Novo Detran

0comentário

andrecampos

O Sistema de Informática do Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), que funcionava há 48 anos em plataforma obsoleta passará a funcionar em plataforma mais moderna e de fácil gestão (em baixa, na linguagem de Tecnologia de Informação), garantindo mais segurança, agilidade ao usuário e o fim da tal queda do sistema.

Isso porque, todos os dados acessados na plataforma antiga, antes armazenada em computador de grande porte, conhecido como mainframe, passarão a operar em uma plataforma nova e mais ágil, no próprio Detran. A mudança se dará entre outras coisas com a conversão em Java de alguns milhares de linhas de código escritas em Natural (linguagem própria dos computadores de grande porte) com banco de dados Adabas. A migração representa um passo decisivo para o fim da dependência tecnológica do mainframe da Secretaria Adjunta de Tecnologia da Informação do Governo do Estado, baseado em linguagens e ambientes proprietários de difícil manutenção.

Essa migração de plataforma traz benefícios tanto para o Detran quanto para os usuários, pois promove maior capacidade e rapidez de atendimento às demandas, facilidade de manutenção e possibilidade de redução de custo devido à diversidade de fornecedores, ferramentas e linguagens.

“É uma mudança radical do paradigma tecnológico e de trabalho. Na plataforma baixa (com sistemas predominantemente baseados em Postgre e Java), será possível desenvolver novas funcionalidades e produtos, usando tecnologias que acompanhem os avanços do mercado, e expandir os recursos de infraestrutura que atendem ao usuário, sempre que necessário, inclusive com a disponibilização de serviços on line e via smartphone nos sistemas iOS e Android”, destacou o Coordenador de Informática do Detran-MA, Cleyton Soares.

Essa migração foi possível graças ao termo de cooperação de Transferência Tecnológica firmado pelo Detran-MA e o Detran-CE que realizou esse trabalho ao longo dos últimos dez anos e fez a doação do sistema cearense que já é nessa nova plataforma em linguagem Java. O Detran-MA vai somente customizar e readequar a realidade local, ou seja, o departamento  terá uma economia de mais de 15 milhões de reais em dez anos de desenvolvimento, ganhando na agilidade, confiabilidade, integridade e segurança dos dados tratados no novo sistema de Gestão de Trânsito, lembra Soares.

Segundo o Diretor Geral do Detran-MA, André Campos, “o Governo do Estado do Maranhão e o Departamento disponibilizarão um sistema capaz de modernizar o atendimento e facilitar a vida do usuário, que passará a dispor de um serviço mais rápido, eficiente e seguro, diminuindo assim seu tempo de espera e o fim da famosa queda do sistema”.

Tal sistema permitirá uma evolução constante das exigências legais e possíveis mudanças do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), das resoluções e deliberações do Contran, Denatran e demais portarias, além de melhorar os processos de habilitação, registro de veículo e arrecadação, garantindo maior transparência, interatividade e prestação de serviços, junto ao cidadão maranhense.

sem comentário »

PMDB com Dilma

0comentário

RobertoCosta

Na reta final da campanha presidencial, o futuro político do Brasil é assunto que passa, também pelo Legislativo Maranhense. Na sessão desta segunda-feira (20), o deputado estadual Roberto Costa (PMDB), foi à tribuna para reforçar o posicionamento pró-Dilma do grupo político ao qual pertence. “O PMDB faz parte dessa grande coligação juntamente com o PT; os números mostram que o governo do presidente Lula, com a presidente Dilma, foram fundamentais para avanços no estado e para o fortalecimento da população em diversos setores”, defendeu Costa,  no início do discurso.

Com base em números, Costa demonstrou como os programas federais e as propostas dos programas sociais, desenvolvidos no primeiro mandato da presidenta Dilma, trouxeram melhorias para o Maranhão. O Bolsa Família, considerado o maior programa popular do atual governo, contempla atualmente, 997.443 famílias maranhenses, de modo que, 2. 280.402 pessoas saíram da considerada extrema pobreza desde 2011, por meio da ampliação do projeto. E de 2011 até aqui, alguns números mostram as ações do governo Dilma Rousseff no Maranhão, a exemplo do Programa Água para Todos, que propôs a construção de 4.295 cisternas no estado e do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar-PRONAF, que no período 2013-2014, fechou 97.470 contratos. O Luz Para Todos, realizou 47.047 ligações nas casas dos maranhenses. Até o momento, em 2014, o Fundo Nacional de Saúde já transferiu R$ 962.551.057 para o estado, 252.653 é o número de maranhenses beneficiados com a distribuição gratuita de medicamentos por meio do Programa Saúde Não Tem Preço.

Na educação, os números, também animam: o Ciência Sem Fronteiras atendeu 988 alunos, o Programa Universidade Para Todos-PROUNI- beneficiou 21.418 alunos e o Fundo de Financiamento Estudantil, o FIES beneficiou 29.363 estudantes, quando até 2010 apenas 2.479 alunos foram contemplados. Com o projeto de expansão dos centros tecnológicos no país, foram criados 12 novos campi do IFMA no estado.  O Programa Nacional de Banda Larga trouxe, para o Maranhão, a inclusão digital, sendo 170 municípios com internet popular. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, de 2011 ao mês de setembro/2014, o Maranhão teve um saldo positivo de 65.115 novos postos de trabalho com Carteira assinada. O popular, Minha Casa Minha Vida é outro Programa que reforça os avanços trazidos ao estado por meio do governo Dilma. A partir de 2011 o número de unidades habitacionais contratadas praticamente dobrou: foram 98.112, quando até 2010, o número chegava  a 50.290 unidades.

Demonstrações, que segundo Roberto Costa, deixam claro que a reeleição de Dilma é o melhor para o estado, de modo, que ela possa concluir os investimentos feitos no Maranhão. “Enquanto PMDB, entendemos que a reeleição de Dilma é o melhor para o Brasil e para o Maranhão. Nesta reta final, a nossa meta, pois, é intensificar as ações de campanha, já que somos conscientes de que ela tem um projeto instalado no Maranhão e por ele continuará trabalhando”, reforçou Roberto Costa.

Segundo pesquisa do Datafolha, divulgada nesta segunda-feira, Dilma tem 52% da intenção de votos válidos contra 48% do candidato tucano, Aécio Neves.

Foto: Racciele Olivas/Agência AL

sem comentário »

Zizi Possi

0comentário

ZiziPossishow

Expectativa para o show da cantora Zizi Possi, neste sábado (25), no Palácio Luís XII

Zizi Possi apresenta o show, “Tudo se Transformou”, que traz o repertório escolhido para seu novo CD. O show destaca o canto preciso de Zizi em canções como “Filho de Santa Maria” (Paulo Leminski), “Disparada” (Geraldo Vandré), “Contrato de Separação” (Dominguinhos/Anastácia) e “Meu Mundo e Nada Mais” (Guilherme Arantes).

O repertório ainda traz a inédita “No Vento”, da compositora gaúcha Necka Ayala, e reafirma a versatilidade de Zizi em canções inéditas na sua voz como “Sem Você” (Arnaldo Antunes/Carlinhos Brown) e a balada “Cacos de Amor” (Luiza Possi/Dudu Falcão).

É claro que não faltarão as conhecidas “Caminhos do Sol”, “Asa Morena”, “A paz”, “Nunca”, “Per amore” e muitos outros sucessos eternizados na voz de Zizi Possi.

O show tem a produção ousada de Rodolfo Silva que garante um espetáculo com todo requinte e glamour. Rodolfo afirma que, ao adquirir um convite para o show, o cliente leva não só um ingresso, mas um compromisso de uma experiência única em uma noite memorável. “Neste evento estaremos agregando além de conforto, segurança e charme, serviços de buffet com deliciosas iguarias e bebidas clássicas de alto padrão” afirmou.

sem comentário »

Busca do consenso

0comentário

OthelinoNeto

O deputado estadual Othelino Neto (PCdoB) se reunirá hoje na capital com o deputado eleito Humberto Coutinho (PDT) para discutir a eleição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, que deverá ocorrer no mês de fevereiro de 2015.

Tanto Othelino quanto Humberto se articulam pela presidência da Casa, e tentam no encontro de hoje chegar a um consenso em relação à disputa interna. A O Estado, Othelino afirmou que mantém a sua candidatura, mas assegurou que o seu grupo político somente lançará um nome para o comando do Poder Legislativo. Ele descartou haver qualquer tipo de divergência entre ele e Coutinho.

“Vamos nos reunir amanhã [hoje] justamente para tratar do assunto. Uma coisa eu posso garantir, nosso grupo não lançará duas candidaturas, será apenas uma. Ou seja, poderá ser eu ou Humberto. Tenho uma relação bastante saudável com ele e não há qualquer tipo de dificuldade em conversarmos sobre o assunto. Esse será o primeiro encontro nesse sentido”, disse.

Othelino afirmou que não haverá interferência de terceiros na reunião entre ele e Humberto. Disse que nenhum aliado participará do encontro. “Será somente eu e ele. Ninguém mais participará desta conversa”, resumiu.

Questionado a respeito de uma possível desistência de disputar o comando da Casa, por meio de um acordo com o seu grupo político, para a ocupação da vice-presidência, ele não confirmou. “Não há nada definido até o momento. Minha candidatura está mantida. A candidatura do Humberto também está. Uma certeza que tenho é de que haverá consenso entre as partes, e somente um candidato será lançado. Em relação a isso não há duvida de minha parte”, completou.

Humberto Coutinho tem o apoio do governador eleito Flávio Dino (PCdoB) para ocupar a presidência da Assembleia no primeiro biênio da próxima legislatura.

Um gesto forte de Flávio em relação a isso ocorreu, no dia 6 de outubro, um dia depois de ter sido eleito. O comunista convidou todos os deputados aliados eleitos para um jantar na casa de Humberto, principal articular de sua campanha política na região de Caxias.

Logo em seguida, Othelino Neto se manifestou oficialmente. “Adquiri mais experiência e conhecimento da Casa e o papel que exerci no mandato passado faz-me almejar a presidência da Assembleia para, acima de tudo, ajudar o governador eleito Flávio Dino e o povo do Maranhão”, afirmou.

Foto: Racciele Olivas

O Estado

sem comentário »

Perdendo em casa

3comentários

Sampaio

O fator Castelão já não mete mais tanto medo assim como nas últimas temporadas. Em 2012 e 2013, o Sampaio, por exemplo utilizou muito bem o Castelão como arma poderosa contra os adversários.

O Sampaio já começava ganhando dos adversários só pelo fato de jogar no Castelão.

O Tricolor era temido dentro dos seus domínios, mas nesta temporada, os resultados provam o contrário. Dos 15 jogos disputados em casa, o Sampaio venceu cinco, empatou nove e perdeu um.

O que mais chama atenção é o número de empates. Em todos esses empates em casa, em pelo menos quatro o Sampaio esteve na frente do placar, mas não conseguiu segurar o resultado. Se tivesse vencido apenas estes quatro confrontos teria os mesmos 52 pontos do Joinville que é o quarto colocado.

O torcedor tem feito o seu papel e comparecido em grande número ao Castelão, mas os nosos

MotoTorcida

O Moto também não meteu medo nos adversários que recebeu no Castelão. Os empates contra Interporto e Ríver, por exemplo tiraram do Moto quatro pontos que lhe dariam na primeira fase uma confortável vantagem para disputar todos os mata-matas em casa.

Para piorar a situaçãoo do Moto, foi exatamente no Castelão que o Moto deixou escapar a possibilidade de acesso à Série C. No jogo com o Tombense, o representante maranhense chegou a abrir 2 a 0 no placar, mas a exemplo do Sampaio cedeu o empate.

Nos dois casos, competições equilibradas como é o Campeonato Brasileiro na cabem tropeços em casa. O Moto lamenta a perda de pontos aqui que fizeram falta para que o time decidisse a sorte no Castelão.

Por outro lado, o Sampaio vive fazendo as contas para tentar chegar ao G4. Ainda é possível, mas diante de tantos tropeços em casa o caminho tem se tornado difícil.

Que fique a lição ao nossos clubes: é preciso fazer o dever de casa. É preciso vencer em casa…

3 comentários »

Dilma na frente

0comentário

Datafolha

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (20) aponta os seguintes percentuais de votos válidos no segundo turno da corrida para a Presidência da República:

–  Dilma Rousseff (PT): 52%

 Aécio Neves (PSDB): 48%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”.

De acordo com o Datafolha, na reta final da eleição, os candidatos continuam empatados, no limite da margem de erro, de dois pontos percentuais para mais ou para menos,

mas Dilma aparece pela primeira vez numericamente à frente de Aécio em um levantamento feito após o primeiro turno.

No levantamento anterior do instituto, divulgado no dia 15, Aécio tinha 51% e Dilma, 49%.

Votos totais

Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:

– Dilma Rousseff (PT): 46%

– Aécio Neves (PSDB): 43%

– Em branco/nulo/nenhum: 5%

– Não sabe: 6%

Na margem de erro, os candidatos estão empatados tecnicamente.

O Datafolha ouviu 4.389 eleitores no dias 20 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. Isso significa que, se forem realizados 100 levantamentos, em 95 deles os resultados estariam dentro da margem de erro de dois pontos prevista. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01140/2014.

Leia mais

sem comentário »

Médicos com Dilma

11comentários

1907446_443014672503434_5088343463787573704_n

Quando o programa Mais Médicos foi lançado pelo Governo Federal, as opiniões da classe médica brasileira se dividiram. Houve quem pensasse que os profissionais vindos de outros países iriam tomar os espaços já ocupados pelos profissionais do país. Hoje, um ano mais tarde, a realidade mostrou que não foi isso que aconteceu.

Sempre priorizando o profissional brasileiro na seleção para as vagas disponíveis em áreas carentes de profissionais do país, o Mais Médicos foi responsável por levar saúde a 50 milhões de brasileiros que até então não eram assistidos pelo nosso sistema de saúde. Recentemente, todo o esforço feito pelo Governo Dilma Rousseff por meio de políticas públicas federais e da dedicação de todos os médicos envolvidos na causa, o programa foi aprovado por 95% dos usuários.

Agora, para mostrar que não só pacientes, mas também os profissionais envolvidos no programa o apoiam, um grupo de médicos lançou um manifesto online(link is external) em aprovação às ações capitaneadas pela presidenta do Brasil. Mais de 380 profissionais já assinaram a carta intitulada de “Médicos com Dilma, por Mais Futuro”, onde atestam os avanços alcançados na área da saúde, e afirmam que assim como nunca deixaram de se posicionar em defesa dos interesses nacionais anteriormente, o fazem novamente agora.

Entre os pontos da carta, os profissionais destacaram o impacto visível “das políticas públicas nas condições de vida do povo brasileiro nos últimos anos” e afirmam que acompanharam “com empatia e senso de responsabilidade as dores e a vida sofrida do povo”. Os médicos alegam ainda que na saúde, o saldo é positivo e lembram que temos o maior sistema de saúde público universal do mundo.

“Dilma efetivou como nunca a formação de profissionais de saúde enquanto responsabilidade do Estado Brasileiro, como previsto em nossa Constituição. Estamos diante da mais importante ação de ampliação de acesso à saúde desde a criação do SUS”, diz outro trecho da carta.

Leia mais

11 comentários »

Esclarecimento de Andrea

6comentários

AndreaMurad

6 comentários »

Lisca é demitido

32comentários

Lisca

Lisca não é mais técnico do Sampaio. Ele foi demitido por desgaste dentro do clube.

O Tricolor será comandado agora por Vinícius Saldanha que havia sido contratado com gerente de futebol, mas passou pouco tempo no cargo.

O treinador já havia sido demitido do clube após o empate de 0 a 0 com o Santa Cruz, mas a diretoria decidiu repensar a decisão e manteve Lisca no cargo.

Vinícius Saldanha comandará o Sampaio na partida desta terça-feira (21), contra o Bragantino, às 18h30, no Castelão.

O Sampaio é o 9º colocado com 44 pontos e ainda sonha com o acesso à Série A, em 2015.

32 comentários »

Afastamento de Amarildo

0comentário

AmarildoCosta

O Ministério Público do Maranhão (MPMA), por meio da Promotoria de Justiça de São João Batista, ajuizou, no dia 16 de outubro, Ação Civil Pública (ACP) requerendo o afastamento do prefeito da cidade, Amarildo Pinheiro Costa, além de sua condenação por atos de improbidade administrativa.

A ação, movida pela promotora de justiça Maria do Nascimento Carvalho Serra, se baseia em peça de informação, instaurada pelo MPMA em 3 de julho de 2014, para apurar denúncias de contratações irregulares de servidores sem a aprovação em concurso público. De acordo com testemunhas ouvidas pela promotora, o gestor depositava o valor de um salário-mínimo (R$ 724,00) na conta bancária de um contratado com o nome na folha de pagamentos e dividia o valor com outros três contratados verbalmente. Assim, o prefeito pagava à quatro servidores o salário que caberia a apenas um. Dessa forma, com os descontos de INSS e outros, cada um recebia o valor de apenas R$ 150,00.

A promotora de justiça ressalta que o réu não atendeu às diversas requisições do MPMA. Em 25 de setembro de 2013, a Promotoria emitiu Recomendação ao prefeito no sentido de que promovesse a adequação do quadro de pessoal aos mandamentos constitucionais.

Em 5 de novembro de 2013, o réu assinou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) no qual admitiu a existência de número excessivo de servidores contratados sem concurso público e comprometeu-se a enviar projeto de lei à Câmara Municipal para a criação de cargos e realização de concurso público. Contudo, o gestor jamais cumpriu os termos do TAC assinado. “O réu age com completo descaso para com o cumprimento da lei, acreditando na impunidade, fazendo uso dos cargos públicos como moeda de troca, como forma de se beneficiar do cargo, para futura reeleição”, afirmou a promotora.

Outro problema envolvendo o funcionalismo público municipal diz respeito ao atraso de salários dos servidores. De acordo com a promotora, é de conhecimento público o não recebimento de salários há mais de quatro meses pelos contratados. “A situação de atraso está gerando o empobrecimento da cidade, pois como é sabido, em cidades do porte de São João Batista, as atividades giram em torno do serviço público, que é a maior fonte de renda da população”, ressalta.

Na ACP, além do pedido liminar de afastamento do prefeito, o MPMA requer a indisponibilidade dos bens do gestor; a suspensão dos direitos políticos por até oito anos; a proibição de contratar ou receber benefícios e incentivos com o poder público; e pagamento de multa civil de até 100 vezes a remuneração recebida pelo requerido nas funções de prefeito.

sem comentário »