem diferente da teoria e que sua tirania e perseguição não tem limites.

O Blog do Jorge Aragão trouxe a informação em primeira mão que os médicos das UPAs iriam paralisar as atividades na quinta-feira (29), caso não recebessem imediatamente o salário do mês de novembro

O assunto rendeu e foi parar na TV Mirante, em reportagem exibida no JMTV 2ª Edição. Onde na oportunidade, dois médicos da UPA da Vila Luizão, que pediram para não ser identificados e sem jamais politizar o caso, relataram os salários atrasados, algo que parece ter virado rotina na gestão Flávio Dino, afinal outras paralisações já haviam ocorridos.

As declarações foram suficientes para que novamente a tirania e a perseguição do Governo Flávio Dino fossem colocadas em cena. Além de cumprir com a sua obrigação, ou seja o pagamento dos salários atrasados após a repercussão na imprensa, o governo do comunista procurou identificar os dois médicos que concederam a entrevista e determinaram o seu afastamento imediato das funções.

Ou seja, o governador do PCdoB, um dos partidos que mais foram as ruas cobrar melhorias e reivindicar direito dos trabalhadores, está “demitindo” dois médicos por eles terem cobrado um direito conquistado, no caso o salário do mês de novembro que estava com quase um mês de atraso. Os dois já receberam a informação que não pertencem mais a unidade da Vila Luizão.

A canalhice não parou por ai. O secretário de Comunicação do Governo Flávio Dino, Márcio Jerry, num ato de despreparo total, utilizou as redes sociais para dizer que a TV Mirante utilizou dois supostos médicos para fazer sua reportagem. Veja abaixo.

MarcioJerry

Ou foi cínico ao limite o secretário Márcio Jerry ou demonstrou total desinformação do governo que ele integra como uma das peças principais. Uma lástima realmente.

Sobre a situação dos dois médicos, o CRM (Conselho Regional de Medicina) já agendou uma reunião para as 16h desta sexta-feira (30) para saber quais medidas serão tomadas juridicamente.

O Blog espera ainda que a categoria, de forte representação e importância no Maranhão, possa ser solidária aos dois colegas, pois eles apenas tiveram a coragem de falar o que todos que estavam com os salários atrasados não tiveram. Entretanto, se seguirem se acovardando e deixarem apenas os dois médicos, que reivindicaram o direito de todos, serem humilhados publicamente pela tirania e perseguição do Governo Flávio Dino, amanhã irão continuar sofrendo com os desmandos do governo comunista e poderão ser as próximas vítimas de demissão.

Ao Blog resta apenas lamentar que um governador que se elegeu apoiando e reivindicando todos os direitos dos trabalhadores, possa usar de um expediente tão rasteiro para inibir quem luta pelos direitos dentro do seu governo.

Também expresso meu espanto e ao mesmo decepção com o silêncio do secretário de Saúde, o advogado Carlos Lula, pois jamais imaginaria que pudesse compactuar com esse tipo de situação.

Aos médicos constrangidos, fica a minha solidariedade e que possam continuar, independente das consequências, lutando pelos seus direitos, de maneira justa e digna, sem agredir ninguém, como fizeram desta vez.

Foto: Divulgação

9 comentários »

Andrea rebate governistas sobre obras

1comentário
Deputada estadual Andrea Murad (PMDB)

Deputada estadual Andrea Murad (PMDB)

Governistas exaltaram reformas executadas pelo governador Flávio Dino e levaram uma dura da líder de oposição, deputada Andrea Murad (PMDB). Para a parlamentar, o atual governo não levantou qualquer nova obra e ainda desfruta das ações deixadas pelo governo anterior.

“Eu quero que alguém me diga alguma obra feita pelo governador Flávio Dino. Qual a obra? Qual a obra sem ser a feita pela gestão anterior, sem que tenha sido os hospitais feitos por Ricardo Murad? Sem serem as estradas feitas pela Ex-governadora Roseana Sarney? Não tem. Não existe. Escutei atentamente as falas dos governistas e quero saber em que Estado eles estão, se é aqui no Maranhão. Eu perguntei qual a obra que o Flávio Dino fez no Maranhão, qual a obra que ele levantou do capim, aí vêm me falar de reforma de escola, isso é obra? Aí vêm me dizer que mudou nomes de escolas, finalizou estradas com as pinturas, isso é obra? Pintar estrada pronta é obra?”, criticou a parlamentar.

Em seu discurso, a deputada destacou a estrutura dos macrorregionais, o perfil das unidades e a negligência com que o governo Flávio Dino vem tratando dos hospitais.

“Realmente levantar um hospital não é lá essas coisas perto do que você coloca dentro e que foi entregue para Flávio Dino e ele deixou sucatear. Aí agora vem dizer que o mais caro ele vai fazer que é manter o custeio dos hospitais. Manter? Ele acabou com os repasses aos municípios. Ele acabou com os macrorregionais existentes, porque ele não consegue manter. Basta você ir aos macrorregionais. O macrorregional de Pinheiro, dirigido pelo próprio aliado dele não funciona como deveria funcionar, ali é um ambulatoriozinho qualquer. Longe de ser Macrorregional. Nunca que aquele Hospital de Pinheiro é um macrorregional. Não funciona nada, ali está uma gambiarra só, essa que é a verdade. Falta tudo lá. É assim que é o governo Dino, as UPAs, por exemplo, foram construídas com o mínimo repasse do governo federal e o resto foi com do Estado. Ele não consegue manter um hospital, quanto mais construir um. Então, inaugura os que ele sempre condenou”, disse Andrea Murad.

Foto: Agência Assembleia

1 comentário »

Acesso garantido

2comentários

UPAAracagi

A pedido do Ministério Público Federal no Maranhão (MPF-MA), a Justiça Federal condenou o Estado do Maranhão a garantir o acesso de qualquer ambulância ou outro veículo de gestão Municipal ou Federal às dependências das Unidades de Pronto Atendimento (Upa), para que o paciente tenha atendimento emergencial em qualquer unidade que compõe o Sistema Único de Saúde (SUS).

A condenação é resultado da ação civil pública proposta pela Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC), que recebeu denúncia feita pela Secretaria Municipal de Saúde de São Luís (Semus) e constatou a recusa do atendimento nas Upas aos pacientes transportados pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do Município.

Segundo a procuradora da República Talita de Oliveira, a conduta do Estado do Maranhão é arbitrária por estabelecer diferença entre pacientes que buscam atendimento nas Upas, mesmo com o caráter único integral e universal do SUS garantido pela Constituição Federal, garantia que não pode ser afastada por questões e divergência político-partidárias.

2 comentários »

Satisfação da população

11comentários

A saúde no Maranhão mudou para cuidar de você. Os depoimentos nos vídeos refletem a satisfação da população nas 10 UPAs em operação, além do Hospital Geral Tarquíno Lopes.

Em São Luís, as UPAS estão em pleno funcionamento no Vinhais, Araçagi, Parque Vitória, Cidade Operária, Itaqui Bacanga e nas cidades de São João dos Patos, Imperatriz, Coroatá, Codó e Timon.

11 comentários »