Hilton discute na China vinda de siderúrgica

0comentário

Prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo

O prefeito de Santa Rita, Hilton Gonçalo (PCdoB), embarca na próxima sexta-feira (30), para a China, onde irá discutir a vinda de um negócio bilionário para a região de Bacabeira e Santa Rita. Acompanhado da esposa, a prefeita Fernanda Gonçalo (PMN), do irmão Celso Gonçalo, conselheiro da FIEMA e do secretário de Meio Ambiente, Clésio, a comitiva vai tratar da vinda da siderúrgica para a região.

Hilton Gonçalo vem acompanhando as negociações envolvendo o governo do Maranhão e o governo chinês, desde que venceu a eleição para prefeito, assim como sua esposa, que venceu em Bacabeira. A dupla se reúne de forma frequente com o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), que é o responsável pelo projeto, uma vez que o governador Flávio Dino (PCdoB) lhe atribuiu essa função.

O projeto da China Brazil Xinnenghuan International Investment (CBSteel) envolve uma usina siderúrgica que produzirá fio máquina numa primeira fase e vergalhões, numa segunda, com investimento total de US$ 8 bilhões.

De acordo com Fernanda Gonçalo, prefeita de Bacabeira, a siderúrgica já tem um terreno, afinal já foi feito o termo de cessão no município e o governo do Maranhão, assim como a Prefeitura, já concluíram a negociação de impostos, ficando assim previsto para iniciar as obras em 2018.

O projeto internacional vai gerar milhares de empregos diretos e indiretos que vão influenciar diretamente na economia de Bacabeira e Santa Rita. Tanto Hilton como Fernanda Gonçalo, já comunicaram Câmara Municipal da viagem que vão fazer para fora do país. A comitiva deve retornar na próxima quinta-feira (6).

Foto: Divulgação

sem comentário »

Desrespeito com atletas no JEMs

7comentários

Tenho falado muito aqui do descaso do Governo do Maranhão com os Jogos Escolares Maranhenses (JEMs) nos últimos anos e afirmado que a competição ainda está sendo feita apenas por fazer.

E quando se trata de esporte, a máxima é aquela de sempre: “deixa para depois” e ignoram a importância que ele tem na formação dos jovens.

Mais uma demonstração disso tive hoje bem cedo. Ao chegar ao Quartel do Comando Geral da Polícia Militar onde acontecem os jogos de voleibol na etapa Metropolitana dos JEMs presenciei uma cena que considero lamentável e que demonstra o desrespeito com atletas e descaso com o esporte.

A quadra do ginásio onde aconteceriam os jogos a partir de 8h da manhã, conforme boletim divulgado pela Secretaria de Desporto e Lazer (Sedel) estava cheia de cadeiras para uma solenidade com a presença do governador Flávio Dino. Dessa forma, cada atleta que chegava ao local era informado que os jogos somente aconteceriam após a solenidade.

O governador Flávio Dino vai inaugurar nesta manhã, o setor de Saúde da Polícia Militar, mesmo assim sem que os atletas fossem avisados, a quadra da PM foi reservada para um evento que poderia acontecer na parte externa, por exemplo, ou mesmo dentro do setor de Saúde.

Ou mesmo os jogos poderiam ter sido marcados para depois das 10h, por exemplo, mas infelizmente é assim que preferem tratar os atletas que disputam o JEMs e no final ainda ficam chateados quando digo que estão fazendo apenas por fazer.

Triste e lamentável!!!!

Foto: Zeca Soares

7 comentários »

Herói Márcio Ronny precisa de atenção

1comentário

Herói Márcio Ronny vive drama

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) se pronunciou quanto a falta de atenção quanto à saúde pública e cobrou mais responsabilidade para tratar com vidas. Wellington mencionou o caso de Márcio Rony, que teve mais de 40% do corpo queimado ao tentar ajudar Juliane Carvalho e suas duas filhas durante atentado a ônibus no dia 3 de janeiro de 2014.

Na ocasião, Wellington mencionou que Márcio Rony viajou às 3h para Goiânia e que o “apoio” que recebeu por parte do Estado foi mínimo, de acordo com o próprio maranhense.

“Não estamos aqui para apontar falhas. O que queremos é que haja, pelo menos, responsabilidade para com as vidas. O Tratamento Fora de Domicílio não é favor por parte do Governo. O Ministério da Saúde impõe isso e, na contramão, o Márcio Rony reivindica atenção. O que ele quer é, tão somente, que o Governo conceda a assistência básica, a fim de garantir o atendimento. De acordo com Marcio Rony, ele deveria receber diárias equivalentes a R$24,75. No entanto, ele viajou e o pagamento  não foi efetivado. Além disso, uma diária em hotel é bem superior. Segundo ele, só é possível custear as despesas graças às doações de pessoas que se sensibilizam com a situação”,  disse Wellington.

Wellington mencionou ainda o caso da pequena Marianny Ribeiro, que está internada no Piauí desde 2016.

“Marianny sofre de Atrofia Muscular Espinhal. Em junho do ano passado, ela foi encaminhada às pressas à Teresina para tentar um tratamento adequado. Mais de um ano já passou e a família aguarda um posicionamento da Secretaria de Saúde. Já fiz esse pedido antes, mas deixo aqui um apelo para que o Governo se sensibilize com a história dessa criança que, ainda nos meses iniciais da vida, já padece com o descaso”, concluiu o deputado Wellington.

Foto: Reprodução/ TV Mirante

1 comentário »

Base de Flávio Dino rejeita diminuir ICMS

0comentário

Base governista rejeita na Assembleia proposta que diminuitia impacto na conta de luz

A base do Governo Flávio Dino (PCdoB) rejeitou na sessão de ontem, na Assembleia Legislativa, o Requerimento nº 470/2017, de autoria do deputado Eduardo Braide (PMN), que poderia beneficiar o consumidor com a redução de impacto na conta de energia elétrica em todo o território estadual.

A matéria tinha como objeto o encaminhamento de ofício ao governador, com a solicitação de revogação dos dispositivos da Lei nº 10.542/2016, de autoria do Poder Executivo, e que aumentou a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre a energia elétrica no Maranhão.

Eduardo Braide lembrou que, além do aumento da conta de luz que entrou em vigor no mês de março, como instituiu a Lei nº 10.542/2016, o consumidor deverá ser penalizado nos próximos meses com novo reajuste, da ordem de 19%, imposto pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

“Não é justo nós fazermos o maranhense pagar duas vezes no ano uma sobrecarga na conta de energia. Esse é o motivo da apresentação desse requerimento, uma vez que já haverá o reajuste tarifário por força de contrato de concessão que será discutido em audiência pública no dia 6 de julho”, disse.

Apesar do apelo do autor, a base governista rejeitou a proposta, sob a orientação dos deputados Zé Inácio (PT) e Rogério Cafeteira (PSB). Ambos encaminharam a votação pela rejeição integral.

“Qual a questão que eu levanto: um erro de procedimento, que atropela o Regimento Interno desta Casa, por se utilizar do instrumento do requerimento. O correto seria utilizar a indicação. Causa até constrangimento aos próprios deputados, uma vez que vai contra um projeto aprovado por nós mesmos”, disse o petista.

Cafeteira rechaçou comparação entre as duas matérias e também questionou o instrumento utilizado por Braide.

“O impacto é incomparável ao aumento de ICMS. Numa conta de R$ 100,00, com o aumento do ICMS, por exemplo, o impacto é de apenas R$ 2,00. O aumento da Aneel, que o Governo é contra, diga­se, é de R$ 15,00, para uma mesma conta de R$ 100,00. Ou seja, é incomparável. Vale ressaltar que sem esse aumento do ICMS não seria possível conceder o aumento aos professores. Também não seria possível a contratação de 400 novos policiais. Nenhum governador ou prefeito tem prazer em aumentar impostos, aquilo foi um remédio amargo. Mas é melhor um remédio amargo na hora certa, do que passar o que passa Curitiba e Rio de Janeiro”, completou.

A matéria, que recebeu os votos favoráveis apenas dos deputados Eduardo Braide, César Pires (PEN); Max Barros (PRB); Wellington do Curso (PP); Andrea Murad (PMDB), Nina Melo (PMDB) e Sousa Neto (PROS), foi rejeitada em Plenário.

O aumento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), aprovado no ano passado, está valendo desde o mês de março deste ano em todo o estado. O impacto é sentido pelo consumidor na conta de energia elétrica, nos combustíveis álcool e gasolina, nos cigarros, na TV por assinatura, telefonia e internet.

Foto: JR Lisboa/Agência AL

O Estado

sem comentário »

Andrea cobra salários atrasados de médicos

0comentário

Deputada estadual Andrea Murad (PMDB) cobra salários atrasados de médicos de Balsas

A deputada Andrea Murad (PMDB), durante discurso nesta segunda (26), cobrou o pagamento de 3 meses de salários atrasados dos médicos obstetras e pediatras de Balsas. A insatisfação da categoria levou os profissionais entrarem de aviso prévio no Hospital São José, unidade privada que tem um convênio com o Governo do Estado desde agosto do ano passado.

“A Sociedade Beneficente  São Camilo, que administra o hospital São José em Balsas, tem um convênio com o Governo e esse dinheiro não está sendo repassado. Eles repassaram seis meses e faltam repassar os outros seis. E a finalidade desse convênio é para justamente o pagamento de médicos, para compras de medicamentos, tudo o que necessita para um hospital funcionar. Aí a Secretaria de Estado da Saúde alega que não fez os repasses para o hospital, porque o hospital não apresentou a prestação de contas devidamente. A direção do hospital afirma que prestou contas em 31 de março. A Secretaria demorou em fazer suas ressalvas, o hospital apenas há duas semanas respondeu aos apontamentos da SES e até agora espera o governo responder ao relatório final. Ou seja, só está faltando a Secretaria de Saúde agora resolver a situação para que o recurso possa ir”, explicou Andrea.

A deputada argumentou que a paralisação de médicos em uma unidade dessa complexidade, principalmente na área materno infantil, que abrange toda a região de Balsas,  não pode acontecer e colocar em risco a vida de centenas de mães e crianças. Para Andrea, a negligência tem sido constante na gestão da saúde do Estado e criticou o longo atraso nas obras do Hospital Regional de Balsas, entregue ao governo Flávio Dino com mais da metade das obras concluídas.

“Então, o Governador, que já está no terceiro ano de seu mandato, que recebeu um hospital regional com quase 80% das obras, já que não conclui a obra do hospital do Estado e por isso ele fez um convênio que ele honre com seus compromissos. Eu acho que a Secretaria de Saúde precisa ter eficiência, isso é um dos princípios básicos da administração pública, então eu peço que o Secretário Carlos Lula veja com carinho essa situação para que possa ser resolvido esse atraso dos salários dos médicos de Balsas, evitando assim que serviços na área materno infantil sejam suspensos só porque o Governo não consegue pagar o que é devido aos médicos, profissionais essenciais para aquela região”, discursou.

Foto: JR Lisboa/Agência AL

sem comentário »

Feirinha São Luís estimula produção

4comentários

Em sua terceira edição, Feirinha São Luís estimula produção e venda de produtos agrícolas

Uma nova janela de escoamento da produção local, a terceira edição da Feirinha São Luís, realizada pela Prefeitura por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), funciona como vitrine para os produtos agrícolas cultivados na Ilha de São Luís. O espaço, que também contempla artesanato, artes plásticas, gastronomia, literatura e apresentações culturais, conta com a parceria do Governo do Estado.

Presente nessa edição, o governador Flávio Dino, que visitou a feirinha e destacou a importância de ocupar o Centro da cidade com atividades produtivas.

“Estamos ocupando uma parte importante da capital do Estado, valorizando a produção local agrícola, artesanal e cultural, ativando ainda mais a promoção turística com um projeto que tem uma intenção social de geração de renda. Pude conversar com todos os comerciantes presentes e vi a alegria deles em participar da Feirinha São Luís que veio pra ficar e só tem a crescer cada vez mais”, afirmou o governador.

Para o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, o escoamento da produção local, assim como a geração de emprego e renda, principais objetivos da Feirinha São Luís, foram alcançados com a juda do público que abraçou a iniciativa da Prefeitura.

“A ideia surgiu por orientação do prefeito Edivaldo, da necessidade de novos canais para comercialização da produção rural da nossa capital, que é muito rica em agricultura, e unimos com a vontade de reocupar o Centro da capital aos fins de semana, durante a manhã. Já vemos clientes fiéis, que estão presentes em todos os eventos e sempre chamando mais alguém para prestigiar”, informou Ivaldo Rodrigues.

Foto: Honório Moreira

4 comentários »

Andrea defende que CPI apure desde 2004

0comentário

Deputada estadual, Andrea Murad (PMDB)

A líder do bloco de oposição da Assembleia Legislativa, deputada Andrea, argumentou na Assembleia Legislativa que a CPI proposta pelo deputado Wellington do Curso deve abranger desde a gestão do ex-governador José Reinaldo Tavares, quando iniciou a contratação de OS e OSCIPS, passando pelos governos de Jackson Lago, Roseana Sarney e agora Flávio Dino.

“Em relação à CPI proposta pelo Deputado Wellington, eu como oposição, como uma deputada que também quer as coisas esclarecidas, pedi ao Deputado Wellington que a CPI fosse desde a gestão de Ricardo Murad, que tanto vocês incriminam e até hoje não encontraram nada contra ele. E vou além, vou pedir ao Deputado Wellington que vá desde o Governo José Reinaldo, quando foi implantado esse modelo de terceirização, passando pelo de Jackson Lago, Roseana Sarney, chegando finalmente ao governo Flávio Dino. Por que se quiser investigar profundamente tem que ser assim, do início até o fim” discursou hoje.

Andrea Murad criticou ainda o anúncio do governo sobre a realização de concurso para a saúde como medida de abafar os escândalos na área e o fato de muitos aprovados em seletivos do Estado em 2015 não serem chamados.

“Só após os escândalos na Saúde, ele anuncia o concurso público. E ano véspera das eleições. E cadê as pessoas que passaram no seletivo em 2015 que até hoje não foram chamadas? Depois de muita pressão inaugurou alguns hospitais – destacando que todos foram deixados prontos pelo ex-secretário Ricardo Murad somente para Flávio Dino inaugurar ou concluir – que todos nós sabemos que as vagas são preenchidas por indicações políticas. Se V. Ex.ªs quiserem, eu cito alguns deputados e prefeitos, muitos inclusive mandam e desmandam nas unidades, por isso que não chamam quem passou no seletivo e por isso que a Saúde está como está. Aí vem este secretário dizer que nunca se investiu tanto na saúde como agora. Ora, tenha paciência! Está de brincadeira? De fato, com esse tipo de declaração ele só demonstra que não sabe o que acontece na gestão dele, que sequer ouve a população. Eu denuncio quase que diariamente as filas nas unidades, sem médicos e sem atendimento para a população, médicos reclamando sem receber, hospitais abandonados ou sendo sucateados, em Upas chega a faltar buscopan e até gaze, a saúde está um um caos, a EMSERH quarteirizando serviço para INVISA e a BIOSAÚDE acusadas judicialmente de desvios de recursos em outros estados, mas a Saúde para o secretário está muito bem”, disse.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Adriano alerta sobre programa de Dino

0comentário

Deputado estadual, Adriano Sarney (PV)

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) fez um alerta a respeito da Medida Provisória nº 233/2017, que institui o Programa Maranhão Juros Zero, de autoria do governo Flávio Dino (PCdoB), aprovada na Assembleia nesta quarta-feira (21).

Segundo o parlamentar, essa proposta deveria ter sido discutida na recém-criada Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, que ele preside, bem como seguir o trâmite normal da Casa, passando pelas comissões temáticas. “É uma clara tentativa do governador Flávio Dino de suprir o aumento de impostos que ele impõe aos empresários e à toda a população”, critica.

De acordo com Adriano, é preciso ficar atento para alguns pontos do Maranhão Juros Zero. “Por exemplo, esse programa não tem carência. O micro empresário toma um empréstimo e no mês seguinte já tem que começar a pagar a primeira parcela. Também não sabemos quais são as taxas que serão pagas. Enfim, tudo isso nós tínhamos que discutir mais”, disse o deputado.

Segundo o parlamentar, o setor de micro e pequenos empresários e empresárias compõem uma rede de milhares de pessoas, que representam 98% das empresas do estado, uma parcela importante da sociedade que certamente vai se unir para fiscalizar esse programa do governo.

“Vamos acompanhar a quantidade de tomadores de empréstimo, monitorar a curva de inadimplência e colher mais informações junto ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica, porque esse é um projeto que tem parceria de bancos oficiais. Nós queremos saber como esse projeto vai funcionar, de fato, para que não seja apenas mais uma iniciativa puramente eleitoreira do governo comunista”, explicou Adriano.

sem comentário »

Raimundo Cutrim critica Segurança Pública

0comentário

Deputado estadual, Raimundo Cutrim (PCdoB)

Em pronunciamento feito na sessão desta terça-feira (20), o deputado Raimundo Cutrim (PCdoB), voltou fazer duras críticas tanto ao sistema de segurança pública anterior como do governo Flávio Dino.

Ele enfatizou que a segurança do governo passado foi muito ruim, vindo numa decadência muito grande que chegou a extinguir. Em 2015, ele pensou que a situação ia pelo menos estabilizar, mas não  foi isto que acontece, pois o índice de violência não reduziu.

“Vamos torcer, vamos abraçar essa causa porque a segurança ruim atinge a todos os maranhenses. Melhorando, melhora para todo mundo. Por isso, é que nós não podemos ter ideologia contra a segurança; vamos abraçar essa causa para melhorar, para conseguir que ela evolua. Se não conseguir reduzir, mas pelo menos que a gente estabilize. Eu não quero saber se São Paulo, se no Rio de Janeiro, e se no Rio Grande do Sul, está ruim. Nós temos que nos preocupar é com a nossa terrinha: o Maranhão é que não pode está ruim do jeito que está”, disse.

Mostrando dados técnicos que podem ser consultados nos documentos oficiais, Raimundo Cutrim, afirmou aos seus pares e à população maranhense que é aliado mais do que nunca do governador Flávio Dino.

“Dos 42 deputados, se por ventura saíssem 41, eu estaria com ele, porque eu não largo o barco. Com certeza, estaremos juntos, no ano que vem, na campanha de governador, eu estarei lado a lado. Agora, deixar de falar o que penso, de criticar aqui nós não podemos. Como deputados, nós temos que ser independentes, nós temos que falar aquilo que deve ser dito e a gente está para ajudar e colaborar e eu estarei junto com o governador aí para o que der e vier, mas evidentemente as críticas são construtivas, e isso é salutar na realidade da democracia”, afirmou Raimundo Cutrim.

Foto: Kristiano Simas/Agência AL

sem comentário »

Escutec aponta liderança de Roseana

4comentários

Conhecidos os números da pesquisa do instituto Escutec que estava sendo guardada e que aponta a liderança da ex-governadora Roseana Sarney com 7 pontos de diferença sobre o governador Flávio Dino (PCdoB).

O levantamento é o primeiro realizado com os nomes de prováveis candidatos faltando um ano e quatro meses para as eleições de 2018.

A ex-governadora Roseana Sarney aparece com 32,9% pontos percentuais, enquanto o governador Flávio Dino tem 25,9%.

O deputado estadual Eduardo Braide (PMN) que foi o segundo colocado na eleição para prefeito de São Luís tem 11,4%. O senador Roberto Rocha (PSB), com 6,6% e a ex-prefeita de Lago da Pedra Maura Jorge (Podemos), aparece com 2,5%. Nenhum deles 12,6% e não sabe/não responderam 8,1%.

A pesquisa foi encomendada pelo PMDB e realizada no início deste mês.

4 comentários »