Brandão sanciona projeto de Rogério Cafeteira

0comentário

Na última semana, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB), que exercia interinamente a função de governador do estado, sancionou uma proposição aprovada na Assembleia Legislativa do Maranhão, de autoria do deputado Rogério Cafeteira (DEM), que dispõe sobre a implantação do Programa Censo de Pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e seus familiares.

O objetivo da Lei sancionada é o de identificar, mapear e cadastrar o perfil socioeconômico das pessoas com TEA e de seus familiares, para garantir uma maior eficácia na elaboração de Políticas Públicas de Saúde, Educação, Trabalho e Lazer no Maranhão.

“Recebi com muita alegria a notícia da sanção desta Lei, cujo objeto, o Censo, será um norte e um avanço muito importante na elaboração de Políticas Públicas para a população de autistas em nosso Estado. Agradeço ao vice-governador Carlos Brandão, que assinou a sanção, e ao governador Flávio Dino, pela sensibilidade, carinho e cuidado com que tratam as pessoas com deficiência no Maranhão.”, destacou o parlamentar.

Como funcionará

De acordo com a Lei, a cada quatro anos, deverá ser realizado um Censo para identificação e mapeamento dos autistas e o Estado poderá dispor de mecanismos que permitam atualização dos dados, mediante um auto cadastramento.

Entre as informações que deverão constar no questionário, estão: tipos e graus de autismo, localização, grau de escolaridade, renda e profissão das pessoas com TEA e familiares, entre outros dados.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

O esforço isolado de Rogério Cafeteira

0comentário

O deputado estadual Rogério Cafeteira, segue, mesmo após o dissabor nas urnas, cumprindo o seu árduo papel de Líder do Governo Flávio Dino.

Durante esta semana a gestão comunista encaminhou para a Assembleia Legislativa um Projeto de Lei que simplesmente aumenta, mais uma vez, a alíquota do ICMS para os mais diversos produtos e serviços, incluindo o combustível.

O aumento dos impostos, que está sendo feito pela terceira vez no Governo Flávio Dino, gera um tremendo desgaste aos deputados governistas, afinal é deles a missão de aprovar essa imoralidade que novamente volta a prejudicar a população maranhense.

Por conta exatamente desse desgaste, apenas o deputado estadual Rogério Cafeteira teve a coragem, ou melhor, a ousadia, de tentar defender o projeto, afirmando que o mesmo é uma medida anticrise e até conseguiu a proeza de encontrar algo que beneficia alguns maranhenses.

“Eu queria saber se a Oposição acha que votar em um projeto que isenta as motocicletas de até 100 cilindradas em 100% do IPVA é legislar contra o contribuinte. Se votar na redução do ICMS para pequenas e microempresas, em até 100% da diferença de ICMS, se isso é legislar contra o contribuinte”, disse Cafeteira sobre o projeto.

Só que o deputado Eduardo Braide, que pediu vistas do Projeto de Lei, já deixou claro que fará uma emenda para retirar o que prejudica os maranhenses, como o aumento do ICMS, e deixará os benefícios, como os citados por Cafeteira.

O curioso é que o Projeto de Lei é tão bom, que apenas o corajoso Rogério Cafeteira teve a coragem de defende-lo, pois segue cumprindo a árdua missão de Líder do Governo. Os demais governistas optaram pelo silêncio sepulcral.

Cafeteira já negou veementemente e publicamente que a função desemprenhada por ele tenha ajudado no dissabor das urnas, mas para este Blog não resta dúvidas que o fato de ter a coragem de sair sempre em defesa da gestão comunista foi determinante para a sua não reeleição.

O problema é que com a não eleição de Cafeteira, o cargo ficará vago. Os dois mais cotados são Marco Aurélio e Rafael Leitoa, mas resta saber se terão a mesma coragem de Cafeteira e se estão dispostos a pagar o mesmo preço que o atual Líder do Governo segue pagando, mesmo depois do dissabor das urnas.

Foto: JR Celedônio / Agência Assembleia

Blog de Jorge Aragão

sem comentário »

Braide critica projeto de Dino que aumenta impostos

0comentário

O deputado estadual Eduardo Braide (PMN) criticou o projeto encaminhado pelo governador Flávio Dino (PCdoB) à Assembleia Legislativa que aumenta mais uma vez o ICMS no Maranhão. O parlamentar também pediu vista e a votação do projeto ficou para esta quarta-feira (5).

Segundo Braide, no caso da gasolina, a alíquota era de 25% e agora pode subir para 28,5%, mas o projeto prevê aumento em outros ítens como: armas e munições; bebidas alcoólicas, cervejas e chopes; bebidas isotônicas, bebidas energéticas, embarcações de esporte e de recreação, inclusive esquis aquáticos, kites e jets ski, rodas esportivas para automóveis, veículos aéreos não tripulados ou remotamente pilotados, tipo drones, outras aeronaves de uso civil; gasolina, joias de metais preciosos ou de metais folheados ou chapeados, de metais preciosos e de pérolas naturais ou cultivadas, de pedras preciosas ou semipreciosas, pedras sintéticas ou reconstituídas.

“Repudiar esse ato do governo, na véspera do natal mandar um projeto para esta casa para ser votado no mesmo dia, que aumenta mais impostos para os maranhenses. Aumenta impostos no óleo diesel, que é utilizado por todos, no transporte coletivo para a questão do frete, vai aumentar consideravelmente a questão do valor do produto final. Aumenta o imposto sobre a gasolina, aumenta o imposto sobre o refrigerante… uma série de itens. Qual é a realidade que vive o governo do estado em não saber a situação com que passa os nossos comerciantes e a população maranhense?”, disse Braide.

O líder do governo, Rogério Cafeteira (DEM) disse que a alteração na lei impacta no preço da gasolina para a população, mas também citou algumas isenções presentes no projeto.

“O projeto traz várias isenções importantes e que realmente vai impactar no dia-a-dia da população. Por exemplo, a isenção de motos, que hoje é de 50 cilindradas para 100, que é o grande quantitativos de motos que temos aqui no Maranhão, principalmente no interior. A diminuição da diferença de alíquota de ICMS para micro e pequenas empresas, que irão zerar. Um que eu acho muito importante, que é o projeto ‘Mais Cesta Básica’, que consiste em que os produtos da cesta básica são impactados por uma alíquota de 12%. (…) A questão do diesel. A alíquota do diesel não subiu. Diminuiu de 18 para 16.5 e o diesel foi incluso no Fumacop, que tem como função incentivar projetos da área social, como restaurante popular e uma série de outras ações. Infelizmente, algumas medidas tem que ser tomadas para que possamos ter um equilibrio fiscal e financeiro no estado. E aí realmente foi sobretaxado a gasolina, que ainda assim nós não estamos nos maiores patamares do Brasil”, afirmou Rogério Cafeteira.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Cafeteira destaca passagem de Lago na Casa Civil

0comentário

O líder do governo na Assembleia, deputado Rogério Cafeteira, destacou a condução da Casa Civil pelo secretário Rodrigo Lago. Nas palavras do parlamentar, Lago desempenhou o papel de Chefe da Casa Civil de maneira “irretocável”. Rodrigo Lago retornou, nesta semana, à função exclusiva de titular da Secretaria de Transparência e Controle, para que o atual secretário, Marcelo Tavares, retornasse ao comando da pasta.

Cafeteira destacou o bom relacionamento de Rodrigo Lago com a classe política. “É importante que a gente ressalte o trabalho do Rodrigo Lago frente à Casa Civil durante esse período de afastamento do deputado Marcelo Tavares. Lago é uma pessoa que, apesar de não ser um político, tem o espírito público como uma das suas maiores características. Então aqui eu faço questão de ressaltar a passagem do amigo e que me honra muito pela sua amizade, pelo respeito e admiração que tenho por ele”, parabenizou.

Em seu discurso, o líder governista ainda ressaltou que o Rodrigo Lago teve durante o período de sua passagem pela Casa Civil, pela forma como ele sempre trabalhou solução para todos os pleitos levados pelos parlamentares. O posicionamento de Cafeteira foi corroborado por diversos deputados presentes na sessão.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Rogério Cafeteira é cotado para Articulação Política

2comentários

O governador reeleito do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), deixou claro que as mudanças para sua equipe do seu segundo governo, só deverão ser feitas após as eleições presidenciais, muito provavelmente em novembro, o comunista começa a anunciar os primeiros nomes.

Entretanto, além dos secretários que conseguiram desenvolver bons trabalhos e devem continuar, como Felipe Camarão (Educação) e Diego Galdino (Turismo e Cultura), um nome é tido como certo na nova equipe de Dino.

O atual Líder do Governo na Assembleia, Rogério Cafeteira (DEM), deverá ser um nome certo na lista dos novos secretários de Flávio Dino. Cafeteira não conseguiu se reeleger, mas o seu papel desempenhado no parlamento estadual, na maioria das vezes extremamente desgastante politicamente, será sim lembrado pelo governador.

Apesar de não ser oficial, a tendência é que Cafeteira seja convidado para a Secretaria de Articulação Política do Governo Flávio Dino. O cargo seria ideal para o atual Líder do Governo, afinal mantém uma relação bastante próxima e interessante com a maior parte da classe política.

Além de Cafeteira, outros dois nomes estão sendo dados como certos na equipe de Flávio Dino, o deputado estadual reeleito, Neto Evangelista e o deputado estadual eleito, Marcelo Tavares, mas isso é assunto para outra postagem.

Blog do Jorge Aragão

2 comentários »

Possíveis nomes no novo governo Flávio Dino

1comentário

Os deputados eleitos Neto Evangelista (DEM), Marcelo Tavares (PSB) e Simplício Araújo (Solidariedade) deverão voltar a integrar a equipe de secretários do governador Flávio Dino (PCdoB).

É bem verdade que Flávio Dino ainda não confirmou o retorno ou não dos candidatos que ocupavam secretarias e tiveram que se afastar para a disputa do pleito, mas nos bastidores o retorno dos dois secretários é dado como certo.

Marcelo Tavares ocupava a Casa Civil, Neto Evangelista comandou a Secretaria de Desenvolvimento Social e Simplício Araújo, a Secretaria de Indústria e Comércio, no primeiro mandato de Flávio Dino.

Caso essa possibilidade se confirme, os beneficiados serão os suplentes Edivaldo Holanda (PTC) e Ariston (Avante) que assumiriam vaga na Assembleia Legislativa.

Outro nome cotado para a Casa Civil é do deputado Rogério Cafeteira, atual líder do governo na Assembleia Legislativa, mas que não conseguiu a sua reeleição, assim como Simplício Araújo, ex-secretário de Indústria e Comércio que não conseguiu se eleger deputado federal.

Existe também, a expectativa sobre os retornos aos cargos de Márcio Honaiser, na Agricultura; Adelmo Soares, na Agricultura Familiar e Márcio Jerry para a Secretaria de Articulação Política e Comunicação. Os três foram eleitos deputados.

Fotos: Divulgação

1 comentário »

Rogério Cafeteira atribui derrota a si mesmo

1comentário

O deputado Rogério Cafeteira, líder do governo Flávio Dino na Assembleia Legislativa, utilizou a Tribuna, nesta quarta-feira (10) para comentar o resultado das eleições 2018.

Rogério Cafeteira foi uma das ‘surpresas’ das eleições ao não conseguir se reeleger. Ele acredita que deu a sua parcela de contribuição e que se sente honrado pela liderança do governo.

“Queria agradecer aqui muito à minha família, aos meus amigos que lutaram comigo durante todo esse tempo. Agradecer muito ao governador Flávio Dino por ter me honrado com a liderança do governo. Durante os quatro anos que aqui estive, o defendi sempre. Defendi seu governo com o coração e com a razão, porque acredito nas suas ideias, nas suas propostas. Aqui, mesmo quando medidas que não eram simpáticas foram apresentadas, eu sempre fiz questão não apenas de defender aqui no plenário, mas na imprensa, em redes sociais, em todos os lugares, porque eu tinha a convicção, como tenho, que alguns remédios amargos que foram necessários serem ministrados eram fundamentais para que a gente não entrasse num estado de colapso. Tenho certeza que o Maranhão continua no rumo certo com o governador Flávio Dino. Foi uma honra para mim dar minha parcela de contribuição aqui. E a ele só tenho a agradecer”, afirmou.

Rogério Cafeteira disse que o único culpado pela sua derrota é ele mesmo. Ele disse ter traçado estratégias e feito alianças que não deram certo. Daí o resultado que causou surpresa no meio político.

“Se eu for indicar um culpado da minha eleição, só existe um: eu. Eu fiz alianças que não tiveram o resultado que eu esperava. Eu tracei estratégias que não foram as melhores. E eu acreditei, fiz prognósticos que não se concretizaram. Então eu jamais falarei que houve traição, que houve falta de apoio, porque esse principalmente não houve aqui. Só para que deixe bem claro. Porque, nesse momento, houve muitos boatos, muitas fofocas. Se eu não tive mais apoio, foi porque eu não fui atrás. Talvez eu tenha me acostumado, a fazer campanhas sem apoio do Governo do Estado. Então na hora em que eu era o líder do governo, eu não tinha ‘o cacoete’ de estar junto e está pedindo. Porque eu sei que o Governador tem muito mais coisas a fazer do que ficar atendendo questões particulares. Então aqui eu tive todo apoio do Governador Flávio Dino, toda a solidariedade dele”, disse.

Foto: Agência Assembleia

1 comentário »

Liderança pode ter prejudicado Rogério Cafeteira

3comentários

Uma das grandes surpresas da eleição para a deputado estadual foi a derrota sofrida por Rogério Cafeteira que não conseguir se reeleger.

Reeleito em 2014, Rogério Cafeteira se transformou em líder do governo Flávio Dino na Assembleia Legislativa.

Como vocês sabem, o líder do governo da Assembleia é aquele deputado escalado para defender o governo a todo o momento. E Cafeteira estava sempre lá, na Tribuna defendendo o governo nos embates com a Oposição. E comprou brigas e mais brigas com os colegas de parlamento.

Não chegaria ao ponto de afirmar que arrumou ‘inimigos’, mas verdadeiramente teve que travar muitas batalhas com os colegas e daí muito desgaste na mídia, principalmente.

Dessa forma, acredito que Rogério Cafeteira tenha ficado sem tempo para cuidar do seu próprio mandato com projetos e propostas de fato ao povo maranhense.

E o resultado foi que o líder do governo na Assembleia não conseguiu se reeleger.

Fica a pergunta no ar: vale mesmo deixar o mandato de lado para dar prioridade à defesa do governo?

Foto: Agência Assembleia

3 comentários »

Rogério Cafeteira intensifica campanha na reta final

0comentário

O líder do governo na Assembleia, deputado Rogério Cafeteira, tem intensificado sua agenda de campanha pelo interior do estado. Tradicionalmente votado na região do Médio Sertão, ele manteve sua base e ainda ampliou sua base de atuação, mostrando força na região Tocantina.

Em Estreito, ele conta com o apoio da maioria da Câmara de Vereadores, além do prefeito Cícero Neco e fortes lideranças. A expectativa é que o parlamentar seja um dos mais votado do município para deputado estadual.

Na cidade vizinha, Porto Franco, Cafeteira está fechado com o prefeito Nelson Horácio, vereadores e lideranças expressivas. De lá, estima-se que o parlamentar também se consagre com uma boa votação.

Além desses municípios, Cafeteira possui bases nos municípios de Carolina, com os vereadores Edvan, Toninho Lund e Fernando Filho. Em São Pedro da Água Branca, Rogério está com a ex-candidata a prefeita, Drª Lilian Gonçalves, que tem feito uma boa movimentação para o parlamentar.

Rogério Cafeteira também está presente nos municípios de São João do Paraíso e Ribamar Fiquene.

Médio Sertão

No Médio Sertão, Cafeteira, além de manter as bases de sua campanha passada, conseguiu aglutinar mais grupos políticos, a exemplo de Buriti Bravo, cidade a qual, em 2014, bateu recorde de votação. Lá, além do grupo político do prefeito Cid Costa, Cafeteira também conta com o apoio do ex-prefeito Nonato.

Na mesma região, o líder governista intensificou o trabalho em São João dos Patos, com o ex-prefeito Zé Mário e a prefeita Gilvana Evangelista, Paraibano, Pastos Bons, Barão de Grajaú, Sucupira do Riachão, Colinas, Fortuna, Mirador e São Francisco do Maranhão.

Além das duas regiões, Cafeteira ainda recebe o apoio maciço do prefeito Alberto Rocha, de Santa Quitéria, na região do Baixo Parnaíba.

Fotos: Divulgação

sem comentário »

Morre o ex-governador e senador Epitácio Cafeteira

7comentários

Morreu na tarde deste domingo (13), o ex-governador Epitácio Cafeteira, aos 93 anos, em casa em Brasília.

Além de ex-governador, Cafeteira foi ex-prefeito de São Luís, senador por duas vezes e deputado federal por quatro mandatos pelo Maranhão.

O corpo chega a São Luís, nesta segunda-feira (14), por volta de 16h e será velado na Assembleia Legislativa e o sepultamento na terça-feira (15), às 10h, no Cemitério do Gavião.

A morte foi confirmada pelo deputado estadual Rogério Cafeteira, sobrinho do ex-governador que divulgou nota:

“É com imenso pesar e tristeza profunda que comunico a todos o falecimento do meu tio, ex-governador e ex-senador, Epitácio Cafeteira.

Ele encontrava-se enfermo e inspirava cuidados, em UTI residencial, decorridos de seu delicado estado de saúde.

Natural da Paraíba, Cafeteira veio ainda pequeno para o Maranhão, onde construiu uma admirável história política, dedicando a maior parte de sua vida a este estado, onde constituiu sua família.

Atualmente ele residia em Brasília e estava com 93 anos, deixando viúva a minha tia Isabel, de filha a minha prima Isabel e netos.

É um momento de bastante tristeza para toda a família. A perda, para mim que o considerava um segundo pai, está sendo muito difícil, mas com a certeza que agora ele descansa nos braços do nosso Deus todo poderoso!

Em nome de nossa família, agradeço as mensagens de solidariedade que temos recebido.

São Luís, 13 de maio de 2018″.

Rogério Cafeteira
Deputado Estadual

7 comentários »