Margareth Meneses será atração no Carnaval do MA

0comentário

A cantora baiana Margareth Meneses é mais uma atração confirmada no Carnaval do Maranhão em 2020.

Margareth será uma das atrações no principal circuito do carnaval que é a Beira-Mar entre os dias 21 e 25 de fevereiro.

“Uma das grandes referências do axé no Brasil, Margareth Menezes chega com todo seu carisma ao Carnaval do Maranhão. O Circuito Beira-Mar será o palco desse show incrível! Convido a todos para participar!”, confirmou o secretário de Cultura Anderson Lindoso nas redes sociais.

Já estão confirmados no nosso carnaval os cantores Avine Vinny e Mano Walter, a banda Saia Rodada, Cidade Negra, Kenyatta Hill, Dinho Ouro Preto (Capital Inicial), Maria Rita, Duda Beat e o grupo de pagode carioca Bom Gosto.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Imperatriz apresenta novo uniforme para 2020

0comentário

O Imperatriz lançou o seu novo uniforme para a temporada 2020. O modelo é bastante simples e não chega a chamar atenção.

O uniforne nº 1 é vermelho com detalhes em branco no ômbro, calções e meiões vermelhos com detalhes em branco. O uniforme nº 2 é banco com detalhes vermelhos na camisa. Os calções e meões são brancos com detalhes em vermelho.

Os uniformes são do fornecedor D&G Sports e já serão usados na partida contra o CRB, nesta terça-feira (21), às 19h, no Estádio Frei Epifânio, na estreia do Imperatriz na Copa do Nordeste.

Foto: Johann Brenno / Midiart Comunicação

sem comentário »

Via Sacra da Ilhinha terá apoio de Osmar Filho

0comentário

Não é de hoje que o presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho  (PDT), vem se destacando como apoiador de grupos culturais da cidade. 

Nesta última quinta-feira (16), esteve acompanhando junto com sua esposa, Clara Gomes, o ensaio da Companhia de Teatro, Via Sacra da Ilhinha.  

O vereador apoiou as edições anteriores do espetáculo, e este ano, mais uma vez, reforçou seu compromisso sendo convidado dessa vez, pelo grupo para ser o padrinho da Companhia. 

“Eu acredito no poder da arte como instrumento de transformação. A companhia de teatro está a todo vapor nos ensaios para apresentar um belo espetáculo na temporada da Páscoa. Orgulho em ser padrinho desta companhia e ver jovens atuando com excelência e servindo como podem. Contem  com meu mandato, e desejo sucesso nesta jornada, que é levar o evangelho a todos”, disse. 

O grupo é formado por jovens e adolescentes do bairro da Ilhinha, que  prepararam um espetáculo encenado para a temporada da Páscoa.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Fufuca diz que Progressistas decidirão melhor caminho

0comentário

O deputado federal André Fufuca (PP) defendeu, em entrevista ao jornalista Roberto Fernandes, no Bom Dia Mirante, Na TV Mirante a necessidade da aprovação da reforma tributária na Câmara dos Deputados. Ele falou também sobre as eleições municipais deste ano. Clique aqui e veja a entrevista na íntegra.

Fufuca destacou que o Congresso teve papel fundamental na pauta econômica para o país no ano passado.

“Em 2019, nós assumimos um papel de protagonista na pauta econômica. Nós vivemos em um país com 14 milhões de desempregados e o Congresso tinha que dar celeridade e tinha que ser protagonista nessa ação. Conseguimos a partir disso alguns avanços como a reforma previdenciária, reforma trabalhista do mandato passado e outras reformas que estão caminhando. Vou dar só um exemplo, neste começo de ano haverá a reforma tributária que é prioridade na Câmara dos Deputados”, destacou.

André Fufuca defendeu a necessidade de andamento da reforma tributária e classificou como importante a reforma administrativa.

“As duas reformas são importantes, mas a tributária é a base para a reforma administrativa. No momento em que nós fizermos a reforma tributária ganharemos fôlego para fazer a reforma administrativa. A reforma tributária eu acredito que ela seja votada neste primeiro semestre que é um ano eleitoral. A previsão da reforma administrativa é de que ela seja votada até 2022”, explicou.

Segundo Fufuca, o Progressista deve disputar a prefeitura em até cinquenta cidades maranhenses.

“O Progressista hoje tem 16 prefeitos eleitos em todo o estado, organizamos o partido e teremos entre quarenta e cinquenta candidaturas municipais, candidaturas essas de grande força popular, grandes forças democráticas e acredito que participaremos do debate ativamente, principalmente nas grandes cidades. O Progressita, parafraseando Odair José, aqui em São Luís pode acontecer tudo e inclusive nada. Nós estamos escutando a todos, estamos debatendo, mas estaremos sim debatendo os programas de governo, as propostas de governo. Iremos fazer uma plenária para decidir o melhor caminho para o Progressistas adotar, mas estamos atuando ativamente em Imperatriz com a candidatura que lidera em todos os cenários que é a do Hildon Marques. Em Pinheiro, estamos atuando ativamente em Balsas, Presidente Dutra, Penalva, Alto Alegre do Pindaré, Santa Luzia, Santa Inês, enfim são cidades regionais que tem uma grande importância em nosso estado e o Progressistas com a qualidade desses candidatos, nós haveremos de ter um grande quadro, um quadro novo, técnico e, principalmente, de novas ideias que é o mais importante”, afirmou.

A respeito da eleição em São Luís, Fufuca disse que o partido escutará os filiados para saber o melhor caminho a seguir.

“Aqui nós iremos debater até abril para ver qual é o principal caminho que iremos adotar. Nós não temos pressa. quem tem prazo não tem pressa. Estamos escutando os candidatos, pois pode ser que o Progressista opte por uma candidatura própria ou pode ser que o Progressista acabe por apoiar uma candidatura, fazendo parte da chapa ou coisa parecida. Nós não tempos pressa quanto a isso. Nós iremos escutar os nossos filiados, vamos conversar com os nossos pré-candidatos a vereadores e principalmente escutar as propostas dos que se avizinham para pré-candidatos a prefeito para o pleito eleitoral desse ano”, finalizou.

Foto: Reprodução/TV Mirante

sem comentário »

Braide diz que população quer propostas e discutir SL

0comentário

O deputado federal e pré candidato a prefeito de São Luís Eduardo Braide (Podemos) foi o entrevistado desta sexta-feira (17), no Ponto Final, na Rádio Mirante AM, pelo jornalista Roberto Fernandes e falou sobre política, planos para São Luís e desua atuação parlamentar na Câmara dos Deputados. Clique aqui e ouça a entrevista na íntegra.

Braide disse que espera uma campanha propositiva e que discuta os reais problemas de São Luís. “Esse é o desejo do povo de São Luís. Que essa campanha seja voltada para o debate das ideias. É comum em período de eleição surgirem as baixarias. Eu sempre fiz e defendi uma campanha com propostas e debate de temas sobre o melhor para São Luís e certamente é isso que a população espera nessa campanha’, disse.

Eduardo Braide afirmou que tem conversado com lideranças políticas e que no momento certo anunciará seus apoiadores. “Eu tenho conversado com várias lideranças políticas da nossa cidade e do nosso estado sobre o time que nós estamos montando e isso está sendo feito. Tenho conversado com várias lideranças e elas tem demonstrado interesse de integrar esse time. No momento certo nós divulgaremos aqueles que caminharão comigo em busca de uma cidade melhor e diferente”, afirmou.

O deputado também acrescentou que ampliará a ligação entre bairros em São luís como forma de desafogar o trânsito caótico na cidade para que a Prefeitura possa dar respostas rápidas à mobilidade urbana. “Até hoje nós só temos paliativos. Você resolve um problema em uma determinada região, mas não vê a cidade como um todo”.

Perguntado por um ouvinte, Braide esclareceu as mudanças na previdência que garantiu conquistas para policiais e bombeiros militares com a Reforma da Previdência.

Braide disse que caso venha a ser eleito prefeito de São Luís pretende criar a Secretaria da Pessoa com Deficiência ou Secretaria da Inclusão que tratará exclusivamente da pessoa com necessidade de inclusão e afirmou que as secretarias em um eventual governo seu terá que funcionar com eficiência e admitiu que pode reduzir o número de pastas. “As secretarias precisam funcionar prá valer”, disse.

O deputado Eduardo Braide defendeu o reconhecimento da cultura maranhense e disse que ela só se mantém até hoje por conta da resistência. “Essa resistência mantém a cultura do Maranhão viva. Precisamos fazer com que estas manifestações culturais sejam transformadas em geração de emprego e renda e fazer com que as nossas manifestações culturais possam ser valorizadas o ano inteiro e não apenas durante um mês ou outro”, destacou Braide.

Braide defendeu a importância da realização de concursos públicos para preenchimento das vagas na administração pública e antecipou algumas áreas que serão contempladas. “A realização de concursos públicos é uma das nossas metas, especialmente para a guarda municipal e agentes de trânsito na SMTT”, disse acrescentando a necessidade de concurso nas áreas da saúde e educação.

Foto: Zeca Soares

sem comentário »

Hildo trouxe R$ 107 milhões de royalties da mineração

0comentário

O deputado federal Hildo Rocha, autor da emenda que possibilitou a inclusão dos municípios do Maranhão no rateio desses recursos explicou que as ações que culminaram nessa grande conquista foram iniciadas em 2017, quando o então presidente Michel Temer editou uma Medida Provisória  que alterou toda a legislação da Contribuição Financeira sobre Exploração de Minérios (CFEM). Clique aqui e veja o vídeo..

“Tive a oportunidade de participar da Comissão Especial, formada por deputados e senadores, que apreciou a medida provisória 789/17 que modificou a legislação do CFEM. Na ocasião, apresentei emenda propondo a participação dos municípios afetados pelo transporte de minérios.  No caso do Maranhão, os municípios que estão situados nas ferrovias e que tenham portos por onde são escoados os minérios. Na comissão trabalhei para que as emendas que incluíam os municípios do Maranhão na partilha do CFEM fossem aprovadas. Essa MP hoje é a Lei 13.540/2017 que garante aos municípios maranhenses parte da arrecadação do CFEM. A regulamentação dessa lei custou a ser efetivada, mas, trabalhamos para que a regulamentação beneficiasse o Maranhão. Fico feliz por ver que o resultado do meu esforço está ajudando os municípios a melhorarem os serviços públicos “, destacou o parlamentar. 

A lei prevê que esses recursos deverão ser creditados em contas específicas, no sexto dia útil do mês subsequente ao recolhimento dos recursos e aplicados em projetos, que direta ou indiretamente gerem benefícios para as comunidades afetadas, na forma de melhorias da infraestrutura, da qualidade ambiental, da saúde e da educação. Não poderão, portanto, ser utilizados para pagamento de dívida ou para pagamento de servidores do quadro permanente das três esferas da administração pública: União, Estados, Distrito Federal e dos Municípios.

Veja na tabela em anexo quanto cada município recebeu.

Foto: Divulgação

sem comentário »