Prefeitura faz mutirão no Hospital da Mulher

0comentário

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) acompanhou neste domingo (4) o início do mutirão de cirurgias ginecológicas no Hospital da Mulher, no Anjo da Guarda, abrindo as atividades do Mês da Mulher. A ação realizou 25 procedimentos somente neste fim de semana e a meta é de promover 600 operações até junho, o que reduzirá em cerca de 90% a fila de espera na unidade de saúde. Atualmente, 700 pessoas estão na fila e o tempo de espera que é de 1 ano e três meses cairá para sessenta dias.

Para o pedetista, este é mais um passo importante para reforçar a assistência voltada para as mulheres. “A redução da demanda que a rede de assistência à mulher possuía vai ser muito significativa a partir das atividades durante o mutirão. Estamos garantindo a estas mulheres uma maior qualidade de vida. Esta é uma unidade de referência, que se consolida com esta ação. Todos os esforços estão reunidos para que o atendimento seja prestado com maior agilidade”, afirma o prefeito.

Serão realizadas cerca de 25 cirurgias nos fins de semana de mutirão, até o mês de junho. Nos dias úteis, a média é de 12 procedimentos. Estão sendo realizados procedimentos como histerectomia, laqueadura, miomectomia, herniorrafia, colpoperíneoplastia e outros. A equipe é formada por médicos anestesistas, cirurgiões, ginecologistas e equipe de apoio composta por nutricionistas, enfermeiros, terapeutas ocupacionais e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) que estão atuando em regime de plantão 24 horas.

Avanços – Com planejamento, a gestão do prefeito Edivaldo vem mudando a realidade quando se trata de saúde da mulher. Enquanto em gestões anteriores a assistência à mulher era um dos gargalos da cidade, agora é referência nacional pelo cuidado e os diversos investimentos na área.

“Em 2013 o Hospital da Mulher estava praticamente fechado e, desde o início da nossa gestão, trabalhamos para tirá-lo dessa realidade. No decorrer dos anos ele foi totalmente requalificado, ganhou novos serviços e equipamentos de ponta, ganhou novos leitos de internação e de UTI e virou referência, resultando na conquista do Prêmio Dr. Pinotti – Hospital Amigo da Mulher”, lembrou Edivaldo.

sem comentário »

Sampaio vence o Santo André na LBF

0comentário

A disputa era pela vice-liderança do primeiro turno. Em quadra, as duas melhores defesas da LBF.  O script do jogo não poderia ser outro. No jogo que ficou aberto até o segundo final, melhor para o Sampaio Basquete, que derrotou o Santo André pela vantagem mínima, por 56 a 55, no Ginásio Castelinho, em São Luís (MA).

A ala Jaqueline, do time paulista, foi a cestinha do jogo com 20 pontos. Pelo Sampaio, a chilena Ziomara Morrison foi novamente a principal pontuadora, com 14 pontos em 66% de aproveitamento nos arremessos.

A vitória manteve o Sampaio Basquete na segunda posição, agora isolada, com seis triunfos em oito jogos. Santo André volta ao ABC paulista com 50% de aproveitamento na viagem ao nordeste, agora com cinco vitórias e três derrotas.

As duas equipes abrem o segundo turno no próximo domingo. O tubarão recebe o Blumenau no próximo às 10 horas. Um pouco mais tarde, às 15 horas, o Santo André/Apaba recebe no Complexo Esportivo Pedro Dell’Antonia o Funvic/Ituano.

“A gente sabia que ia ser um jogo duro. Vitória importantíssima, pelo placar menor possível. Nossa defesa foi boa, mas não excelente, pois deixamos muito a Jaqueline jogar e isso quase nos prejudicou. No segundo quarto conseguimos fazer bons ataques e não conseguimos manter isso depois. Esse foi o encontro da primeira defesa do campeonato contra a segunda. O Bruno estudou bastante nosso jogo e nós fizemos o mesmo com relação ao Santo André”, declarou Virgil Lopez, técnico do Sampaio.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Sampaio é eliminado do Maranhense

17comentários

Um vexame sem tamanho no Castelão.

Favorito absoluto ao título de bicampeão maranhense, o Sampaio está eliminado da competição com a derrota para o Cordino, por 2 a 1, em pleno Estádio Castelão.

O Sampaio achava que venceria o Campeonato Maranhense com facilidade, mesmo utilizando o seu time reserva, pois priorizou a Copa do Nordeste e a Copa do Brasil.

No primeiro tempo, o Cordino abriu o placar com Ulisses. O Sampaio empatou com Marlon. No segundo tempo, o Cordino voltou a marcar com Ulisses.

Com 7 pontos, o Sampaio só chega a 10 pontos se vencer na última rodada. O Imperatriz tem 10 pontos e o Cordino tem 9 pontos e como as duas equipes do interior vão se enfrentar na última rodada, qualquer que seja o resultado, o Sampaio não conseguirá chegar na quarta colcação.

Após a eliminação, o técnico Francisco Diá disse que o Sampaio perdeu por conta da maratona dos jogos. O meia Marlon também atribuiu a eliminação ao calendário e maratona de jogos.

Com os resultados da rodada, Moto, Maranhão e São José Já estão classificados. Imperatriz e Cordino decidirão a última vaga.

A eliminação pode custar ao Sampaio, a vaga na Copa do Brasil em 2019, a menos que consiga entrar pelo ranking da CBF e ainda terá que disputar a pré-Copa do Nordeste.

Foto: Lucas Almeida

17 comentários »

Penha dialoga com Central Estudantil

1comentário

Oriundo dos movimentos estudantis, onde sempre ocupou lugar de destaque e trabalhou por melhorias para os alunos do Maranhão e de São Luís, o vereador Raimundo Penha (PDT) reuniu-se, na última sexta-feira (2), com representantes da Central Estudantil.

O parlamentar garantiu apoio a vários pleitos defendidos pela entidade, dentre eles criação do chamado Prouni Municipal; resolução da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), que garante 20% de bonificação para estudantes maranhenses oriundos do Programa; e apoio a Copa CES de Futsal.

De acordo com Raimundo Penha, a Central desenvolve um importante trabalho na defesa dos direitos dos estudantes e suas atividades sempre serão tratadas por ele como prioridade.

“Militei no movimento estudantil e continuo apoiando entidades que defendem os direitos desta categoria”, disse.

Presidente da entidade, Denise Duarte agradeceu o apoio do parlamentar.

Segundo ela, Raimundo Penha está sempre ao lado dos estudantes e a sua presença na Câmara Municipal de São Luís só fortificou, cada vez mais, a bandeira de luta de todos aqueles que militam neste campo.

Foto: Divulgação

1 comentário »

A teoria dos jogos

1comentário


Por Joaquim Haickel

O que seria dos jogos se nenhum dos times cometessem erros!? Seria uma coisa monótona, sem emoção, sem possibilidade de mudanças, de reviravoltas. Errar mais ou errar menos define o resultado dos jogos. Acertar é uma obrigação. Trapacear é terminantemente proibido, mas já houve quem tivesse feito gol com a mão, e valeu!

No jogo da política maranhense o rompimento com Zé Reinaldo é o primeiro grande erro de Flávio Dino. Com ele ficou demonstrada a falta de gratidão do governador para com aquele que o ajudou a se criar, politicamente. Esse fato não deve ser encarado como lição para Zé Reinaldo, acusado de trair Sarney. Em minha opinião ele foi obrigado a isso pelas circunstâncias do acirramento das relações de sua ex-mulher Alexandra e sua corte, com a ex-governadora Roseana Sarney e seu séquito.

O momento em que é cometido um erro deve ser de muita cautela, pois é comum uma série de outros erros virem juntos, formando uma espécie de efeito cascata. Mas o pior de tudo é quando aqueles, afeitos a arrogância, são impedidos por ela de enxergar a realidade, de ver que aquilo que aconteceu foi um erro e continuam impávidos, rumando para o abismo.

Por outro lado, quando um adversário comete um erro grave e imperdoável, é hora de seus oponentes, de forma rápida, eficiente, eficaz e efetiva, agirem para fazer com que o erro cometido, sacramente ou pelo menos aprofunde a derrota do incauto.

Em termos de política, assim como tudo na vida, o tempo é o maior referencial! É apenas no final das contas que vamos conseguir saber se nossas ações foram boas ou más, se o que fizemos foi produtivo ou infrutífero. Um único grau de deslocamento, de mudança na rota previamente traçada, nos leva a destinos completamente diferentes do que foi planejado, depois de algum tempo e de muitos quilômetros de percurso.

Só um rompimento poderia ter sido pior para Flávio Dino que o de Zé Reinaldo. O de Weverton Rocha, que é o único político do Maranhão que hoje tem um grupo próprio, bem montado, com partido forte, membros motivados. Só o DEM pode vir a se configurar como um segundo grupo com estas características.

Há outra coisa muito importante! O simples fato de Zé Reinaldo não ter aguentado o desprezo dedicado a ele por Flávio Dino não sacramenta o erro e estabelece a vitória da oposição. É preciso que este erro resulte em ações efetivas para debilitar as fileiras do exército adversário. A saída de Zé Reinaldo do grupo dinista deve ser rentabilizada!

É como se estivesse sobrevoando o campo de batalha em um dirigível, vejo de um lado um exército bem aparelhado, comandado por um general obeso e um coronel “asargentado”, sem uma relevante linha média de comando, sem estado maior, graças a sua forma de pensar e de agir, mas eles têm muito armamento e munição.

Do outro lado vejo opositores desarrumados, sem uniformes e sem uniformação, com comandos distintos. Um destes destacamentos é bem maior que os outros, que mesmo menores, são indispensáveis para o sucesso da guerra. Vejo que dois destes grupos parecem se aproximar para juntar forças e se fortalecerem. São mais jovens e motivados. Juntos, estes dois podem se transformar na segunda maior força da batalha e no futuro ser hegemônico!

Vejo que os exércitos antagonistas do poder precisam avançar separadamente nesta primeira batalha, para que na batalha final possam derrotar seu oponente. No entanto, eles precisarão se reunir, ter uma “Yalta”! Mas querer que essa gente saiba o que é “Yalta” é um pouco demais, né?! Quem não precisar recorrer ao Google para saber o que foi “Yalta”, conseguiu pontos suficientes para passar de nível neste jogo!

Esta guerra não terá um resultado satisfatório para os insurgentes se eles não se organizarem e principalmente se não tiverem um elevado espírito voluntarioso, onde não haja vaidades, mas sim humildade e boa dose de sacrifícios pessoais.

1 comentário »