Flávio Dino suspende aulas nas escolas por 15 dias

1comentário

O governador Flávio Dino (PCdoB), anunciou no início da noite desta segunda-feira (16), a suspensão das aulas nas escolas da rede pública e particular no Maranhão, embora não tenha sido confirmado até o momento nenhum caso do novo coronavírus no estado.

A medida vale por 15 dias a partir desta terça-feira (15). Nas redes sociais, o governador afirmou que após esse período avaliará a necessidade ou não de manter as aulas suspensas. A medida se estende também à Uema, UemaSul e Iema

“Continuamos sem nenhum caso de coronavírus confirmado no nosso Estado. Contudo, há um justo receio das famílias. Assim, resolvi suspender as aulas nas nossas escolas por 15 dias, quando então faremos nova avaliação. A medida vale a partir de amanhã, terça-feira”, afirmou.

“Decreto sobre suspensão de aulas será editado ainda nesta noite. E se estende a todos os estabelecimentos de Educação no Maranhão, instituições públicas e privadas. Medida se baseia na emergência sanitária e na dimensão preventiva do poder de polícia administrativa”, acrescentou.

Pela manhã, o governador Flávio Dino já havia assinado um decreto um decreto com medidas temporárias e restritivas de prevenção ao novo coronavírus no Maranhão.

Nota da Seduc

“Por determinação do governador Flávio Dino, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informa que, a partir desta terça-feira (17 de março de 2020), estão suspensas as aulas nas escolas da rede pública estadual por um período de 15 dias. A medida integra um conjunto de esforços que estão sendo realizados pelo Governo do Estado, assim como toda a sociedade, como forma de conter a disseminação do novo coronavírus (Covid-19) no Maranhão.

A Seduc ressalta que a equipe de Gestão da Rede e Aprendizagem reajustará o calendário escolar, para que não haja prejuízos ao ano letivo dos estudantes.

Por fim, a Seduc destaca que o comitê Estadual de Prevenção e Combate à Covid-19, instituído pelo governador Flávio Dino, segue acompanhando rotineiramente a situação em todo o país e monitorando rigorosamente o Maranhão, que até o momento não tem caso de coronavírus confirmado”.

Foto: Reprodução/TV Mirante

1 comentário »

Gestão de Edivaldo transforma limpeza em referência

0comentário

O prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) fez o lançamento da coleta seletiva domiciliar por agendamento nesta segunda-feira (16). Ele também fez um balanço dos investimentos de sua gestão na Limpeza Urbana e atestou o que já é percebido na prática: São Luís vive uma revolução na prestação dos serviços de limpeza.

Em 2013, quando Edivaldo assumiu a Prefeitura, a cidade tinha a pior taxa de reciclagem do Nordeste, 0,46%. Além disso, o Aterro da Ribeira, que era um lixão a céu aberto, não tinha mais capacidade de receber o lixo recolhido na cidade, prejudicava o meio ambiente e oferecia riscos às operações de vôos.

Hoje, São Luís tem a maior taxa de reciclagem do Nordeste, 5,44%. O serviço de coleta domiciliar atende a 100% da população, o Aterro da Ribeira foi desativado e é o único de todo o Maranhão com Licença Ambiental de Recuperação, ou seja, não oferece mais os riscos de antes. Todo o lixo coletado na cidade segue para um dos aterros mais modernos do país.

Agora ele disponibiliza à população mais uma opção de coleta seletiva, pois este serviço já existe na cidade desde 2016, quando começaram a ser implantados os Ecopontos, equipamentos para onde a população pode entregar voluntariamente os materiais recicláveis. A coleta seletiva domiciliar por agendamento será um serviço a mais e a população escolhe qual melhor se adéqua a sua rotina.

Por tudo que foi apresentado por Edivaldo nesta segunda-feira (16) é possível constatar que sua a gestão recebeu a área de Limpeza Urbana totalmente fora dos padrões e entregará uma cidade que se desenvolve rumo à sustentabilidade, sendo referência para no país.

Foto: Agência São Luís

sem comentário »

Ivaldo pede comitê de crise contra novo coronavírus

0comentário

O vereador Ivaldo Rodrigues (PDT), solicitou nesta segunda-feira (16), à Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Luís, a instalação do Comitê de Crise e Prevenção ao Coronavírus.

Segundo o parlamentar, uma força tarefa tem que ser feita por precaução. “Estamos vendo em todo Brasil varios casos de pessoas que contraíram o Coronavírus. Aqui no Maranhão, até o momento, nenhum caso foi confirmado. O Comitê ele tem a finalidade de prevenir todas as pessoa que fazem parte da Casa Legislativa. Unindo forças e esforços vamos vencer esse vírus”, disse.

Sobre o Comitê:

Vereadores, servidores, colaboradores  que apresentarem sintomas de contaminação pelo COVID-19 deverão ser afastados do trabalho, sem prejuízo de sua remuneração, pelo período mínimo de 14 dias ou conforme orientação médica.

Aqueles que regressarem do exterior, ainda que assintomáticos, deverão permanecer afastados por 14 dias, a partir do retorno ao Brasil, período em que será observado resguardo domiciliar para observação de sinais e sintomas compatíveis com o Coronavírus.

Assegura que os servidores e colaboradores maiores de 60 anos e os portadores de doenças crônicas que compõem risco de aumento de mortalidade por COVID-19 poderão optar pela execução de suas atividades por trabalho remoto, cujos critérios de medição serão estabelecidos conforme o caso.

Suspensão de atividades de capacitação, treinamento e cursos de aperfeiçoamento presenciais que impliquem aglomeração de pessoas.

Nos dias de  sessões plenárias   evitarem o máximo de pessoas circulantes no plenário.

A Câmara deverá manter cartazes de orientação , ofertar máscaras cirúrgicas descartáveis para os funcionários e visitantes  que apresentarem sintomas correspondentes ao COVID-19 , bem como disponibilizar álcool gel nos corredores , gabinetes dos vereadores e setores da Casa Legislativa .

Foto: Divulgação/Agência Câmara

sem comentário »

Gastão aponta ações para país enfrentar crise do Convid

0comentário

O Brasil começa a semana com 200 casos confirmados do Covid-19 e centenas ainda sob análise. No Maranhão, por enquanto, não há registro de nenhum caso suspeito, mas as autoridades de saúde estão em alerta.

“É preciso pensar em medidas para o controle do novo coronavírus, mas também em como diminuir os impactos em outros setores, principalmente no da economia”, disse o deputado Gastão Vieira.

“Sugiro a suspensão de qualquer limite ou restrição para a compra  de  equipamentos hospitalares, fundamentais para o tratamento e controle da proliferação do vírus, e para a contratação temporária de profissionais de saúde para reforçar o atendimento aos pacientes confirmados com o covid-19”.

Para essas e outras medidas, o Congresso precisaaprovar com urgência o crédito orçamentário extraordinário de 5 bilhões para Saúde. ”Mesmo estando autorizado a não comparecer ao Congresso, devido à minha idade e ao risco de exposição ao covid-19, nesta terça-feira seguirei para Brasília onde aguardarei os comandos do presidente Rodrigo Maia sobre a votação”, disse Gastão Vieira.

Em relação aos impactos na economia é preciso criar antídotos para amenizar os efeitos colaterais da pandemia na economia do país. “Dobrar o prazo de recolhimento de impostos de microempresas e ampliar oferta de crédito em bancos estatais para essas empresas podem ajudar a diminuir esses impactos”, sugere o parlamentar.

Em relação aos setores diretamente ligados ao turismo, Gastão Vieira também sugere um maior prazo para pagamento de impostos e ainda a liberação de créditos para as empresas, inclusive as grandes empresas, que atuem em áreas de turismo, alojamento, restaurantes, afetados diretamente pela pandemia.

E finalmente para evitar a especulação, autorizaria o Tesouro Nacional e o BNDES a entrar no mercado acionário comprando ações de empresas estatais.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

Flávio Dino decreta medidas contra novo coronavírus

0comentário

O governador Flávio Dino (PCdoB), assinou, nesta segunda-feira (16), um decreto com medidas temporárias e restritivas de prevenção ao novo coronavírus no Maranhão.

De acordo com o decreto, estão a suspensos a realização de eventos com grande aglomeração de pessoas que exijam licença expedida pelo Corpo de Bombeiros do Maranhão ou Delegacia de Costumes.

A medida também vale para a realização de seminários e congressos por órgãos governamentais, exceto para casos urgentes ou inadiáveis.

O governador também determinou que restaurantes e estabelecimentos comerciais devem garantir a distância de no mínimo, duas mesas.

As medidas serão fiscalizadas pelo Instituto de Promoção e Defesa do Cidadão e Consumidor do Estado do Maranhão (Procon).

Todos os servidores estaduais a trabalho em outros países foram afastados de suas atividades por conta da ameaça da Covid-19. A mesma situação vale para funcionários públicos que estejam de férias em locais com casos confirmados da doença.

Foto: Divugação/Governo do Maranhão

Clique aqui e veja o decreto

sem comentário »

Duarte Júnior dialoga com PTB de Pedro Lucas

0comentário

O deputado estadual Duarte Júnior (Republicanos) e pré-candidato a prefeito de São Luís vem mantendo diálogos com a classe política em busca de novos apoios para a disputa eleitoral.

Neste fim de semana, Duarte Júnior esteve reunido com o deputado Federal e líder do PTB na Câmara dos Deputados Pedro Lucas Fernandes. Ninguém quis dar mais detalhes sobre a conversa.

Pedro Lucas ainda não definiu o caminho do PTB em São Luís. Os petebistas estavam fechados com o presidente da Câmara, Osmar Filho, mas com a sua desistência, o partido terá que se posicionar nos próximos dias.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Hildo repercute a destrutiva política econômica de Dino

1comentário

Membro da Comissão que trabalha a fim de extinguir impostos, modernizar o sistema tributário nacional e simplificar o recolhimento de tributos, o deputado federal Hildo Rocha repercutiu a política econômica implantada pelo governador Flávio Dino. 

Rocha ressaltou que em razão da grave crise econômica mundial, que também afeta os Estados brasileiros, o governador deveria adotar medidas para estimular a economia e, consequentemente gerar empregos.

“As ações das Bolsas de Valores do Brasil e do mundo inteiro estão caindo e dólar está em alta desenfreada. O que faz o governador do Maranhão? Em vez de adotar medidas saneadoras, que amorteçam toda essa crise, o governador comunista cria mais impostos. Desta vez, a taxação é sobre grãos. Enquanto se busca meios para diminuir os tributos Flávio Dino inova criando mais impostos”, destacou Hildo Rocha.

Imposto da soja

A crítica do parlamentar é em decorrência da taxação sobre o milho e a soja. “Agora, qualquer carregamento de milho ou de soja, os produtores são obrigados a pagar um imposto para o Estado do Maranhão. Significa dizer que ele está causando o desaquecimento da economia maranhense porque medidas dessa natureza afastam os investidores. Nos Estados vizinhos, que também têm potencial agrícola, esse tipo de imposto não é cobrado”, explicou o parlamentar.

Efeito devastador

De acordo com o deputado, o efeito imediato provocado pela compulsão por impostos, característica marcante do governo comunista, e o aumento do preço da cesta básica.

“Isso acontece porque boa parte dos produtos consumidos pela população de baixa renda têm como base alimentar a soja e o milho. O governador Flávio Dino está promovendo o aumento nessa imensa cadeia da soja e do milho. A consequência é devastadora. Hoje o Maranhão é o Estado que cria mais desempregados em função da crise promovida pelo Governador Flávio Dino”, argumentou Hildo Rocha.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Imperatriz é eliminado da Copa do Nordeste

1comentário

A derrota do Imperatriz em pleno Frei Epifânio D’Abadia, por 4 a 3, para o ABC-RN, eliminou os maranhenses da Copa do Nordeste.

O Imperatriz perdeu a chance de brigar por classificação após perder os dois últimos jogos, para o Botafogp-PB e ABC-RN, sem falar da derrota para o Moto por 1 a 0, em casa, pelo Maranhense, somando três derrotas em uma semana.

Com apenas 7 pontos ganhos, o Imperatriz não tem mais nenhuma chance de alcançar o quarto colocado que é o Ceará com 11 pontos

Pela última rodada, o Imperatriz enfrenta o Freipaulistano, neste sábado (21), às 16h, em Aracaju.

Foto: Reprodução

1 comentário »

Descartados mais cinco casos suspeitos de coronavírus

0comentário

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) confirmou que mais cinco casos foram descartados para COVID-19. Neste momento, o Maranhão monitora 14 casos suspeitos.

Com o resultado negativo para COVID-19, emitido por laboratório credenciado pelo Ministério da Saúde (MS), foram descartados os seguintes casos: homem, 46 anos, procedente de Milão (Itália); mulher, 47 anos, contato com caso suspeito de COVID-19; adolescente, 15 anos, procedente de Santa Bárbara, Califórnia (EUA); mulher, 63 anos, procedente de Portugal; e criança, 4 anos, procedente de Miami (EUA).

Neste domingo (15), o Centro de Informações Estratégicas e Vigilância em Saúde (CIEVS) identificou nove novos casos suspeitos de COVID-19. Todos notificados em São Luís, conforme relação abaixo.

No momento, 14 casos aguardam análise laboratorial do Instituto Evandro Chagas, em Belém, para descarte ou confirmação de COVID-19. Todos eles estão em isolamento domiciliar, conforme protocolo.

Desde o início do monitoramento de COVID-19, 13 casos foram descartados e 02 excluídos no estado.

Novos casos suspeitos

Mulher, 38 anos, procedente da Alemanha
Homem, 19 anos, procedente do Paraguai
Mulher, 58 anos, contato com caso suspeito de COVID-19
Mulher, 24 anos, histórico de viagem França, Polônia, Vasórvia, Portugal
Homem, 44 anos – contato com caso suspeito de COVID-19
Adolescente, 17 anos – contato com caso suspeito de COVID-19
Adolescente, 14 anos – contato com caso suspeito de COVID-19
Adolescente, 13 anos – contato com caso suspeito de COVID-19

Demais Casos suspeitos

Homem, 34 anos, procedente de Nova Iorque (EUA)
Homem, 31 anos, procedente de São Paulo
Mulher, 58 anos, contato com caso suspeito de COVID-19
Mulher, 24 anos, viagem pela Europa
Homem, 21 anos, residente em Imperatriz, retornou de viagem para Alemanha

Casos descartados em 15/03/2020

Homem, 46 anos, procedente de Milão (Itália)
Mulher, 47 anos, contato com caso suspeito de COVID-19
Adolescente, 15 anos, procedente de Santa Bárbara, Califórnia (EUA)
Mulher, 63 anos, procedente de Portugal
Criança, 4 anos, procedente de Miami (EUA)

Foto: Divulgação

sem comentário »