Mobilidade urbana

1comentário

rose_2

A governadora Roseana Sarney destacou os benefícios das obras que serão viabilizadas aos maranhenses com o investimento da ordem de R$ 245,08 milhões pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2 Mobilidade Urbana, anunciados pela presidente Dilma Rousseff, nesta quinta-feira (13), no Palácio do Planalto, em Brasília. A solenidade no Distrito Federal teve presença do secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Hildo Rocha, responsável pelo gerenciamento do programa no Estado.

Para execução imediata, foi aprovada obra de melhoria na Avenida dos Holandeses, em São Luís, possibilitando a implementação da 2ª etapa da Avenida Metropolitana. Só para essa obra serão R$ 182 milhões em investimentos. Além disso, mais de R$ 5 milhões foram liberados para a elaboração dos Projetos Executivos das obras de duplicação de mais um trecho da MA-201 (Estrada de Ribamar) e da Estrada da Mata.

“Estamos felizes. Já iniciamos essa obra e, com esses recursos, daremos continuidade a esse que é o Anel Viário de São Luís. Com a obra, a Avenida dos Holandeses ganhará um corredor exclusivo para ônibus, beneficiando as pessoas que moram mais longe e trabalham no Centro da cidade, além de melhorar o trânsito para todos nós, moradores”, declarou a governadora.

Roseana Sarney destacou que a primeira etapa da obra, das proximidades da Vila Funil até a intersecção da Estrada da Raposa com a da Maioba, já está em andamento. Os recursos são do Governo Estadual e a execução é da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra). Já a 2ª fase do trabalho, que será viabilizada pelo PAC, engloba trecho da intersecção das Estradas da Raposa com a da Maioba até a Ponta d’Areia.

“As obras no setor resultam em melhorias da qualidade de vida dos maranhenses e se integrarão a outras ações já em andamento na Região Metropolitana de São Luís”, destacou o secretário de Cidades, Hildo Rocha.

Até o momento, o Maranhão tem investimentos de R$ 1,03 bilhão para obras de mobilidade urbana do PAC. Do total de R$ 245,08 milhões anunciados nesta quinta (13), R$ 155,08 milhões são do OGU e R$ 90 milhões de financiamento.

Do valor global, R$ 187,3 milhões serão destinados às obras do Governo, sendo R$ 97 milhões oriundos do Orçamento Geral da União (OGU) e R$ 90 milhões de contrapartida do Estado; além disso, R$ 57,78 milhões vão ser encaminhados à Prefeitura de São Luís.

Além do Maranhão, foram beneficiados com os investimentos do PAC 2 Mobilidade Urbana os estados de Goiás, Rio Grande do Norte, Paraíba, Mato Grosso do Sul e o Distrito Federal. Ao todo, são R$ 3,8 bilhões para obras no setor, sendo R$ 2,27 do Orçamento Geral da União (OGU) e R$ 1,58 bilhão de financiamento.

1 comentário »

Educação especial

2comentários

geral_2

Com o objetivo de possibilitar maior inclusão social das pessoas com deficiência a Prefeitura de São Luís recebeu cerca de 450 alunos na Aula Inaugural dos cursos de Educação Especial, que estão sendo oferecidos pela Secretaria Municipal de Educação (Semed). Foram oferecidas vagas para cursos de Braille, Libras e Educação Especial em Contexto.

Capacitar os professores da rede municipal para torná-la cada vez mais inclusiva é o principal objetivo dos cursos. Com duração de 120h, as aulas propiciam aos participantes o conhecimento sobre o sistema Braille e oferece oportunidade para a capacitação em temas, como “A Comunicação e a relação Interpessoal com a Pessoa Cega”, “Aspectos gramaticais e linguísticos da Libras”, “Transtorno Global do Desenvolvimento – Autismo”, “Sala de Recursos” e “Neurociência”.

Na primeira aula, realizada no Hotel Abbeville, o secretário Geraldo Castro destacou que são com ações como essa que a secretaria está trabalhando na construção de uma escola mais inclusiva. “É essa a escola que queremos! Agradeço a dedicação e o empenho da equipe responsável pela realização dos cursos. Estamos trabalhando diariamente para que as escolas tenham condições de recepcionar os nossos alunos e para que os professores desenvolvam seus trabalhos com excelência”, ressaltou.

No curso de Libras, o participante terá a oportunidade de se capacitar em temas como “A pessoa surda: conceitos, identidade e cultura”, “Educação de surdos: aspectos filosóficos e históricos”, “Legislação da Língua Brasileira de Sinais”, “Sistema de transcrição da Libras”, “Aspectos gramaticais e linguísticos da Libras” e “Léxico Básico da Libras”. Para o curso “Educação Especial em Contexto”, serão formadas três turmas de 100 alunos cada uma. Para cumprir a carga horária de 120h, serão realizados três encontros por mês (dois com aulas expositivas e um com elaboração e participação em oficinas).

2 comentários »

Esclarecimento da CBF

8comentários

Com relação à nota “Mico na viagem”, publicada na coluna ‘Radar On-line’, assinada por Lauro Jardim, no dia 7 de março de 2014, na revista Veja, e visando a informar melhor o público, a CBF presta os seguintes esclarecimentos:

– Por determinação da presidência da CBF, a delegação da Seleção Brasileira, que esteve em viagem para a disputa de amistoso na África do Sul – de 2 a 6 de março de 2014 -. foi chefiada por Antonio Américo Lobato Gonçalves, presidente da Federação Maranhense de Futebol.

– O chefe da delegação foi muito bem recebido por todos os membros da comissão técnica e jogadores e teve acesso normal a todos os ambientes reservados à Seleção.

– A notícia publicada pela coluna Radar On-line aventando que o chefe da delegação “levou para a excursão uma comitiva imensa” é improcedente e descabida.

Site da CBF

8 comentários »

Está chegando a hora…

1comentário

joaquimhaickelPor Joaquim Haickel

Meses atrás fui convidado para uma conversa com um grupo de pessoas que gostaria de debater sobre a atual conjuntura política e eleitoral de nosso estado e falar sobre suas atuais circunstancias e sobre as possíveis consequências decorrentes delas.

Depois de vários encontros resolvemos que deveríamos suspender as reuniões, pois mesmo que a conversa em nosso âmbitofosse muito produtiva, na pratica não levava a nada, já que estávamos completamente fora no núcleo das decisões. Eu, no entanto, acredito que o simples fato de um grupo de pessoas influentes, cada um em seu segmento, como eram aquelas, sempre acabam ganhando ao se reunirem para conversar sobre os rumos pelos quais o nosso estado pode e deve seguir.

Desde nossa última reunião não mantive mais nenhum contato em conjunto com aqueles amigos, apenas falei individualmente com um ou com outro, mas sei que todos continuam preocupados com o rumo que a coisa tomou.

Constatamos que o grupo do qual fazemos parte, que mais tem se mantido o poder no Maranhão nesses últimos 48 anos (34 anos contra 14, fazendo uma diferença de 20anos), vêmao longo do tempo cometendo erros graves.

Em nome de uma renovação, necessária e indispensável, jogou-se fora o manual da boa e antiga política. Antiga, jamais velha. Antiga, porem sábia e experiente. A boa prática dos dois dedos de prosa na porta da casa do cabo eleitoral, do chefe político, a visita pura e simples, sem ser preciso alarde, comitiva, entrega de obras…

Nos últimos anos faltou-nos a vontade de conversar com os políticos, até porque os políticos também mudaram, passaram a não querer apenas conversar ou simples promessas, ou compromissos não cumpridos. Passaram a exigir participação no governo, nas decisões, emendas parlamentares…

Mas deixemos os entretantos e entremos logo nos finalmentes.

Do jeito que as coisas estão, elas não podem ficar. Chegamos a um impasse que nos coloca em uma situação bastante delicada, mas acredito que ainda haja uma saída. Uma única.

Bem, como tive que me afastar por alguns dias para acompanhar minha mãe em São Paulo, que teve que se submeter a uma importante cirurgia cardíaca de emergência, vou quebrar a promessa que fiz a mim mesmo, quando disse que não me meteria nesse parangolé se não fosse chamado. Lá vai.

Aprendi muito cedo que em politica, existe uma coisa indispensável, de tempos em tempos. O fato novo, com o qual se muda as circunstâncias para fazer com que as consequências desejadas sejam alcançadas. Sem fato novo tudo fica mais difícil.

Primeiro, não vou dizer nada que todos os envolvidos não estejam carecas de saber.

O melhor caminho para elegermos o nosso candidato ao governo é colocá-lo desde já à frente da administração deste mesmo governo. Para sua eleição ficar mais leve ele deve ter um candidato a senador que o ajude nesse intento.

Logo, para que Luís Fernando seja o governador eleito pela Assembleia e para que Roseana, o melhor nome para disputar o senado ao seu lado possa realmente fazê-lo, precisa-se que o presidente da ALM entenda e aceite que, se ele não abrir mão de sua candidatura de governador para um mandato de nove meses, isso não irá acontecer e ai… Nem mel nem cabaça. Talvez um pouco ao contrário. Um pouco de má vontade por parte de quem se sentir prejudicado.

Bom, mas o que Arnaldo Melo e seus fieis escudeiros deputados estaduais, que na verdade são os detentores do poder de decisão sobre a eleição governamental e senatorial de outubro próximo, ganham com tudo isso? Conversa eles não aceitam mais. Quando aceitariam não tiveram. Agora só há uma saída e não há como enganar nem ser enganado nesse jogo, o que é uma grande vantagem.

Precisa-se de um acordo de cavalheiros. Entre pessoas honradas. Com fiadores de crédito reconhecido na praça e no mundo político,capazes de garantir com segurança que Roseana possa deixar o governo para se candidatar ao senado; que Luís Fernando seja eleito governador na ALM; Que o vice seja indicado por Arnaldo e por seus deputados mais chegados; Que no novo governo, se abra espaço para que o presidente da ALM e esses deputados indiquem alguns importantes secretários de estado; Que no ano que vem, depois do governador eleito, da Assembleia refeita, fique desde logo acertado a recondução de Arnaldo Melo para a presidência do legislativo maranhense.

Em minha modesta opinião não há outro acordo que possa ser feito ou aceito por nenhum dos lados desse imenso e hoje paquidérmico grupo político.

Não vejo hoje nenhuma outra saída. Nenhuma que nos possibilite mais chance de vencermos as eleições de outubro próximo.

Alguém poderia perguntar se é possível confiar nas partes envolvidas nesse acordo. Tenho certeza absoluta que sim, pois ambas conseguiram uma coisa inédita na vida politica maranhense. Não tersaída. Se correrem o bicho pega, se ficarem o bicho come.

Se Arnaldo e os deputados que o querem ver nos Leões, não abrirem mão de suas posições, Roseana permanecerá no cargo e tentará eleger Luís Fernando. É claro que esse não é o melhor cenário, mas é menos pior que os outros que se apresentam. Se Luís Fernando não cumprir os acordos estará dando motivo para os demais descumpriram sua parte nele, se bandeando para o lado adversário, fato que muito possivelmente decidiria a eleição.

Estão no mesmo barco. Numa dança cigana de lenço e faca.

* Joaquim Haickel é ex-deputado estadual e atual secretário de Estado de Esporte e Lazer

1 comentário »

JEMs 2014

0comentário

alimneto

A Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel) apresentou a equipe de trabalho que irá atuar nos Jogos Escolares Maranhenses (JEMs), principal competição estudantil do Maranhão. A reunião, que foi conduzida pelo secretário-adjunto de Desporto Educacional e diretor-geral dos JEMs, Alim Maluf Neto, foi realizada no auditório da Sedel, na tarde desta terça-feira (11).

Além de servir como apresentação de todos os integrantes da equipe, o encontro serviu para que fossem discutidas algumas estratégias operacionais, como a utilização dos alojamentos, o transporte das delegações e equipes de trabalho durante a realização dos jogos escolares, assim como a realização dos serviços de limpeza nas praças esportivas e distribuição do material de competição.

De acordo com Alim Maluf Neto, todas essas providências estão sendo tomadas com antecedência, como de praxe, para que os JEMs 2014 possam ocorrer da melhor maneira possível.

O diretor-geral dos JEMs afirmou que a Sedel está envidando todos os esforços para realizar uma grande competição este ano. “Estamos seguindo as orientações do secretário Joaquim Haickel e preparando um JEMs grandioso com o que é possível. Estamos preparando tudo com antecedência para que a competição possa ser um sucesso no que diz respeito ao número de municípios, escolas e atletas participantes, assim como, em toda a sua logística. Queremos possibilitar o melhor para quem está inserido nos JEMs”.

Vale destacar que termina nesta sexta-feira (14) o prazo para que municípios e escolas entreguem o termo de adesão dos JEMs 2014. As cidades e instituições de ensino interessadas em participar desta edição dos jogos escolares precisam entregar a documentação necessária na sede da Sedel, localizada no bairro do Outeiro da Cruz. Os termos de adesão para participação nos JEMs 2014 estão disponíveis no site da Sedel. O endereço é o www.esporteelazer.ma.gov.br.

sem comentário »

Encontro de educadores

2comentários

geraldocastro

Cerca de 300 profissionais do magistério participaram, nesta quarta-feira (12), do I Encontro de Gestores Escolares e Coordenadores Pedagógicos da rede municipal de ensino. Ao longo do dia, os coordenadores pedagógicos que atuam em escolas da Prefeitura de São Luís puderam contribuir com a política de formação da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e ainda receberam orientações sobre procedimentos a serem executados nas unidades de ensino ao longo deste ano.

A melhoria da qualidade da educação municipal através do diálogo com os profissionais da área é uma das diretrizes da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. O Encontro de Gestores teve início na terça-feira (11) com a presença de gestores da rede escolar e nesta quarta-feira foi direcionado aos coordenadores pedagógicos. Durante o evento o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro, agradeceu os profissionais pelo empenho dedicado à Educação de crianças, jovens, adultos e idosos de São Luís.

“Gostaria, inicialmente, de agradecer a cada um e cada uma de vocês pelo trabalho desempenhado na rede municipal de ensino. Já conseguimos solucionar questões como a dos cooperados, do transporte escolar e da merenda escolar, por exemplo. Ainda nesse ano, teremos empresa licitada para realizar manutenção nas unidades de ensino e o lançamento do edital do concurso. Com a visão e o esforço do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, já concretizamos esses avanços valorosos e continuaremos caminhando a passos firmes, para traçar um novo cenário para a Educação na cidade”, declarou Geraldo Castro.

A programação do dia contemplou uma homenagem a colaboradoras que já exerceram funções no grupo de formação continuada de coordenadores pedagógicos. Certificados de reconhecimento pelo desempenho foram entregues a elas. Uma das homenageadas do dia, a servidora Maria das Graças Meirelles Almeida, sentiu-se reconhecida pelo trabalho desenvolvido no grupo de formadores de coordenadores pedagógicos da Secretaria. “Estou extremamente emocionada com o reconhecimento feito pelos meus colegas. Tivemos muitas dificuldades naquele momento e essa homenagem reconhece toda a perseverança que tivemos”, destacou.

Também esteve na pauta uma palestra com o tema “Política de formação da Secretaria Municipal de Educação e perspectivas para 2014” e um relato de experiência da professora Maxlene Bezerra, sobre as contribuições da formação continuada para o coordenador pedagógico no ambiente escolar.

Ao final da reunião, a secretária adjunta de Ensino, Áurea Prazeres, mediou uma discussão da versão preliminar de um documento a respeito da jornada de trabalho docente, especialmente sobre a implantação de 1/3 de carga horária.

Foto: Ana Paula Rodrigues

2 comentários »

Hemomar de Bacabal

0comentário

robertocosta

Preocupado com a saúde pública no município de Bacabal, o deputado estadual Roberto Costa (PMDB) cobrou, na sessão desta quarta-feira (12) na Assembleia Legislativa, a reativação do Hemomar na cidade. O parlamentar entrou com uma indicação solicitando da Secretaria de Saúde informações a respeito da falta de funcionamento da unidade.

“Nós queremos que o Secretário possa atender as nossas reivindicações, porque não é uma reivindicação do deputado Roberto Costa apenas, é uma reivindicação de toda uma população que necessita do apoio e da estrutura do Hemomar implantado na cidade de Bacabal”, disse o parlamentar.

Roberto Costa destacou que a situação é alarmante, já que no caso de uma necessidade, a população precisa recorrer a unidades distantes para conseguir bolsas de sangue. “Na hora de uma necessidade, na hora de uma cirurgia de urgência, na hora de qualquer procedimento necessário e que precise de sangue na cidade de Bacabal, a população tem que percorrer mais de 150 km para ter uma bolsa de sangue, e isso tem criado complicações, inclusive na questão de óbitos, de pacientes que necessitam desse apoio urgente e não se tem”, apontou.

O Hemomar de Bacabal, responsável pela distribuição de sangue para hospitais do município, já está desativado há quase 4 anos. Segundo Roberto Costa, além de a unidade atender os mais de 100 mil habitantes de Bacabal, a sua estrutura de saúde atende também todos os municípios da região do Médio Mearim, como São Luiz Gonzaga, Lago Verde, Bom Lugar, Vitorino Freire, Lago da Pedra, Pio XII, Satubinha.

“É uma cidade que tem uma importância muito grande na prestação de serviço para aquela toda a região, e, para a tristeza, nossa o Hemomar de Bacabal não tem funcionado. E, nós já inclusive reivindicamos a governadora Roseana Sarney, para que ela possa tomar as medidas necessárias, para que possa ser reimplantado o Hemomar em Bacabal. Nós já temos o projeto do hospital para ser reformado e ampliado, o Hospital Geral de Bacabal, agora, necessitamos urgentemente que o Hemomar volte a funcionar na cidade”, finalizou.

sem comentário »

Escola integral

0comentário

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) abre, nesta quinta-feira (13), as inscrições do processo seletivo para ingresso de alunos na 1ª série do ensino médio no Centro Experimental de Ensino Médio Colégio Maranhense Marcelino Champagnat – primeira escola de educação integral da rede pública estadual do Maranhão.

O centro, que funcionará no prédio do antigo Colégio Marista, localizado na Rua Oswaldo Cruz, Centro, oferecerá 280 vagas para o ano letivo de 2014.  Podem participar do seletivo, alunos com idade entre 15 e 17 anos (completos em 2014) e que concluíram o ensino fundamental.

As inscrições serão gratuitas e devem ser feitas exclusivamente pelo endereço eletrônico da Seduc ( www.educacao.ma.gov.br ), no período de 13 a 18 de março de 2014.

O Marcelino Champagnat funcionará com jornada ampliada, onde o aluno permanecerá por oito horas diárias (das 7h30 às 17h30), desenvolvendo atividades diversificadas, o que irá lhe proporcionar uma formação integral, envolvendo os aspectos cognitivo, cultural, ético, estético, psicomotor, sócio-afetivo e o espiritual.

A prova para ingresso na escola de educação integral será composta de 40 questões abrangendo as áreas do conhecimento de Língua Portuguesa e Matemática. As provas serão realizadas no dia 30 de março, com 4 horas de duração e início às 13h30. Os locais de aplicação dos testes serão divulgados a partir do dia 26 de março no www.educacao.ma.gov.br.

Os candidatos deverão comparecer ao local das provas com antecedência mínima de 1h, portando, o documento de identificação com foto: RG ou Carteira de Estudante (original) e comprovante de inscrição (o número de inscrição é gerado on-line no ato da inscrição); e caneta esferográfica transparente de tinta preta.

O resultado do seletivo será divulgado no dia 7 de abril, no endereço eletrônico da Seduc. Após divulgação do resultado final, os candidatos classificados deverão realizar matrícula no período de 8 a 11 de abril.

Para candidatos com dificuldade de acesso à Internet, a Seduc colocará a disposição nove pontos de apoio para a realização da inscrição on-line, conforme relação anexa.

A implantação do Ensino Médio integral com jornada ampliada está fundamentada nos Planos Nacional e Estadual de Educação, que preveem ao poder público oferecer educação em tempo integral nas escolas sob sua responsabilidade. A Lei Nº 720/07 que altera dispositivos da Lei Nº 9.394/1996, diz que essa jornada escolar nas etapas da Educação Básica, deve ser de no mínimo quatro horas de efetivo trabalho pedagógico, sendo progressivamente ampliado esse período de permanência do aluno na escola, a critério dos sistemas de ensino.

sem comentário »