Visita ao Castelão

0comentário

Castelao

O secretário de Estado do Esporte e Lazer, Joaquim Haickel, acompanhado do futuro titular da pasta, Márcio Jardim, voltaram a se reunir na manhã desta quarta-feira (26) dando continuidade ao processo de transição na Sedel. Desta vez, o encontro ocorreu em algumas das principais praças esportivas da capital maranhense, onde o secretário Joaquim Haickel ia informando as melhorias realizadas em sua gestão, assim como os projetos que estavam sendo desenvolvidos para estes espaços.

A visita, que contou com a participação do secretário Joaquim Haickel e alguns de seus colaboradores, teve a presença do futuro titular da pasta e integrantes de sua equipe de trabalho e foi iniciada no Estádio Castelão, principal praça esportiva do estado.

“Estamos levando o futuro secretário para que ele conheça as nossas praças esportivas, o que foi feito nelas e o que ainda precisa ser feito. Acredito que essa troca de informações é de fundamental importância para que ele possa fazer um bom trabalho desde o começo de sua gestão”, disse o secretário Joaquim Haickel.

No Castelão, Haickel mostrou ao futuro secretário todas as instalações do estádio, dando destaque à moderna central de monitoramento e ao funcionamento das catracas eletrônicas e do ambulatório. Além destes locais, a visita passou pelos setores de cabines de rádio e TV, placares eletrônicos, vestiários, alojamentos e o gramado de jogo.

Castelinho

Após a visita, Joaquim Haickel acompanhou Márcio Jardim a outras praças esportivas. A comitiva verificou as instalações do Complexo Esportivo do Outeiro da Cruz, onde estão localizados o Ginásio Castelinho, o Parque Aquático, a Pista de Atletismo Professor Manoel Furtado e o Ginásio Paulo Leite.

“Viemos observar pessoalmente o Complexo Esportivo, que eu chamo de a joia da coroa, para sabermos como está a situação, para sabermos o que está funcionando e o que precisa ser reparado e feito de imediato. Essa disposição do Joaquim em nos acompanhar facilita. Na transição, quanto mais informação a equipe tiver, melhor para iniciarmos os trabalhos”, comentou Márcio Jardim.

Na terça-feira (25), o secretário Joaquim Haickel fez a primeira reunião com o futuro titular da pasta quando responderam aos questionamentos levantados e entregou relatórios sobre atividades da secretaria, referentes ao orçamento da pasta e o saldo na conta do Fundo Estadual de Esporte.

Fotos: Biaman Prado

sem comentário »

Novos ônibus

0comentário

Onibus

A Prefeitura de São Luís garantiu a entrega de 31 novos ônibus ao sistema de transporte coletivo da capital maranhense. A entrega dos veículos ocorreu na manhã desta quarta-feira (26) na Praça Maria Aragão, no Centro. A renovação da frota integra o remodelamento do sistema de transporte público, definido pelo prefeito Edivaldo.

O secretário de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros, representou o prefeito Edivaldo na ocasião. Ele ressaltou que os novos ônibus estão equipados com elevadores para garantir acessibilidade a todos os usuários do transporte público. “Hoje está sendo cumprida a colocação de 31 novos ônibus no sistema de transporte urbano. O prefeito está empenhado na melhoria do sistema e já foram incorporados 100 novos ônibus desde o início da gestão e mais 31 com a entrega de hoje”, afirmou.

A aquisição dos veículos foi feita por seis empresas do sistema de transporte coletivo. Os ônibus beneficiarão os usuários da Cidade Operária, Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Distrito Industrial e São Raimundo. Além da renovação da frota, a Prefeitura trabalha na construção do processo licitatório do transporte coletivo, que oferecerá maior qualidade ao sistema, com veículos novos e modernos e um maior número de viagens ofertadas.

“Com a licitação, entre as ações previstas estão a oferta de ônibus novos circulando na cidade, o que contribui para o cumprimento de horários. A licitação também permitirá a tecnologia de GPS, para acompanhar o percurso do transporte coletivo e fazer com que as pessoas cheguem no horário certo em suas casas e no trabalho. A intenção principal é oferecer um transporte de qualidade”, explicou Canindé Barros.

O presidente da Associação dos Usuários de Transporte Coletivo, Paulo Henrique, esteve presente na entrega dos veículos nesta quarta-feira e afirmou estar otimista com as ações da Prefeitura. “A gente fica feliz sabendo que está tendo o cumprimento do que foi acordado. Com a entrega desses coletivos, estamos vendo um empenho da Prefeitura e dos empresários”, declarou Paulo Henrique.

Segundo o vice-presidente do SET, Gilson Neto, todas as empresas estão empenhadas para entregar a nova frota. “Esse é um número expressivo. Por conta disso, não dá para entregar de uma só vez 250 carros. Todas as fábricas de chassi ou de carroceria foram envolvidas nessa operação e estão entregando por lotes. À proporção que os lotes forem ficando prontos serão enviados para São Luís e até o dia 31 de janeiro entregaremos todos os 250 ônibus”, relatou o empresário.

Foto: Honório Moreira

sem comentário »

Virou bagunça

1comentário

Pirata

Onde estão as autoridades da nossa cidade?

A pergunta é mais do que oportuna após olhar a paisagem que começa a tomar conta da Litorânea  com a instalação de uma nova barraca montada no principal cartão postal de São Luís e que fica ao lado da barraca do pirata. As fotos foram postadas no Facebook pelo internauta Edivaldo Santos.

“Mostrando o local de futura visitação pública da Litorânea: O castelo do pirata, isso mesmo que você pensou, aquele herói que foi motivo de comoção por parte de algumas pessoas. Pior que ao lado dele já temos dois barracos de desocupados deixando triste a visão de quem por lá transita”, escreveu Edivaldo Santos.

No início do ano, ao determinar a retirada do veículo do Pirata que estava estacionado na avenida Litorânea, a Prefeitura de São Luís tomou uma decisão equivocada e prometeu incluí-lo no programa de aluguel social.

Além de permanecer na Litorânea, o Pirata começou a construir o que o internauta chama de “castelo”.

Barraca

Para piorar a situação agora começa a ganhar seguidores. Um novo barraco, inclusive com estrutura de concreto no piso já foi construído no local.

A ocupação indevida da área chama a atenção das pessoas que passam todos os dias pela Litorânea. Se alguma providência não for tomada, logo muita gente vai montar a sua barraquinha na Litorânea e morar com a vista para o mar.

A pergunta que se faz é: onde está a Secretaria de Urbanismo e a Britz Urbana que não fazem absolutamente nada?

Essa esculhambação na Litorânea vai continuar? Se depender do secretário de Urbanismo, Diogo Lima, não.

“Nós estamos realizando operações junto a outros órgãos para exigir a desocupação da área. Foram oferecidos a eles a remoção para um outro local com aluguel social e depois inclusão no Minha Casa, Minha Vida, mas os invasores não aceitaram. A Secretaria de Urbanismo não vai aceitar que privatizem o espaço na Avenida Litorânea para poucos, pois lá é um ponto turístico da nossa cidade”, disse Diogo Lima.

Ainda segundo o secretário, a retirada dos invasores da Litorânea está prevista para ocorrer na próxima semana.

1 comentário »

Diálogo Municipalista

0comentário

famem

Assuntos da pauta política nacional marcaram os debates, nesta quarta-feira (26), do primeiro dia de programação do “Diálogo Municipalista”, evento promovido pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem) no Hotel Luzeiros, em São Luís.

A programação, com assuntos da pauta regional organizada e coordenada pelo presidente da Federação, prefeito Gil Cutrim (São José de Ribamar), tem continuidade nesta quinta-feira (27), a partir das 8h, com o encontro entre os prefeitos e prefeitas maranhenses e o governador eleito, Flávio Dino.

Dezenas de gestores discutiram com consultores da Confederação temas de interesse dos municípios e suas populações, tais como aumento do FPM; resíduos sólidos; divisão dos royalties do petróleo; lei de responsabilidade fiscal; apontamentos dos Tribunais de Contas do Estado.

Os trabalhos foram abertos pelo presidente Gil Cutrim que destacou a importância do evento como mecanismo para afinar o discurso e unir forças em torno de uma nova pauta municipalista que começará a ser debatida com o governo Dilma Rousseff já a partir de janeiro.

“Neste próximo mês, a CNM apresentará a todos os presidentes de Federações Municipais a sua pauta para o ano de 2015. As informações colhidas neste encontro, e apontadas pelos gestores maranhenses, irão compor esse documento”, informou Cutrim.

Pela manhã, os assuntos da pauta nacional foram apresentados aos gestores por Eduardo Stranz e Helena Garrido, consultores técnico e jurídico da Confederação, respectivamente. À tarde, representantes do Sebrae abordaram temas relacionados ao desenvolvimento sustentável para os municípios. Consultores da CNM proferiram, ainda, palestras que abordaram temas relacionados aos setores da educação e assistência social.

Os prefeitos Cleomar Tema (Tuntum) e Júnior Cascaria (Poção de Pedras) destacaram, durante suas participações, a importância dos municípios adotarem ações mais eficazes de tratamento dos resíduos sólidos, dentre elas implantação de aterros sanitários, de forma individual ou consorciada.

Pauta regional – Nesta quinta-feira, atendendo convite da Famem, Flávio Dino e membros da sua futura equipe de governo estarão reunidos com os prefeitos e prefeitas para discutir assuntos de interesse da municipalidade, dentre eles municipalização do ensino fundamental; desafios da saúde, urbanidade no trato dos gestores e segurança pública.

sem comentário »

Salto na Educação

1comentário

DaniloFurtado

A governadora Roseana Sarney comemorou os resultados do Atlas do Desenvolvimento Humano nas Regiões Metropolitanas (IDHM), em relação ao índice educação, que colocou o Maranhão em destaque nacional. A Região Metropolitana de São Luís obteve o melhor resultado entre as 16 regiões analisadas.

“O Maranhão, na área de educação, está à frente de vários outros estados, aproveito para parabenizar os nossos professores. A maior parte do ensino básico de São Luís é do governo, por isso é um orgulho para todos nós termos essa avaliação”, afirmou a governadora, que ressaltou a efetividade das políticas públicas educacionais.

Formada pelos municípios de Alcântara, Paço do Lumiar, Raposa, São José de Ribamar e São Luís, a Região Metropolitana obteve um índice de 0,737 em um máximo possível de 1,0, superando regiões metropolitanas de São Paulo, Distrito Federal, Curitiba e Rio de Janeiro.

O secretário de Educação, Danilo Furtado, enfatizou que os resultados refletem o trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado, em parceria com secretarias municipais de Educação, ampliando o acesso à educação com vista à universalização da educação básica. “Os dados positivos indicam a efetividade das políticas públicas educacionais desenvolvidas pelo governo Roseana Sarney, no intuito de melhorar a qualidade de vida da população”, ressaltou.

O IDHM educação é obtido por meio de análise de quatro aspectos relativos ao desenvolvimento educacional: fluxo escolar, expectativa de anos de estudo, escolarização da população adulta e os dados de matrículas na educação básica em 2010.

O secretário destacou que o trabalho desenvolvido pelo Governo do Estado em programas de alfabetização e educação de jovens e adultos também reflete o crescimento exposto no IDHM. A taxa de adultos com mais de 25 anos analfabetos da Região Metropolitana caiu de 11,38% em 2000 para 6,98% em 2010.

Outro ponto ressaltado é a diminuição do índice de adultos com fundamental incompleto, de 34,45% em 2000 para 24,72% em 2010, o que demonstra a efetividade do trabalho desenvolvido na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (EJA) pelo Estado em parceria com os municípios.

Entre os anos de 2000 e 2010, houve um salto no número de jovens que concluem a última etapa da educação básica. Em 2000, 26,60% dos jovens entre 18 e 20 anos haviam concluído o ensino médio, já em 2010 este índice saltou para 50,49% dos jovens, o que representa quase 10 pontos percentuais a mais que a média nacional, constituída por 41,01% dos jovens que concluem esta etapa.

O aumento dos jovens concluintes do ensino médio se reflete ainda no aumento da expectativa de anos de estudo da população, que passou na região metropolitana de São Luís, de 9,37 anos em 2000, para 10,3 anos em 2010.

Foto: Zeca Soares

1 comentário »

Três anos de sucesso

0comentário

A peça Pão com Ovo completa três anos de sucesso no dia 5 de dezembro.

E para celebrar a data que não poderia passar em branco, o trio César Boaes, Adeílson Santos e Charles Júnior realizam uma apresentação prá lá de especial às 23h, na Fazenda Open Music, no Turu.

O trio também é sucesso com o primeiro programa de humor na internet, o Tá bom Xerosa que vai ao ar todas as quarta-feiras no portal Imirante.

O episódio da manga verde com sal é sem dúvida um dos mais compartilhados nas redes sociais (veja acima).

Portanto, fica o convite para a comemoração de 3 anos de sucesso do Pão Com Ovo, dia 5, às 23h, na Fazenda Open Music, no Turu.

sem comentário »

Transporte em pauta

2comentários

LulaFylho

A Prefeitura de São Luís realizou nesta terça-feira (25), na sede da Associação Comercial do Maranhão (ACM), no Centro, audiência pública para construir a licitação do transporte coletivo em São Luís. Os secretários Lula Fylho (Governo) e Canindé Barros (Trânsito e Transportes) apresentaram os resultados das pesquisas de opinião que traçam o perfil do transporte coletivo da cidade e o cronograma do processo administrativo que resultará na licitação.

Um dos principais objetivos da audiência foi escutar os interesses e necessidades de usuários, empresários e sindicatos. O secretário Lula Fylho ressaltou que a oferta do transporte público de qualidade é um compromisso do prefeito Edivaldo, que mesmo diante das condições de fragilidade em que recebeu o sistema, tem empenhado todos os esforços necessários para transformar o sistema de transporte público.

“O prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem envolvido o secretariado para que dê foco aos compromissos de campanha, incluindo a licitação do transporte. Por conta da legislação e da burocracia, o caminho é mais demorado do que se esperava, mas esta é a primeira vez que um prefeito faz algo factível, ouvindo os anseios da população e de setores envolvidos, a fim de oferecer um transporte público de qualidade”, relatou o secretário de Governo.

O secretário de Trânsito e Transportes (SMTT), Canindé Barros, apresentou os resultados da pesquisa de opinião realizada pela empresa de consultoria, Sistran, que está assessorando a SMTT no processo preparatório da licitação do sistema de transporte. Os dados com a avaliação dos usuários sobre o transporte público na capital foram coletados entre os dias 6 e 12 deste mês, a partir de entrevistas com 1.012 pessoas.

CanindeBarros

Canindé destacou a importância da coleta de informações junto à população e sindicatos para produzir o projeto final da licitação. “O prefeito está empenhado para garantir um sistema de transporte de qualidade. Com esse direcionamento, estamos trabalhando para montar o mais rápido possível a licitação”, declarou o secretário Canindé Barros.

Na ocasião, foi apresentado o cronograma que a Prefeitura de São Luís está seguindo para realizar a licitação. Com a conclusão da pesquisa sobre o perfil do transporte coletivo e a realização da primeira audiência, será enviado à Câmara o projeto básico do marco legal do sistema de transporte, que será apresentado em nova audiência. Ao final de todo o processo será aberto um edital de licitação em que empresas de transporte poderão concorrer apresentando propostas de serviços.

Presente às discussões, o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiro (SET) de São Luís, José Luis Medeiros, afirmou que as exigências de um novo modelo de transporte pelo Município estão impulsionando os empresários a investirem mais na qualidade do sistema.

“Acreditamos que agora o transporte público vai melhorar e ainda mais havendo a licitação, que corresponde às regras do jogo, tanto para o usuário, quanto para os empresários e poder público”, destacou o presidente do SET.

O presidente da Associação dos Usuários de Transporte Coletivo, Paulo Henrique, partilha da ideia de transformação do sistema a partir das exigências que já estão sendo realizadas pelo Município. “Ficamos satisfeitos de estarem acontecendo as audiências públicas. No nosso entendimento era um abandono total, nunca ninguém tocou no assunto, agora a gente vê a própria Prefeitura se manifestando e se preocupando com o transporte que é peça fundamental, que é o esteio. Sem o transporte fica difícil viver na cidade”, defende Paulo Henrique.

Participaram ainda da audiência os vereadores Pavão Filho (PDT), Fábio Câmara (PMDB) e Rose Sales (PCdoB), além de secretários municipais.

Foto: Maurício Alexandre

2 comentários »

Transição na Sedel

2comentários

MarcioJardimeJoaquimHaickel

O secretário de Estado de Esporte e Lazer, Joaquim Haickel, recebeu na tarde dessa terça-feira (25), a visita do futuro titular da pasta, professor Márcio Jardim. O encontro, realizado na sede da secretaria, faz parte do processo de transição e serviu para que Haickel pudesse apresentar as atividades desenvolvidas pela Sedel durante sua gestão, o andamento de obras e projetos, assim como explicar o funcionamento da Lei de Incentivo ao Esporte, mecanismo que vem auxiliando o crescimento do esporte no Maranhão nos últimos anos.

Haickel juntamente com seus colaboradores responderam aos questionamentos levantados pelo futuro secretário da pasta e por sua equipe de trabalho. Além disso, o atual titular entregou relatórios sobre atividades da secretaria, referentes ao orçamento da pasta e o saldo na conta do fundo estadual de esporte.

“Este é o primeiro passo em direção à transição de governo na Secretaria de Esporte e Lazer. Vamos prestar todas as informações e dar todas as explicações que a equipe de trabalho do futuro secretário precisar. Estamos à disposição para ajudar no que for possível”, declarou Joaquim Haickel.

Dentre as informações repassadas ao futuro secretário de Esporte e Lazer e a sua equipe, Haickelfez questão de apresentar o projeto de reconstrução do Ginásio Costa Rodrigues que, em breve voltará a ser usado pelos desportistas maranhenses. Além disso, apresentou as obras que estão sendo realizadas pela Sinfra no Complexo Esportivo do Outeiro da Cruz e algumas outras que devem ser realizadas pela própria Sedel a partir do ano que vem e que já contam com recursos financeiros garantidos na casa de 9 milhões de reais.

“Gostaria de agradecer ao Joaquim que desde o primeiro instante colocou a nossa disposição todos os dados que precisamos para que possamos conhecer os desafios que nos esperam frente à gestão do esporte e do lazer de nosso estado”, comentou Márcio Jardim.

Na quarta-feira (26), o atual e o futuro secretários de esporte irão visitar o Castelão e o Costa Rodrigues. “Nos próximos dias outras reuniões irão acontecer para que a transição se complete de forma totalmente satisfatória”, disse Haickel.

Foto: Biaman Prado

2 comentários »

Investigação no Maranhão

1comentário

carteiras

O Ministério Público e a Polícia Federal investigam suspeitas de irregularidades na emissão da carteira de pescador. O documento dá acesso a benefícios do Ministério da Pesca.

Ter a carteira de pescador muda a vida de muita gente, especialmente em regiões pobres do país, como a do município de Pindaré-Mirim, no Maranhão.

“Nós temos vários benefícios. Nós temos ajuda que o governo dá, é o seguro”, diz um pescador.

O seguro-defeso, no valor de um salário-mínimo, é pago de dois a seis meses por ano, durante o período de reprodução dos peixes, quando é proibido pescar. No domingo (23), o jornal O Estado de São Paulo denunciou o suposto uso eleitoral das carteirinhas de pescador para beneficiar candidatos do PRB. O partido comanda o Ministério da Pesca desde março de 2012.

Dados do próprio ministério mostram que três meses antes da eleição, de agosto a outubro foram emitidas mais carteiras no Maranhão do que nos sete primeiros meses do ano. A Polícia Federal já abriu 14 inquéritos no Maranhão e também apura denúncias no Acre.

Para receber o seguro-defeso é preciso ter a carteira. Mas, na hora de fazer o documento ninguém é obrigado a apresentar provas de que é pescador. Hoje, há mais de um milhão de pescadores registrados no país. De cada dez pessoas que pediram o seguro, nove conseguiram o benefício.

O Ministério da Pesca diz que há mecanismos de controle: é preciso esperar pelo menos um ano depois da emissão da carteira para pedir o benefício, e o pescador tem que apresentar um relatório com a quantidade, espécies e locais de pesca.

Em nota, o ministério afirma que desde fevereiro de 2013 cancelou e suspendeu 330 mil carteirinhas com irregularidades, impedindo o pagamento de R$ 1 bilhão. E que abriu sindicância para apurar as denúncias de uso eleitoral do benefício.

O PRB, que comanda o Ministério da Pesca, declarou que a denúncia se trata de perseguição política e que os fatos serão esclarecidos pela Justiça.

Jornal Nacional

1 comentário »

Diálogo e transparência

0comentário

FelipeCamarao

Uma das prioridades do governo Flávio Dino é manter o diálogo com os servidores públicos e trabalhar a valorização desses profissionais. Dino indicou o advogado Felipe Camarão para conduzir a Secretaria de Gestão e Previdência Social (Segep), que terá a missão de valorizar os servidores públicos – ativos e inativos, além de aprimorar os serviços de estado destinados especificamente aos servidores, especialmente saúde. Em entrevista, ele fala sobre as prioridades da pasta.

Haverá algum canal de participação dos servidores na gestão Flávio Dino?

Felipe Camarão – Com certeza. O governador Flávio Dino determinou a valorização dos servidores e isso passa, necessariamente, pela participação democrática dos mesmos. Inclusive, vamos instalar uma mesa permanente de diálogos com os servidores, através da qual todas as representações sindicais serão ouvidas e informadas de maneira transparente sobre todas as nossas decisões.

Como se dará esse diálogo?

Felipe Camarão – Será uma mesa permanente com reuniões mensais ou bimestrais em que os servidores ou seus representantes serão ouvidos antes das decisões que afetem de qualquer modo os interesses dos servidores, assim como os manteremos constantemente informados sobre a gestão. A transparência será uma palavra chave no Governo Flávio Dino. Além disso, ouviremos as reivindicações e os problemas do funcionalismo público sempre. Muitas vezes o que falta é a comunicação adequada com os servidores e é isso que teremos nessas mesas.

Como o próximo governo pretende tratar o atendimento de saúde aos servidores, que hoje reclamam por não terem mais acesso ao Hospital Carlos Macieira?

Felipe Camarão – No momento em que me fez o convite para a Secretaria, o governador eleito Flávio Dino já me passou a orientação de dar prioridade à valorização do servidor público, dando especial enfoque à saúde. Nesse sentido, o governador determinou que, juntamente com a Secretaria de Saúde e através do diálogo com os servidores e sindicatos, façamos o estudo para encontrar a melhor solução para a questão do Hospital Carlos Macieira. Trata-se de uma situação que não é simples, uma vez que o antigo Hospital do IPEM hoje faz parte da rede SUS. De todo modo, certamente através do diálogo com os servidores, com o planejamento correto e em conjunto com a SES, encontraremos a melhor solução.

sem comentário »