Assembleia Legislativa repercute ‘visita’ de ministro

8comentários

Magno Bacelar (PV), Cleide Coutinho (PSB), Edilázio Júnior (PV) e Rogério Cafeteira (PMN)

Satisfeitos
Pelo visto os deputados ficaram satisfeitos com as “explicações” do ministro dos Transporte, Paulo Passos. A maioria que utilizou a Tribuna se mostrou até de certa forma radiante e chegou a exaltar que a vinda do ministro a São Luís foi fruto da cobrança feita pela Casa. Só não disseram que foi preciso primeiro, a imprensa cobrar o posicionamento da classe política para que o episódio não passasse em branco. Ou estou errado?

Falha?
A deputada Cleide Coutinho (PSB) lamentou o fato dos deputados de opisição não terem sido convidados para participar da reunião com o ministro Paulo Passos. Foi uma falha do governo sim, mas verdadeiramente quem não foi não perdeu nada. O governo jura de pé junto que os 42 deputados estaduais foram convidados, disse Hildo Rocha ao Blog do Jorge Aragão. E faz sentido, afinal nenhum outro deputado de oposição reclamou não ter sido convidado.

Vigilantes
Os deputados Rogério Cafeteira (PMN) e Eduardo Braide (PMN) fizeram uma apelo para que os deputados continuem vigilantes para que o início da obra venha ocorrer mesmo, como prometido pelo ministro Paulo Passos entre junho e julho do ano que vem. Se os políticos silenciarem novamente é possível que a obra nem saia do papel.

Com razão
Os deputados Edilázio Júnior (PV) e Magno Bacelar (PV) lamentaram que o ministro Paulo Passos não tenha feito a visita no trecho a ser duplicado na BR-135. Era o que todo cidadão maranhense esperava. Sem isso, a visita do ministro ficou sem sentido.

Interesse da Vale
Já os deputados Rogério Cafeteira (PMN), Eduardo Braide (PMN), Zé Carlos (PT) e Stênio Resende (PMDB) criticaram  a susposta interferência da Vale como afirmou durante a reunião no Palácio dos Leões, o secretário de Cidades, Pedro Fernandes. Essa interferência pode ter sido decisiva na suspensão da obra de duplicação da BR-135.

Essa é boa…
Você já leu alguma coisa do Sheikspires? Não? Eu também, não, mas o deputado Magno Bacelar (PV) já deve ter lido. Só estudei mesmo sobre a obra de Shakespeare, considerado um dos mais importantes dramaturgos e escritores de todos os tempos. Seus textos literários são verdadeiras obras de arte e permaneceram vivas até os dias de hoje, onde são retratadas frequentemente pelo teatro, televisão, cinema e literatura. Esse outro, nem genérico deve ser.

Homenagem
A emissora de rádio mais antiga do Maranhão, a Timbira foi homenageada, na tarde desta segunda-feira, pela Assembleia Legislativa do Maranhão, pelos seus 70 anos de comunicação prestados ao estado. Na ocasião foi entregue, pelo presidente do Poder Legislativo, deputado Arnaldo Melo, uma placa de prata comemorativa ao gestor da emissora, Juraci Filho e ao secretário de Comunicação Social, Sérgio Macedo.

8 comentários »

Reforma do edifício João Goulart parou mesmo?

5comentários

Quem passa pela Praça D. Pedro II já deve ter visto a obra de reforma do edifício João Goulart, onde funcionava o INSS. Há alguns anos, o prédio entrou em reforma, mas que até hoje não foi concluído. Porque a obra parou? Quem é o responsável por esta obra no Maranhão? As perguntas são do internauta Orlando Martins que enviou as fotos ao BLOG.

Plano Diretor
Uma comissão que teria sido criada pela Secretaria Municipal de Urbanismo prepara alterações na Lei de Zoneamento que podem incluir aumento de gabarito nos bairros do Calhau e Olho D’Água, e liberação de atividades que estão proibidas nas zonasresidenciais. Essa mudança deve relacionar-se, inclusive, com o fato de estarem destruindo toda a área 2 do Sítio Rangedor para construir condomínios residenciais, arrasando áreas de preservação permanente, como as nascentes do rio Calhau e uma floresta nativa viva, com riqueza imensa de fauna e flora.

Braços cruzados
Médicos do SUS no Maranhão e mais 21 estados suspendem o atendimento nesta terça-feira em protesto contra a baixa remuneração e más condições de trabalho na rede pública. Apenas o atendimento de emergência e urgência será mantido.

Ribamar
O município de São José de Ribamar será contemplado com uma unidade do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA). A formalização do acordo para implantação de um campus do IFMA na cidade aconteceu  hoje, durante reunião entre o prefeito Gil Cutrim (PMDB) e o reitor da instituição pública de ensino, José Ferreira Costa.

Edison Lobão
A 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão recebeu, parcialmente, denúncia oferecida pelo Ministério Públicocontra o prefeito de Edison Lobão, Lorêncio Silva de Moraes. De acordo com a acusação, o gestor apresentou declaração falsa ao TCE e fora do prazo legal na entrega da prestação de contas do exercício de 2009.

Soletrando
A seletiva maranhense do Soletrando 2012 será no dia 26 de outubro, às 14h30, na Unidade Raimundo Franco Teixeira, no bairro do Monte Castelo. Estão inscritos 43 alunos dos municípios de Monção, Santa Inês, Vitorino Freire, São Luís, Parnarama, São Francisco do Brejão, Governador Edison Lobão.

5 comentários »

Era melhor o ministro nem ter vindo a São Luís…

6comentários

Nenhuma novidade na visita do ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Oliveira Passos, que esteve hoje, em São Luís para discutir sobre a paralisação da licitação da obra de duplicação da BR-135, trecho de 26 quilômetros da Estiva até Bacabeira.

O ministro participou de duas reuniões, uma com parlamentares e outra com a governadora Roseana Sarney.

Paulo Passos reafirmou o que já estamos cansados de ouvir: a licitação da BR-135 foi cancelada, temporariamente, para alguns ajustes no projeto da obra.

“Com o entendimento que tivemos junto aos parlamantares, ficou claro a necessidade da conclusão da obra, para beneficiar os maranhenses. É preciso  fazer as correções no projeto, para que todo a estrada seja construída de forma correta e segura”, afirmou.

Foi só!

Interferência da Vale?

O secretário de Cidades, Pedro Fernandes (PTB) afirmou haver interferência da Companhia Vale do Rio Doce na obra da duplicação da BR-135.

“Ela tem um projeto de duplicação de sua ferrovia e isso poderia inviabilizar a duplicação da BR-135”, afirmou.

O ministro dos Transportes, Paulo Passos disse que a afirmação do secretário Pedro Fernandes é apenas uma suposição.

“Não há absolutamente qualquer interferência da Companhia Vale na duplicação da BR-135. Não há hipótese de interferência de ninguém nesse projeto que é prioritário para o Governo Federal e para o Maranhão”, garantiu.

6 comentários »

Iziane confirma time no Maranhão na Liga de Basquete

3comentários

A ala Iziane está de malas prontas para voltar a jogar no Brasil. A jogadora já tem patrocinadores acertados para a formação de um time em São Luís, no Maranhão. Depende, porém, de um detalhe: para que o time saia do papel, a Liga de Basquete Feminina precisa arrumar a casa e confirmar a segunda edição.

“Só estamos esperando essa confirmação da Liga. Assim que definirem as datas, estará tudo certinho. Já temos uma empresa que vai patrocinar, só dependemos mesmo da Liga”, explicou Iziane, que confia em uma decisão positiva, mas não escondeu um fio de decepção com a indefinição. “Acho que é coisa de brasileiro. Deixa tudo para a última hora e as coisas andam devagar mesmo. Eu já me acostumei. Vai começar novembro e podia estar tudo pronto, mas não é assim”, completa.

A maranhense está no centro dos holofotes da seleção brasileira que está disputando os Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Após pedir dispensa do Pré-Olímpico, em que a equipe de Ênio Vecchi conquistou a vaga em Londres-2012, ela aceitou disputar um torneio de menor expressão.

“Estou sem clube, só esperando o time do Maranhão. Também estou sem contrato com a WNBA. Então, estava livre. Mas é importante voltar a defender o Brasil”, conta a atleta.

Uol

3 comentários »

Paula Fernandes é a campeã em venda de discos

5comentários

Parece exagero, mas pode colocar na ponta do lápis para comprovar. Para bater a marca de “Paula Fernandes ao vivo”, é preciso somar as vendas dos discos mais recentes de Exaltasamba, Ivete Sangalo, Caetano Veloso & Maria Gadú, Padre Reginaldo Manzotti e Luan Santana. Em 2011, foram comercializadas 1,25 milhão de cópias do disco da cantora de 27 anos, nascida em Sete Lagoas (MG).

O CD-DVD de Paula foi gravado em outubro do ano passado em um estúdio paulistano e aposta não só em músicas próprias, mas também em covers de Ivete Sangalo (“Quando a chuva passar”), Roberto Carlos (“Costumes”) e Shania Twain (“Man I feel like a woman”).

Na comparação com CDs de artistas que sempre aparecem nas listas de mais vendidos feita pelo G1, Paula mostra com números como foi da fama de “namoradinha de Roberto Carlos” a sucesso de vendas em menos de um ano.

O jornalista Nelson Motta é outro que entra na fila para falar bem de Paulinha, como Roberto a chamou durante o show do fim do ano passado na Praia de Copacabana, no qual ela fez uma participação. Afinal, o que é que a mineira tem? “Uma graça especial, uma combinação de ingenuidade e malícia que encantam, além de cantar muito bem e ampliar seu repertório para além do sertanejo”, arrisca.

Ao definir o som da moça, Nelson diz que as músicas são “pop como Ivete Sangalo, que é muito mais do que axé”.  Como a maioria dos brasileiros, foi no show de Roberto Carlos em dezembro que ele notou os dotes da cantora. “Foi a primeira vez que a vi. Depois assisti ao DVD e gostei muito. Foi uma ‘descoberta’ do rei, que é do ramo.”

Para o especialista em cantoras Rodrigo Faour, Paula tem timbre “agradável” que não faz lembrar o de suas concorrentes. “Além disso, é uma mulher muito bonita”, elogia o produtor e jornalista, responsável por projetos recentes sobre Leci Brandão, Alcione, Gretchen, Inezita Barroso, Maria Bethânia, Elza Soares e Claudette Soares.

Mas nem tudo é fascínio ao comentar a performance da mineirinha, que usa o rótulo “pop rural” para definir suas canções. “Ela tem uma impostação americanizada e canta músicas parecidas, sempre folk americano. Merecia arriscar em um repertório melhor e em outros gêneros para provar se poderá vir a ser uma grande intérprete”, arrisca Faour.

Em vez de citar alguma precursora do sertanejo, como Roberta Miranda, o produtor menciona uma voz da MPB. “As letras são açucaradas, mais do mesmo. São como as da fase mais popular de Joanna, em que só cantava baladas. É o mesmo de tantas cantoras românticas dos últimos 30 anos”, resume Faour, que sente falta de letras mais trabalhadas sendo entoadas por Paula. “Falta um pouco de ideologia por trás do trabalho, algo que caiu em desuso. Ela tem potencial, mas poderia ousar mais”, opina.

Enquanto diagnosticam a trajetória da cantora, que já cantou em rodeios e levou músicas a trilhas de novela como “Araguaia” (“Tocando em frente”, com Leonardo) e “Paraíso” (“Jeito do mato”), Paula explica seu sucesso de outra forma. Ao saber que havia vendido mais de 1 milhão de discos, ela escreveu no Twitter: “O FOGO a ÁGUA, a TERRA, o AR e as PESSOAS, instrumentos de DEUS, me deram um presente hoje! FÃS de todo o BRASIL, somos 1 MILHÃO DE CÓPIAS!”

Leia mais no G1

5 comentários »

Mais um partido da base castelista pula fora do barco

3comentários

PSB, PTC, PRB, PDT e agora o PPS.

Todos tem algo em comum. São partidos políticos que integram a administração do prefeito João Castelo, mas que trabalham para tirá-lo do cargo. Estranho, não?

O normal seria que Castelo mandasse para bem longe esses partidos ou que os mesmos pedissem para deixar a administração municipal. Nem uma coisa, nem outra. A situação parece ser conveniente para os dois lados.

O PTC não sabe se fica ou se vai com Flávio Dino. O PSB pode lançar Roberto Rocha e o PDT está dividido entre ficar com Castelo, ir para o lado de Flávio Dino ou simplemente lançar candidatura própria. O PRB também deve pular fora.

O PPS é mais um partido da base castelista a anunciar interesse em lançar uma candidatura própria.

Se vingar o projeto, o PPS vai com a deputada estadual Eliziane Gama.

Lideranças do PC do B, PP, PSL, PRTB prestigiaram o evento e manifestaram apoio ao projeto de candidatura própria da legenda para o fortalecimento da oposição em São Luís, oposição a Castelo, é claro.

E enquanto PSB, PTC, PDT e PPS ensaiam candidaturas próprias o que faz o prefeito Castelo?

Homem experiente e com quilometragem rodada, Castelo silencia e faz questão de nem aparecer nessas horas.

Castelo não foi ao Congresso Municipal do PPS, mandou a filha, a deputada Gardênia Castelo que chegou a ser vaiada.

Vaias que reforçam o coro de que o PPS não está mesmo com Castelo.

Fica claro que PSB, PTC, PDT e PPS querem alguma coisa. Estariam barganhando mais espaço ou é mesmo insatisfação com o a administração do prefeito que apoiam?

Bom, vamos esperar só um pouquinho mais. O tempo dirá?

3 comentários »

Dilma ainda avalia se Orlando Silva permanece

1comentário

A anunciada manutenção do ministro do Esporte, Orlando Silva , não é garantia de sua permanência na pasta. Sua continuidade no governo vai depender da capacidade de Orlando estancar as denúncias e de enfrentar o bombardeio de depoimentos dos seus acusadores na Polícia Federal e na Câmara dos Deputados esta semana. O ministro da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho, disse no domingo que a presidente Dilma Rousseff não cedeu ao “clima de histeria” instalado na mídia, mas frisou que ela aguardará os próximos dias para ver o rumo dos acontecimentos:

– A presidente vai avaliar, aguardar os próximos dias. Ela tomou uma decisão (na sexta-feira), mas não dá para dizer que temos uma posição definitiva. Ela se recusa a entrar na onda sem fim. A presidente quer ter o direito de fazer a avaliação com calma, atendendo aos princípios da defesa. O governo não quis entrar no clima de histeria. A presidente teve uma atitude de cuidado, de não se prejulgarem os fatos. Transformar a acusação em confirmação não dá. A presidente já disse: “Assim não dá, não vou embarcar” – disse Carvalho ao GLOBO.

1 comentário »