Braide e a política em benefício da população

0comentário

O deputado federal Eduardo Braide (PMN) que é pré-candidato e lidera as pesquisas de opinião sobre a sucessão na Prefeitura de São Luís, anunciou nas redes sociais que destinou emenda para a compra de medicamentos para o Hospital da Criança.

Braide é adversário político do grupo do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, mas independente disso trabalhado para trazer benefícios para a área de Saúde, beneficiando a população de São Luís e todo o Maranhão que utiliza a rede pública.

“Destinei mais de R$ 300 mil para a compra de medicamentos das nossas crianças. A emenda já está paga e o dinheiro na conta. Agora, é com a Prefeitura de São Luís”, disse.

Antes do Hospital da Criança, Braide destinou recursos da ordem de R$ 600 mil para a aquisição de moderno mamógrafo pelo Hospital Aldenora Belo e que vai ajudar muito no pacientes com câncer de mama no Maranhão.

Esse é sem dúvida um grande exemplo de como se fazer a boa política em benefício da população.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Justiça reconhece melhorias no Hospital da Criança

0comentário

Em audiência de conciliação conjunta realizada na Câmara Civil Isolada do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA), nesta sexta-feira (22), a Justiça homologou acordo para o cumprimento de medidas no Hospital Dr. Odorico Amaral de Matos – Hospital da Criança. Após defesa apresentada pelo município, o desembargador Jorge Rachid, que presidiu a audiência, reconheceu as ações que vem sendo implementadas pela Prefeitura de São Luís no que diz respeito a melhoria do funcionamento da unidade de saúde.

“A Prefeitura está conduzindo essas questões com muita seriedade e comprometimento, e eu tenho certeza que com a homologação do acordo que estabelecemos nessa audiência, vamos dar solução aos problemas e fazer do Hospital da Criança uma grande casa de saúde”, afirmou o desembargador Jorge Rachid.

A audiência, que tratou de recurso interposto pela Defensoria Pública e Ministério Público do Maranhão contra a Prefeitura de São Luís e que pede o bloqueio dos recursos públicos destinados ao Carnaval para serem utilizados no Hospital da Criança, culminou na homologação de acordo para o cumprimento de medidas na unidade de saúde. Participaram da audiência o titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, juiz Douglas de Melo Martins; os desembargadores José Luís Oliveira e Alexandre Abreu; a promotora de Justiça da Saúde, Elisabeth Albuquerque, os defensores públicos Davi Rafael Veras e Jean Carlos Nunes; o procurador-geral da Câmara, Vitor Cardoso. A Prefeitura de São Luís foi representada na sessão pelo procurador-adjunto de São Luís, Domerval Alves Moreno Neto e pelo secretário municipal de Saúde, Lula Fylho.

O titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, juiz Douglas de Melo Martins, também destacou o comprometimento e a postura adotada pelo município para dar solução às questões dirimidas no acordo homologado nesta sexta-feira (22). “A Prefeitura tem adotando sempre uma postura responsável, assumindo os compromissos que podem cumprir, mas sem se isentar da necessidade de assumir outros compromissos que são efetivamente importantes para a melhoria do Hospital da Criança. O poder judiciário está muito satisfeito com a postura da administração municipal de assumir o compromisso de resolver as questões que foram colocadas aqui para melhoria do Hospital da Criança”, afirmou o juiz.

Avanços

O secretário Lula Fylho considerou positiva a audiência e todos os aspectos acordados. Segundo ele, a reunião também foi salutar inclusive no aspecto de possibilitar à gestão municipal mostrar que muita coisa já foi realizada no Hospital da Criança e que o retrato apresentado na ação não condiz mais com a atual realidade da unidade, um aspecto que, inclusive, pôde ser constatado na visita realizada ao local, esta semana, na qual compareceram o Juiz Douglas de Melo Martins e dois defensores públicos que puderam observar os avanços obtidos na unidade, fruto dos investimentos empreendidos na atual gestão.

“A audiência serviu para discutirmos os próximos passos e não ficarmos presos a um retrato passado que não condiz mais com a realidade. Outro aspecto que eu considero importante destacar com a realização dessa audiência é que coloca dentro de um esforço coletivo de mudança diversos órgãos e poderes, tirando a responsabilidade apenas do município. Pois quando se quer avançar, os acordos em favor do bem comum são mais importantes que ficar conflitando. E a vontade de todos os envolvidos em contribuir com o avanço na área da saúde ficou muito bem claro na audiência”, observou o secretário Lula Fylho.

Em sua exposição na audiência de conciliação, Lula Fylho pontuou algumas melhorias já implementadas no Hospital da Criança. “Tivemos avanços significativos em todos os setores da unidade. O prefeito Edivaldo tem total interesse em resolver todas essas questões e cobra resolutividade. Afirmo, seguramente, que a realidade hoje no hospital é bem diferente do início do ano passado. Só para se ter uma ideia, estamos desde novembro passado sem nenhum paciente no corredor, apesar do aumento da demanda e da gravidade dos pacientes que tem chegado ao hospital vindos de todos os cantos do estado”, enfatizou.

Um dos pontos acordados na audiência diz respeito ao atendimento de pacientes recém-nascidos, de zero a 28 dias, que não é o perfil do hospital atender e estão fora do sistema de regulação de leito da unidade. “O município não tem responsabilidade de atender pacientes recém-nascidos, dentro dessa faixa etária, mas mesmo assim atendemos e enfrentamos muitas vezes a dificuldade com a falta de insumos necessários, uma das questões apontadas aqui na audiência. Mas a justiça entendeu esse aspecto quanto e, conjuntamente, dirimimos a realização de um melhor mapeamento desses atendimentos que não são de nossa responsabilidade, para que o Ministério Público tome providências acerca das responsabilidades sobre esse assunto”, disse o secretário.

Para a realização desse mapeamento, será criado um sistema pelo setor Tecnologia de Informação (TI) da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), com vistas ao melhor monitoramento das demandas de pacientes recém-nascidos. O sistema informará, inclusive, sobre o estoque de insumos, materiais e medicamentos para esses pacientes, fornecendo à administração do hospital dados precisos sobre a falta desses produtos, para que, assim, sejam tomadas providências no tempo mais breve possível e evite o desabastecimento.

Pacientes

Conforme o secretário, cerca de 93% dos pacientes atendidos na ala vermelha do Hospital da Criança (dados de janeiro de 2019), são oriundos do interior do Maranhão, sendo que 43% são pacientes vindos de municípios não pactuados com a rede municipal de saúde de São Luís, para a prestação do atendimento. “Mas mesmo assim, nós não nos omitimos de atender nenhum desses pacientes. Ainda assim, conseguimos reduzir os óbitos em números absolutos. Reduzimos também os casos de infecções e estabelecemos muitas melhorias nos setor de nutrição, entre outras áreas”, acrescentou o gestor.

Ano passado foi feita compra de cerca de R$ 4 milhões de medicamentos e insumos. Esse ano, segundo o gestor, será comprado muito mais ainda para a unidade, com a melhoria dos processos de compra do sistema municipal de saúde.

Fotos: Maurício Alexandre

sem comentário »

Boas notícias na Saúde em São Luís

8comentários

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) destacou nas redes sociais o fim das longas filas para marcação de consultas no Hospital da Mulher.

Isto foi possível, segundo o prefeito graças à implantação do Call Center.

“É gratificante ver que o nosso trabalho tem melhorado a vida de muitas pessoas. Com a implantação do Call Center no Hospital da Mulher, acabamos de vez com os transtornos dos usuários de ter que enfrentar longas filas para solicitar sua consulta médica”, disse.

Ainda segundo Edivaldo, o Call Center deu agilidade ao sistema e em apenas um mês foram três mil atendimentos.

“Em um mês, contabilizamos uma média de três mil atendimentos. Este resultado reflete o nosso esforço e compromisso em continuar investindo nos serviços de saúde oferecidos à nossa população”, destacou.

Hospital da Criança

Outra boa notícia na Saúde em São Luís foi dada pelo secretário Lula Fylho. Ele anunciou a retomada da obra do Hospital da Criança.

“Vamos retomar a obra em no máximo 10 dias. 2018 nossa população poderá contar com essa importante obra”, disse ao participar de reunião.

Lula também assinou nesta segunda-feira,  convênio com o Conselho da Criança para implantação do Teste do Ouvidinho em maternidades públicas de São Luís.

8 comentários »

Obra no Hospital da Criança na fase final

3comentários

Realizadas por Prefeitura e Governo, obras do Hospital da Criança estão em fase de acabamento

Toda a etapa estrutural, relativa à concretagem e edificação do novo Hospital da Criança, já está finalizada. Agora, a obra está seguindo com as etapas de acabamento, como colocação de piso, esquadrias, arremate de paredes, polimentos e pintura, entre outros serviços. As instalações elétrica e hidrossanitária do prédio também já estão implantadas em mais da metade da edificação. O estágio avançado das obras foi constatado em vistoria realizada pelo prefeito Edivaldo na manhã desta quarta-feira (17).

Na oportunidade, o prefeito pediu celeridade na execução dos serviços e reforçou o compromisso de fazer do novo Hospital da Criança uma referência no atendimento à saúde infantil no Maranhão. O projeto é fruto de parceria celebrada entre a Prefeitura de São Luís e o Governo do Estado.

“Os serviços estão a todo vapor, cumprindo o cronograma de trabalho. Muito em breve, entregaremos à população esta importante obra que proporcionará um avanço gigantesco na qualidade do atendimento à saúde infantil em nossa cidade. A estrutura original do hospital tem mais de 20 anos de funcionamento, de modo que temos priorizado a realização desse projeto grandioso para que nossas crianças tenham o atendimento de excelência que merecem”, afirmou Edivaldo.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, a meta é mais que dobrar a capacidade de atendimentos realizados na atual unidade. Hoje, o hospital atende uma média de aproximadamente 400 pacientes. Após a reforma, a unidade terá capacidade para atender mais de mil crianças, contribuindo de forma significativa para desafogar outras unidades de atendimento pediátrico da capital.

“Com a ampliação da estrutura física e dos serviços, os pacientes vão poder fazer aqui todos os procedimentos médicos, deste o diagnóstico à cirurgia, não necessitando mais serem levados a outras unidades de saúde para realizar os exames mais complexos ou outros procedimentos. Isso vai nos permitir fazer um acompanhamento integral da criança durante todo o seu tratamento”, observou Helena Duailibe.

Foto: Maurício Alexandre

3 comentários »

Edivaldo vistoria Hospital da Criança

4comentários

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior vistoria nova etapa das obras do Hospital da Criança

Na manhã desta terça-feira (21), o prefeito Edivaldo vistoriou a nova etapa das obras de ampliação do Hospital Municipal Odorico Amaral de Matos (Hospital da Criança), no bairro Alemanha. Os serviços estão na etapa de colocação de piso. Acompanhado do vice-prefeito, Julio Pinheiro e do secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Antônio Araújo, o gestor municipal conversou com a equipe de engenheiros da empresa responsável pela obra. A construção do novo Hospital da Criança é uma parceria celebrada entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís.

“Com essa obra realizada em parceria com o governador Flávio Dino, vamos atualizar a estrutura do Hospital da Criança, que remete à década de 90. Vamos duplicar o atendimento à demanda pediátrica na capital e implantar novos serviços para modalidade, garantindo dignidade no às crianças da nossa capital e do estado do Maranhão”, destacou o prefeito Edivaldo.

O novo Hospital da Criança terá 178 leitos, ente Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e enfermarias. A unidade terá ainda centro cirúrgico com quatro salas de grande porte, laboratório de análises clínicas, centro de diagnóticos de imagens, equipados com aparelhos de ultrassonografia e tomografia computadorizada, duas recepções, brinquedoteca e lactário, entre outros espaços.

O prefeito e o vice percorreram boa parte dos espaços em construção. No terceiro andar, os serviços de colocação de piso se iniciaram esta semana. A construção segue padrão estabelecido pelo Ministério da Saúde, de maneira a não causar transtornos ao atendimento que continua sendo feito no prédio antigo do hospital.

O prédio do Hospital Municipal Odorico Amaral de Matos foi inaugurado ainda na década de 1990. “De lá para cá, tivemos um aumento exponencial da demanda. Daí a importância deste hospital que irá beneficiar de maneira significativa o atendimento às crianças de São Luís e de todo o estado”, assinalou Edivaldo. Com mais de quatro mil metros quadrados, o novo hospital se conecta com as instalações do prédio antigo do hospital que ganha um anexo, totalizando mais de 6 mil metros quadrados de área construída.

“Como estamos em fase de acabamento, que é um trabalho realizado na parte interna do hospital, o andamento do serviço não deve ser afetado pelas chuvas. Toda a parte estrutural do prédio está concluída, assim como as instalações gerais. Em breve, este importante equipamento de saúde poderá ser entregue à população de São Luís pelo governador Flávio Dino e pelo prefeito Edivaldo”, disse o secretário de Obras e Serviços Públicos, Antonio Araújo.

Fotos: A. Baeta

4 comentários »

Semus abre sindicância sobre caso no HC

0comentário

A Secretaria Municipal de Saúde abriu sindicância para apurar responsabilidades no caso que ganhou repercussão nas redes sociais, onde uma criança aparece deitada no chão ao lado da mãe, no Hospital da Criança.

Segundo nota encaminhada à imprensa, a mãe deitou no chão sem o conhecimento da equipe médica, mas isso precisa ser devidamente apurado, pois mesmo na hipótese de ter sido uma decisão da mãe, jamais deveria ter sido permitida tal conduta dentro de uma unidade de saúde.

Veja a nota na íntegra:

“A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) informa que a criança em questão vem recebendo todo o tratamento por parte do Hospital da Criança e que, por se tratar de um caso de catapora, contagioso, foi para a área de isolamento, onde foi colocada em um berço adequado.

A Secretaria também esclarece que disponibilizou uma maca para que a mãe pudesse deitar com a filha, mas que a mãe deitou no chão por momentos, à revelia da direção do hospital e sem o conhecimento da equipe médica. A Semus reforça que não há nenhum paciente internado ou em observação em tais condições no Hospital da Criança e que vai abrir sindicância para apurar responsabilidades no caso”.

Além da nota, a assessoria da Semus divulgou um vídeo onde mãe explica o fato que chocou a todos e ganhou muita repercussão. Veja e tire as suas conclusões:

sem comentário »

Obras continuam no Hospital da Criança

1comentário

HospitaldaCrianca

Quando inaugurado, o Hospital da Criança terá 4 pisos, 91 novos leitos, centro cirúrgico e UTI

A Prefeitura de São Luís negou que as obras no Hospital da Criança estejam paralisadas como chegou a ser divulgado esta semana.

A obra executada dentro da parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís está em fase de concretagem e acabamento.

Após a fase de acabamento interno, terá início a implantação das instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias. O novo Hospital da Criança terá área construída de 4 mil m² e, além de maior capacidade de atendimento e conforto para os pacientes, vai disponibilizar também serviços até então inéditos na rede municipal de saúde para a área de pediatria. O hospital terá, por exemplo, centro cirúrgico com quatro salas e UTI pediátrica.

Quando inaugurado, o Hospital da Criança terá quatro pisos, 91 novos leitos, centro cirúrgico e UTI, além de sala de nebulização, sala de sutura, farmácias satélite, sala de coleta, lactário, sala de tomografia, sala de indução anestésica, serviço de diagnóstico por imagem com exames de ultrassonografia, 45tomografia computadorizada e laboratório de análises clínicas.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Avança obra no Hospital da Criança

8comentários

Obras do novo Hospital da Criança entram na fase de acabamento interno As obras de construção do novo Hospital da Criança entraram na fase de acabamento interno. A nova unidade vai dobrar a capacidade de atendimento em relação ao hospital anterior, inaugurado na década de 90 e hoje insuficiente para atender a demanda. As obras do novo hospital estão sendo executadas por meio de parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís. Após a fase de acabamento interno, terá início a implantação das instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias. O novo Hospital da Criança terá área construída de 4 mil m² e, além de maior capacidade de atendimento e conforto para os pacientes, vai disponibilizar também serviços até então inéditos na rede municipal de saúde para a área de pediatria. O hospital terá, por exemplo, centro cirúrgico com quatro salas e UTI pediátrica. Concluída, a nova estrutura garantirá que o público infantil disponha ainda de sala de nebulização, sala de sutura, farmácias satélite, sala de coleta, lactário, sala de tomografia, sala de indução anestésica, serviço de diagnóstico por imagem com exames de ultrassonografia e tomografia computadorizada, além de laboratório de análises clínicas. O planejamento da infraestrutura do hospital foi idealizado para o atendimento, diagnóstico e tratamento adequado mais abrangente, prático e cômodo e em um único local, garantindo transformando o hospital Odorico Amaral de Matos em referência no atendimento infantil do Maranhão.

A nova unidade vai dobrar a capacidade de atendimento em relação ao hospital anterior

As obras de construção do novo Hospital da Criança entraram na fase de acabamento interno. A nova unidade vai dobrar a capacidade de atendimento em relação ao hospital anterior, inaugurado na década de 90 e hoje insuficiente para atender a demanda. As obras do novo hospital estão sendo executadas por meio de parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís.

Após a fase de acabamento interno, terá início a implantação das instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias. O novo Hospital da Criança terá área construída de 4 mil m² e, além de maior capacidade de atendimento e conforto para os pacientes, vai disponibilizar também serviços até então inéditos na rede municipal de saúde para a área de pediatria. O hospital terá, por exemplo,  centro cirúrgico com quatro salas e UTI pediátrica.

Concluída, a nova estrutura garantirá que o público infantil disponha ainda de sala de nebulização, sala de sutura, farmácias satélite, sala de coleta, lactário, sala de tomografia, sala de indução anestésica, serviço de diagnóstico por imagem com exames de ultrassonografia e tomografia computadorizada, além de laboratório de análises clínicas.

O planejamento da infraestrutura do hospital foi idealizado para o atendimento, diagnóstico e tratamento adequado mais abrangente, prático e cômodo e em um único local, garantindo transformando o hospital Odorico Amaral de Matos em referência no atendimento infantil do Maranhão.

8 comentários »

Hospital da Criança entra em nova etapa

0comentário

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior vistoria obra do Hospital da Criançca

Prefeito Edivaldo Holanda J. e os secretários Antônio Araújo e Helena Duailibe vistoriam obra

Após a conclusão da croncretagem de todas as lajes, as obras do Hospital Odorico Amaral de Matos (Hospital da Criança) iniciaram nova etapa do cronograma com a construção da estrutura de alvenaria. Os serviços executados pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), vão transformar o hospital em referência na saúde infantil da capital. A construção do novo Hospital da Criança é fruto de parceria celebrada entre o governo do Estado e a Prefeitura de São Luís.

O novo Hospital da Criança terá melhor estrutura física, modernos e novos equipamentos para exames e diagnósticos e vai oferecer mais leitos para internação e mais especialidades médicas. Entre os novos serviços oferecidos pelo hospital estarão também um centro cirúrgico com quatro salas e uma UTI infantil.

O prefeito Edivaldo destacou a relevância da obra para a área da saúde. “Com o novo Hospital da Criança, construído a partir da parceria com o governador Flávio Dino, vamos ampliar os serviços oferecidos ao público infantil em nossa cidade, aumentando a capacidade e a agilidade de atendimento, oferecendo serviços que até então não eram oferecidos na modalidade pediátrica e garantindo dignidade no tratamento de saúde de nossas crianças”, disse o prefeito Edivaldo.

O novo Hospital da Criança também vai garantir atendimento mais humanizado e com mais qualidade ao público infantil. Serão 25 enfermarias com 178 leitos, uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com 11 leitos, área de isolamento. O setor será dotado de equipamentos modernos, com alta uso de alta tecnologia, monitoramento 24 horas.

Além disso a nova estrutura contará com sala de tomografia, salas de ultrassom, lactário, sala de nebulização, laboratório, sala de sutura, sala de coleta, dois elevadores para transporte de macas e pacientes, farmácias satélite, duas recepções de espera infantil.

A secretária municipal de Saúde (Semus), Helena Duailibe, ressaltou como ponto importante a inclusão de novos serviços na unidade. Ela ressalta que os usuários terão acesso a procedimentos que antes não eram oferecidos, além da melhor estrutura. “Estes novos ambientes favorecem o aprimoramento da qualidade e uma melhor assistência de saúde. Isso mostra a preocupação do prefeito Edivaldo com um atendimento mais qualificado para nossas crianças”, pontuou.

Foto: A. Baeta

sem comentário »

Edivaldo vistoria Hospital da Criança

2comentários

EdivaldoHolandaJunior

Edivaldo Holanda Jr, Helena Duailibe e Antônio Araújo vistoriam obra no Hospital da Criança

O prefeito Edivaldo acompanhou na manhã desta terça-feira (24) o início dos trabalhos de concretagem da laje de cobertura do novo Hospital Odorico Amaral de Matos – O Hospital da Criança, na Alemanha. Acompanhado dos secretários municipais Antônio Araújo (Obras e Serviços Públicos) e Helena Duailibe (Saúde), Edivaldo percorreu o canteiro de obras e visitou os novos setores em construção da unidade.

Edivaldo analisou o andamento dos serviços com os engenheiros responsáveis e revelou satisfação com a celeridade da obra.

“Os trabalhos estão bastante avançados. A cada etapa concluída vamos desenhando uma nova história para este importante hospital infantil. A nossa meta é entregar à população, em breve, um novo Hospital da Criança, para atender o dobro da sua capacidade atual. Isso resultará na melhoria significativa do atendimento à saúde infantil em nossa cidade”, afirmou Edivaldo.

A obra do novo Hospital da Criança é fruto de parceria celebrada entre a Prefeitura de São Luís e o governo do Estado, com recursos da ordem de R$ 14 milhões. Deste total, R$ 10 milhões são oriundos do convênio firmado entre o Município e o Estado. Com a ampliação da unidade, o Hospital da Criança vai passar a contar com uma grandiosa estrutura de atendimento, em quatro andares, e disponibilizará serviços nunca antes ofertados à comunidade.

Segundo a secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, a reforma do Hospital da Criança representa um avanço gigantesco para o atendimento à saúde infantil da capital.

“Ampliaremos a oferta de todos os serviços médicos para o público infantil. Além disso, a unidade vai passar a disponibilizar atendimento em novas especialidades médicas e ofertar procedimentos hospitalares que, atualmente, temos que buscar em outras casas de saúde”, frisou a secretária.

Foto: A. Baeta

2 comentários »