Yglésio deve anunciar a sua filiação ao Pros

0comentário

O deputado estadual Yglésio Moisés deve anunciar o seu novo partido nesta sexta-feira (14).

Eleito deputado estadual pelo PDT, Yglésio deixou a legenda para garantir a sua pré-candidatura a prefeito de São Luís.

Yglésio manteve conversas com alguns partidos, mas deve confirmar mesmo a sua ida para o Partido Republicano da Ordem Social (Pros) que é comandado no Maranhão pelo deputado federal Gastão Vieira.

A sua filiação ao Pros deve ocorrer na próxima semana.

Foto: Kristiano Simas/Agência Assembleia

sem comentário »

Gastão diz que Maranhãozinho é megalomaníaco

1comentário

O deputado federal Gastão Vieira que preside o PROS, no Maranhão reagiu a especulação de que o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) estaria trabalhando nos bastidores para assumir o seu lugar no comando do partido no estado.

Gastão Vieira disse em nota que a notícia é falsa e que ela foi platada pelo deputado Josimar de Maranhãozinho a quem chamou de “megalomaníaco”.

“O deputado federal Gastão Vieira, mais uma vez, tem que vir a público reafirmar que o PROS no Maranhão continua e continuará sob o seu comando. A informação publicada em blogs financiados pelo deputado Josimar de Maranhãozinho é notadamente falsa. É mentirosa. Ao contrário das informações plantadas pelo megalomaníaco deputado que se acha dono do Estado, não há nenhuma negociação ou mudança de comando do partido do Estado”, afirmou.

Gastão disse ainda que não existe no Pros nenhum parlamentar que responde a processos cíveis e criminais da Justiça e que por esse motivo o comando do PROS sequer conversou com Maranhãozinho.

“O comando nacional do PROS sequer teve qualquer conversa com o deputado Josimar, por uma razão simples: no nosso partido não há filiados e parlamentares que respondem a processos cíveis e criminais na Justiça. Aos filiados, apoiadores e correligionários, sigam tranquilos. Gastão Vieira segue presidindo o PROS-MA. Qualquer notícia contrária não passa de desinformação e má-fé”, destacou.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Gastão Vieira lamenta morte do economista Celso Veras

0comentário

O deputado federal Gastão Vieira, presidente do Pros no Maranhão, lamentou, nas redes sociais, a morte neste sábado (3), do 1º vice-presidente da legenda no estado, o economista Celso Veras da Costa, aos 69 anos, vítima de pneumonia, no Hospital UDI onde estava internado.

“Amigos Celso Veras partiu….lutou o quanto pode pela vida…bravamente! Com a dedicação da família dos amigos partiu em paz”, disse Gastão.

Celso Veras teve importante papel na luta contra a Ditadura Militar no Maranhão. Na foto do arquivo pessoal do cineasta Murilo Santos, o então economista e professor Celso Veras discursa ao ser empossado primeiro presidente da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos (SMDH) em 1979.

Celso Veras ocupou cargos na gestão pública. Foi gerente de Desenvolvimento Regional de Codó, no governo de Roseana Sarney em 2000. Foi funcionário do Banco de Desenvolvimento do Maranhão e do antigo BEM.

Foi Superintendente do Projeto Nordeste, professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Idealizou e fundou do PSB (Partido Socialista Brasileiro) no Maranhão.

O velório de Celso Veras será na sala 8, da Pax União, na Rua Grande, Centro. O sepultamento será às 17 horas, no Parque da Saudade, no Vinhais.

A UFMA divulgou nota de pesar pela morte de Celso Veras:

“É com profundo pesar que a Universidade Federal do Maranhão comunica o falecimento do professor aposentado do departamento de Economia, José Celso Veras da Costa, aos 69 anos, ocorrido neste sábado, 3. Ele estava internado em um hospital da capital, teve uma pneumonia e não resistiu.

O velório ocorre na Pax União, localizada no Centro e o sepultamento será às 17 horas, no Parque da Saudade, no Vinhais.

A Universidade Federal do Maranhão se solidariza com a família e os amigos e presta seus votos de profundo pesar”.

Foto: Divulgação / Pros e arquivo pessoal/ Murilo Santos

sem comentário »

Base de Alcântara: Gastão pede investimentos no Brasil

1comentário

O deputado federal Gastão Vieira (Pros-MA) esteve nesta segunda-feira (3) com uma comitiva de parlamentares em missão internacional à Caiena, na Guiana Francesa, para conhecer a base de lançamento de satélites de Kourou. O encontro é resultado de convite do ministro da Ciências e Tecnologia e Inovação, Marcos Pontes.

Para o parlamentar, a visita foi uma oportunidade de conhecer o funcionamento do modelo do Centro de Lançamento de Kourou e ver os resultados dos serviços prestados pela instituição.

“Não podemos perder essa oportunidade! O desemprego é uma realidade do Brasil e precisamos buscar soluções para esse problema, como reabrir o Centro de Lançamento de Alcântara. Na visita a Guiana Francesa ao Centro de Lançamento de Kourou vimos que o empreendimento gerou 80% dos empregos diretos ocupados por nativos”, afirma o deputado Gastão Vieira.

O parlamentar entende que a visita serve também para uma troca de conhecimento entre os dois países com o intuito de gerar recursos para o programa espacial e também para as comunidades que vivem próximas da base de Alcântara. O Centro de Lançamento de Kourou pertence à Agência Espacial Europeia.

Gastão já defendeu na Câmara dos Deputados os investimentos, pois acredita que o uso comercial do Centro de Lançamento de Alcântara, no Maranhão, poderá trazer benefícios econômicos em vários setores tanto na região como em municípios vizinhos.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Dino descumpre decisão, diz Sousa Neto

7comentários

Sousa Neto diz que Dino prejudica mais de 100 candidatos do concurso de agente penitenciário

O deputado estadual Sousa Neto (PROS) voltou a denunciar, nesta quinta-feira (23), na Assembleia Legislativa, que o governador Flávio Dino (PCdoB) está descumprindo decisão judicial que determina que 112 candidatos refaçam a prova de redação do concurso público para Agente Penitenciário do Maranhão.

“O Governador Flavio Dino desobedece uma determinação judicial e vai endividar o Estado para pagar débito de multa judicial, quando esse dinheiro deveria estar sendo empregado em vários setores em benefício da população”, disparou Sousa.

No ano passado, ele já havia tratado do assunto na Tribuna, onde mostrou sua indignação com a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB). “Subi à tribuna, mais uma vez, para denunciar o abuso que aconteceu no concurso dos agentes penitenciários, realizado pela FUNCAB, que eliminou 112 do 448 aprovados na prova objetiva, argumentando que esses candidatos haviam fugido do tema da redação”.

Em seu pronunciamento, o parlamentar apresentou documento em que comprova o erro cometido pela empresa, contratada pela Secretaria de Estado da Administração (SEAP), para organizar o certame. “Essa fundação, antes de avaliar os candidatos, deveria ter avaliado sua própria conduta, quando contrariou o edital do concurso. Como eles poderiam fugir ao tema em uma prova discursiva sem tema? Trago aqui o enunciado da prova de redação em que faltou o tema, falha grave, cometida pela banca examinadora”.

O item 9.1.2 do Edital 001/2016/SEGEP/MA, que regia o processo seletivo, diz que ‘A prova discursiva consistirá em redação de texto dissertativo, sobre tema a ser enunciado no caderno de questões’. “Mesmo diante da minha cobrança e de ser consciente não ter cumprido com as normas do edital, a fundação preferiu manter o erro e deixar de fora os candidatos que foram ilegalmente eliminados do concurso”, pontuou a parlamentar.

Sousa foi procurado, pela segunda vez, por um grupo de candidatos. Eles alegam estarem sendo penalizados pelo governo Flávio Dino. “Um grupo de candidatos esteve em meu gabinete para buscar meu apoio, mais uma vez, para falar do caso, já que eles foram eliminados de maneira injusta do concurso, e conseguiram, judicialmente, o direito de fazer novamente a etapa da redação. A Procuradoria Geral de Justiça do Maranhão também já se manifestou favorável aos proponentes”, informou.

Desde o ano passado, já são pelo menos três decisões favoráveis concedidas pela Vara da Fazenda Pública, e as multas aplicadas para o Estado estão crescendo a cada dia, podendo atingir valores exorbitantes. “A Justiça Maranhense reconheceu o erro cometido pela FUNCAB e determinou uma multa diária no valor de R$1 mil a R$ 1.500,00, caso não fosse refeita a prova para esses candidatos. E até agora, nada”, enfatizou.

O deputado deve solicitar informações ao governo para a contratação, por dispensa de licitação, da referida empresa.

Foto: Agência Assembleia

7 comentários »

Sousa Neto reunirá com policiais e bombeiros

0comentário

Deputado estadual Sousa Neto (Pros)

Deputado estadual Sousa Neto (Pros)

O deputado estadual Sousa Neto (PROS) promoverá, nesta terça-feira (18), uma reunião com todos com policiais e bombeiros militares para tratar de assuntos referentes às questões salariais e as condições de trabalho das duas categorias.

O encontro está marcado para as 8h30, na Sala das Comissões da Assembleia Legislativa do Maranhão (Calhau), onde deverão participar militares da capital e do interior, representantes de associações e de entidades ligadas à classe.

“Estou chamando os militares que conclamam todos os dias pela valorização profissional e por condições dignas de trabalho, mas que não estão sendo ouvidos. Outro fato preocupante é quanto às perseguições a oficiais e praças que se declaram contra este governo comunista. Continuo recebendo inúmeras denúncias de policiais que estão sofrendo represarias e isto precisa ser devidamente apurado”, destacou Sousa Neto.

De acordo com o parlamentar, durante a reunião serão debatidos pontos, como a Lei de Organização Básica (LOB) da Polícia Militar, reajuste salarial, pagamento de diárias e da jornada extra, transferências, entre outros assuntos.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Sousa Neto reage a ações de Flávio Dino

0comentário

SousaNeto

Deputado Sousa Neto fez discurso firme sobre as ações movidas pelo governador Flávio Dino

O deputado estadual Sousa Neto (Pros) fez discurso firme sobre as ações movidas pelo governador Flávio Dino (PCdoB) para tentar acusar a ele e a deputada estadual Andrea Murad (PMDB) de recebimento ilegal de doações durante a campanha eleitoral

“Não consigo crer que um governador que tem como princípio maior a vingança e a perseguição possa querer o melhor para o Maranhão”, afirmou o parlamentar.

Sousa Neto explicou que o governador Flávio Dino tem utilizado de recursos estaduais e movido unicamente por interesses pessoais para tentar atingir os deputados que fazem oposição.

“Ele não só quer atingir moralmente, ele quer calar essas vozes, mas ainda bem que o nosso estado tem um poder judiciário livre, autônomo e soberano para agir conforme as leis”, continuou.

Fazendo a leitura do parecer do tribunal de justiça que afirmou que “a acusação é desprovida de mínimos indícios e com suporte em meras ilações e opiniões pessoais”, o deputado estadual questionou

“Minhas contas foram aprovadas, senhores, e a empresa doadora que ele contesta foi a mesma contratada pelo atual governo por 23 milhões e meio de reais.  Então quer dizer que para doar para a minha campanha não pode, mas para ser fornecedora do governo dele não tem problema? ”

Denunciando que o solicitante da investigação, recebeu cerca de 1 milhão e 400 mil reais em doações de empreiteiras investigadas na Operação Lava Jato e que os sócios ao serem presos, em seus depoimentos afirmaram que todas as doações aos governadores foram propinas, Sousa Neto concluiu

“Quem deve explicações por suas contas durante a campanha é ele e deve explicações não só pelas doações recebidas pelas empreiteiras UTC e OAS, mas principalmente por seu 1 ano e meio de governo omisso”.

Foto: Agência Assembleia

 

sem comentário »

Sousa Neto denuncia manobra do governo

1comentário

SousaNetodeputado

Deputado Sousa Neto (Pros)

O deputado estadual Sousa Neto (Pros), em discurso nesta quinta-feira (19), denunciou a circulação de ofícios da Secretária de Transparência que obriga todo servidor público do Poder Executivo a assinar autorização para que o setor de recursos humanos e órgãos de controle interno tenham livre acesso ao sigilo fiscal.

“ O que torna ainda mais grave a inconstitucional e ilícita a devassa fiscal do governo que perdeu os sentidos é que o ofício diz que tal ação é obrigatório porque está em lei. Digo, sem receio, de que este argumento é mentiroso”, explicou o parlamentar.

Sousa Neto explicou em seu discurso que o que a Lei 8429/92 diz, no parágrafo 4º do artigo 13 é que o servidor público deve apresentar declaração de bens e, voluntariamente, ou seja, se o servidor quiser, “poderá entregar cópia da declaração anual de bens apresentada à Delegacia da Receita Federal na conformidade da legislação do Imposto sobre a Renda e proventos de qualquer natureza”.

“Quero registrar uma interrogação que me ocorre. O que pretende fazer Flávio Dino com a obtenção de acesso irrestrito ao sigilo fiscal de todos os servidores? Ele desconfia que todos os servidores têm patrimônio incompatível com a renda? Vai utilizar essas informações para quê? Essa devassa fiscal visa escolher eventuais doadores de campanha eleitoral? É para fazer chantagem? ”, questionou Sousa Neto.

Foto: Agência Assembleia

1 comentário »

TSE cassa mandato de Beto Castro

0comentário

BetoCastro

Vereador Beto Castro (Pros)

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou, nesta terça-feira (3), por 6 votos a 1, o mandato do vereador Beto Castro (Pros).

Com a decisão do TSE, quem assume a vaga na Câmara de São Luís é o suplente Paulo Roberto Pinto (PHS), conhecido por Carioca.

Beto Castro foi acusado por Carioca de usar duas identidades com nomes diferentes: Werbeth Macedo Castro e Werbeth Machado Castro. Ele chegou a ser autuado pela Policia Civil em 2008, ao ser preso quando dirigia uma pick-up com placa clonada.

A briga na Justiça entre o vereador Beto Castro e o suplente Carioca vem desde a eleição em 2012. O então vereador chegou a ter o mandato cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA) em dezembro de 2013.

Em março de 2014, por 4 votos a 3, os membros do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão decidiram reformar sentença do juízo da 3ª zona de São Luís que cassava o mandato de vereador Beto Castro.

Beto Castro havia sido cassado pelo TRE num processo por falsidade ideológica movido pelo suplente Carioca.

Agora, o suplente Carioca aguarda o TSE encaminhar a decisão à Câmara para assumir a vaga de Beto Castro nestes oito meses que faltam para terminar o mandato.

sem comentário »

Pros oficializa apoio a Edivaldo

4comentários

EdivaldoPros

Vereador Beto Castro, prefeito Edivaldo Holanda Júnior e o presidente do Pros no Maranhão, Gastão Vieira

O Partido Republicano da Ordem Social (Pros) oficializou nesta segunda-feira (18), o apoio à pré-candidatura à reeleição do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

A reunião foi comandada pelo presidente da Executiva Estadual do Pros, Gastão Vieira e contou também com a participação do vereador do partido Beto Castro. Edivaldo agradeceu o apoio da legenda, e em especial, a Gastão Vieira.

“Estive no Bairro de Fátima, na sede municipal do Partido Republicano da Ordem Social – PROS, onde mais um importante partido de São Luís reafirmou apoio à nossa gestão. Quero agradecer a todos os presentes e, em especial, ao Gastão Vieira, cujo apoio muito me honra”, disse Edivaldo Holanda Júnior.

O vereador Beto Castro também destacou o apoio à gestão do prefeito Edivaldo.

“Demos mais um passo a nossa jornada eleitoral, desta vez com a presença do nosso presidente Gastão viera que na ocasião deu o grito de apoio ao nosso prefeito Edvaldo Holanda e é com esse compromisso que vamos avante rumo à vitória”, destacou.

Foto: Divulgação/ Assessoria

4 comentários »