Pressões

0comentário

As eleições de 2020 para vereador serão diferentes das anteriores. As coligações deixarão de existir e passarão a ser eleitos os candidatos mais votados dos partidos.

Diante disso, as conversas internas nas legendas para formação da lista de candidatos às Câmaras Municipais têm ganhado destaque e já causam pressão nos comandos das siglas.

O exemplo mais evidente no momento é do PSL. Antes um partido pequeno, a legenda ganhou notoriedade com a filiação e, consequente, eleição do presidente da República, Jair Bolsonaro. A sigla no Maranhão passou a ter um campo magnético que atrai lideranças políticas que tentaram surfar na onda bolsonarista em 2018 e tentarão fazer o mesmo em 2020.

Como donos da “ideia de direita”, movimentos desse campo político vêm pressionando a direção estadual do PSL no Maranhão, alegando que o partido tem privilegiado políticos que já foram da esquerda. Exemplo? Tadeu Palácio, ex-prefeito de São Luís, e também o deputado federal Hildo Rocha, que é do MDB e recebeu convite do presidente da sigla, vereador Chico Carvalho, para se filiar no PSL.

E toda a pressão é feita por receio de não haver espaço para que todas as “lideranças” de direita consigam disputar as eleições do próximo ano.

Sobre o assunto, Chico Carvalho tem dito que vem cumprindo somente a decisão nacional de aumentar o número de filiados e formar um grupo que tenha competitividade para ganhar o pleito, principalmente, nas capitais.

“Estamos organizando um partido para que, unido, possa entrar na disputa eleitoral de 2020 com força e assim apresentar resultados expressivos como o já visto em outros estados”, disse Carvalho.

Resta saber se as tais pressões do movimento de direita no Maranhão terão o mesmo resultado (que foi negativo) de pressões dadas por filiados que queriam ficar com o comando do PSL no estado.

Olho no fundo

Além de buscar espaço para candidaturas, o fundo eleitoral também é alvo de membros do movimento de direita no Maranhão. O PSL tem a segunda maior bancada na Câmara dos Deputados e com isso deverá abocanhar uma boa parte do fundo eleitoral para a campanha de 2020.

Além dessa verba, o fundo partidário também brilha e assim o comando do PSL no estado ainda é cobiçado por muitos direitista (neodireitistas também).

Estado Maior

sem comentário »

Hildo Rocha recebe convite do partido de Bolsonaro

1comentário

O deputado federal Hildo Rocha (MDB) esteve reunido nesta terça-feira(27), em Brasília com o presidente do Partido Social Liberal (PSL) no Maranhão, o vereador Francisco Carvalho.

No sábado, os dois estiveram juntos em um evento em Arari, no interior do Maranhão quando as conversas tiveram início.

Hoje, durante um almoço, Hildo recebeu o convite oficial do vereador Francisco Carvalho para ingressar no partido do presidente da República, Jair Bolsonaro. Aliás, a relação de Hildo Rocha com o governo Bolsonaro não poderia ser melhor até o momento.

Não é novidade para ninguém que Hildo Rocha tem se mostrado descontente com os rumos que o MDB tem tomado no Maranhão.

Rocha chegou a afirmar no início do ano que disputaria a eleição para a presidência do MDB, mas acabou retirando uma eventual candidatura.

Vice-líder do partido no Congresso, Hildo disse que conversará com o MDB nacional sobre o convite que recebeu do PSL.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Tadeu Palácio se filia ao PSL e volta à cena política

1comentário

O ex-prefeito de São Luís, Tadeu Palácio é o novo filiado do Partido Social Liberal (PSL). O ato de filiação aconteceu neste sábado (17) e foi comando pelo presidente do partido no Maranhão, vereador Chico Carvalho.

Fora de cena política há alguns anos, Palácio foi buscar abrigo no partido do presidente da República Jair Bolsonaro e quem sabe pode voltar a disputar a eleição para prefeito de São Luís.

Tadeu foi prefeito de São Luís em 2002, substituíndo a Jackson Lago que se afastou para concorrer ao governo do Estado. Em 2004, foi eleito prefeito de São Luís e permaneceu até 2006, deixando o cargo mal avaliado.

A missão de Tadeu não será fácil, pois o médico Alan Garcês que integra a equipe do presidente Jair Bolsonaro, no Ministério da Saúde tem demonstrado interesse em sair candidato a prefeito de São Luís pela legenda.

O PSL terá mais na frente que resolver essa questão interna…

Foto: Divulgação

1 comentário »

Visita de Joice Hasselmann

1comentário

Sem argumentos

Antes de Amoedo, veio fazer palestra em São Luís a deputada federal e líder do governo de Jair Bolsonaro no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP).

Como vem fazendo em todo o Brasil, a parlamentar veio falar da importância da reforma da Previdência para o desenvolvimento do país.

O problema é que Hasselmann passou mais tempo fazendo críticas ao governador Flávio Dino (PCdoB) do que apresentando dados que fundamentem a importância da reforma da Previdência.

Sem noção

Hasselmann cobrou do PSL no Maranhão a necessidade de “novas lideranças” para mudar a realidade do estado.

O problema é que a deputada foi confrontada por membros da direção estadual da sigla por causa da falta de apoio de

Brasília para que o partido se torne grande como se tornou nacionalmente com a vitória de Bolsonaro.

Perdida, a deputada disse que não poderia fazer nada de substancial. Ou seja, só cobrou por cobrar, mas não apresentou soluções para contribuir com o PSL maranhense.

Sem espaço

A ajuda esperada pelos membros da direção estadual do PSL passa pelos cargos federais no Maranhão.

O presidente Jair Bolsonaro tem negociado os espaços que dispõe somente com membros da bancada federal maranhense.

Para o PSL mesmo não há qualquer espaço. Nem promessa para tal. Desta forma, é difícil um partido – que até pouco tempo era bem pequeno – conseguir entrar nas disputas eleitorais de 2020 e 2022.

Estado Maior

1 comentário »

Edilázio articula pauta com Bolsonaro para o MA

0comentário

O deputado estadual Edilázio Júnior (PSD), que a partir de fevereiro de 2019 assume mandato na Câmara Federal, cumpriu extensa agenda política em Brasília no início desta semana e articulou pauta positiva para o Maranhão junto ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

No encontro com Bolsonaro, Edilázio se colocou à disposição para a discussão de propostas, no Congresso Nacional, que beneficiem a população.

Ele também externou ao presidente eleito a tristeza de ter no Maranhão o único governador comunista em exercício.

“O presidente prometeu não discriminar o Maranhão e se empenhar para ajudar todos os maranhenses. Ele também afirmou que conta com a ajuda de todos os deputados do Maranhão para que possamos mudar a realidade do nosso estado”, disse.

Bolsonaro prometeu investir no Maranhão nos próximos 4 anos, em todas as áreas de atuação, a exemplo da saúde, educação, infraestrutura e saneamento básico.

Na agenda em Brasília, Edilázio também se reuniu com o ministro Kassab, presidente nacional do PSD, e discutiu os rumos do partido no estado.

Edilázio foi o único deputado federal eleito pelo PSD no pleito de outubro deste ano.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Braide confirma convite do partido de Bolsonaro

0comentário

O deputado federal eleito, Eduardo Braide (PMN), o segundo mais votado no Maranhão, confirmou que recebeu sim o convite do PSL, partido do presidente eleito, Jair Bolsonaro, para se filiar, mas deixou claro que a prioridade, pelo menos agora, é a permanência no PMN.

O problema é que o PMN, assim como o PCdoB, do governador reeleito Flávio Dino, irão ser penalizados com a cláusula de barreira, conforme o Blog do Jorge Aragão já demonstrou (reveja). Por conta disso, devem ficar sem tempo no horário eleitoral gratuito no rádio e TV, além de não terem direito ao fundo partidário.

Braide assegurou que a primeira alternativa é buscar uma fusão do seu partido, o PMN, com outra legenda para superar a cláusula de barreira, mas não descartou uma saída para sua sobrevivência política.

“Agradeço sim o convite do presidente do PSL, o vereador Chico Carvalho, e de outros convites, mas a ideia é fazer uma fusão com outro partido para podermos superar a cláusula de barreira, se essa fusão provavelmente meu caminho é permanecer nesse novo partido que surgirá da fusão do PMN, mas caso isso não aconteça, irei analisar todos os convites recebidos”, disse.

Sobre o resultado do 2º Turno das eleições, Eduardo Braide, apesar de mais novo, mas bem mais maduro, inclusive politicamente, deu uma espécie de lição para o governador reeleito do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que tem portado mais como um militante de grêmio estudantil do que a maior autoridade de um Estado.

“A eleição passou e o Bolsonaro é presidente de todos os brasileiros. O que nós precisamos entender, nós enquanto classe política maranhense, é que precisamos manter uma boa relação com o Governo Federal para que o Maranhão para que o Estado venha a colher frutos desse relacionamento, não podemos é criar um embate ideológico onde o penalizado será o povo maranhense”, declarou.

Prefeitura – Já sobre a disputa de 2020 pela Prefeitura de São Luís, Braide, que é apontado, hoje, como favorito na disputa, falou com cautela sobre o assunto. O deputado federal eleito assegurou que precisa primeiro honrar os votos recebidos e deixará a cargo do povo de São Luís lhe chamar para a missão de comandar a capital maranhense.

“O momento agora é de trabalhar, trabalhar muito por São Luís e pelo Maranhão, vamos focar no nosso mandato de deputado federal. Agora, é claro que se meu nome for lembrado pelo povo de São Luís para a disputa das eleições de 2020, serei sim candidato à Prefeitura de São Luís”, finalizou.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Chico Carvalho destaca vitória de Bolsonaro e PSL

0comentário

O vereador Francisco Carvalho, presidente do PSL no Maranhão disse que o Brasil entra em um novo momento com a vitória de Jair Bolsonaro, na eleição para preidente da República.

Segundo Francisco Carvalho, o povo brasileiro elegeu um candidato que fez uma campanha limpa e sem conchavos políticos.

“O Brasil agora entra em um novo momento. Os brasileiros elegeram Jair Bolsonaro o novo presidente do país. Elegeram um candidato que fez uma campanha limpa, sem conchavos políticos, com pouco tempo de televisão e sem recursos”, disse.

Francisco Carvalho destacou a importância do trabalho de voluntários e membros PSL no Maranhão na vitória de Bolsonaro.

“Eu tenho somente a agradecer o empenho e esforços dos companheiros do PSL e dos grupos pro-Bolsonaro no estado. Foram semanas – desde o primeiro turno – de esforços conjuntos para levar o nome de Jair Bolsonaro aos eleitores maranhenses”, afirmou.

Foto: Reprodução/Redes sociais

sem comentário »

Bolsonaro recebe Roberto Rocha no Rio de Janeiro

0comentário

O senador Roberto Rocha (PSDB-MA) visitou, nesta terça-feira (23), no Rio de Janeiro, o candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL).

O encontro, segundo Roberto Rocha foi na casa de Jair Bolsonaro na Barra da Tijuca. Eles conversaram sobre economia, segurança e projetos para o Maranhão.

“Atendendo convite, estive hoje com o deputado Jair Bolsonaro, no Rio de Janeiro, onde tratamos de economia e segurança, e de projetos para o nosso Maranhão. No almoço, lembramos que passamos boa parte da campanha no mesmo hospital, em São Paulo. Ele tentando escapar de uma facada e eu, cuidando do meu filho”, disse.

Roberto Rocha apresentou a Bolsonaro o projeto da Zona de Exportação do Maranhão.

“Pude tratar com ele do projeto da ZEMA, a Zona de Exportação do Maranhão, o sonho de transformar a economia nordestina e do centro-oeste num vetor de desenvolvimento, gerando empregos e renda para o nosso povo”, finalizou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

PSL registra candidatura de Maura Jorge

0comentário

A bacharel em direito Maura Jorge, do Partido Social Liberal (PSL) registrou nesta terça-feira (14) no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), em São Luís, sua candidatura ao governo do Estado. A candidata tem como vice o tenente-coronel Roberto Filho (PSL).

O registro da candidatura foi feito eletronicamente pelo site do TRE-MA. Maura Jorge representa a coligação “Renovação de verdade” composta pelo PSL e o PRTB.

O PSL confirmou o nome de Maura Jorge como candidata ao governo do Maranhão em convenção partidária realizada em 4 de agosto, na capital. Formada em direito, a candidata está na política há 27 anos, já exerceu os cargos de deputada estadual por quatro vezes e foi duas vezes foi prefeita no município de Lago da Pedra, onde nasceu.

Leia mais no G1

sem comentário »

PSL homologa candidatura de Maura Jorge

2comentários

A ex-prefeita do município de Lago da Pedra Maura Jorge foi  escolhida pelo Partido Social Liberal (PSL) candidata a governadora do Maranhão nas eleições 2018. O anúncio foi feito durante uma convenção realizada na tarde deste sábado (4), no Espaço Renascença, em São Luís.

“Construir um Maranhão decente, um Maranhão de oportunidades, de geração de emprego. Que o presente hoje significa essa esperança que está sendo depositada na Maura, no nosso vice e em todos os nossos pré-candidatos porque juntos nós somos mais fortes e vamos construir um Maranhão decente para o seu povo e a sua gente”, disse Maura sobre as suas propostas de governo.

A convenção reuniu apoiadores e filiados do partido. A chapa de Maura Jorge lançou Samuel Campelo do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) para a vaga no Senado Federal. Ele já foi eleito duas vezes ao cargo de vereador no município de Itapecuru.

O candidato a vice-governador do estado é o tenente-coronel Roberto Filho (PSL). Roberto Filho tem 28 anos e atualmente é chefe da comunicação da Polícia Militar do Maranhão.

Maura Jorge é formada em Direito e está na política há 27 anos. Ela já foi eleita deputada estadual quatro vezes e prefeita duas vezes da cidade de Lago da Pedra, onde nasceu.

Leia no G1

2 comentários »