Morre o ex-prefeito de Bacabal Zé Vieira

0comentário

Morreu na tarde desta terça-feira (19), em São Paulo, o ex-prefeito de Bacabal e ex-deputado Federal, José Vieira Linz.

Ele tinha 84 anos e estava internado no Hospital Sírio Libanês para tratamento de um câncer contra o qual lutava há 10 anos.

Zé Vieira foi eleito prefeito de Bacabal por três vezes e exerceu dois mandatos de deputado federal.

Em 2016, Zé Vieira foi eleito prefeito de Bacabal pela terceira vez, mas teve o diploma cassado por conta da Lei da Ficha Limpa e deixou o cargo no ano passado.

Nota de pesar

O presidente da Assembléia Legislativa, Othelino Neto divulgou nota de pesar pela morte de Zé Vieira.

“É com profundo pesar que recebemos a notícia do falecimento do ex-prefeito da cidade de Bacabal, José Vieira Lins, nesta terça-feira (19), após agravamento do seu quadro clínico no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo (SP).

Nascido em 30 de julho de 1934, na cidade de Sousa, na Paraíba, Zé Vieira, como era conhecido, iniciou sua carreira na política como vereador. Foi também prefeito da cidade de Bacabal e deputado federal por dois mandatos. 

Nossas sinceras condolências aos entes queridos por esta irreparável perda, ao passo que solidarizamo-nos com todos, rogando a Deus que conforte os corações de seus familiares e amigos.”

Foto: Divulgação

sem comentário »

Famem reforça luta contra o câncer no Maranhão

0comentário

O presidente da Famem, Erlanio Xavier, e o deputado federal Hildo Rocha (MDB) dentro dos próximos dias irão iniciar as tratativas com o Hospital Aldenora Belo para capacitar profissionais da saúde nos municípios com objetivo de realizar a detecção e prevenção do câncer por meio de diagnóstico precoce. A ideia foi exposta pelo deputado Hildo Rocha ao presidente da Federação nesta sexta-feira (15), na sede da entidade, durante visita institucional do parlamentar ao prefeito dirigente da entidade para estreitamente de relações.

Segundo a proposta do parlamentar, coordenador temporário da bancada, a qualificação seria feita pelo Aldenora Belo em programações regionais, otimizando recursos e resultados.  Os recursos utilizados no custeio da qualificação de pessoal, agentes comunitários de saúde, seriam provenientes de emendas parlamentares da bancada estadual.

Por sugestão do deputado Hildo Rocha, os recursos devem ser destinados diretamente para o Hospital Aldenora Belo. Ele tomou como referência a experiência do Hospital de Barretos (São Paulo) que tem procedido com a estratégica com grande êxito na atenção básica de saúde, de escopo do município. As definições jurídicas sobre um convênio de cooperação técnica serão ainda discutidas entre a entidade representativa dos prefeitos maranhenses e a unidade de saúde referência no tratamento de câncer no estado, com intermediação do parlamentar.

“Será um grande benefício para os municípios. A Famem se compromete em mobilizar seus integrantes para que o treinamento do pessoal aconteça de forma estratégica, reduzindo custos e obtendo mais resultado. Para isso contamos com a colaboração de toda a bancada maranhense”, declarou Erlanio Xavier. O presidente da federação disse que vai verificar os meios jurídicos que garantam a parceria.

Na fase preliminar do projeto, o presidente da Famem, Erlanio Xavier, contará com a colaboração do Instituto Ovídio Machado, que na reunião foi presentado pelo ex-vereador de São Luís e profissional da Saúde, Fábio Câmara.  O instituto deverá proceder com levantamento das incidência e capacidade instalada de cada um dos municípios do Maranhão para estabelecer prioridades na capacitação e atendimento. Inicialmente o foco seria concentrado no público infantil.  Por outro lado, a Famem deve realizar o levantamento do custo das capacitações das equipes.

Hildo Rocha destacou a qualidade da equipe do Aldenora Belo, formada atualmente por 137 médicos. “Precisamos fazer um trabalho integrado no combate ao câncer e por meio da Famem vamos buscar uma forma de alinhar os recursos para capacitar técnicos para fazer diagnóstico precoce e prevenção na Saúde Básica”, ressaltou o deputado.

O presidente Erlanio Xavier recebeu o parlamentar acompanhado dos prefeitos Sidrack (Morros), André Dourado (Carutapera), o vereador de Amarante, Sebastião das Alvoradas; o vice-prefeito de Cândido Mendes, Jofran Braga, o secretário executivo da Famem, Fonsequinha, e do coordenador jurídico, Guilherme Mendonça.

Municipalismo

Erlanio Xavier e o deputado Hildo Rocha aproveitaram a ocasião para trocar impressões sobre a conjuntura nacional e as propostas legislativas mais evidentes, como Reforma da Previdência, e o fortalecimento do municipalismo.  “Nós agradecemos a visita do deputado Hildo Rocha, um municipalista reconhecido e atuante.  Temos a satisfação de termos um parceiro que tem um histórico de luta pelos municípios”, afirmou o presidente

Foto: divulgação/Famem

sem comentário »

Braide busca recursos para o tratamento do câncer

0comentário

O deputado federal Eduardo Braide (PMN-MA) esteve reunido com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Um dos maiores defensores do combate ao câncer no Maranhão, o parlamentar busca recursos para reforçar o tratamento de pacientes que sofrem da doença no Hospital Aldenora Bello.

“Acompanhado do vice-presidente da Fundação Antonio Jorge Dino, Antonio Dino, me reuni com o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, para tratarmos dos recursos para o funcionamento dos 3 novos aparelhos de radioterapia (aceleradores lineares) do Hospital Aldenora Bello, que iniciarão seu funcionamento no 2° semestre deste ano”, destadou Braide.

O deputado mostrou ao ministro ministro Mandetta números que apontam que mais de 900 pessoas aguardam tratamento da doença no Maranhão. O ministro prometeu viabilizar recursos.

“A fila de espera para o início do tratamento é de mais de 900 pessoas, que aguardam até 11 meses para iniciar o tratamento. O ministro assumiu o compromisso de destinar os recursos tão logo os aceleradores lineares comecem a funcionar.
Assim, vai aumentar o número de pessoas atendidas pelo Aldenora Bello. O nosso compromisso continua! “, finalizou.

sem comentário »

César Pires defende mais recursos ao Aldenora Belo

0comentário

O deputado César Pires (PV) participou, na tarde desta quinta-feira (21), de uma visita à Fundação Antônio Dino, mantenedora do Hospital Aldenora Belo, para conhecer projetos desenvolvidos por aquela instituição de saúde. Ao final do encontro, promovido por dirigentes da fundação, ele defendeu a união dos parlamentares estaduais no sentido de viabilizar recursos para o hospital que atende pacientes com câncer de todo o Maranhão.

Ao final da visita – em que um grupo de deputados estaduais foi recebido pela presidente da fundação, Enide Dino, e pelo vice-presidente, Antonio Dino Tavares -, César Pires informou que, a exemplo de anos anteriores, destinou R$ 1 milhão em emendas ao Orçamento do Estado 2019 para o Hospital Aldenora Belo, para assegurar assistência oncológica aos maranhenses. Mas lamentou não ter, como deputado de oposição, suas emendas liberadas pelo governo estadual.

“A saúde deve estar acima das divergências políticas, por isso defendo a união de todos nós, deputados estaduais, em torno desta causa. A relevância dos serviços prestados pela Fundação Antônio Dino é reconhecida pela população maranhense, e essa instituição precisa do nosso apoio para superar as dificuldades financeiras e manter o atendimento aos pacientes com câncer”, ressaltou César Pires.

Do encontro também participaram os deputados Daniella Tema, Yglésio Moisés, Helena Duailibe, Adriano Sarney, Wellington do Curso, Felipe dos Pneus e Fernando Pessoa. Depois de receberem informações sobre ações da Fundação Antonio Dino – como as casas de apoio, as campanhas de prevenção, o consultório Amigo da Vida, o Centro de Ensino e Pesquisa, e o Núcleo de Voluntários – eles visitaram a obra de ampliação do Hospital Aldenora Belo.

“Nós precisamos do apoio dos deputados estaduais para manter os serviços prestados à população e fazer os investimentos necessários. Por isso fazemos esse apelo, pela união de todos em torno dessa causa”, enfatizou Antonio Dino.

sem comentário »

Roberto Rocha anuncia cura do filho contra o câncer

3comentários

O senador Roberto Rocha (PSDB) que viveu um drama familiar este ano, por conta do diagnóstico de um câncer no rim de seu filho Paulo Rocha, anunciou nas redes sociais que ele está totalmente curado.

Roberto Rocha fez um agradecimento especial ao médico Fernando Maluf e revelou a dor da família contra uma doença que acomete mais de 600 mil pessoas no Brasil.

“No Dia Nacional de Combate ao Câncer e de Nossa Senhora das Graças (27), recebi a notícia da cura do meu filho Paulinho, que foi diagnosticado este ano com câncer no rim. O tratamento doloroso mobilizou a nossa família numa luta diária contra essa doença que acomete mais de 600 mil pessoas por ano no Brasil.

Em momentos mais críticos do tratamento, cheguei a pensar que o nascimento do meu netinho fosse a herança que meu filho deixaria nessa terra. Passei inúmeros momentos de sofrimento e solidão, sobretudo no período eleitoral. Só quem tem um filho nessa situação, pode imaginar a dor e o sofrimento dos pais.

Mas a minha Fé foi renovada a cada nascer do sol por Deus e Dr. Fernado Maluf, e hoje o meu querido filho venceu a batalha contra o câncer. Ele lutou muito e a vida deu a ele uma nova chance. Meu filho está de volta, curado e pode voltar para casa para cumprir a missão maravilhosa de ser pai pela primeira vez”, escreveu.

Foto: Arquivo pessoal

3 comentários »

Braide cobra Flávio Dino liberação de emenda

0comentário

No Dia Estadual de Combate ao Câncer (23 de maio), o deputado Eduardo Braide subiu à tribuna para cobrar do Governo do Estado, a liberação da emenda parlamentar de sua autoria, no valor de R$ 1.000.000,00 (um milhão de reais), destinada ao tratamento de radioterapia do Hospital Aldenora Bello.

“Venho aqui fazer esta cobrança porque a fila de espera pelo tratamento da radioterapia no Hospital Aldenora Bello, que realiza um grande trabalho, é imensa. Só para que se tenha ideia, os pacientes estão aguardando dez meses para iniciar o tratamento. Hoje há mais de 800 pessoas nessa fila de espera. Conversei com a diretoria do hospital que informou como sendo esta, a sua prioridade para este ano. Por isso fizemos a destinação da emenda no valor de R$ 1 milhão, para a troca da pastilha de cobalto usada no equipamento de radioterapia, a fim de que este tratamento não pare. Espero que o governador libere a emenda para que não aconteça o que ocorreu em 2017, quando só após ingressarmos na Justiça, foi garantido o direito dos maranhenses à saúde”, alertou o deputado.

Também no pronunciamento, Eduardo Braide relembrou os equipamentos já destinados e que estão em funcionamento no Hospital Aldenora Bello, adquiridos por meio de emendas parlamentares de sua autoria.

“Desde o meu primeiro mandato, o combate ao câncer é uma das minhas forças de trabalho. No Hospital Aldenora Bello, referência do tratamento no Maranhão, estão em funcionamento: mamógrafo, microscópio cirúrgico para a retirada de tumores cerebrais, aparelhos para a realização de biópsia, mamótomo (equipamento moderno para biópsia da mama), além da aquisição de todos os equipamentos necessários para a UTI pediátrica e um mamógrafo digital. Gosto de frisar esses equipamentos, porque é preciso ir além dos discursos. E essa é uma causa que tem pressa e deve ser de todos”, acrescentou Eduardo Braide.

Ao fim do discurso, o deputado destacou o trabalho realizado pela Fundação Antonio Jorge Dino, pioneira no combate e prevenção ao câncer no Maranhão.

“O Dia Estadual de Combate ao Câncer, celebrado hoje, dia 23 de maio, é uma justa homenagem a Antonio Jorge Dino, médico que iniciou todo esse trabalho de acolhimento, prevenção e tratamento do câncer aqui em nosso Estado. Trabalho mantido até hoje com excelência pela Fundação Antonio Jorge Dino, especialmente no atendimento aos mais carentes. Aproveito aqui para parabenizar todos os colaboradores da fundação e do hospital Aldenora Bello por esse grande trabalho realizado ao longo de tantos anos que já salvou a vida de milhares de maranhenses”, finalizou Eduardo Braide.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Humberto Coutinho morre em Caxias

0comentário

O deputado Humberto Coutinho (PDT), presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão morreu nesta segunda-feira (1º)), em Caxias.

Humberto tinha 71 anos e lutava contra um câncer no intestino há 4 anos e teve o quadro clínico agravado nos últimos dias. Ele estava em casa com a família.

Em nota, a Assembleia Legislativa decretou luto oficial por três dias pela morte de Humberto Coutinho.

Nota oficial:

Com imenso pesar,  comunico o falecimento do deputado estadual Humberto Coutinho (PDT), Presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, ocorrido às 20h40  desta segunda-feira (1° de janeiro), na cidade de Caxias (MA). Em seus momentos finais, Dr. Humberto foi assistido por sua inseparável companheira de 50 anos, dra.Cleide Coutinho, filhos, irmãos, irmãs, demais familiares e amigos muito próximos.

Humberto Coutinho não resistiu às complicações em decorrência de um câncer agressivo, contra o qual lutava bravamente há quatro anos.

O corpo do deputado Humberto Coutinho será velado, no primeiro momento, em sua residência, por familiares. Em seguida, será levado para o Ginásio da Facema, localizado ao lado do conjunto habitacional Eugênio Coutinho, para que a população de Caxias e de municípios da região possa se despedir do seu grande líder. Ao final, será conduzido em carro do Corpo de Bombeiros, pelas ruas da cidade, até a capela da familia, onde ocorrerá o sepultamento.

Por ordem do  Presidente em exercício, deputado Othelino Neto, a Assembleia Legislativa decreta luto oficial de três dias.

Por determinação do governador Flavio Dino, o deputado Humberto Coutinho será velado e sepultado com honras de chefe de Estado, por ter exercido interinamente o cargo de governador do Maranhão (2016) e ter falecido durante o exercício da Presidência do Poder Legislativo Estadual.

Humberto Ivar Araújo Coutinho nasceu em 21 de agosto de 1946, no povoado Pedreiras, município de Matões (MA). Formado em Medicina pela Universidade Federal da Bahia, começou a exercer a profissão em 1971, promovendo avanços na saúde de Caxias. Criou e mantém, até hoje, a Casa de Saúde e Maternidade de Caxias, juntamente com sua esposa, a médica e ex-deputada estadual Cleide Barroso Coutinho.

Além de dedicação à medicina, Humberto construiu brilhante carreira política, iniciada em 1988 como o vereador mais votado de Caxias. Em 1990 elegeu-se deputado estadual, com reeleições sucessivas nos pleitos de 1994, 1998 e 2002.

Em 2004, foi eleito prefeito da cidade de Caxias, sendo reeleito em 2008 com a maior votação da história de um prefeito daquela cidade.

Em 2014 retornou ao Parlamento Estadual maranhense, já consolidado e reconhecido como uma das mais influentes lideranças políticas do Maranhão. Em fevereiro de 2015, foi eleito Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão e reeleito, por unanimidade dos seus pares, para o exercício do biênio 2017/2018.

Consternados, os deputados estaduais para quem o Presidente Humberto se tornou uma unanimidade na política maranhense, lamentam o falecimento do deputado Humberto Coutinho, ao tempo em que se irmanam à dor da esposa, dra. Cleide Coutinho, dos seus filhos George e Georgia, da sua nora Juliane, irmãos, irmãs, familiares, amigos, correligionários e de toda a população de Caxias e do Maranhão, rogando a Deus conforto e força para superarem a perda deste grande lider.

Cumpro o doloroso dever de informar esta notícia que nunca pensei comunicar.

Carlos Alberto Ferreira
Diretor de Comunicação da Assembleia Legislativa do Maranhão

sem comentário »

Braide cobra Fundo de Combate ao Câncer

1comentário

No Dia Estadual de Combate ao Câncer, o deputado Eduardo Braide usou a tribuna, nesta segunda-feira (27), para cobrar o funcionamento do Fundo Estadual de Combate ao Câncer.

“Eu tenho viajado pelo interior do Estado e vejo a falta que faz um mamógrafo, a falta que faz o tratamento de quimioterapia e radioterapia. Hoje, são muitas as pessoas que precisam se deslocar até a capital ou Imperatriz para tentar conseguir o tratamento contra o câncer. O Fundo Estadual de Combate ao Câncer precisa ser implantado definitivamente. Já passou da hora! Não há mais nenhum motivo para que os maranhenses não tenham acesso a esses recursos para combater essa doença”, afirmou o deputado.

Eduardo Braide fez ainda um alerta sobre a incidência de câncer no país. Ele reforçou que é preciso ações efetivas no combate à doença.

“Só para que se tenha uma ideia, a estimativa de incidência de câncer no Brasil em 2016 e 2017 diz que serão registrados quase 600 mil casos da doença no país. Portanto, essa é uma situação que precisa de nossa atenção e do nosso trabalho, já que milhares de maranhenses lutam contra esse mal diariamente”, disse.

O parlamentar finalizou o discurso solicitando que o governador do Estado efetive, em caráter de urgência, o repasse dos valores destinados ao Fundo Estadual de Combate ao Câncer. Os recursos são oriundos de 5% do ICMS sobre a venda de cigarros e derivados de tabaco e 3% do imposto sobre a venda de bebidas alcoólicas.

“O Fundo já foi regulamentado, tem o seu Conselho Consultivo instituído, mas nunca houve o repasse dos recursos que constituem a sua receita. Os recursos do Fundo já poderiam ter ampliado e melhorado consideravelmente o diagnóstico e o tratamento das pessoas com câncer. Por isso, apresentei um requerimento solicitando do governador do Estado o repasse, em caráter de urgência, dos recursos do Fundo Estadual de Combate ao Câncer. O requerimento, aprovado por unanimidade, já foi encaminhado para o governador. Portanto, reforço o pedido de que ele tenha a sensibilidade de implantar de forma definitiva o Fundo Estadual de Combate ao Câncer. Essa medida ajudará milhares de maranhenses”, finalizou Eduardo Braide.

Foto: Agência Assembleia

1 comentário »

Eduardo Braide critica postura de Flávio Dino

5comentários

O deputado Eduardo Braide usou a tribuna, nesta quarta-feira (18), para repudiar a decisão do Governo do Estado, que barrou a emenda de autoria do parlamentar, destinada ao Hospital do Câncer Aldenora Bello, para a compra de um novo mamógrafo.

“Essa Casa sabe que, desde 2011, destino todos os anos uma emenda parlamentar para o Hospital Aldenora Bello. Com as emendas que destinei para lá, já foram comprados e estão funcionando: mamógrafo, microscópio cirúrgico para retirada de tumores cerebrais, aparelhos para realização de biópsias, mamótomo, além de todos os equipamentos da UTI pediátrica, que já estão comprados, entre outros. Mas este ano, por uma questão política, de mero capricho do governador do Estado, o Aldenora Bello não poderá comprar um novo mamógrafo digital porque, simplesmente, ele não liberou a emenda”, destacou o parlamentar.

Eduardo Braide também criticou a justificativa dada pelo Governo do Estado para negar a liberação da emenda de sua autoria.

“O Governo poderia dizer tudo para negar o mamógrafo do Hospital Aldenora Bello, menos que não tinha disponibilidade no orçamento. A Lei Orçamentária n° 10.555/2016, aprovada por esta Casa e sancionada pelo próprio governador Flávio Dino, consta o recurso de R$ 750 mil a ser destinado ao hospital. Isso está no item 122. Portanto, cai por terra toda e qualquer desculpa nesse sentido de indisponibilidade orçamentária. Além disso, o parecer da Secretaria de Saúde é totalmente contraditório, uma vez que reconhece a dificuldade das mulheres na realização de mamografias pela falta de mamógrafos, destacando, inclusive, o trabalho do Aldenora Bello. Então porquê barrar a emenda do mamógrafo digital?”, questionou ao apresentar documentos.

Ao concluir o pronunciamento, o deputado reforçou que ainda há tempo do Governo do Estado rever a sua decisão sobre a emenda para o Hospital Aldenora Bello.

“O governador do Estado não libera o recurso do mamógrafo do Aldenora Bello porque não quer. Porque não tem compromisso com o povo do Maranhão. E aqui faço um alerta: não se faz política com a saúde das pessoas. Estamos em meio ao Outubro Rosa, mês dedicado à prevenção ao câncer de mama e uma notícia como essa, de uma atitude pequena, de quem não faz jus à cadeira que está sentado? São atitudes como essa do governador Flávio Dino que fazem o descrédito da classe política. Portanto, encerro meu pronunciamento fazendo um único pedido: governador, ainda dá tempo de se redimir e pedir perdão por esse ato insano cometido contra as mulheres do Maranhão”, finalizou Eduardo Braide.

Foto: Agência Assembleia

5 comentários »

Morre o prefeito de Presidente Vargas

0comentário

Morreu na manhã desta quinta-feira (25), em São Luís, aos 61 anos, o prefeito de Presidente Vargas, Herialdo Pelúcio (PCdoB).

Ele estava internado na UTI do UDI Hospital e lutava contra um câncer de pulmão.

Com a morte de Herialdo quem assume o cargo é vice-prefeito, Wellington Costa Uchôa (PEN).

Nota da Famem

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), através da sua presidência, manifesta pesar pelo falecimento do Excelentíssimo Senhor Prefeito Herialdo Pélucio  (PC do B) na manhã desta quinta-feira (25).

Desta forma, se irmana á família enlutada diante da imensurável dor e inestimável perda, assim como externa solidariedade e consternação a todos os munícipes da afável cidade de presidente Vargas.

sem comentário »