Visita ao Palácio

5comentários

ArnaldoeFlavioDIno

O governador Arnaldo Melo recebeu, no fim da tarde deste domingo (14), no Palácio dos Leões, a visita do governador eleito, Flávio Dino. Melo estava acompanhado da primeira-dama, Walderez, do chefe da Casa Civil, Tatá Milhomem, e da chefe do Cerimonial, Carminha cabral.

“Esse encontro é para consolidarmos o processo de transição, iniciado pela então governadora Roseana Sarney, e que vem sendo desenvolvido com êxito e transparência em todas as secretarias”, declarou o governador.

Na ocasião, Flávio Dino visitou as dependências do Palácio dos Leões, incluindo a área residencial. Ele também conversou com servidores do Palácio dos Leões.

O governador eleito estava acompanhado da mulher, Daniela Lima; dos futuros secretários da Casa Civil, Marcelo Tavares; de Articulação Política, Márcio Jerry, e esposa, Joslene da Silva Rodrigues, que será chefe de Gabinete do próximo governador.

Foto: Handson Chagas

5 comentários »

Saída de Rodrigo

0comentário

RodrigoRamos

A diretoria do Sampaio ainda não se posicionou sobre o assunto, mas o goleiro Rodrigo Ramos anunciou no facebook a sua saída do clube.

“Amigos, infelizmente não renovei meu contrato com o Sampaio…Venho agradecer a todos pelo carinho,respeito e admiração pela minha pessoa e minha família… Foram 7 anos de muita dedicação, trabalho, respeito e amor a esse grande clube… Com lágrimas nos olhos agradeço ao carinho de todos e sempre levarei esse grande clube no coração. Sou muito grato a tudo que vivi aqui… Deus abençoe a todos!!!”, escreveu.

Desde a semana passada, Rodrigo Ramos aguardava um acerto com o presidente do Sampaio, Sérgio Frota, mas sequer conseguiu uma resposta do dirigente.

Rodrigo é sem dúvida um dos jogadores mais importantes do atual elenco e também a maior liderança dentro do grupo e um dos mais queridos pela torcida. Vai ser difícil o Sampaio encontrar tão rápido um goleiro com a qualidade e comprometimento de RR.

Além de Rodrigo Ramos, o meia Márcio Diogo que acertou com o Fortaleza está deixando o Sampaio. Outro que deve deixar o clube é o volante Uillian Corrêa.

sem comentário »

Mira do Sampaio

15comentários

RuanSousa

Destaque do Moto na temporada, o goleiro Ruan pode estar próximo de se transferir para o rival Sampaio Corrêa.

Embora o jogador e o Sampaio evitem falar sobre o assunto, dirigentes do Sampaio já teriam manifestado interesse na contratação do goleiro rubro-negro. O anúncio de um possível acerto entre Ruan e o Sampaio só deve ser feito após a confirmação do nome do novo treinador que deve ocorrer até a próxima semana.

Ruan começou a temporada com altos e baixos, mas ao longo do Campeonato Maranhense e principalmente no Campeonato Brasileiro Série D se firmou como novo ídolo da torcida rubro-negra, principalmente após o duelo com o Ituano-SP pela Série D, quando foi o herói da conquista da vaga nos pênaltis.

Eu sou profissional independente do clube que eu for. Por enquanto nao tenho nada pra falar”, disse o jogador.

O Moto também tem todo interesse na renovação do contrato com o jogador.

Foto: Honório Moreira

15 comentários »

Visita ao Costa Rodrigues

1comentário

CostaRodrigues

Falta pouco para que o Ginásio Costa Rodrigues seja entregue pelo governo do Estado. A reforma do “templo” do esporte maranhense está em fase final. E, em visita realizada nessa sexta-feira (12), o secretário de Estado do Esporte e Lazer Joaquim Haickel deu prosseguimento ao processo de transição da pasta e apresentou ao seu sucessor, o professor Márcio Jardim, as instalações desta importante praça esportiva.

Na visita, Haickel acompanhou o futuro secretário que estava com integrantes de sua equipe e fez questão de mostrar cada detalhe do novo Costa Rodrigues que será entregue no fim do mês.

“Estamos felizes em poder conseguir entregar o Ginásio Costa Rodrigues devidamente reformado aos desportistas maranhenses. O novo secretário vai administrar um ginásio pronto para receber qualquer tipo de atividade esportiva. Por isso, fizemos questão em vim aqui hoje para apresentar tudo o que está sendo feito neste importante templo do esporte no Maranhão”, comentou o secretário Joaquim Haickel.

O Ginásio Costa Rodrigues possui, aproximadamente, 2.800 m² de área construída, distribuída entre os três pisos. O térreo abriga rampas – garantindo acessibilidade aos usuários -, áreas de bilheteria, alojamento, além da quadra esportiva e de um memorial, que visa manter viva a história do esporte amador no Estado.

Já o 1º piso abriga a arquibancada, com capacidade para mil espectadores. No espaço, também ficam as salas para associações esportivas. E o 2º e último piso conta com auditório, com capacidade para cerca de 100 pessoas, salas administrativas e área para reunião. O Costa Rodrigues vai dispor ainda de área para imprensa, tribuna de honra, e salas destinada às federações esportivas.

Outras visitas

No mês de novembro, como parte do processo de transição da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), o secretário Joaquim Haickel fez algumas reuniões com seu sucessor e a futura equipe de trabalho para apresentar toda a situação da Sedel, das praças esportivas e projetos desenvolvidos nos últimos quatro anos.

Ao lado de Joaquim Haickel, o futuro secretário de Esporte e Lazer visitou todas as dependências do Complexo Esportivo e de Lazer do Outeiro da Cruz, o Ginásio da Barrigudeira, construído por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, e por fim, o Ginásio Costa Rodrigues.

Foto: Biaman Prado

1 comentário »

Pavimentação no São Cristovão

1comentário

SaoCristovao

A Prefeitura de São Luís, por meio das Secretarias Municipais de Obras e Serviços Públicos (Semosp) e de Trânsito e Transportes (SMTT), realizará intervenções de trânsito para melhoria da mobilidade no Jardim São Cristóvão. O projeto já está na etapa de revitalização da Avenida 2, que após as obras terá seu fluxo alterado, compondo a reurbanização do bairro e parte do Plano Estratégico de Melhorias para o Trânsito, lançado pelo prefeito Edivaldo.

De acordo com a superintendente de Obras da Semosp, Valéria Amorim, com a reurbanização do bairro e as alterações propostas no trânsito, haverá um impacto substancial na qualidade de vida dos moradores. Ela explicou como será o fluxo de veículos após a finalização dos serviços.

“Uma das preocupações do prefeito Edivaldo, com a reurbanização, é garantir também a mobilidade na área modificada. Na fase atual do projeto de reurbanização, já foram retirados o canteiro central da avenida para ampliação das pistas. Ao todo, a Avenida 2 terá quatro pistas, sendo uma para estacionamento e três para o fluxo de veículos, incluindo uma faixa preferencial para ônibus”, afirmou a superintendente.

Com as novas pistas e a nova pavimentação, a Avenida 2 passará a ser utilizada como principal acesso à região da Cidade Operária e terá mão única até a altura da Rua Fé em Deus, onde será o feito o retorno de quadra com saída na Avenida Lourenço Vieira da Silva. Enquanto isso, a Avenida Lourenço Vieira da Silva será a rota de saída e terá mão dupla até o Terminal de Integração do São Cristóvão. Depois do terminal, no sentido da Avenida Guajajaras, a via de será mão única.

O motorista que utilizar a Avenida Lourenço Vieira da Silva no sentido Cohab/ Cidade Operária deverá fazer o retorno de quadra que dará acesso a Avenida 2. O acesso ao retorno de quadra será feito entrando na Rua 11, com saída na Rua 13 de Engenho, onde o condutor fará o cruzamento da Avenida Guajajaras e entrará na Avenida 2. Na fase atual dos serviços, as ruas transversais e paralelas às avenidas 2 e Lourenço Vieira da Silva estão passando pela etapa de recuperação asfáltica e reordenamento do fluxo.

O projeto de reurbanização do São Cristóvão prevê a recuperação de 37 ruas, drenagem, e modernização das vias da região. O trabalho é executado através das equipes da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp). Além dos serviços de terraplanagem, a obra contempla ainda a drenagem superficial e microdrenagem e modernização da iluminação pública, com a substituição de cerca de 80 pontos de iluminação atuais por luminárias de led.

1 comentário »

Meu presente de aniversário

0comentário

JoaquimHaickel

Por Joaquim Haickel

Ontem, 13, foi meu aniversário, mas o presente mais desejado só receberei no próximo dia 30, quando a Sinfra entregará à Sedel e esta repassará aos desportistas maranhenses o novo Ginásio Costa Rodrigues.

Depois de quase oito anos em reconstrução, o local aonde eu e minha geração, e muitas outras gerações depois da nossa, vimos brotar e frutificar nossa juventude atlética, nossos sonhos metafóricos de batalhas, nossas disputas campais, que como não poderiam ser travadas com espadas, mosquetes ou fuzis, foram travadas em partidas acaloradas de basquete, handebol, futsal e vôlei, durante jogos que se não eram olimpíadas, para nós era como se fosse.

Nesses quatro anos, dirigindo o esporte maranhense, o fiz com um maior objetivo, trazer de volta à vida útil o local onde descobri a alegria da vitória e senti o gosto amargo da derrota. O lugar que formou para a vida cidadã muitos homens e mulheres que hoje dirigem os destinos de nosso Estado ou são apenas pais de família.

Durante todo esse tempo procurei ficar o mais longe possível das inúmeras polêmicas em torno do que teria acontecido com o Costa Rodrigues. A única coisa que eu queria era reconstruí-lo.

Não era apenas eu quem queria isso. Muita gente queria a mesma coisa, tanto que em 2009 alguns deputados federais destinaram parte de suas emendas para a conclusão da obra do GCR. Imagino que tendo por base o valor utilizado até então, destinaram uma quantia que imaginavam ser suficiente para conclusão dos trabalhos de reconstrução.

Dificuldades burocráticas advindas de ações movidas pelo Ministério Público, com base em levantamentos da Controladoria Geral do Estado, somadas a uma enorme indecisão por parte dos órgãos de governo, faziam com que nada acontecesse. Além disso, o fato do recurso existente ser de dotação federal, constatada que ela seria insuficiente para a conclusão da obra, a governadora Roseana Sarney decidiu quebrar o imobilismo da máquina governamental e ordenou que a obra de reconstrução fosse começada com recursos do Estado.

Assim foi feito e o trabalho começou, lento, de modo tímido, mas logo pegando fôlego e a obra foi tomando corpo.

Durante a primeira fase dos serviços muitos probleminhas apareceram. Parecia-nos que alguns deuses do Olimpo estavam contra nós. Dois ônibus resolveram quebrar suas barras de direção e colidiram com o ginásio. Um atingiu-o de lado e o outro a parte de trás, destruindo parte da construção. Uma chuva torrencial derrubou todo o muro do Liceu que se limita com o GCR, inundando totalmente o piso da quadra que estava sendo cimentado naqueles dias. Aqueda do muro paralisou a obra por bastante tempo. Descobriu-se que os projetos arquitetônico e estrutural estavam em desacordo em dois locais de acesso e com alguma dificuldade eles foram corrigidos. Tivemos que criar um espaço para portadores de necessidades especiais, que havia sido esquecido no projeto original, além de fazer algumas modificações na distribuição de áreas, tais como locais para banheiros para expectadores e depósitos.

Mas depois de toda essa luta e com a ajuda decisiva da Sinfra, que administrou a segunda etapa da obra e devo reconhecer com muito mais capacidade e competência que a Sedel fez em relação a primeira, temos de volta o gigante do Parque Urbano Santos quase pronto para ser entregue à administração conjunta das federações de basquete e de vôlei, que deverão se revezar em seu uso, tanto para treinamentos quanto para competições.

Nele, essas federações deverão desenvolver suas atividades, fazendo com que ressurja a chama atlética dessas modalidades através de escolinhas, como acontecia nos tempos em que éramos crianças.

O novo ginásio tem no piso térreo: estacionamento para oito veículos; uma bilheteria e uma sala de segurança; duas salas para a administração do ginásio; dois banheiros; um espaço denominado “Memorial Costa Rodrigues” onde deverão ser guardados os troféus e as medalhas conquistadas pelos atletas maranhenses; uma cantina; uma excelente quadra poliesportiva, de última geração; quatro vestiários para atletas e árbitros; dois alojamentos com capacidade para treze beliches em cada e banheiros exclusivos; três depósitos para equipamentos e materiais esportivos e de treinamento; dois banheiros para expectadores. No primeiro piso: um hall de honra; uma cabine de rádio; uma cabine de televisão; uma tribuna de honra com copa e banheiro; dez salas onde deverão ficar sediadas algumas federações esportivas; uma copa e dois banheiros para atender as salas das federações. No segundo piso: duas salas de despachos para o secretário de esporte; dois banheiros para servir esse piso; um auditório com 80 lugares para cursos e palestras; e dois halls de acesso a esse piso, em um devem ficar as fotografias dos secretários de esporte, no outro, fotografias de eventos esportivos, atletas e personalidades do setor.

Em minha opinião só há duas coisas a se lastimar quanto a essa obra: os fatos que fizeram com que ela tivesse demorado tanto a ficar pronta e o seu novo desenho, que fez com que o Costa Rodrigues passasse a ser um ginásio do tipo arena, onde os espectadores ficam dois metros acima do nível do piso de jogo, o que aumentou o tamanho da quadra, mas diminuiu drasticamente a quantidade de público que a partir de agora poderá assistir a jogos no GCR, mais um motivo para destinarmos esse ginásio quase exclusivamente para treinamentos ou para pequenos eventos.

Neste momento, quase no final de minha prosa de hoje, devo fazer justiça e dedicar algumas palavras à pessoa sem a qual esse sonho não teria se concretizado. Mesmo discordando dela em pontos cruciais quanto à forma de encarar a política, devo dizer que sem a decisiva vontade da governadora Roseana Sarney, assim como ela já havia feito em relação ao Estádio Castelão, o Costa Rodrigues não teria sido reconstruído. Obrigado Roseana, os desportistas maranhenses te agradecem!

Você que me lê agora e não me conhece, não pode imaginar o tamanho de minha felicidade em poder devolver a nossa cidade, ao nosso estado e aos nossos atletas de ontem, de hoje e de amanhã, esse templo do esporte maranhense. Você que me conhece, sabe o que eu estou sentindo e imagino que você também esteja sentindo coisa bem parecida.

Ave Costa, os que vão jogar te saúdam!

sem comentário »

Contas aprovadas

1comentário

RoseanaSarney

O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA), aprovou as contas da ex-governadora Roseana Sarney Murad, relativas ao exercício financeiro de 2013.

O relator do processo de prestação de contas foi o conselheiro Álvaro César de França Ferreira e o procurador Douglas Paulo da Silva assinou o parecer do Ministério Público de Contas (MPC).

As contas do Governo do Estado são as mais complexas julgadas pelo TCE e envolvem minucioso trabalho da equipe de técnicos do gabinete do conselheiro-relator.

A documentação enviada ao tribunal é analisada nos seguintes tópicos: sistema orçamentário; administração tributária; desempenho da arrecadação de tributos; impostos rateados; gestão orçamentária e financeira; serviços de terceiros; gestão patrimonial; gestão da dívida pública; gestão de pessoal; gestão da educação; gestão de saúde; gestão da assistência social; procedimentos licitatórios; sistema contábil; sistema de controle externo e ações de governo.

Essa extensa lista de temas é fundamental para que os técnicos do TCE consigam identificar com segurança o atendimento às determinações legais no processo de implementação das políticas públicas e das ações típicas do Estado, nas mais diversas áreas, com ênfase na correta aplicação dos recursos públicos e na qualidade dos resultados oferecidos à sociedade.

Embora a prestação de contas apresentada pela ex-governadora Roseana Sarney, no tocante ao cumprimento dos limites constitucionais exigidos nas diversas áreas de gestão, não tenha apresentado nenhuma impropriedade, mesmo com parecer favorável à aprovação das contas, o conselheiro Álvaro César de França Ferreira, em seu voto, sugeriu uma série de recomendações que devem ser seguidas nas ações de governo.

1 comentário »