Inscrições no Bolsa Atleta terminam na próxima semana

0comentário

Termina na próxima quinta (19) o prazo para as inscrições do programa Bolsa Atleta, uma iniciativa do Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer (Sedel), com objetivo de ajudar no custeio das despesas relacionadas à prática desportiva, como transporte, alimentação, inscrições e aquisição de materiais. 

A lei estadual Nº 11.010 de 24 de abril de 2019, que institui o programa Bolsa Atleta, tem intenção de democratizar o acesso à prática esportiva, valorizando os atletas estudantis maranhenses, com bolsas que serão disponibilizadas aos atletas e paratletas de base, de 10 a 25 anos.

Neste primeiro ano, a bolsa terá o valor de R$ 500,00 por pessoa e será destinada a 100 atletas, que deverão se inscrever por meio de edital para concorrer às bolsas. Estão disponíveis bolsas em duas categorias: Estudantil de Ensino Fundamental e Médio, e Estudantil Universitária. No edital do programa, estão expressos os critérios para participar de cada categoria.

A documentação necessária para inscrição encontra-se no site da Sedel (sedel.ma.gov.br). Os interessados em receber o benefício devem preencher toda a documentação e protocolar a solicitação na sede da secretaria, localizada na Av. Dom Pedro II, nº 220,  Ed. João Goulart. O horário de atendimento é de 9 às 19 horas.

O resultado final dos contemplados no programa será divulgado até o dia 5 de maio de 2020.

Foto: Paulo Jr.

sem comentário »

O caminho é a união

2comentários

Por Adriano Sarney

Em janeiro deste ano enviei um ofício para o ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, solicitando a instalação de uma comissão especial para impedir a chegada do coronavírus no Maranhão, principalmente em São Luís, nossa cidade portuária. Sugeri que a comissão fosse composta por membros da Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde, Anvisa, da Organização Pan-Americana da Saúde, do Instituto Evandro Chagas e FIOCRUZ, e que adotasse medidas de preparação, orientação e controle para um possível atendimento de casos suspeitos do Convid-19. Recebi a resposta do governo federal que encontra-se disponível em meu site (www.adrianosarney.com.br) e enviei cópias para a Secretaria de Saúde estadual e municipal. Esse é um problema que está bem acima de qualquer disputa política, em busca de holofotes ou vaidades. Cada cidadão precisa se manter bem informado e conscientizar-se de que a tarefa de conter a disseminação é nossa.

Em resposta ao meu pleito, fui informados sobre a ativação do Centro de Operações de Emergências em Saúde Publica para o novo Coronavírus (COE-nCoV), obedecendo o Plano Nacional de Respostas às Emergências em Saúde Pública do Ministério da Saúde, como responsável por planejar, organizar, coordenar e controlar as medidas a serem empregadas; intensificação dos procedimentos de limpeza e desinfecção nos terminais e meios de transporte, disponibilização e monitoramento dos avisos sonoros em inglês, português, mandarim e espanhol sobre sinais e sintomas e cuidados básicos como lavagem regular das mãos, articular com os gestores estaduais, distrital e municipais do SUS. Na 1a reunião ordinária da Comissão Intergestores Tripartite – CIT/MS, onde se discutiu, com os secretários de saúde estaduais e das capitais, a organização das ações referentes à resposta do governo federal em relação ao Convid-19. O ofício não respondeu qual foram as ações. 

Segundo especialistas, devemos oferecer uma atenção especial aos idosos, os mais vulneráveis ao vírus e, por isso, precisam tomar alguns cuidados extras ao sair para ir ao banco ou supermercado, por exemplo, ou até mesmo quando estão em casa. Apesar da baixa letalidade do coronavirus ser baixa, a cada 100 contaminados cerca de três morrem, nos idosos com mais de 80 anos ou com doenças crônicas as chances de complicações ou até morte pelo Covid-19 são bem maiores, a probabilidade de morte é 6,4 vezes maior do que do resto da população. É importante que eles evitem sair de casa, mas isso não quer dizer isolamento social. Só precisamos tomar alguns cuidados, em caso de visitas, é importante lavar as mãos e evitar cumprimentos. Manter janelas sempre abertas e que o idoso recuse visitas de quem estiver resfriado.

A disseminação do coronovirus pelo mundo demonstra que os países que estão combatendo melhor com o agente infeccioso são aqueles que, sem pânico ou paranoias, seguem atentamente os encaminhamentos das autoridades de saúde e entendem que a vida em sociedade, ainda mais em uma época de intranquilidade, exige cooperação e protocolos ainda mais elevados de civilidade.

É indispensável a união de todos, governantes, empresariado, sociedade e mídia para que qualquer desinformação ou crise sejam superadas. Evitar que fake news e pânico sejam espalhados é ato necessário para frearmos o avanço deste vírus em nosso país.

*Adriano Sarney é depurado estadual, Economista com pós-graduação pela Université Paris (Sorbonne, França) e em gestão pela Universidade Harvard.

2 comentários »

Edivaldo abre 107 vagas temporárias em seletivo

0comentário

A Prefeitura de São Luís abriu 107 vagas por meio de processo seletivo simplificado para peenchimento de vagas temporária em 12 cargos. Os salários variam entre R$ 1.045,00 e R$ 2.036,25.

Vejam os cargos: engenheiro civil, engenheiro eletricista, engenheiro ambiental, contador, programador, analista de sistemas, técnico em edificação, técnico em segurança do trabalho, administrativo, técnico em enfermagem e motorista de transporte escolar

As inscrições devem ser feitas no site seletivosemed.saoluis.ma.gov.br até as 23h59min de sábado (14).

Confira aqui o edital completo.

Foto: Divulgação

sem comentário »

O Sampaio que a torcida espera na Série B

3comentários

O Sampaio já não precisa mais de nenhum sinal para saber que o atual elenco nem de longe está à altura do forte Campeonato Brasileiro Serie B que começa no mês de abril. O técnico Léo Condé já sabe que vai ter muito trabalho para arrumar a casa.

O empate por 1 a 1 com o Maranhão, pela segunda rodada do Campeonato Maranhense. A eliminação da Copa do Brasil logo na primeira fase para o desconhecido Águia Negra-MS e, principalmente a derrota para o Moto por 1 a 0, também pelo Campeonato Maranhense evidenciaram tamanha fragilidade no Sampaio.

Não dá mais para a diretoria fazer de conta de que de uma hora para outra muda o panorama como que em um passo de mágica. Para o torcedor do Sampaio já chega de tantos vacilos.

Com o planejamento falho e as contratações erradas, o Sampaio ainda não tem time para o seu maior desafio no ano. Do jeito que as coisas estão, mais do que nunca o Sampaio tem que pensar em se manter na Série B, pois Léo Condé não é nenhum “salvador da pátria” com esse time que está ai.

E tem que começar a mudar de agora em diante ou do contrário já conhecemos o final triste desta história…

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

3 comentários »

Ribamar entrega títulos de regularização fundiária

0comentário

A Prefeitura de São José de Ribamar, através da Secretaria Municipal de Regularização Fundiária (SEMREF), realizou a entrega de cerca 153 títulos de regularização fundiária a moradores de diversas regiões da cidade, que esperavam ansiosos para garantir plenos direitos sobre suas propriedades, terrenos e imóveis.

O objetivo destes processos de regularização é garantir o direito de propriedade, obedecendo todas as regras da Lei e função social do município em favor dos residentes dentro dos limites da cidade. Desta vez, foram beneficiados moradores de bairros como Trizidela da Maioba, Vila Tamer, Vila Kiola, Pindaí, Cohabiano, Vila Flamengo, Cohatrac V e muitos outros.

Os processos são analisados e desempenhados através de um conjunto de medidas jurídicas, urbanísticas, ambientais e sociais que visam regulamentar assentamentos irregulares.

O secretário de Regularização Fundiária, Daniel Souza, destacou que a regularização de propriedades já habitadas no município garante a segurança jurídica das pessoas que investem no desenvolvimento e expansão de suas moradias, visando ter um legado para ser passado às próximas gerações.  “Esse documento comprova que esses bens são de vocês. É a garantia do pleno direito sobre suas propriedades e, agora, podem realizar o que quiserem, alugar, vender, remodelar, os donos são vocês.”

A intenção é continuar reduzindo o índice de munícipes que não possuem o título de suas propriedades. Para isto, ao longo dos últimos anos, a Prefeitura tem realizado as ações que fazem parte do Plano de Regularização Fundiária. Foram concluídos mais de dois mil processos de regularização, garantindo a milhares de pessoas a realização e concretização de sonhos com a validação de suas moradias.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Prefeitura realiza Dia D de combate ao Aedes aegypti

0comentário

A Prefeitura de São Luís realiza neste sábado (14), ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, no Dia D de combate ao mosquito, no pátio da Igreja Santa Clara, no Angelim, a partir das 8h. A ação integra o cronograma do Todos por São Luís, coordenado pela primeira-dama Camila Holanda e por meio do qual a Prefeitura tem levado para os bairros diversos serviços.

Durante a ação, os agentes de endemias também vão percorrer ruas do bairro que são prioridade para verificação de possíveis focos do mosquito transmissor da dengue, zika e febre chikungunya. Em paralelo à orientação, os agentes – com apoio das equipes do Comitê Gestor de Limpeza Urbana – executarão o recolhimento de resíduos sólidos nos pontos de descarte irregular.

A mobilização contra o Aedes também contará, durante toda a manhã do sábado (14), na Igreja Santa Clara, com a oferta de serviços como orientação nutricional, testes e ações contra Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), além de vacinação de pessoas e de cães e gatos. Serão disponibilizadas ainda aferições da pressão arterial e testes de glicemia e feitas abordagens educativas, distribuição de material informativo e laboratório da dengue, no qual as pessoas se informam sobre o mosquito e seus malefícios.

Também no sábado (14) será feito atendimento com serviços dos Centro de Referência da Assistência Social (Creas) e Centro de Referência Especializado da Assistência Social (Creas) a exemplo de atendimento social e psicossocial, Cadastro Único, orientações sociais, encaminhamentos, Programa Bolsa Família, informações sobre o Benefício de Prestação Continuada (BPC), entre outros.

Foto: A. Baeta

sem comentário »