Paulinha em Pedreiras

0comentário

PaulinhaLobao

Paulinha Lobão, esposa do candidato ao governo do Maranhão, Lobão Filho, e coordenadora do movimento “Pra frente Maranhão – com a força da mulher”, visitou nesta terça-feira (23) a região do Médio Mearim, onde realizou grande caminhada das mulheres e lideranças políticas da região.

“Tenham a certeza que com Lobão Filho no governo, as pessoas serão tratadas e cuidadas como precisam, como muito carinho e amor. Quero deixar em Pedreiras toda a essência do amor e do cuidado que está vindo junto a Lobão Filho”, expressou a apresentadora.

Paulinha se reuniu com moradores de Trizidela do Vale (antigo bairro emancipado, interligado a Pedreiras), onde foi recepcionada com bastante entusiasmo. Ela recebeu o carinho do povo e declarou que essa alegria demonstrada pelas pessoas que acreditam no seu movimento, será recompensada com muito trabalho. “Essa é a hora de transformarmos a história do Maranhão. Tenha a garantia que no governo de Lobão Filho, todos terão vez e voz”, declarou.

Já no comício realizado no centro de Pedreiras, Paulinha ratificou o compromisso de seu marido em continuar trabalhando pelo estado, assim como já fazia enquanto membro da Comissão de Orçamento no Senado. “Lobão Filho participou da mais importante comissão do senado, lutando pelo nosso estado. Ele já tinha tudo certo para continuar lá, mas preferiu sentir de perto a necessidade do povo maranhense e lutar por cada um de vocês”.

Também participaram da caminhada, o prefeito Totonho Chicote, a primeira dama Iris Silva e coordenadora geral da campanha da presidente Dilma Roussef no Maranhão, Berenice Gomes, que ressaltou a competência do candidato Lobão Filho e assegurou que “todos do PT estão com Lobão Filho, unico candidato da presidente Dilma no MA”.

sem comentário »

Direito de resposta

6comentários

AndreaMurad

Desde o início das propagandas eleitorais, Flávio Dino tenta acertar um direito de resposta contra a coligação que Andrea Murad faz parte, candidata que tem tido coragem de desmentir alguns programas da oposição. Entre os vários atos de desespero nesta campanha, Flávio Dino vem enchendo o saco da justiça eleitoral com demandas insustentáveis.

O mais recente caso é referente ao programa de Andrea Murad em que esclarece a verdadeira história de um paciente em Itapecuru. Reveja aqui. O Juiz Federal, Ricardo Felipe, sentenciou:

“Rejeito as questões processuais levantadas. No mérito, contudo, é improcedente o pedido. A prova que instrui a inicial, não demonstra, na propaganda eleitoral da coligação representada, no tempo reservado à candidata Andrea Murad, a existência de afirmação caluniosa, difamatória, injuriosa ou sabidamente inverídica.”

Flávio Dino tem que aceitar as críticas, as opiniões e os posicionamentos dos candidatos e saber que isso faz parte do debate político, naturalmente travado nesse período. E que nem tudo que lhe incomoda, deve gerar ação judicial. Ele que foi da área, deveria entender bem isso.

A outra derrota do adversário trata-se do programa eleitoral em que Andrea Murad saiu em defesa dos profissionais da saúde e do hospital do câncer. Vale a pena assistir de novo, clique aqui. Em seu programa, Andrea critica duramente as opiniões de Flávio Dino que sempre desmereceu os grandes investimentos realizados na saúde do estado, incluindo o desempenho extraordinário dos profissionais que têm feito funcionar, de forma eficiente, o sistema estadual de saúde. Andrea defende ainda a crítica inverídica de Flávio sobre o hospital do câncer do Maranhão que existe e está em pleno funcionamento.

Na sentença, o Juiz diz que “a propaganda impugnada se refere a afirmações da candidata Andrea Murad sobre o que considera ser a posição do representante sobre aspecto da política de saúde do Governo do Estado”. E mesmo que ela faça críticas ao candidato da coligação adversária, o Juiz entende que “não se divisa nisso conteúdo ofensivo capaz de atingir a imagem do requerente”.

A verdade é que Andrea Murad vem incomodando os adversários desde que abraçou a candidatura de Lobão Filho. A candidata vem se destacando tanto nessa caminhada eleitoral que, por onde passa, contagia os municípios com o  verdadeiro discurso da renovação. Pra Frente, Maranhão!

6 comentários »

Mão pesada

5comentários

arbitragem

O árbitro Pernambuco Gilberto Castro Júnior não fez questão de poupar o Sampaio na súmula do jogo com o Vasco, ontem, contra o Vasco, pelo Campeonato Brasileiro Série B.

Gilberto Castro Júnior relatou o incidente em que torcedores jogaram “laranja” contra o trio de arbitragem na descida para o vestiário após o primeiro tempo.

Todo mundo sabe que o Sampaio já foi castigado em 2012 na Série D e em 2013, na Série C com a perda do mando de campo, exatamente por conta do mal comportamento de alguns torcedores.

Também foi relatada a utilização de objeto eletrônico (rádio) para comunicação entre o técnico Lisca e o banco de reservas, uma vez que o treinador estava cumprindo suspenção imposta pelo STJD.

O técnico Lisca também foi citado por invasão do campo ao final do jogo para tomar satisfação com o trio de arbitragem. “Isto é uma vergonha, uma vergonha. É a segunda vez que você faz isso comigo”.

E finalmente, o árbitro relata a expulsão do atacante Edgar, após o segundo gol do Vasco que havia sido substituído e estava no banco de reservas.

O Sampaio vai ter dificuldade para se defender de tudo isso.

Foto: Paulo de Tarso Jr. / Imirante

5 comentários »

Impasse resolvido

5comentários

onibus

A exemplo do que aconteceu ontem (24), os ônibus deixarão de circular em São Luís a partir de 20h de hoje e voltam a circular às 4h da manhã desta quarta-feira.

A informação é do presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Maranhão (Sttrema), Gilson Coimbra.

Uma nova reunião foi realizada agora à tarde, entre rodoviários, SMTT e Secretaria de Segurança. Os rodoviários entregaram uma pauta de reinvindicações que será atendida pelo governo do Estado.

Diante da resposta do governo, os rodoviários retomam às atividades amanhã sem que voltem a paralisar os ônibus no horário da noite.

Foto: Douglas Júnior/ O Estado

5 comentários »

Fotos e fatos

2comentários

GastaoHeluy

O trabalho de geração de dados de candidatos e eleitores, realizado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão, confirmou mais uma vez,a legitimidade da chapa encabeçada por Gastão Vieira na disputa por uma vaga no Senado Federal.

O nome do 1º suplente, Zé Antônio Heluy, já aparece nas urnas eletrônicas em substituição ao presidente do PT no Maranhão, Raimundo Monteiro.

O sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) também confirma o indeferimento da candidatura de Monteiro e o fato de que ele está inapto para a eleição do próximo dia 5 de outubro, como mostra a foto do TSE.

Os fatos derrubam de vez as notícias publicadas pela oposição, de que a candidatura de Gastão Vieira estaria irregular devido à substituição do primeiro suplente.

Uma manobra eleitoreira de quem não consegue caminhar com as próprias pernas e esconde, por trás de ataques infundados, a incapacidade de disputar uma eleição apenas com o próprio trabalho e história.

2 comentários »

Entrevista de Lobão

9comentários

LobaoFilho

O candidato Lobão Filho (PMDB) deu continuidade, nesta quarta-feira (24), à série de entrevistas da Rádio Mirante AM com os concorrentes ao governo do Maranhão nas eleições deste ano. A entrevista teve início às 8h30 e durou uma hora e meia. No programa, Lobão Filho falou desenvolvimento econômico, esporte e crise no sistema penitenciário.

“Foi uma campanha curta e intensa, uma campanha muito forte. Percebemos de forma muito clara que o Maranhão tem problemas, mas é um Estado de um povo muito pronto para qualquer batalha. Tenho a convicção que, se Deus permitir, ganho em primeiro turno. Não vejo como que meu destino não seja o de governar o Estado do Maranhão”, ressaltou.

O candidato falou sobre o desenvolvimento econômico do Estado. “A base do crescimento do Maranhão é o crescimento econômico. Temos que incentivar as vocações de cada região e é preciso trazer os grandes empresários da agricultura. Precisamos verticalizar a cadeia de produção, tratar a coisa de forma empresarial, incentivar o grande empreendedor a vir para cá. Vamos trazer desenvolvimento social através de desenvolvimento econômico”, declarou.

O peemedebista discutiu ações para valorizar o esporte no Estado. “Esporte é competitividade. A melhor forma de atrair o jovem é ele querer ganhar de alguém. O nosso modelo é criar as disputas regionais, campeonatos, onde cidades do nosso Estado vão competir entre si. Isso vai dar uma alavancada tremenda no esporte. A melhor forma de trazer fomento ao esporte estadual é gerar competição entre cidades. Queremos fazer vilas de esportes nas grandes cidades”, disse.

Lobão Filho afirmou que é contra a terceirização do serviço de segurança prisional e defendeu a implosão do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. “Eu tenho uma postura de absoluta intolerância com a marginalidade. Eu entendo que a terceirização não me agrada, imagino que isso tenha que ser feito por funcionários concursados. Não há mais condições de Pedrinhas existir dentro da Ilha de São Luís. Vou implodir aquele prédio. O início da implosão determina o início de uma era de paz no Maranhão”, concluiu.

A próxima entrevista será realizada nesta quinta-feira (25), com o candidato Josivaldo Corrêa. Os dois últimos entrevistados serão Zeluís Lago (26) e Saulo Arcangeli (27).

Leia mais

9 comentários »

Eleições no Maranhão

0comentário

A Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão aprovou, nesta terça-feira (23), a solicitação de força federal para mais 4 municípios do estado: Codó, Bacabal, Chapadinha e Colinas.

A requisição foi deferida por unanimidade após o relator do processo, desembargador eleitoral Clodomir Sebastião Reis, proferir voto ratificando a necessidade do reforço, destacando que isso se faz pertinente para assegurar as eleições.

Os pedidos agora serão encaminhados ao Tribunal Superior Eleitoral que, em sessão, aprovará ou não o envio das tropas aos municípios relacionados acima.

Na mesma sessão, o pedido de força federal para São Luís, feito pela coligação Todos Pelo Maranhão (PCdoB, PSB, PTC, PPS, PDT, PP, PROS e SDD) foi apresentado pelo relator, desembargador eleitoral José Eulálio Figueiredo de Almeida . A coligação argumenta que o reforço é necessário em função dos últimos acontecimentos registrados na cidade.

O pedido foi convertido em diligência para que juízes eleitorais da capital se manifestem se há necessidade da força federal. Na próxima sessão, marcada para o dia 25, o pleno votará pelo deferimento ou indeferimento da solicitação.

O TSE já aprovou o envio de força federal para 10 cidades maranhenses: Santa Luzia, Alto Alegre do Pindaré, Barra do Corda, Fernando Falcão, Jenipapo das Vieiras, São Mateus, Zé Doca, Santa Luzia do Paruá, Nova Olinda e Benedito Leite.

sem comentário »

Empate polêmico

47comentários

Sampaioevasco

Um jogo de lances polêmicos e muita reclamação. Assim pode se resumir o encontro entre Sampaio e Vasco, nesta terça-feira, no Castelão pelo Campeonato Brasileiro Série B.

O Vasco vencia até os 49 minutos do segundo tempo quando o Sampaio conseguiu o empate por 2 a 2, diante 44.190 torcedores no Castelão, mesmo sem os ônibus que foram retirados de circulação pelo Sindicado dos Rodoviários no início da noite. Este foi o maior público da Série B este ano.

O placar foi justo pelo que fez o Sampaio durante todo o jogo. E a exemplo do primeiro turno, quando o empate do Vasco veio nos acréscimos, agora foi a vez do Sampaio que marcom no fim do jogo.

Com o resultado, o Vasco segue na quarta colocação, agora com 44 pontos. O Sampaio permanece na sétima posição com 37 pontos e perde a chance de encontra mais uma vez no G4.

O Sampaio abriu o placar aos 32 minutos do primeiro tempo numa cobrança de escanteio que o zagueiro Edimar mandou para o gol carioca.

O Vasco empatou num pênalti polêmico de Jonas em Maxi Rodrigues. Na imagem da TV, Jonas realmente deixa a perna e atinge o atacante do Vasco. O meia Douglas foi para a cobrança e empatou.

No segundo tempo, o árbitro de Pernambuco Gilberto Castro Júnior deixou de marcar um pênalti claro de Kléber Gladiador em Luís Otávio.

O Vasco chegou à virada aos 34 minutos do segundo tempo com um gol do zagueiro Douglas Silva. O Sampaio reclamou que a bola não teria ultrapassado a linha, mas a imagem da televisão não deixa dúvida que a bola entrou.

Quando tudo levava a crer que o Vasco venceria o jogo, o Sampaio foi buscar o empate com Willian Paulista.

A derrota seria um castigo para o Sampaio e um prêmio ao futebol medíocre do Vasco.

Foto: Marcelo Sadio / Vasco.com.br

47 comentários »