Ninguém vai punir Sampaio e Moto?

4comentários

Somente nesta segunda-feira (11) vi a postagem nas redes sociais do Moto em provocação ao Sampaio, após a vitória por 1 a 0, no clássico do último sábado, no Castelão.

Da mesma forma que condenei a mensagem homofóbica e machista divulgada pelo Sampaio nas redes sociais e em seu site oficial, lamento a postagem também homofóbica e machista publicada pelo Moto nas redes sociais.

As duas equipes jogaram baixo demais na tentativa de promover o clássico.

O Moto que havia afirmado em nota que não iria se “vitimizar”devolveu a provocação da forma mais baixa que poderia.

Aproveito a oportunidade para cobrar ação do Tribunal de Justiça Desportova (TJD-MA) e da Federação Maranhense de Futebol (FMF).

A brincadeirinha de extremo mau gosto feita tanto por Sampaio quanto do Moto não deve passa impune.

Os dois clubes precisam no mínimo ser multados para aprender a lição e deixarem de ser exemplo negativo para as suas torcidas.

Fotos: Redes Sociais

4 comentários »

Sampaio apaga postagem homofóbica contra o Moto

2comentários

Apenas após mais de 24 horas de muita repercussão negativa, o Sampaio apagou das redes sociais e do site a postagem provocativa com conteúdo homofóbico contra o Moto.

O Sampaio mudou para rosa, a cor do escudo do seu maior rival e se referiu ao clube como “delas” e “morto”.

A postagem tola manchou a historia gloriosa do Mais Querido no futebol brasileiro e ganhou repercussão negativa nas redes sociais e nem poderia ser diferente.

Até mesmo a grande maioria de torcedores do Sampaio que consegue deixar a “paixão” de lado condenou o clube pela postagem preconceituosa.

O Moto divulgou nota oficial lamentando a postagem homofóbica publicada pelo Sampaio e disse apoiar a diversidade, e aproveitou para conclamar as duas torcidas a comparecer ao estádio para o clássico deste sábado (9) em clima de paz.

Bom, foi tarde a recuada do Sampaio, mas antes tarde do que nunca.

Fica a lição para que a ética e o respeito às instituições esteja sempre em primeiro lugar. A postagem foi apagada, mas estará sempre viva na memória dos torcedores que querem sempre o melhor para o nosso futebol.

Que o Sampaio aprenda isso…

Foto: Redes Sociais

2 comentários »

Sampaio faz provocação homofóbica com o Moto

24comentários

Que o nível dos nossos times não anda lá essas coisas dentro de campo todo mundo sabe, mas o que ninguém imaginava é que tivesse ainda pior fora de campo. Vejam só que mau exemplo…

O Sampaio saiu com uma provocação que nem de longe soa como algo sadio às vésperas de um clássico contra o maior rival.

Nas redes sociais, o Sampaio mudou a cor do escudo do Moto que virou “rosa” e refere-se ao clube como “Morto”.

E diz mais: o mando de campo é “delas”.

A postagem é no mínimo homofóbica.

Se a intenção foi promover o jogo, o Sampaio foi bastante infeliz e o seu marketing jogou fora a história gloriosa do Mais Querido.

As provocações no futebol são comuns e fazem parte do jogo, mas quando ela é desrespeitosa pode ter consequências e reações imprevisíveis.

Que ridículo!!!

O Moto não respondeu….

24 comentários »

Flávio Dino segue falando sozinho

4comentários

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), é um homem persistente. Isso não se pode negar.

Desde a eleição de Jair Bolsonaro (PSL) como presidente da República, o comunista tenta, de todas as formas, provocar o capitão reformado do Exército Brasileiro. São postagens quase diárias nas redes sociais atacando o vencedor das eleições.

Na mais recente delas, de ontem, Dino fez uma juvenil comparação entre sua cerimônia de posse e a de Bolsonaro.

Os objetivos – pelo menos dois deles – parecem claros: o governador quer, primeiro, obter alguma resposta, seja ela qual for, para poder dizer que está no debate nacional; e, ainda, prepara o terreno para que, em caso de alguma decisão do Governo Federal ruim para a sua gestão, ele possa dizer que está sendo perseguido por fazer críticas ao presidente.

Entre os seus próprios seguidores, a estratégia não tem surtido efeito. Basta ver a quantidade de críticas que Flávio Dino tem recebido nas suas próprias redes por causa da sua postura de líder estudantil.

E assim, o governador maranhense segue em sua saga, falando sozinho.

Estado Maior

4 comentários »

Sarney Filho fala sobre ataques que vem sofrendo

0comentário

Sempre entre os mais preferidos pelos maranhenses para representação no Senado Federal, Sarney Filho respondeu, em suas redes sociais, sobre uma série de ataques que vem sofrendo por meio de redes sociais e blogs alinhados a adversários políticos. (Clique aqui e veja o vídeo)

“Fiz uma campanha sem atacar ninguém, fazendo propostas, colocando aquilo que gostaria de fazer e farei, caso seja eleito. Mas estou sendo atacado porque sou ficha limpa, sou ficha limpíssima. Eu não sou hipócrita como muitos que dizem defender o trabalhador e, na verdade, respondem a processos por corrupção”, pontuou Filho.

O candidato ao Senado ainda destacou outros motivos pelos quais é vítima desses ataques. “Me atacam, ainda, porque sabem que poderei fazer muito mais que eles no Senado. É só comparar. Meu trabalho é sério e comprometido com as causas do Maranhão e do Brasil na Câmara”, completou.

Faltando 3 dias para o pleito, o candidato ao Senado segue em ritmo crescente, recebendo cada vez mais apoios de prefeitos, ex-prefeitos, demais lideranças políticas e da população de vários municípios, que querem que o trabalho em prol do Maranhão continue para que o estado retome o crescimento.

Ontem (4), por exemplo, Sarney Filho participou de dois grandes eventos nas cidades de Açailândia e Balsas, onde recebeu apoio de lideranças locais.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Wellington pede investigação sobre perfis fakes

0comentário

O deputado estadual e candidato à reeleição, Wellington do Curso, protocolou, nesta terça-feira (28), ofício na Polícia Federal, tendo por objetivo identificar rede criminosa de uma rede de perfis fakes que tem divulgado mentiras sobre o parlamentar. Recentemente, houve uma decisão de membros do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), que determinou a exclusão de perfis de rede social.

Agora, o objetivo é identificar quem administrava os perfis fakes, para então, puni-los pelos crimes contra a honra já praticados.

“Trabalhamos diariamente para termos o respeito dos maranhenses. Trabalhamos de forma séria, honesta e sem mentiras. Continuamos firmes lutando por um Maranhão melhor e sem baixarias. Enquanto eles mentem, a gente segue trabalhando em defesa da população. Em 2016, nas eleições para prefeito, sofremos inúmeros ataques pela internet: mentiram, inventaram situações e usaram a máquina pública para divulgar essas mentiras. Agora, em 2018, criaram perfis fakes tentando manchar a nossa imagem. Isso já está sendo investigado, para que possamos punir aqueles que jogam tão baixo e cometem crimes contra a honra de quem trabalha de forma séria”, disse o deputado estadual Wellington do Curso.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Flávio Dino segue descumprindo decisões

1comentário

O governador Flávio Dino (PCdoB) candidato à reeleição ao governo do Maranhão pela Coligação “Todos pelo Maranhão” foi multado em R$ 5 mil e terá que retirar das redes sociais propagandas de obras da gestão Estadual.

Mas Flávio Dino decidiu ignorar as decisões da Justiça.

Mesmo após a decisão – data de 27 de agosto, na segunda-feira, o governador Flávio Dino mantém postagem com atos do governo e marca da gestão em seu perfil na rede social Instagram.

Na segunda-feira (27) o candidato à reeleição pelo PCdoB postou em seu perfil no Instagram e também no Twitter fotos e textos referentes a inauguração de escolas reformas no programa “Escola Digna”.

A primeira representação foi feita pela própria Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) que viu que mesmo após a recomendação de que manter propaganda eleitoral nas redes sociais após 7 de julho deste ano uma promoção a imagem do governador, tanto ele quanto o seu vice – que é candidato à reeleição – Carlos Brandão, usam suas redes pessoais para divulgar ações da gestão pública. A segunda foi feita pelo PV.

Ontem, Flávio Dino continuou a divulgar obras da sua gestão, mesmo com a decisão da Justiça, desta vez uma rodovia na região de Barra do Corda.

A prática de Flávio Dino é seguida por vários secretários que não são candidatos, mas aproveitam a “brecha” para divulgar as obras em andamento pelo governo em seus perfis nas redes sociais.

O Estado

1 comentário »

Flávio Dino deve excluir posts com publicidade

0comentário

A Lei Eleitoral (9.504/97) proíbe a divulgação de qualquer material com a marca do governo atual nos três meses que antecedem as eleições. Por isso, o juiz Alexandre Lopes de Abreu, do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, deferiu liminar para que o governador Flávio Dino (PCdoB), pré-candidato à reeleição, exclua em até 10 dias todo conteúdo de publicidade institucional de sua gestão que ainda está sendo exibido no Facebook e no Instagram.

A representação foi ajuizada pelo diretório do Partido Verde no Maranhão, com pedido de liminar, acusando o governador de praticar conduta vedada a agente público ao exaltar sua gestão em temporada eleitoral. O artigo 73 da Lei 9.504/97 proíbe a utilização de logomarcas relacionadas ao governo, característica de propaganda institucional, nos três meses que antecedem as votações.

Segundo a ação, assinada pela advogada Anna Graziela Neiva, “nitidamente o fato denota uma burla grotesca das limitações impostas pela legislação com o objetivo de fomentar o equilíbrio e a igualdade de oportunidades entre os players que desejam concorrer nessas eleições”.

O juiz Alexandre de Abreu, ao conceder a tutela provisória de urgência, reafirmou que o dispositivo eleitoral que veda a prática de propaganda da gestão atual do governo visa manter a igualdade de oportunidade entre candidatos.

“A partir de uma cognição sumária pautada nas imagens contidas na inicial, observo que foi realizada postagens na internet de bens públicos com a logomarca do atual Governo do Estado, inobservando a restrição contida no artigo 73, VI, b da Lei das Eleições”, afirmou.

Além de retirar as postagens com layout e logomarca do governo tanto de seu perfil pessoal quanto da página institucional em até 10 dias, Flávio Dino deverá pagar R$ 20 mil por dia caso volte a publicar mensagens semelhantes. Segundo a decisão, se os posts não forem apagados pelo próprio político dentro do prazo, o Facebook deverá ser o responsável pela exclusão do conteúdo denunciado.

Propaganda antecipada

Também neste mês, Flávio Dino foi multado em R$ 5 mil pelo TRE-MA por propaganda eleitoral antecipada.

O caso ajuizado pela Procuradoria Regional Eleitoral afirmou que o político participou do evento de pré-candidatura a deputado estadual de Duarte Júnior, também do PCdoB.

Dino teria falado ao público que estava ali para pedir que a população não só votasse como também fizesse campanha por ele, o que foi caracterizado como “pedido explícito de voto”.

Clique aqui para ler a decisão.
Processo 0600119-94.2018.6.10.0000

sem comentário »

Mentira no DNA

0comentário

O governo comunista do Maranhão tem a mentira no DNA, o que não chega a ser uma novidade para quem acompanha o noticiário político local.

E o caso envolvendo o quase fechamento de três serviços do Hospital do Câncer Aldenora Bello evidenciou, mais uma vez, essa característica.

Depois de a fundação mantenedora da unidade emitir ofício anunciando o encerramento de alguns atendimentos, por falta de recursos, o governo Flávio Dino decidiu movimentar-se e trabalhar para liberar verba disponível no Fundo Estadual de Combate ao Câncer.

É o que se espera do Poder Executivo. E o assunto poderia ser encerrado. Mas os comunistas têm essa necessidade premente de mentir. E, pior, acusando outros de fazer o mesmo.

Após a anunciada solução para o problema, os governistas foram às redes vociferar contra fake news. Num vídeo gravado na quinta-feira, 19, o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, teve o disparate de dizer que a solução para o problema foi negociada com o Aldenora Bello “há semanas”.

Só não explicou por que, se era assim, o hospital emitiu um ofício reclamando de falta de recursos no dia 13 de julho, menos de uma semana antes do vídeo de Lula.

E olha que o secretário compartilhou o material com a hashtag #espalheaverdade…

Estado Maior

sem comentário »

Andrea critica ‘caos’ na Saúde no governo Dino

0comentário

A deputada estadual Andrea Murad (PRP) criticou, nas redes sociais a falta de sensibilidade do governador Flávio Dino (PCdoB) na área de Saúde.

Para Andrea Murad, o setor nunca foi prioridade no atual governo, daí o “caos” na Saúde.

“Triste começar o dia e ler nos jornais que o caos na saúde impera sem qualquer sensibilidade do governador Flávio Dino, que nunca priorizou o setor mais necessário para a população. As Upas continuam reduzindo sua oferta de leitos e serviços, e o governo não consegue finalizar 1 centro de hemodiálise, no total de 7 obras licitadas e viabilizadas pela gestão anterior.”, destacou.

Foto: Reprodução/ Redes Sociais

sem comentário »