Sedel lança projeto ‘Inclusive, Praia!’

0comentário

Esporte, cultura, inclusão, tudo à beira do mar e de forma gratuita! Esta é a proposta do Inclusive, Praia, projeto financiado com recursos da Lei Estadual de Incentivo ao Esporte, com apoio do Governo do Maranhão, por meio da Sedel e Sedihpop), Equatorial Energia Cemar e Grupo Mateus.

A programação de lazer do litoral maranhense retoma neste ‪domingo, 06 de outubro‬, na Avenida Litorânea, próximo à descida do Barramar, na Praia do Caolho, das 9h ‪às 17h‬.

“Em 2019 o projeto retoma com muitas novidades, novos jogos adaptados, espaço kids, área para picnic, atendimento exclusivo de instituições e muito mais”, comenta o secretário de Esporte, Rogério Cafeteira.

A cadeira anfíbia, a grande atração em 2017, continua! Esta edição terá duração de 1 ano, todos os domingos e em uma sexta-feira a cada mês, para atendimento exclusivo das instituições que trabalhem com o atendimento de pessoas com deficiência.

Na última segunda-feira, 30, o Coletivo Tiquira com Cuxá promoveu seu pré-lançamento no Auditório da Biblioteca Pública Benedito Leite, no qual estiveram presentes representantes da sociedade civil, governos, patrocinadores e imprensa. Além de apresentar uma pequena amostra das novidades, na oportunidade o Coletivo lançou ainda um vídeo documental de tudo que aconteceu em sua primeira temporada, disponibilizado no IGTV no Instagram @inclusivepraia .

Com o tema “Você Aqui” a estação de lazer com múltiplos recursos acessíveis é a opção de lazer ideal para toda a família. Idealizado pela produtora cultural e especialista em acessibilidade, Alessandra Pajama, o espaço foi desenvolvido para atender as famílias maranhenses que não tinham um espaço adequado para atender às necessidades específicas para a prática de esporte de pessoas com deficiência. Em sua primeira temporada o projeto atendeu cerca de 1.750 pessoas, em 32 domingos. Este ano a meta é dobrar o número de visitas e atendimento.

Na programação do domingo estão previstas apresentações musicais dos artistas, Isabelle Passinho e Hamilton Borgneth Dj. A entrada é gratuita e são permitidas as entradas de comidas e bebidas, contando que não sejam alcóolicas. Menores de idade precisam estar acompanhados pelos pais ou responsáveis.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Juventude é campeão da 2ª divisão Maranhense

0comentário

O Juventude, de São Mateus é o campeão da 2ª divisão do Campeonato Brasileiro, após vencer o Atlético Babaçu, de Bacabal, por 3 a 1, no Estádio Pinheirão, em São Mateus.

Os gols do time do Juventude foram marcados por Emerson Nike, Júnior Negrão e Thiago Lemos. O Atlético diminuiu com Júnior Chicão.

Na primeira partida, o Juventude já havia vencido, no Estádio Correão, em Bacabal, por 2 a 1.

Além de garantir o título, o Juventude disputará a Taça FMF que assegura ao campeão vaga no Campeonato Brasileiro Série D em 2020. E disputará também a primeira divisão do Campeonato Maranhense no próximo ano.

Foto: João Ricardo / Globoesporte.com

sem comentário »

Prefeitura de São Luís incentiva alimentação saudável

0comentário

Estudantes da Unidade de Educação Básica (U.E.B) Maria Alice Coutinho, no Turu, realizaram nesta semana (1º) uma visita pedagógica à Folha d’Água Aquaponia, uma espécie de horta hidropônica que usa um sistema de produção que combina a piscicultura (criação de peixes) com a hidroponia (cultivo de plantas em água).  A visita ao espaço que fica em frente à escola foi acompanhada pela primeira-dama de São Luís, Camila Holanda, e pelo secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Ivaldo Rodrigues. Além de incentivar os alunos a adotarem bons hábitos alimentares, a visita também foi realizada com o objetivo de avaliar a possibilidade de criar uma horta na escola.

A primeira-dama Camila Holanda, destacou que a atividade reflete a preocupação da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior com a alimentação saudável nas escolas da rede municipal. “O objetivo é fazer com que as crianças, conhecendo e se interessando por trabalhos como esse da horta hidropônica, possam reconhecer a importância de terem uma alimentação saudável e, ainda, levar esse pensamento para suas famílias. A gestão do prefeito Edivaldo tem incentivado atividades como essa, dando oportunidade para que as crianças possam se divertir e ao mesmo tempo conhecer algo novo, respeitando sempre o meio ambiente em que vivem”, reforçou Camila Holanda.

A Folha d’Água Aquaponia cultiva alface e cria peixes através dessa técnica que alia a piscicultura com a hidroponia, que é o cultivo de de plantas sem solo, onde as raízes recebem uma solução nutritiva balanceada que contém água e todos os nutrientes essenciais ao desenvolvimento da planta. Propriedade da família de Andréa Brandão, a horta se desenvolve alicerçada no desejo de oferecer opções de produtos saudáveis. “Eu tenho prazer em apresentar esse trabalho às crianças. É uma forma de elas se interessarem por uma alimentação mais saudável”, disse Andréa Brandão.

O secretário municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Ivaldo Rodrigues, destacou a importância da visita pedagógica. “A ideia da visita é estimular as crianças e avaliar a possibilidade de criar, com apoio técnico da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, uma horta na escola, para que elas possam cuidar e cultivar diversos produtos. Como gestor desta pasta, avalio de forma muito positiva essa visita a esta horta hidropônica”, destacou o secretário durante a visita ao espaço.

Foto: A. Baeta

sem comentário »

Transformação pela iniciativa privada

1comentário

Por Adriano Sarney

Ando muito pelo interior do Maranhão e pelos bairros mais carentes de São Luis, além de sentir a ausência dos serviços públicos mais básicos, percebo a falta de uma iniciativa privada pujante que ofereça renda e dignidade para a população. Afinal, temos um estado com diversas potencialidades econômicas – já debatidas diversas vezes em outros artigos desta coluna – e uma capital portuária, bem localizada para o mundo. Mas, será que uma coisa (dinamismo econômico) não está intrinsecamente ligada a outra (políticas públicas)? As prioridades de um governo, seja prefeitura, estado ou união, impactam diretamente na construção de uma balança que equilibre prestação de serviços públicos e incentivo à iniciativa privada. 

Podemos ter um governo que incentive a abertura de novas empresas reduzindo impostos e dando mais benefícios para aumentar a arrecadação do governo. Nesse caso, a administração teria mais recursos para investir em infraestrutura, capacitação, saúde, etc, e, consequentemente, criar um bom ambiente de negócios para atrair mais empreendimentos. Ou podemos ter um governo que majore a arrecadação utilizando-se apenas do aumento de impostos para as poucas existentes empresas do Maranhão. Nesse caso, o dinheiro que será levantado pelo governo não será suficiente para investir em melhorias, mas apenas para fazer remendos orçamentários e seguir sem nenhuma mudança estrutural. Além disso, essa medida é insustentável, pois sacrifica o empreendedor que pode fechar as portas e demitir seus funcionários, aumenta o custo de produtos e serviços para a população, e incentiva a sonegação e a corrupção.

Reparem que nos dois casos temos aumento de arrecadação para o estado: no primeiro, aumentamos o número de empreendimentos que gerará mais renda e bem-estar para a população e no segundo, apenas uma transferência da iniciativa privada para a máquina pública que não gera nenhum tipo de benefícios, tendo em vista que esse dinheiro servirá apenas como paliativo para manter o funcionamento da máquina pública. O Maranhão se enquadra no segundo caso.

Precisamos urgentemente promover uma evolução que nos eleve ao patamar de estado amigo da iniciativa privada. No mês passado foi aprovada, por inciativa do governo federal, a Lei da Liberdade Econômica. Essa lei possibilita a desburocratização para empresas de médio e pequeno porte como a agilização da expedição de alvarás e licenças ambientais. Em breve apresentarei iniciativas parlamentares que estabeleçam no âmbito estadual os preceitos desta legislação e que cheguem à proprietárias de salão de beleza, donos de bares e restaurantes, quitandeiros, costureiras, borracheiros, sócios de pequenos escritórios de advocacia e inúmeros outros. Vale lembrar que hoje, dia 5 de outubro, é comemorado o Dia Nacional da Micro e Pequena Empresa. No Maranhão, sou autor do Dia Estadual, comemorado todo 9 de junho, dia da instauração da nossa Frente Parlamentar em Defesa do Micro e Pequena Empresa.

Os desafios são muitos para que o Maranhão se equilibre entre prioridades governamentais e dinamismo econômico. Esse é o balanço para chegarmos ao tão esperado desenvolvimento social!

*Adriano Sarney é deputado estadual, economista com pós graduação pela Université Paris (Sorbone, França) e em Gestão pela Universidade Harvard.

1 comentário »

Edivaldo inicia reforma do CEO da Alemanha

0comentário

O prefeito Edivaldo Holanda Junior prossegue com a intensa agenda do programa São Luís em Obras e nesta sexta-feira (4), vistoriou a reforma do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) do bairro Alemanha. O serviço no local integra um pacote de ações voltadas para a área da saúde que teve início na última quarta-feira (2), quando o gestor assinou a Ordem de Serviço que autorizou a reforma de 18 unidades de saúde da capital. Contemplado no pacote, o CEO Alemanha já teve desmontados todos os oito consultórios e retirado todo o revestimento das paredes. Além dos equipamentos de saúde, o programa São Luís em Obras está com frentes de trabalho em vários pontos da capital, atuando na infraestrutura e urbanização de espaços públicos como mercados, praças, ruas e avenidas.

O prefeito destacou ações estruturais da sua gestão na saúde. “Esta é mais uma das ações que fazem parte do programa São Luís em Obras. Lembrando que, há poucos dias, assinei a Ordem de Serviço para reforma de 18 unidades de saúde. Além disso, ontem estivemos na obra do mercado do Coroadinho e na próxima semana iniciaremos a reforma do mercado da Cohab, enfim, temos obras espalhadas em vários pontos da cidade e vamos intensificar, ainda mais, este trabalho pelo município”, ressaltou Edivaldo que estava acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda, do vice-prefeito Julio Pinheiro e de secretários municipais.

Indagado sobre os investimentos realizados pelo município neste período, contrastando com a realidade de muitas outras prefeituras do país que passam por escassez de recursos para investir, o prefeito Edivaldo explicou que houve, nos últimos anos, a preocupação da sua gestão com planejamento estratégico.

“O país vive, hoje, uma crise econômica profunda, que foi originada há vários anos. Desde o nosso primeiro mandato enfrentamos este problema, mas de forma responsável e com muito planejamento conseguimos arcar com os compromissos da Prefeitura, pagando o funcionalismo em dia e, além disso, buscando recursos para realizar estes investimentos, ou seja, fizemos o dever de casa e os resultados são estes que estamos apresentando para a população”, declarou Edivaldo.

Lula Fylho, titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), ressaltou que a gestão Edivaldo tem buscado aprimorar também o atendimento, conjuntamente às obras anunciadas. “A gestão municipal tem tratado a questão da saúde de forma muito responsável e incisiva, buscando melhorias continuamente nos serviços prestados à população. Vale ressaltar que, em momento de crise, em que o Brasil todo vem retraindo investimentos, São Luís vem conseguindo responsavelmente realizar investimentos. Serão reformadas 18 unidades de saúde e outros investimentos vão ocorrer, não somente em estrutura, mas também em ações voltadas à humanização, eficiência, modernização e, tudo isto, de forma que a população possa sentir o reflexo de todo este empreendimento na Saúde”, disse o secretário.

Foto: A. Baeta

sem comentário »

Torcida do Sampaio ‘esfria’ para a decisão

0comentário

O torcedor do Sampaio parece não estar acreditando na possibilidade da conquista do quarto título nacional.

Após a derrota por 3 a 1 para o Náutico, na primeira partida, em Recife, o clima esfriou em São Luís e até ontem, pouco mais de 10 mil torcedores haviam adquirido ingresso para a grande final.

Mas alguém vai dizer: você acha pouco 10 mil? É claro que sim. Para a importância do jogo e um título nacional em disputa deveríamos estar falando como outrora em 40 mil no Castelão.

Mas não chegaremos a essa marca, a menos que ocorra algum fênomeno nas bilheterias até amanhã, o que eu sinceramente não acredito.

O desinteresse mostra que a torcida do Sampaio não é tão fiel assim como poderíamos imaginar. O estádio lotado seria mais um ingrediente para o nosso representate buscar o resultado que não considero impossível.

Além da desvantagem, os buracos na arquibancada são fatores que podem até atrapalhar o time do Sampaio, mas tenho a certeza de que não faltará entrega e doação em busca dessa tão falada quarta estrela.

Para finalizar, você que ainda não comprou o seu ingresso, vá ao Castelão e jogue ao lado do Sampaio.

Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação

sem comentário »

Perseguição denunciada

0comentário

O prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Rodrigues (PSL) – um dos mais ácidos críticos do governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) -, aproveitou uma audiência que teve com o presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), para relatar o que considera perseguição do comunista em razão do seu posicionamento político.

O gestor é líder de uma das únicas três cidades maranhenses onde Bolsonaro venceu o 2º turno da eleição de 2018 contra o candidato de Dino, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT).

Durante a reunião com o presidente, segundo relato do próprio gestor – que esteve acompanhado do presidente do PSL no Maranhão, vereador Chico Carvalho -, ele contou as dificuldades de ser perseguido.

– Um dia histórico para todo o Maranhão, grato a Deus e ao povo da minha humilde cidade de São Pedro dos Crentes, os quais me proporcionaram esse momento com o presidente da República do Brasil. Na ocasião, conversamos sobre os problemas da nossa região, assim como das nossas dificuldades como prefeito tão combatido e perseguido pelo governo maranhense – destacou.

O incômodo de Flávio Dino com Lahesio Rodrigues ficou evidente durante a campanha eleitoral do ano passado. A pedido do PCdoB, ele chegou a ser censurado pela Justiça Eleitoral, após declarar em discurso pró-Roseana Sarney (MDB) que Flávio Dino “é ruim”.

– Eu vi o que é ruim neste estado. O que é ruim neste estado chama-se Flávio Dino – disse Lahesio na ocasião. O então juiz eleitoral Itaércio Paulino da Silva determinou a exclusão de vídeo com a fala das redes sociais. A decisão, no entanto, foi reformada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA).

Estado Maior

sem comentário »