Roberto Rocha ‘alfineta’ Flávio Dino no Twitter

0comentário

O senador Roberto Rocha (PSDB-MA) alfinetou, nas redes sociais, o governador Flávio Dino (PCdoB) após reportagem do Bom Dia Brasil apontando que Maranhão é um dos estados que conseguiu ultrapassar os gastos com pessoal, incluindo ativos e aposentados, segundo o Tesouro Nacional.

“Pronto! Flávio Dino conseguiu colocar o Maranhão vermelho”, disse.

Além do Maranhão outros 11 estados conseguiram limite permitido de 60% da receita corrente líquida em gastos com pessoal: Acre, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Piauí, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rio Grande do Norte e Tocantins.

O governo Flávio Dino adora divulgar números que lhes são favoráveis, mas sempre silencia e age como se nada estivesse acontecendo quando os dados são negativos.

No Twitter, de onde não sai, Flávio Dino nada comentou…

Foto: Reprodução

sem comentário »

Eduardo Braide reage a declaração de Flávio Dino

0comentário

O deputado federal Eduardo Braide (PMN) reagiu, nas redes sociais, às declarações do governador Flávio Dino, acerca do cumprimento de decisão judicial que determinou a retirada dos morados do Cajueiro, na Zona rural de São Luís por conta da obra do novo porto de São Luís.

Nas redes sociais, Flávio Dino afirmou que decisão judicial deve ser cumprida. “Sobre reintegrações de posse: a polícia militar não pode simplesmente se recusar a cumprir ordem judicial. Houve várias tentativas de mediação, infelizmente frustradas. Não cabe ao governador cassar ou suspender decisão de outro Poder. Já expliquei isso em outros momentos”, afirmou.

Eduardo Braide destacou a incoerência de Flávio Dino que em outros casos se recusou a cumprir decisões judiciais. “O mesmo Governo que baixa decreto para não cumprir decisões judiciais sobre salário de servidores e não cumpre decisões para a nomear soldados na PM, é o que garante a derrubada de casas de diversas famílias na Zona Rural de São Luís. Assim é o comunismo no Maranhão”, disse Braide.

Hoje cedo, Flávio Dino voltou a se manifestar sobre o assunto. “Cumprir decisões judiciais e respeitar as leis não é uma questão de o governante concordar ou não, gostar ou não. Não sou oportunista. Tenho responsabilidades com a autoridade da Constituição, das leis e dos demais Poderes do Estado”, disse Dino.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Márcio Jerry dispara contra Moro nas redes sociais

0comentário

O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB-MA) voltou a disparar contra o ministro Sérgio Moro nas redes sociais.

“Fraudou a eleição e ganhou um ministério. Foi o que Sérgio Moro fez”, disse Jerry.

Márcio Jerry voltou a defender a convocação de Sérgio Moro pelo Senado e Câmara.

“Há razões de sobra para nova convocação de Sérgio Moro ao Senado e à Câmara. Ele deve explicações ao país, deve até explicações à Justiça. O conluio Moro é candidato a condição de maior escândalo da história do Brasil”, afirmou.

Ainda segundo Márcio Jerry, as publicações do The Intercept revelam que Sérgio Moro fez vergonhosa armação política.

“Cada revelação a partir do material do The Intercept é um nocaute em Sérgio Moto, completamente desfigurado pelas ilegalidades cometidas. O que já se sabe caracteriza claramente uma vergonhosa armação política comandada por Sérgio Moro que se escondeu no “combate à corrupção” para corromper o sistema político”, finalizou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Adriano Sarney critica Flávio Dino nas redes sociais

5comentários

O deputado Adriano Sarney (PV) líder da Oposição na Assembleia Legislativa criticou o governador Flávio Dino (PCdoB) nas redes sociais.

Segundo Adriano, Flávio Dino não tem condições de discutir a economia nacional porque “quebrou” o estado do Maranhão.

“Quem é Dino para falar em economia nacional? Antes dele o PIB daqui crescia acima da média nacional. Hoje cai mais do que a de outros estados. O número de pobres aumentou em 300 mil, o desemprego disparou, o governo quebrou… Cinismo incontrolável”, afirmou,

Também nas redes sociais, Flávio Dino defendeu a ampliação de obras públicas e disse que é necessário Bolsonaro parar de pensar nos Estados Unidos e nos mais ricos.

“Inflação abaixo do centro da meta permite corte de juros e mais crédito para empresas. É urgente a ampliação de obras públicas. E um programa emergencial de socorro a famílias endividadas, para melhorar demanda. Há caminhos. Mas é preciso ter foco no Brasil”, disse Dino.

“Liberação de pequena parcela do FGTS é muito pouco diante de uma economia paralisada e com 13 milhões de desempregados. É preciso ter coragem e sensibilidade social. E parar de pensar só nos Estados Unidos e nos mais ricos”, finalizou Flávio Dino.

Foto: Divulgação

5 comentários »

Senadora Eliziane é alvo de ameaças nas redes sociais

0comentário

A senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) solicitou, nesta terça-feira (18), à Polícia do Senado Federal que investigue as graves ameaças que vem sofrendo na redes sociais.

Segundo a senadora maranhense foram criados vários perfis de onde partiram as ameaças que ela vem recebendo nos últimos dias.

Eliziane disse que as ameaças não vão lhe intimidar e disse esperar que os autores venham a ser desmascarados.

“Pedi investigação da Polícia do Senado Federal por graves ameaças que sofri nas redes sociais. Espero que a polícia identifique os perfis de onde partiram as ameaças. Elas não me intimidam e nem mudam a minha opinião. É importante que essas pessoas sejam desmascaradas”, destacou nas redes sociais.

Foto: Reprodução / Redes sociais

sem comentário »

Assis Ramos reage a ataques de Márcio Jerry

0comentário

O prefeito de Imperatriz, Assis Ramos (DEM) respondeu, nas redes sociais aos ataques do deputado federal Márcio Jerry (PCdoB), por conta de um vídeo postado pelo prefeito no qual cobra o governo do Estado e os deputados estaduais eleitos por imperatriz ajuda à cidade que foi fortemente atingida pelas chuvas.

“Sem ajuda do Governo do Estado e dos deputados estaduais não poderemos recuperar toda a infraestrutura da cidade que foi danificada pelas fortes chuvas”, afirmou Assis Ramos.

Márcio Jerry se sentiu ofendido e partiu prá cima do prefeito Assis Ramos chamando-o de “incompetente, incapaz e negligente”.

Na tarde desta quarta-feira (17), Assis Ramos reagiu lembrando a passagem de Márcio Jerry pela cidade quando foi secretário na gestão do prefeito Jomar Fernandes (PT).

“…Uma vez que por aqui você já passou e o único rastro deixado foi no fórum”, disse.

Segundo Assis, o governador tem responsabilidade para com o povo de Imperatriz pelos votos que recebeu na região.

“O governador, por quem você sentiu fortes dores, tem responsabilidade, sim, para com Imperatriz. Não é pelo fato de aqui ter um prefeito que o governador deve se omitir”, disse.

“Se não por mim, mas pelos mais de 80% dos daqui que já votaram nele, Imperatriz mereceria um pouco mais de consideração”, acrescentou.

Veja a resposta na íntegra:

“Márcio Jerry, perdão, mas não foi a você que eu me dirigi (e nem teria motivo para tal, uma vez que por aqui você já passou e o único rastro deixado foi no fórum). Agora, se foi dada a você a tarefa de me responder, largue de ser malcriado e respeite, se não a mim, mas o povo de Imperatriz.

O governador, por quem você sentiu fortes dores, tem responsabilidade, sim, para com Imperatriz. Não é pelo fato de aqui ter um prefeito que o governador deve se omitir.

Se você não soube, fomos atingidos por um temporal sem precedentes, alto poder de destruição, inclusive dos asfaltos recentes com que o governo do estado nos agraciou.

Se não por mim, mas pelos mais de 80% dos daqui que já votaram nele, Imperatriz mereceria um pouco mais de consideração.

Querer que eu tenha humildade ou que eu, na qualidade de representante do meu povo, me humilhe por uma obrigação que também é grandiosamente dele, dá a dimensão exata de um estado de prepotência e que quer se impor pelo temor”.

Atenciosamente,
Assis Ramos e o povo de Imperatriz

sem comentário »

Ninguém vai punir Sampaio e Moto?

4comentários

Somente nesta segunda-feira (11) vi a postagem nas redes sociais do Moto em provocação ao Sampaio, após a vitória por 1 a 0, no clássico do último sábado, no Castelão.

Da mesma forma que condenei a mensagem homofóbica e machista divulgada pelo Sampaio nas redes sociais e em seu site oficial, lamento a postagem também homofóbica e machista publicada pelo Moto nas redes sociais.

As duas equipes jogaram baixo demais na tentativa de promover o clássico.

O Moto que havia afirmado em nota que não iria se “vitimizar”devolveu a provocação da forma mais baixa que poderia.

Aproveito a oportunidade para cobrar ação do Tribunal de Justiça Desportova (TJD-MA) e da Federação Maranhense de Futebol (FMF).

A brincadeirinha de extremo mau gosto feita tanto por Sampaio quanto do Moto não deve passa impune.

Os dois clubes precisam no mínimo ser multados para aprender a lição e deixarem de ser exemplo negativo para as suas torcidas.

Fotos: Redes Sociais

4 comentários »

Sampaio apaga postagem homofóbica contra o Moto

2comentários

Apenas após mais de 24 horas de muita repercussão negativa, o Sampaio apagou das redes sociais e do site a postagem provocativa com conteúdo homofóbico contra o Moto.

O Sampaio mudou para rosa, a cor do escudo do seu maior rival e se referiu ao clube como “delas” e “morto”.

A postagem tola manchou a historia gloriosa do Mais Querido no futebol brasileiro e ganhou repercussão negativa nas redes sociais e nem poderia ser diferente.

Até mesmo a grande maioria de torcedores do Sampaio que consegue deixar a “paixão” de lado condenou o clube pela postagem preconceituosa.

O Moto divulgou nota oficial lamentando a postagem homofóbica publicada pelo Sampaio e disse apoiar a diversidade, e aproveitou para conclamar as duas torcidas a comparecer ao estádio para o clássico deste sábado (9) em clima de paz.

Bom, foi tarde a recuada do Sampaio, mas antes tarde do que nunca.

Fica a lição para que a ética e o respeito às instituições esteja sempre em primeiro lugar. A postagem foi apagada, mas estará sempre viva na memória dos torcedores que querem sempre o melhor para o nosso futebol.

Que o Sampaio aprenda isso…

Foto: Redes Sociais

2 comentários »

Sampaio faz provocação homofóbica com o Moto

24comentários

Que o nível dos nossos times não anda lá essas coisas dentro de campo todo mundo sabe, mas o que ninguém imaginava é que tivesse ainda pior fora de campo. Vejam só que mau exemplo…

O Sampaio saiu com uma provocação que nem de longe soa como algo sadio às vésperas de um clássico contra o maior rival.

Nas redes sociais, o Sampaio mudou a cor do escudo do Moto que virou “rosa” e refere-se ao clube como “Morto”.

E diz mais: o mando de campo é “delas”.

A postagem é no mínimo homofóbica.

Se a intenção foi promover o jogo, o Sampaio foi bastante infeliz e o seu marketing jogou fora a história gloriosa do Mais Querido.

As provocações no futebol são comuns e fazem parte do jogo, mas quando ela é desrespeitosa pode ter consequências e reações imprevisíveis.

Que ridículo!!!

O Moto não respondeu….

24 comentários »

Flávio Dino segue falando sozinho

4comentários

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), é um homem persistente. Isso não se pode negar.

Desde a eleição de Jair Bolsonaro (PSL) como presidente da República, o comunista tenta, de todas as formas, provocar o capitão reformado do Exército Brasileiro. São postagens quase diárias nas redes sociais atacando o vencedor das eleições.

Na mais recente delas, de ontem, Dino fez uma juvenil comparação entre sua cerimônia de posse e a de Bolsonaro.

Os objetivos – pelo menos dois deles – parecem claros: o governador quer, primeiro, obter alguma resposta, seja ela qual for, para poder dizer que está no debate nacional; e, ainda, prepara o terreno para que, em caso de alguma decisão do Governo Federal ruim para a sua gestão, ele possa dizer que está sendo perseguido por fazer críticas ao presidente.

Entre os seus próprios seguidores, a estratégia não tem surtido efeito. Basta ver a quantidade de críticas que Flávio Dino tem recebido nas suas próprias redes por causa da sua postura de líder estudantil.

E assim, o governador maranhense segue em sua saga, falando sozinho.

Estado Maior

4 comentários »