Lisca é o novo técnico do Sampaio

0comentário

liscaO Sampaio confirmou agora à noite a contratação do técnico Lisca que assume no lugar de Flávio Araújo que pediu demissão do cargo.

Lisca era para ter vindo para o Sampaio em 2013, mas na ocasião preferiu comandar o Juventude-RS. Ele era o nome preferido conforme divulgamos aqui no blog logo após o pedido de demissão de Flávio Araújo.

O novo treinador que estava sem clube desde que foi demitido do Náutico após eliminação na Copa do Brasil.

Ele será apresentado nesta quarta-feira pela manhã e comandará o time no jogo com o Vila Nova-GO, no sábado, às 21h, no Castelão.

sem comentário »

Lobão Filho reafirma gestão municipalista

0comentário

lobaoeprefeitos

O senador Lobão Filho (PMDB), candidato a governador do Maranhão recebeu, nesta terça-feira (22), o apoio de 60 prefeitos.

Lobão garantiu aos prefeitos que fará uma gestão municipalista e prometeu atenção especial aos municípios menores e menos desenvolvidos.

Que satisfação receber a força e o apoio de mais 60 prefeitos, na tarde desta terça-feira, em São Luis. Com uma gestão municipalista, uma de minhas propostas é dar prioridade às necessidades dos municípios, principalmente os menores e menos desenvolvidos”, disse.

Além de Lobão Filho, participaram da reunião com os prefeitos a governadora Roseana Sarney e o deputado federal Gastão Vieira, candidato ao Senado.

Foto: Biaman Prado

sem comentário »

A verdade sobre a saída de Flávio Araújo

6comentários

flavioaraujoNada do que foi dito na coletiva do presidente do Sampaio e depois de Flávio Araújo pode ser considerado como verdade. O motivo da saída do treinador do clube foi outro e vou dizer mais adiante.

Flávio Araújo declarou amor ao Sampaio e se disse frustado por não ter conseguido levar o Mais Querido ao G4. Com 19 pontos ganhos e ocupando a sétima posição, o Sampaio está a apenas dois pontos do G4. Até aceitaria esse argumento do treinador se o jogo com o Bragantino tivesse sido válido pela última rodada, mas ainda faltam 26 rodadas para Flávio Araújo alcançar a sua meta no G4.

Além disso, quem ama tanto alguém ou alguma coisa luta por ela. E mesmo amando tanto o Sampaio, Flávio Araújo decidiu acabar com o relacionamento. Isto na vida real, entre um casal só acontece quando existe desgaste ou desconfiança.

Fiz essa pergunta ao técnico Flávio Araújo e a resposta foi “você foi perfeito na sua colocação e diria que ela se encaixa na situação envolvendo a minha saída˜. Não precisaria depois disso mais de nenhuma evidência do que estaria por trás da saída de Flávio do Sampaio.

E foi exatamente desgaste e desconfiança provocado pela interferência da diretoria no trabalho do treinador que levou Flávio Araújo a deixar o Sampaio. Desde que tomei conhecimento da saída de Flávio recebi várias ligações e fiz outras tantas para procurar entender o que estava acontecendo.

Não vou citar funções e muito menos nomes das pessoas com as quais mantive contato, mas todas, sem excessão atribuem a saída de Flávio à tentativa de interferência no trabalho do treinador que garantiu dois acessos consecutivos ao clube.

O episódio envolvendo a saída de Flávio Araújo é tão mal explicado pelos atores principais como a saída de Rodrigo Ramos e a escalação de Luís Muller no time titular. Ou ainda a saída de Pimentinha para a entrada de Edgar. Foi tudo muito estranho até abrir uma crise ao ponto de provocar a saída do treinador. Mas Flávio prefere negar tudo.

Mas de tudo que foi dito, uma frase da entrevista de Flávio Araújo ao repórter Afonso Diniz foi o que mais me chamou atenção. “Pode ser que um dia eu volte como treinador ou pode ser que eu volte como presidente”.

Perguntei ao Flávio se ele quis brincar ou se estava falando sério. Ele foi direto: “Não é brincadeira não, o Sampaio está em meu coração e espero sim voltar aqui”. O cearense, ora marrento, ora calado domina muito bem as palavras e mais direto do que isto não poderia ser.

Ao Flávio Araújo o nosso agradecimento por ter levado o futebol maranhense à elite do futebol brasileiro. Ele estará para sempre na história do Sampaio.

E o que vai acontecer agora? Dizer que vai ser melhor ou pior só o tempo dirá. Vamos torcer para o Sampaio seguir em frente e com a excelente campanha sob o comando de Flávio Araújo.

Deixo a vocês que tirem as suas conclusões…

6 comentários »

Reestruturação do sistema carcerário no MA

0comentário

robertocosta

sem comentário »

Lobão reage com tranquilidade às críticas

2comentários

O senador e candidato ao Governo do Maranhão, Lobão Filho tem reagido com tranquilidade às críticas que tem sido alvo na imprensa e principalmente nas redes sociais onde as campanhas por parte de adversários tem sido constantes.

Segundo Lobão, as críticas são em função do crescimento da sua candidatura.

lobaofilho

2 comentários »

Flávio Araújo deixa o Sampaio

13comentários

flavioaraujoFlávio Araújo não é mais técnico do Sampaio.

O treinador se reuniu hoje pela manhã (22) com a diretoria do Sampaio e entregou o cargo.

“Sai sim. Entreguei o cargo hoje”, disse o treinador ao titular do Blog sem entrar em detalhes sobre a sua saída.

Mas confirmou que concederá uma coletiva ainda hoje à tarde para explicar as razões da sua saída. O treinamento que seria realizado hoje à tarde foi cancelado.

Flávio Araújo foi campeão invicto do Campeonato Brasileiro da Série D em 2012. No ano passado levou o Sampaio ao acesso à Série B e ao vice-campeonato da Série C. Este ano foi campeão maranhense.

Ele deixa o Sampaio na confortável 7ª colocação no Campeonato Brasileiro Série B, com 19 pontos ganhos.

Um dos nomes da lista do Sampaio para o lugar de Flávio Araújo é o do técnico Lisca, ex-Juventude-RS e Náutico-PE. Outro da lista é Vica, atualmente no Paysandu.

13 comentários »

As primeiras palavras de Dunga

2comentários

dungaA Confederação Brasileira de Futebol (CBF) apresentou nesta terça-feira, o novo técnico da Seleção Brasileira , o gaúcho Dunga.

Ele apresentou números sobre a sua primeira passagem no cargo, falou sobre a pesquisa que mostra a sua rejeição, do desafio que terá pela frente e relacionamento com a mídia, mas sobretudo da importância do trabalho coletivo na Seleção.  Bem ao seu estilo, Dunga foi bastante firme nas respostas.

Veja algumas declarações do técnico Dunga durante a coletiva no Rio:

“Fico feliz de ter nova oportunidade, mas, ao mesmo tempo, a responsabilidade é nossa agora. Precisamos trabalhar e obter os resultados que a CBF quer”.

“Você não coloca o jogador porque ele é novo, mas pela competência e rendimento. Em 2010 era para resgatar o amor e o carinho pela Seleção. Nós colocamos muitos jovens naquela seleção. Quem tem que se afirmar são os próprios jogadores. Não se pode excluir pela idade, mas pelo rendimento em campo”.

“Temos que obter resultados, formar uma seleção para 2018. Essa seleção é bastante jovem. A Holanda mesclou. Temos que passar pro torcedor as duas partes da moeda. O importante é você colocar no momento certo jogadores jovens e com certa experiência. No caminho você tem que ter o resultado e aos poucos ir colocando jogadores”.

“Também tem pessoas que apoiam. É mais ou menos como uma eleição, às vezes o favorito nem sempre ganha. Tenho que buscar força e energia em que está ao meu favor e tentar buscar conquistar os demais. Se os 76% de aproveitamento não foram suficientes, terei que fazer muito mais para conquistar essas pessoas”.

“Quando a gente comete erros, tem que corrigir e tentar ser uma pessoa melhor para não cometer novamente. Eu nunca me preocupei com o que vai se falar ou fazer. Me preocupei em fazer o meu trabalho da melhor maneira, ter o respeito de quem trabalha comigo, que as pessoas possam confiar em mim”.

“Meus números, o trabalho que realizei, foram os indícios que o presidente Marin e Del Nero me chamaram. Injustiça? A gente usa essa palavra, mas não existe, tanto que estou aqui novamente. O que a gente tem que passar, principalmente para as crianças, que temos que ter um perfil de ética, respeito”.

“Nós que temos que ter a humildade de sermos melhores cada dia. É notícia no mundo todo ganhar do Brasil. Não acharmos que vamos entrar com a camisa e vamos ganhar. Que vamos ganhar a Copa antes da Copa acontecer”.

“É um trabalho de conscientização de todos nós, imprensa, torcedores. A gente teve noção do futebol agora dentro da Copa do Mundo. Não podemos passar para o torcedor que somos os melhores. Quando o adversário vê que você não dribla, ele te dribla. A camisa do Brasil sempre será respeitada, mas eles nos respeitam tanto que querem ganhar de nós de qualquer forma”.

“O futebol muda, mas não muda tanto. O importante é não estar posicionado parado. A equipe tem que se movimentar. Cai muito o conceito nosso de que o craque não precisa participar do jogo. O futebol já não é mais de uma ou duas figuras. Tem que ter a participação de todos os jogadores”.

“A gente sempre tem que aliar a esse talento a humildade, o equilíbrio emocional. Passar para torcedores, para essas crianças que a escola é uma coisa, mas a vida é muito mais dura. A vida não nos perdoa. Se não nos prepararmos bem, a vida cobrará por nossos erros”.

“Um goleiro fazer uma defesa também é arte, o zagueiro roubar uma bola também é arte. A gente não pode achar que vai encontrar o Pelé a toda hora. A gente não pode querer criar um ídolo a cada dia. O Brasil sempre teve jogadores de grande talento”.

“E temos que trabalhar para reconquistar o direito de estar entre os melhores. Não podemos vender para os torcedores a ilusão de que será de um dia para o outro”.

“O futebol está cada vez mais parecido, com pessoas muito competentes, muito trabalho. Não podemos achar que somos os melhores. Já fomos os melhores.Temos talento para isso, mas temos que ter a humildade de reconhecer que outras seleções trabalharam muito para chegar onde chegaram”.

“O que aconteceu é que a Alemanha encontrou uma geração de jogadores ótimos, conseguiu encaixar as peças, teve tempo. Não obteve resultados nos primeiros campeonatos. E aí a Alemanha foi vencedora com amplo merecimento”.

“É interessante dizer que o mundo descobriu a Alemanha agora. Ela sempre foi assim organizada, sempre teve planejamento. Alemanha sempre deu importância para o esporte em geral, sempre deu importância à formação dos atletas, da convivência”.

“A seleção continua representando muito. E vamos conquistar isso através dos resultados, mostrando o quanto a gente quer fazer o melhor. Já temos um esboço, mas o torcedor brasileiro e vocês já me conhecem. Não vou vender um sonho, é a realidade. E a realidade é que é preciso muito trabalho”.

“Todos queremos jogar futebol. Você chegar à seleção brasileira é fantástico. Retornar à Seleção, é quase impossível. Quanto ao resgaste do carinho pelo torcedor, ele está machucado, mas continua com carinho”.

2 comentários »

Voto em Dilma

3comentários

honoratoPor Honorato Fernandes

Nos últimos doze anos, o Brasil passou por um processo de mudanças aceleradas que colocaram o país em um ciclo de desenvolvimento histórico e prosperidade. Ainda temos muitos e graves problemas que precisam ser resolvidos, mas não podemos negar os avanços e conquistas alcançados pelo povo brasileiro. Gostaria de compartilhar com vocês minhas opiniões e informações sobre algumas ações do governo Dilma e do Partido dos Trabalhadores, que me fazem defender o aprofundamento destas conquistas com a reeleição da presidenta Dilma.

Combate à pobreza – Acredito que uma das conquistas mais fantásticas alcançadas pelos governos do Partido dos Trabalhadores foi retirar milhões de pessoas da linha da pobreza. Os números já são bastante conhecidos, mas nunca é demais lembrar: 36 milhões de pessoas saíram da pobreza absoluta e 46 milhões entraram na classe média. Mais qualidade de vida e esperança para os brasileiros.

Mais empregos – Outra conquista formidável, resultado da política econômica do governo federal é a geração de empregos formais, ou seja, com carteira assinada. A geração de empregos no governo Dilma Roussef superou a marca de 5 milhões, batendo os oito anos de governo FHC. Somados com os empregos gerados no governo Lula temos a marca histórica de mais de 20 milhões de empregos.

Mais Educação – Sempre acreditei que a educação é o caminho necessário para a transformação social e a superação das desigualdades. Nenhum governante brasileiro investiu mais em educação do que Dilma e Lula. Para dar uma ideia, foram cridas 18 universidades federais, 173 campus e 422 escolas técnicas federais. São 7,1 milhões de estudantes matriculados. Isso sem falar no ProUni, que está transformando em realidade o sonhos dos filhos das famílias pobres e menos favorecidas em entrar em uma universidade.

Não poderia deixar de citar também a aprovação do Plano Nacional de Educação que estabelece investimento de 10% do PIB na educação. São 20 metas para a educação, desde a creche até a pós-graduação. Entre os objetivos estão a erradicação do analfabetismo e a universalização da educação infantil. Aliás, a presidenta Dilma já assumiu o compromisso de construir 6 mil creches e pré-escolas em todo o território nacional.

Mais Saúde – Com Lula tivemos a ampliação do programa Saúde da Família e a criação do SAMU, das Farmácias Populares e do Brasil Sorridente. Com o programa Mais Médicos o governo Dilma está levando atendimento até os municípios do interior e periferias das grandes cidade. Cerca de 50 milhões de brasileiros já foram beneficiados. Some-se, a construção de 500 UPAs 24horas e de 8.600 novas Unidades Básicas de Saúde por todo o país.

Bolsa Família – Os brasileiros mais pobres continuarão a ter acesso à bolsa família, programa que tem sido essencial para a redução das desigualdades. Considerado o maior e mais bem sucedido programa de transferência de renda, o Bolsa Família já retirou da extrema pobreza mais de 36 milhões de pessoas. O custo-benefício é a maior vantagem do modelo brasileiro de transferência de renda. O orçamento do Bolsa Família corresponde a apenas 0,5% do PIB e cada R$ 1 transferido para as famílias se transforma em R$ 1,78 na economia do país.

Investimento em Infraestrutura – As duas fases do Programa de Aceleração do Crescimento estão aquecendo a economia brasileira como nunca antes um programa governamental havia conseguido. São mais de 40 mil obras espalhadas pelo país, gerando milhões de empregos, trazendo melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento do país.

Maior importância no cenário internacional – A criação do Novo Banco de Desenvolvimento (NBD) pelo grupo de países denominado BRICS com a finalidade de financiar projetos de infraestrutura nos países emergentes é um bom exemplo do êxito da política internacional do Brasil, iniciada no governo Lula e levada em frente por Dilma. Representa uma política externa altiva e soberana, compatível com a importância crescente do Brasil no cenário internacional.

Mais tecnologia e desenvolvimento – Até o momento, mais de 83 mil estudantes brasileiros já foram beneficiados com bolsas de estudos fora do Brasil com o programa Ciência sem fronteiras. A segunda etapa do programa vai oferecer 100 mil novas vagas para estudantes brasileiros de graduação, pós-graduação e pesquisadores em 43 países, de 2015 a 2018. Além disso, a expansão da internet para as camadas mais pobres é uma meta de Dilma.

Minha casa, Minha vida – O Brasil passou mais de 20 anos sem um grande programa de construção de casas populares. Até que Lula criou o Minha Casa Minha Vida, o maior programa de habitação do Brasil, que está sendo ampliado pela presidenta Dilma. Para se ter uma ideia, até o final o do ano serão contratados 2,750 milhões de unidades, sendo que 1690 milhões já foram entregues. É gente que não tinha teto ou morava em condições precárias e hoje tem o seu lar.

Apoio à Agricultura Familiar – O apoio à agricultura familiar é um compromisso de Dilma. A prova disso está no Plano Safra Agricultura Familiar 2014/2015, com um volume histórico e crescente de recursos. São R$24 bilhões, valor 14,7% superior ao recurso disponibilizado na safra atual e dez vezes maior que o ofertado há 12 anos. É o reconhecimento de que a agricultura familiar produz, gera renda e colabora com o desenvolvimento dos municípios e a segurança alimentar do país.

Mais Cultura – Entre as diversas iniciativas do governo para ampliar o acesso à cultura quero destacar o Vale Cultura, benefício no valor de R$ 50 reais mensais cumulativos, oferecido aos empregados que ganham até 5 salários mínimos. O vale pode ser utilizado para a compra de ingressos em teatros, cinemas, shows, livros, jornais revistas e para pagar a mensalidade de cursos de artes, dança, fotografia, música, literatura ou teatro e na compra de instrumentos musicais, por exemplo.

Mais mudanças – O Plano de Transformação Nacional, principal eixo do programa de governo da presidenta Dilma, engloba um conjunto de medidas que visam um novo ciclo de desenvolvimento histórico. Contemplam cinco pontos principais: reforma política, federativa, urbana e serviços públicos além de mecanismos de desenvolvimento nas educacional, tecnológica e digital. Em outra oportunidade, espero voltar a falar com vocês sobre alguns desses temas.

Mais Coragem – Dilma representa uma geração que lutou contra a ditadura, sobreviveu e está construindo um Brasil melhor para todos. Como a primeira mulher eleita presidenta do país

representa a vitória das mulheres brasileiras. Demonstrou preparo, competência, pulso firme e coragem. É por tudo isso que eu voto Dilma. Porque quero Mais Mudanças Mais Futuro para todos nós, povo brasileiro.

Honorato Fernandes – vereador de São Luís (PT)

3 comentários »

O comitê da crise

6comentários

comitê_

Por Robert Lobato

A coligação Pra Frente Maranhão, liderado pelo candidato Lobão Filho e que reúne 18 partidos (PMDB, PT, PSL, PEN, PSDC, PRP, PTN, PMN, PSC, PHS, PRTB, PR, PRB, DEM, PSD, PV, PTB e PTdoB) deve pedir, nos próximos dias, que a Justiça Eleitoral impeça a exploração indevida da imagem da candidata a presidente, Dilma Rousseff, por um comitê, localizado na Avenida Beira-Mar, que seria patrocinado pela coligação Todos pelo Maranhão, do candidato a governador Flavio Dino (PCdoB).

Ainda que seja comandado administrativamente por petistas que não apoiam o candidato Lobão Filho (PMDB), o tal comitê associa a imagem de Dilma a Dino. Ocorre que o comunista está coligado oficialmente é com o PSDB e PSB, partidos que têm Aécio Neves e Eduardo Campos como candidatos a presidente, respectivamente.

Segundo os advogados da coligação “Pra Frente Maranhão”, a legislação é clara quanto à proibição de candidatos de coligações diferentes dividirem espaços publicitários juntos, sejam na tevê, no rádio ou mesmo em material gráfico.

“Os petistas dissidentes podem até formar um comitê de apoio à candidata do PT a presidente, mas o que não podem é induzir o eleitor a achar que o candidato Flávio Dino está com Dilma se, de fato, na sua coligação estão oficialmente o PSDB e o PSB, partidos com candidatos próprios a presidência”, disse um dos advogados consultado pelo Blog do Robert Lobato.

Fora do palanque de Dilma

Na semana passada, a dirigente nacional do PT e coordenadora da campanha de Dilma no Maranhão, Berenice Gomes, deu um “chega pra lá” no PCdoB após o partido de Flávio Dino se ausentar, sem justificativa, de um das reuniões da coordenação de campanha.

“Eu acredito que eles [o PCdoB] não farão parte do palanque da presidenta Dilma no Maranhão. O PCdoB foi o único partido que não participou desse primeiro encontro. Eles alegaram que a direção do partido tinha outros compromissos, mas não revelaram quais”.

A queda do comitê “dinopetista” pode ser mais um duro golpe nas pretensões de quem, espertamente, deseja enganar os eleitores maranhenses sobre quem está com a Dilma e quem está com a dupla Aécio Neves/Eduardo Campos. Aliás, a briga pelo comando da “estrutura” do comitê tem gerado uma crise desgraçada entre os principais dirigentes do PT alinhados ao projeto do PCdoB.

Vale aguardar e conferir o final desse imbróglio.

6 comentários »

Raposa é palco do estadual de beach soccer

1comentário

beachsoccerQuatro jogos foram disputados ontem à noite (7) pelo Campeonato Maranhense de Beach Soccer que está sendo disputado na Raposa.

No primeiro jogo, Urbano Santos goleou Itinga por 4 a 1.  Em seguida, São José de Ribamar bateu São Vicente Férrer por 5 a 3. O atual campeão da competição, Morros fez 2 a 0 diante do Viana. E fechando a rodada, a anfitriã Raposa venceu Paço do Lumiar por 4 a 2.

A rodada de hoje terá início às 18h com o encontro entre Viana e São Luís. Os demais jogos serão disputados em seguida.

A competição segue até o domingo quando acontece a final e tem transmissão ao vivo pela Rádio Mirante AM.

Confira os jogos de hoje:

Viana x São Luís
São Vicente Férrer x Humberto de Campos
Itinga x Tutoia
Paço do Lumiar x Paulino Neves

O Campeonato Maranhense de Beach Soccer é uma realização da Federação maranhense de Beach Soccer (FMBS) e tem o patrocínio da Tim, Guaraná Antarctica e Cemar.

1 comentário »