Edivaldo leva Saúde para Todos à Ilhinha

0comentário

Moradores do bairro da Ilhinha receberam, nesta semana, os serviços do programa Saúde para Todos – Consultório Volante. Executada pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), a ação tem o objetivo de ampliar o alcance dos serviços públicos, facilitando o acesso e aproximando-os da população. Em cada dia de atividade, o programa realiza em média mil atendimentos.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, destaca que, com o programa, o prefeito Edivaldo fortalece os incentivos que tem dado para as melhorias dos serviços públicos de saúde. “Estamos reforçando a assistência já disponibilizada pelas Unidades Básicas de Saúde, com a oferta de serviços que são essenciais para a vigilância e promoção da saúde, além do importante trabalho de prevenção. Com o programa, nosso cronograma inclui levar esse atendimento a várias comunidades, especialmente para as mais distantes”, observa.

Durante o Saúde para Todos na Ilhinha foram oferecidos serviços na área da atenção básica como aferição de pressão e glicemia, testes rápidos para detecção de doenças como sífilis, hepatites e HIV, imunização, além de consultas com clínico geral e ginecologista, coleta de preventivo e exames laboratoriais. Os moradores contaram também com serviços de odontologia e distribuição gratuita de medicamentos com a farmácia básica.

A ação do Saúde para Todos conta com o apoio do Consultório Volante, fruto de emenda parlamentar do vereador Pavão Filho. Na Ilhinha, o suporte do veículo possibilitou atendimento odontológico e espaço para a realização de exames preventivos. A presença do veículo é característica do programa e favorece a itinerância da ação, permitindo que a Prefeitura de São Luís beneficie cada vez mais a população com esses serviços na área da saúde.

O Saúde para Todos – Consultório Volante iniciou suas atividades no mês de março e já foram realizadas nove edições do programa. Além da Ilhinha, foram contemplados com as ações do programa bairros como Vila Riod, Habitacional Turu, Centro, Vila Conceição e Gancharia.

Foto: A. Baeta

sem comentário »

Sampaio perde para o Vila Nova na Série B

5comentários

O Sampaio sofreu mais uma derrota no Campeonato Brasileiro Série B, a segunda consecutiva.

O time maranhense foi derrotado pelo Vila Nova-GO, no Serra Dourada, por 3 a 1. Com o resultado, o Vila permanece no G4. O Sampaio caiu quatro posições e agora ocupa a décima quarta colocação.

O primeiro tempo foi bastante equilibrado e o Sampaio conseguiu bloquear as principais jogadas do Vila, mas o time goiano saiu na frente com Diego Giaretta, aos 36 minutos numa jogada de bola parada que atormenta a defesa do Sampaio.

Com o gol, o Sampaio se lançou mais ao ataque e conseguiu o empate no fim do primeiro tempo com Bruno Moura 1 a 1.

No segundo tempo, o Sampaio recuou demais com as mexidas feitas pelo técnico Francisco Diá e o Vila Nova soube se aproveitar muito bem.

Num vacilo da defesa, após cobrança de escanteio de Alan Mineiro, Wesley Matos desvia, e Elias manda de cabeça para o fundo das redes, aos 31 minutos.

Aos 34 minutos, numa jogada de lateral, Mateus Anderson recebe, gira e chuta forte de fora da área, surpreende o goleiro Andrey e faz o gol mais bonito da partida.

Na próxima rodada, o Sampaio recebe o Paysandu, na sexta-feira (4), às 19h15, no estádio Castelão.

Foto: André Costa/O Popular

5 comentários »

Prefeitura leva Todos por São Luís à Vila Ariri

0comentário

“Há mais de cinco anos eu não realizava uma consulta médica. Nós, homens, relutamos muito para ir a médicos, o que acaba acarretando problemas futuros à nossa saúde. Por isso aproveitei a presença do mutirão de serviços da Prefeitura aqui em nosso bairro e fiz logo diversas consultas que estava precisando”, relatou o pedreiro Daniel Reis, 61 anos, uma das primeiras pessoas a ser atendidas na culminância do Programa Todos por São, realizado neste sábado (28), na Vila Ariri, nova comunidade da região Itaqui-Bacanga a receber o projeto que é executado pela Prefeitura de São Luís.

É para pessoas como o Daniel Reis e tantas outras que necessitam da presença mais próxima do poder público que o Todos por São Luís se destina. Em sua 61ª edição, o programa já atendeu mais de meio milhão de pessoas com ações em diversas áreas como saúde, assistência social, segurança alimentar, arte, educação, esporte e lazer, entre outras. Mais de 430 bairros da capital já foram contemplados com ações do projeto que tem como coordenadora geral a primeira-dama Camila Holanda.

“A cada realização do Todos por São Luís temos a oportunidade de estar mais perto das pessoas, olhar em seus olhos e ouvir seus anseios, porque esse é o objetivo primordial desse projeto tão importante e que tem a marca da gestão do prefeito Edivaldo, que busca sempre cuidar com carinho das pessoas e valorizar a vida comunitária”, afirmou Camila Holanda.

A caravana itinerante de serviços sociais desenvolvidos pelo Programa Todos por São Luís contemplou pela 13ª vez comunidade da área Itaqui-Bacanga, uma das regiões mais populosas da capital maranhense. Na culminância do programa na Vila Ariri, a população teve acesso a atendimentos de saúde como consultas com clínico geral, oftalmologista, pediatra, ginecologista, ortopedista, nutricionista, dentista, além de atendimento de saúde bucal, aferição da pressão arterial, teste rápido de HIV e aconselhamento, distribuição de preservativos, orientação sobre tuberculose, cadastro para cartão do SUS, farmácia básica, vacinação humana e animal, entre outras ações.

Foto: Honório Moreira

sem comentário »

Flávio Dino precisa explicar

3comentários

O episódio da espionagem de adversários políticos usando a Polícia Militar (PM) do Maranhão ainda está longe de terminar. Com as novas revelações de que o coordenador da eleição 2018 de dentro da corporação é o coronel Heron Santos, o governador Flávio Dino (PCdoB) tem muito o que explicar.

E não basta dizer que ele não determinou. A sociedade precisa de explicações mais específicas.

Entre essas explicações, a primeira deveria ser a resposta a uma pergunta: para que a PM estava reunindo dados de adversários políticos do governo estadual? E mais: para qual missão as informações seriam necessárias? E por que elas deveriam ser colhidas com urgência?

Nas primeiras versões sobre o caso, o governador Flávio Dino e seu secretário da área, Jefferson Portela, não conseguiram explicar. Pelo contrário, preferiram tentar negar a existência do documento que determinava a espionagem no interior.

Na versão seguinte, admitiram a existência da circular, mas disseram ser ato isolado de subordinados. Depois, como o ato não foi isolado – chegou a comandos no interior –, os governistas decidiram dizer que foi uma armação para prejudicar o governo. A velha e boa “teoria da conspiração”.

Com a participação de Heron Santos, os dedos apontados para a oposição não servem mais.

Como dito antes, o governador precisa dar explicações. Justificar a atitude de um membro da PM e seu correligionário. Se assim não fizer, deixará a insegurança fazer parte da República do Maranhão, fundada pelos comunistas em janeiro de 2015.

Estado Maior

3 comentários »

Sampaio terá que vencer a segunda no playoff

0comentário

Em partida bastante equilibrada e que prevaleceu a forte marcação das equipes, o Sampaio foi derrotado pelo Presidente Venceslau, na primeira partida pelo playoff da Liga de Basquete Feminino (LBF), por 58 a 57.

O resultado deixou a equipe paulista a uma vitória da próxima fase. O Sampaio terá que vencer o segundo jogo do playoff para forçar uma terceira partida.

O segundo confronto será na próxima terça-feira (1), às 11h, no Ginásio Castelinho, em São Luís (MA).

Em caso de vitória do Sampaio, a terceira partida será realizada na quarta-feira (2), às 20h, também no Castelinho.

As duas equipes já se enfrentaram três vezes. Até aqui são duas vitórias de Presidente Venceslau em casa e uma do Sampaio, em São Luís.

Foto: Christi Anne Hammerschmidt / Cedida

sem comentário »

Sampaio tenta vitória fora contra o Vila

0comentário

O Sampaio enfrenta o Vila Nova-GO, neste sábado, às 16h30, pelo Campeonato Brasileiro Série B.

O time maranhense busca a sua reabilitação e a primeira vitória fora de casa, após a derrota na rodada passada para o Guarani, por 2 a 0, em Campinas.

O Vila fez até aqui dois jogos e tem duas vitórias na competição.

A partida pode marcar a despedida do meia Marlon que tem uma proposta para se transferir para o Fortaleza.

O técnico Francisco Diá tem duas dúvidas na equipe. Na lateral-esquerda, Alyson que se recuperou de contusão pode retornar ao time.

No ataque, Alvinho que marcou dois gols na vitória sobre o Ríver-PI pela Copa do Nordeste pode ganhar a condiçào de titular.

O time do Sampaio deverá ser: Andrey; Bruno Moura, Joécio, Maracás e Alyson (João Vitor); Silva, Willian Oliveira, Marlon e Danielzinho; Bruninho (Alvinho) e Carlão.

Tudo sobre Vila Nova e Sampaio você acompanha pela Rádio Mirante AM.

Foto: Lucas Almeida

 

sem comentário »