Visita de Joice Hasselmann

1comentário

Sem argumentos

Antes de Amoedo, veio fazer palestra em São Luís a deputada federal e líder do governo de Jair Bolsonaro no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP).

Como vem fazendo em todo o Brasil, a parlamentar veio falar da importância da reforma da Previdência para o desenvolvimento do país.

O problema é que Hasselmann passou mais tempo fazendo críticas ao governador Flávio Dino (PCdoB) do que apresentando dados que fundamentem a importância da reforma da Previdência.

Sem noção

Hasselmann cobrou do PSL no Maranhão a necessidade de “novas lideranças” para mudar a realidade do estado.

O problema é que a deputada foi confrontada por membros da direção estadual da sigla por causa da falta de apoio de

Brasília para que o partido se torne grande como se tornou nacionalmente com a vitória de Bolsonaro.

Perdida, a deputada disse que não poderia fazer nada de substancial. Ou seja, só cobrou por cobrar, mas não apresentou soluções para contribuir com o PSL maranhense.

Sem espaço

A ajuda esperada pelos membros da direção estadual do PSL passa pelos cargos federais no Maranhão.

O presidente Jair Bolsonaro tem negociado os espaços que dispõe somente com membros da bancada federal maranhense.

Para o PSL mesmo não há qualquer espaço. Nem promessa para tal. Desta forma, é difícil um partido – que até pouco tempo era bem pequeno – conseguir entrar nas disputas eleitorais de 2020 e 2022.

Estado Maior

1 comentário »

Edilázio articula pauta com Bolsonaro para o MA

0comentário

O deputado estadual Edilázio Júnior (PSD), que a partir de fevereiro de 2019 assume mandato na Câmara Federal, cumpriu extensa agenda política em Brasília no início desta semana e articulou pauta positiva para o Maranhão junto ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

No encontro com Bolsonaro, Edilázio se colocou à disposição para a discussão de propostas, no Congresso Nacional, que beneficiem a população.

Ele também externou ao presidente eleito a tristeza de ter no Maranhão o único governador comunista em exercício.

“O presidente prometeu não discriminar o Maranhão e se empenhar para ajudar todos os maranhenses. Ele também afirmou que conta com a ajuda de todos os deputados do Maranhão para que possamos mudar a realidade do nosso estado”, disse.

Bolsonaro prometeu investir no Maranhão nos próximos 4 anos, em todas as áreas de atuação, a exemplo da saúde, educação, infraestrutura e saneamento básico.

Na agenda em Brasília, Edilázio também se reuniu com o ministro Kassab, presidente nacional do PSD, e discutiu os rumos do partido no estado.

Edilázio foi o único deputado federal eleito pelo PSD no pleito de outubro deste ano.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Braide confirma convite do partido de Bolsonaro

0comentário

O deputado federal eleito, Eduardo Braide (PMN), o segundo mais votado no Maranhão, confirmou que recebeu sim o convite do PSL, partido do presidente eleito, Jair Bolsonaro, para se filiar, mas deixou claro que a prioridade, pelo menos agora, é a permanência no PMN.

O problema é que o PMN, assim como o PCdoB, do governador reeleito Flávio Dino, irão ser penalizados com a cláusula de barreira, conforme o Blog do Jorge Aragão já demonstrou (reveja). Por conta disso, devem ficar sem tempo no horário eleitoral gratuito no rádio e TV, além de não terem direito ao fundo partidário.

Braide assegurou que a primeira alternativa é buscar uma fusão do seu partido, o PMN, com outra legenda para superar a cláusula de barreira, mas não descartou uma saída para sua sobrevivência política.

“Agradeço sim o convite do presidente do PSL, o vereador Chico Carvalho, e de outros convites, mas a ideia é fazer uma fusão com outro partido para podermos superar a cláusula de barreira, se essa fusão provavelmente meu caminho é permanecer nesse novo partido que surgirá da fusão do PMN, mas caso isso não aconteça, irei analisar todos os convites recebidos”, disse.

Sobre o resultado do 2º Turno das eleições, Eduardo Braide, apesar de mais novo, mas bem mais maduro, inclusive politicamente, deu uma espécie de lição para o governador reeleito do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que tem portado mais como um militante de grêmio estudantil do que a maior autoridade de um Estado.

“A eleição passou e o Bolsonaro é presidente de todos os brasileiros. O que nós precisamos entender, nós enquanto classe política maranhense, é que precisamos manter uma boa relação com o Governo Federal para que o Maranhão para que o Estado venha a colher frutos desse relacionamento, não podemos é criar um embate ideológico onde o penalizado será o povo maranhense”, declarou.

Prefeitura – Já sobre a disputa de 2020 pela Prefeitura de São Luís, Braide, que é apontado, hoje, como favorito na disputa, falou com cautela sobre o assunto. O deputado federal eleito assegurou que precisa primeiro honrar os votos recebidos e deixará a cargo do povo de São Luís lhe chamar para a missão de comandar a capital maranhense.

“O momento agora é de trabalhar, trabalhar muito por São Luís e pelo Maranhão, vamos focar no nosso mandato de deputado federal. Agora, é claro que se meu nome for lembrado pelo povo de São Luís para a disputa das eleições de 2020, serei sim candidato à Prefeitura de São Luís”, finalizou.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Chico Carvalho destaca vitória de Bolsonaro e PSL

0comentário

O vereador Francisco Carvalho, presidente do PSL no Maranhão disse que o Brasil entra em um novo momento com a vitória de Jair Bolsonaro, na eleição para preidente da República.

Segundo Francisco Carvalho, o povo brasileiro elegeu um candidato que fez uma campanha limpa e sem conchavos políticos.

“O Brasil agora entra em um novo momento. Os brasileiros elegeram Jair Bolsonaro o novo presidente do país. Elegeram um candidato que fez uma campanha limpa, sem conchavos políticos, com pouco tempo de televisão e sem recursos”, disse.

Francisco Carvalho destacou a importância do trabalho de voluntários e membros PSL no Maranhão na vitória de Bolsonaro.

“Eu tenho somente a agradecer o empenho e esforços dos companheiros do PSL e dos grupos pro-Bolsonaro no estado. Foram semanas – desde o primeiro turno – de esforços conjuntos para levar o nome de Jair Bolsonaro aos eleitores maranhenses”, afirmou.

Foto: Reprodução/Redes sociais

sem comentário »

Bolsonaro recebe Roberto Rocha no Rio de Janeiro

0comentário

O senador Roberto Rocha (PSDB-MA) visitou, nesta terça-feira (23), no Rio de Janeiro, o candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL).

O encontro, segundo Roberto Rocha foi na casa de Jair Bolsonaro na Barra da Tijuca. Eles conversaram sobre economia, segurança e projetos para o Maranhão.

“Atendendo convite, estive hoje com o deputado Jair Bolsonaro, no Rio de Janeiro, onde tratamos de economia e segurança, e de projetos para o nosso Maranhão. No almoço, lembramos que passamos boa parte da campanha no mesmo hospital, em São Paulo. Ele tentando escapar de uma facada e eu, cuidando do meu filho”, disse.

Roberto Rocha apresentou a Bolsonaro o projeto da Zona de Exportação do Maranhão.

“Pude tratar com ele do projeto da ZEMA, a Zona de Exportação do Maranhão, o sonho de transformar a economia nordestina e do centro-oeste num vetor de desenvolvimento, gerando empregos e renda para o nosso povo”, finalizou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

PSL registra candidatura de Maura Jorge

0comentário

A bacharel em direito Maura Jorge, do Partido Social Liberal (PSL) registrou nesta terça-feira (14) no Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), em São Luís, sua candidatura ao governo do Estado. A candidata tem como vice o tenente-coronel Roberto Filho (PSL).

O registro da candidatura foi feito eletronicamente pelo site do TRE-MA. Maura Jorge representa a coligação “Renovação de verdade” composta pelo PSL e o PRTB.

O PSL confirmou o nome de Maura Jorge como candidata ao governo do Maranhão em convenção partidária realizada em 4 de agosto, na capital. Formada em direito, a candidata está na política há 27 anos, já exerceu os cargos de deputada estadual por quatro vezes e foi duas vezes foi prefeita no município de Lago da Pedra, onde nasceu.

Leia mais no G1

sem comentário »

PSL homologa candidatura de Maura Jorge

2comentários

A ex-prefeita do município de Lago da Pedra Maura Jorge foi  escolhida pelo Partido Social Liberal (PSL) candidata a governadora do Maranhão nas eleições 2018. O anúncio foi feito durante uma convenção realizada na tarde deste sábado (4), no Espaço Renascença, em São Luís.

“Construir um Maranhão decente, um Maranhão de oportunidades, de geração de emprego. Que o presente hoje significa essa esperança que está sendo depositada na Maura, no nosso vice e em todos os nossos pré-candidatos porque juntos nós somos mais fortes e vamos construir um Maranhão decente para o seu povo e a sua gente”, disse Maura sobre as suas propostas de governo.

A convenção reuniu apoiadores e filiados do partido. A chapa de Maura Jorge lançou Samuel Campelo do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) para a vaga no Senado Federal. Ele já foi eleito duas vezes ao cargo de vereador no município de Itapecuru.

O candidato a vice-governador do estado é o tenente-coronel Roberto Filho (PSL). Roberto Filho tem 28 anos e atualmente é chefe da comunicação da Polícia Militar do Maranhão.

Maura Jorge é formada em Direito e está na política há 27 anos. Ela já foi eleita deputada estadual quatro vezes e prefeita duas vezes da cidade de Lago da Pedra, onde nasceu.

Leia no G1

2 comentários »

Hilton e Chico Carvalho discutem aliança

0comentário

Os diálogos visando à construção da candidatura ao Senado de Hilton Gonçalo vêm avançando. O prefeito de Santa Rita esteve reunido com o presidente do PSL no Maranhão, Chico Carvalho, e ambos discutiram a possibilidade de composição para a disputa eleitoral desse ano.

Hilton Gonçalo está muito próximo de se filiar ao Avante e junto com Eduardo Braide (PMN), eles vêm mantendo um alinhamento para montar uma chapa com condições de chegar à vitória. Dessa forma, o prefeito de Santa Rita prossegue nas suas costuras em busca de mais aliados a esse projeto.

Durante o encontro com Chico Carvalho, Hilton Gonçalo ouviu que o PSL está livre para discutir qualquer aliança partidária no Maranhão, apesar da possibilidade de candidatura de Bolsonaro a presidência da República.

Hilton e Eduardo tem como objetivo garantir espaço na chapa majoritária para partidos diferentes e lideranças de todas as regiões do estado, garantindo a pluralidade.

Foto: Divulgaçào

sem comentário »

Novo momento do PEN no Maranhão

0comentário

Nesta semana, a imprensa nacional afirmou que depois de quase seis meses de namoro com o PEN/PATRIOTA, o deputado federal e pré-candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro, pode acabar indo parar no PSL.

A informação, pelo excelente posicionamento de Bolsonaro nas pesquisas para 2018, repercutiu nos bastidores políticos e o PEN/PATRIOTA precisa se reorganizar para o pleito eleitoral do ano que vem.

No Maranhão, o ex-deputado Jota Pinto, presidente estadual do PEN/PATRIOTA, não perdeu tempo e reuniu a Executiva Estadual para tranquilizar os membros do partido e assegurar que o momento é de união para o fortalecimento da legenda.

“Tudo que foi pedido ao Bolsonaro foi concedido, mas por fim ele exigiu o comando nacional do partido, o que foi negado pelo nosso presidente Adilson Barroso e o ‘casamento’ ficou complicado. As portas seguem abertas ao Bolsonaro, mas só que sem as interferências nas executivas estaduais. Por conta desse novo momento, eu decidi reuni os membros do partido para prestar esses esclarecimentos e pedir a união de todos, inclusive dos membros da UDN que estavam conosco, para que consigamos atingir a cláusula de barreira, que está sendo imposta pela nova legislação eleitoral”, afirmou Jota Pinto.

Sobre o posicionamento do partido nas eleições de 2018 aqui no Maranhão, Jota Pinto marcou uma assembleia para o mês de março do ano que vem, onde o PEN/PATRIOTA decidirá os rumos da legenda. Dentro do partido existe uma corrente que defende candidatura própria, outra que deseja apoiar a reeleição do governador Flávio Dino e outra que prefere o apoio a ex-governadora Roseana Sarney.

“Iremos fazer um congresso no dia 10 de março, neste dia iremos deliberar se apoiaremos candidatura A ou B, ou se teremos candidatura própria. É um bom tempo para tentarmos unir todos e chegarmos a uma decisão em conjunto”, disse.

Jota Pinto também assegurou que espera contar com a permanência dos dois deputados do partido – Júnior Marreca (federal), que esteve na reunião, e César Pires (estadual) – para as eleições de 2018. O presidente do PEN/PATRIOTA confirmou ainda a filiação do Dr. Gutemberg, vereador de São Luís, na legenda.

“O deputado Júnior Marreca está confirmadíssimo, já o deputado César Pires estava aguardando essa definição do Bolsonaro. Quero crer que ele fique conosco, pois não podemos abrir mão de um político da qualidade dele, é um quadro que nos honra muito. Também teremos alguns reforços para 2018, entre eles o vereador de São Luís, Dr. Gutemberg, que disputará a eleição estadual”, finalizou.

Inegavelmente viverá novos rumos o PEN/PATRIOTA com a confirmação da não vinda de Bolsonaro, mas uma coisa é certa, sem Bolsonaro, Jota Pinto volta a ficar extremamente fortalecido no partido.

Foto: Divulgação

Blog do Jorge Aragão

sem comentário »

PSL oficializa apoio a Edivaldo Júnior

3comentários

edivaldo

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior fez questão de utilizar as redes sociais para agradecer o apoio

Nesta semana mais uma legenda confirmou oficialmente apoio à reeleição do prefeito Edivaldo Júnior (PDT) na capital maranhense. Depois do PT, o PSL também oficializou apoio a Edivaldo nos últimos dias.

O Partido Social Liberal (PSL), em evento realizado no Hotel Abbeville, declarou apoio à reeleição do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. A aliança entre PSL e PDT já estava alinhavada, mas faltava oficializar, o que foi feito no encontro comandado pelo presidente estadual do PSL, vereador Francisco Carvalho.

O prefeito Edivaldo Júnior participou do evento e fez questão de utilizar as redes sociais para agradecer o importante apoio para a sua caminhada.

“Fico muito feliz e honrado por mais esse apoio recebido. O PSL é um partido de grandes líderes e respaldo popular. A soma das nossas forças tem um único objetivo, continuar melhorando a vida da nossa população. Obrigado por acreditar em nosso projeto por uma São Luís cada vez melhor”, assinalou.

A tendência é que Edivaldo consiga uma coligação com aproximadamente 15 partidos. Além do PSL e PDT, devem seguir com o prefeito os partidos: PEN, DEM, PL, PSD, PTB, PROS, PSDC, PRP, PT, PSC, PCdoB, PTC e PRB.

Vale lembrar que o PDT também trabalha ainda a possibilidade de fechar aliança com o PSB, comandado no Maranhão pelo senador Roberto Rocha.

Blog do Jorge Aragão

3 comentários »