Visita a Alumar

0comentário

Visitaaalumar

A Comissão de Assuntos Econômicos da Assembleia Legislativa do Maranhão, presidida pelo Deputado Adriano Sarney visitou na manhã desta segunda (4), o Consórcio de Aluminio do Maranhão (Alumar), em Pedrinhas, onde foi recebida pelo Diretor Nilson Frazão Ferraz e toda sua equipe gestora.

A visita contou com a presença dos deputados estaduais Adriano Sarney, Zé Inácio, Júnior Verde, Cabo Campos e Fernando Furtado e teve o objetivo de esclarecer os parlamentares sobre a situação dos 650 funcionários da empresa que serão demitidos com odesligamento temporário área de redução da produção de alumínio.

Para o deputado estadual Adriano Sarney, a reunião foi proveitosa. “Fomos até a Alumar para ouvir os motivos que levaram a empresa a demitir os funcionários e saímos com as explicações das demissões que são inevitáveis, segundo a empresa. Mas também tivemos alguns encaminhamentos importantes para que possamos dentro do prazo de até dois anos mudar essa situação. Esperaremos uma reunião da diretoria para que eles possam trazer algumas iniciativas que possam reverter esse cenário”, destacou o presidente da comissão.

“Apesar da Alumar se mostrar irredutível na questão da demissão dos funcionários, a empresa sinaliza em retomar a produção da área desativada num curto espaço de tempo. E nosso foco é de intermediar junto ao Governo Federal e Estadual essa retomada e assim a recontratação dos trabalhadores!”, enfatizou o deputado petista Zé Inácio.

De acordo com o diretor da Alumar, Ferraz, “essa situação da demissão foi condicionada pela questão do mercado global e os elevados custos operacionais tornaram a produção do metal inviável, mas estamos empenhados em manter o diálogo com nossos funcionários, o sindicato e a comunidade para minimizar o impacto dessa decisão. Essa atitude dos senhores deputados é algo louvável e merece nosso reconhecimento”.

sem comentário »

Maioridade penal

1comentário

AndreFufuca

Por André Fufuca

Nas últimas semanas ganhou força na opinião pública o debate sobre a redução maioridade penal. À primeira vista o que parece acontecer é uma discussão entre dois tipos de pessoas: as que pretendem punir menores infratores e as que não acham que essa é a melhor saída. O debate não é tão simples assim e precisamos olhar a coisa sem paixões.

Como membro da Comissão de Constituição e Justiça, votei à favor da admissão do projeto que prevê mudanças na lei atual. Agora ele que passou pela comissão, ele deve entrar em debate no plenário.

Na ocasião, fiz questão de deixar claro que meu voto foi embasado em uma certeza simples, a de que não podemos mais conviver com a impunidade. Eu não me referia a pequenos crimes, deixo isso claro. Acredito na ideia de que nossas crianças e jovens devem ser educados e que todo o esforço para que sejam tirados do mundo do crime deve ser tentado. Uma criança ou adolescente em situação de risco deve ter todas as chances possíveis para se ressocializar. E isso da maneira menos traumática possível. O que, obviamente, não significa o ingresso no sistema penitenciário.

Contudo, não podemos nunca aceitar a hipótese de que todos os adolescentes que cometem crimes são iguais e que seus delitos são os mesmos. É nessa parte que uma parcela significativa das pessoas se confunde e perde o fio da meada do debate sobre a redução da maioridade penal.

No início do mês de abril o estudante Rafael Serra Santos, de 26 anos, foi morto no centro de São Luís por dois menores. Tinha uma vida pela frente e foi executado de forma cruel. Milhares são mortos da mesma forma por adolescentes que já haviam matado antes e vão tornar a matar depois.

Não podemos colocar na mesma situação uma criança em situação de risco que cometeu um pequeno delito e um adolescente criminoso que, na certeza da impunidade, comete os atos mais cruéis. As coisas são muito diferentes.
Crimes hediondos como estupro, sequestro, latrocínio, homicídio com uso de extermínio, lesão corporal grave que provoca incapacidade permanente e homicídio qualificado não podem ser considerados simples desvios causados por situação de risco ou imaturidade. E o que dizer quando estes crimes são cometidos duas, três, quatro, cinco, dez vezes?

Será que é justo, em nome de uma compaixão inexplicável, permitir que um agente que cometa esses crimes fique solto? Será que é justo com as famílias dessas vítimas ter que conviver para sempre com a certeza de que o autor de tanta dor sofreu apenas uma medida socioeducativa como punição?

Não, isso não é justo. Em qualquer lugar do mundo não é. E, em minha opinião, menos justo ainda é em um lugar onde os números destes crimes cometidos por adolescentes cresce mais e mais a cada dia.

Como deputado irei sempre lutar para defender a oportunidade de crianças e adolescentes que por um motivo ou outro se desviam do caminho certo. Da mesma forma, vou lutar incansavelmente para que criminosos cruéis sempre sejam punidos por seus crimes.

*André Fufuca é deputado federal

1 comentário »

Encontro do PT

2comentários

PT

O Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de São Luís realizou no último sábado (2) o seu encontro preparatório para o encontro nacional. O evento foi coordenado pelo presidente do diretório municipal, Fernando Magalhães, e contou com a presença do vereador de São Luís, Honorato Fernandes; o deputado estadual José Inácio; o deputado federal José Carlos, o presidente da Fundação Municipal de Cultura, Marlon Botão e o secretário de Estado de Direitos Humanos, Francisco Gonçalves. Também participaram do encontro o presidente do Diretório Estadual do PT, Raimundo Monteiro e a presidente da CUT/MA, Adriana Oliveira, além de vários e representantes sindicais e de outros segmentos.

“Este é o momento de avaliar as nossas ações e traçar novos rumos. Estamos aqui para debater a atual conjuntura para sair daqui mais fortalecidos”, disse Fernando Magalhães.

O tom principal do evento foi a necessidade de união e fortalecimento da defesa do Partido. A política de alianças também foi discutida bem como atuação do partido nas estancias do Governo do Estado e do Município.

“O nosso partido precisa seguir firme na defesa dos seus princípios. Não vamos aceitar que criminalizem o nosso Partido. O PT mudou a cara do Brasil e isso incomoda muitos, mas as mudanças vão continuar. O PT vai continuar trabalhando em prol dos mais necessitados e ampliando as condições de acesso a uma vida digna para a nossa população”, destacou Raimundo Monteiro.

Presente ao evento o vereador Honorato foi enfático na sua fala ao defender a união do partido e o realinhamento das forças.

“Não vamos permitir que manchem a história do nosso Partido. O PT está ao lado do povo e assim vai continuar. Defendo que devemos realinhar as nossas forças e nos unir. Temos trabalhado em muitas frentes sempre tendo como meta o bem estar da nossa população. Temos que ouvir a voz do povo. Pois o PT é assim. É um partido com participação popular ampla e é neste sentido que pauto a minha atuação na Câmara. Temos que nos fortalecer. O PT é maior do que todas estas artimanhas que estão sendo colocadas por um grupo que só pensa em interesses individuais”, destacou Honorato Fernandes.

2 comentários »

Canindé caiu

9comentários

OliveiraCaninde

Oliveira Canindé não é mais técnico do Sampaio. Ele entregou após perder o título do Campeonato Maranhense ao ser derrotado pelo Imperatriz por 3 a 1, no Estádio frei Epifânio D’Abadia, mas somente hoje (4) o Sampaio confirmou.

Antes do confronto contra o Moto, na semifinal, o presidente Sérgio Frota havia ameaçado mandar embora muita gente caso o time fosse eliminado.

Oliveira Canindé se antecipou… Agora a diretoria deve divulgar uma listinha com os nomes de atletas que não ficarão no clube.

O Sampaio estreia no Campeonato Brasileiro Série B, no próximo sábado (9), às 16h30, no Barradão, contra o Vitória-BA.

Foto: De Jesus/ O Estado

9 comentários »

Onda de assaltos

1comentário

estudante2

Um estudante foi baleado em um assalto dentro de um ônibus, hoje à tarde, em frente à Maternidade Marly Sarney, na Cohab.

O bandido tomou o celular do estudante e depois atirou. O estudante foi socorrido pelo Samu e levado para o Hospital Socorrão II.

A onda de assalto a ônibus vem crescendo em São Luís. Este foi o registo mais grave nos últimos dias. Na semana passada, um motorista foi atingido a golpes de facão.

Neste fim de semana foram registradas cinco ocorrências de assalto a ônibus em São Luís, nos bairros Tibiri, João Paulo, Centro, Cohab e Vila Embratel. Os bandidos levaram pertences dos passageiros e a renda do coletivo.

No último fim de semana de abril, seis assaltos a ônibus foram registrados.

O Sindicato dos Rodoviários e a cúpula da Segurança Pública não disseram absolutamente nada sobre o problema.

Foto: Marcial Lima

1 comentário »

Investigação em Coroatá

1comentário

HOSPITALCOROATA

A partir de designação da procuradora-geral de justiça, Regina Lúcia de Almeida Rocha, e do corregedor-geral do Ministério Público do Maranhão, Suvamy Vivekananda Meireles, os promotores de justiça Vicente Gildásio Leite Júnior e Williams Silva de Paiva (titulares da 2ª e 4ª Promotorias de Justiça de Caxias) iniciaram a investigação a respeito de quatro mortes ocorridas no dia 18 de abril no Hospital Macrorregional Alexandre Mamede Trovão, em Coroatá.

Os promotores de justiça juntam-se à promotora de justiça Patrícia Pereira Espínola, titular da 1ª Promotoria de Justiça de Coroatá, na apuração dos fatos. De acordo com informações divulgadas na imprensa, as mortes teriam sido ocasionadas por falhas no sistema de fornecimento de oxigênio aos pacientes da UTI do hospital. O fato foi negado, em nota, pela Secretaria de Estado da Saúde.

Além das notícias na imprensa, o Ministério Público recebeu, em 28 de abril, uma representação assinada por vereadores do município, na qual solicitam a investigação das mortes.

As primeiras medidas tomadas pelos promotores foram a requisição das cópias integrais dos prontuários médicos dos pacientes falecidos no dia 18, dando prazo de cinco dias à direção do hospital, e uma inspeção ao hospital, realizada na última quinta-feira, 30.

Durante a visita, os promotores de justiça ouviram o diretor clínico do Hospital Macrorregional de Coroatá, José Rodrigues Pereira, e o diretor administrativo, Francisco Carvalho Brandão, além de quatro usuários dos serviços, escolhidos aleatoriamente.

De acordo com os diretores, não houve qualquer tipo de interrupção ou diminuição no fornecimento de oxigênio aos pacientes no dia 18 de abril. Eles negaram, também, que tenha havido falha no fornecimento de energia elétrica, ressaltando que o hospital possui gerador de energia sobressalente para esses casos. Ainda segundo eles, a empresa responsável pelo fornecimento do oxigênio mantém quatro técnicos para o acompanhamento do serviço, em regime de revezamento.

Os pacientes e familiares ouvidos mostraram-se satisfeitos com o atendimento recebido no hospital e não relataram conhecimento sobre qualquer problema relativo ao fornecimento de oxigênio aos pacientes.

1 comentário »

Resposta esperada

2comentários

AvStoANtonio

avenidasantonio

Equipes da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) iniciaram nesta segunda-feira (4), o serviço de capina do matagal que estava tomando conta da Avenida Santo Antônio, no Barramar.

No último sábado, mostramos aqui no blog a situação no local que foi denunciada no blog do Marco D’Eça. O mato vinha atrapalhando a visibilidade dos motoristas e facilitando a ação de bandidos em assaltos a pedestres.

O secretário Antônio Araújo disse que as equipes farão a capina em toda a avenida, desde a entrada do Barramar, além das ruas próximas que também estão tomadas pelo mato.

Fotos: Zeca Soares e Marco D’Eça

2 comentários »

Visão equivocada

12comentários

TecnicoOliveiraCaninde

Passado o vexame da perda de um título para o qual era favorito absoluto e só perderia para si mesmo, o Sampaio inicia a semana de preparação para a estreia no Campeonato Brasileiro Série B, no próximo sábado, diante do Vitória, às 16h30, no Barradão.

Só pra deixar bem claro ao torcedor e ao próprio treinador Oliveira Canindé que insiste na sua versão ou visão equivocada para explicar o baile que tomou em Imperatriz, o Sampaio não perdeu o título no sábado.

Oliveira Canindé deveria ter a humildade e admitir que o time não foi vencido por cansaço algum, mas pela sua incapacidade de vencer na primeira fase adversários como Cordino, São José e por mais incrível que pareça até o Expressinho que todo mundo ganhou.

Nestes jogos o Sampaio não se impôs e deixou escapar a vantagem que poderia ter para que pudesse administrar diante dos adversários. Um time como o Sampaio fechar a primeira fase só na quarta colocação é no mínimo um sinal de que as coisas não andaram bem por lá.

O Sampaio de Canindé não tem um padrão de jogo definido. Vive de uma única jogada que é apostar na individualidade de Pimentinha. E nada mais.

Os tropeços para o Moto na semifinal e Imperatriz na final já vinha confirmando a fragilidade da equipe que sofreu para empatar com adversários frágeis na primeira fase. Serve também para muitos que acham que futebol se ganha no papel ou no gogó e não dentro de campo.

O que fazer agora? É seguir adiante, corrigir os erros das contratações equivocadas. Arrumar a defesa que toma gols incríveis e focar na Série B. O que passou, passou. Resta aprender com os erros e trabalhar para que eles não se repitam de agora em diante.

12 comentários »

Caso Laura Marão

4comentários

Laura

Foi adiado para amanhã (5), o depoimento de Carlos Diego Araújo Almeida, 22, responsável pelo acidente que causou a morte da menina Laura Burnett Marão, de 8 anos.

Ele prestaria depoimento hoje (4), às 10h, na Delegacia de Trânsito, mas houve divergência no endereço para localização pela Polícia e o depoimento teve que ser adiado, mas a Valéria Beirouth não confirmou o horário.

Hoje à tarde serão ouvidos os agentes de transito que atenderam a ocorrência no local onde aconteceu o acidente na madrugada do domingo (26).

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), Carlos Diego dirigia sob efeito de bebida alcóolica. Levado para a Delegacia no dia do acidente, ele prestou depoimento, mas pagou fiança e foi liberado. Com a morte de Laura Marão, a condição dele muda.

A titular da Delegacia Especializada de Trânsito, Valéria Beirouth disse que Carlos Diego pode ser indiciado por homicídio culposo (sem intenção de matar) ou por homicídio doloso (quando se assume o risco de matar).

4 comentários »

Domingo de campeões

11comentários

RafaelSilva

O domingo foi de decisões no futebol maranhense. Os campeões estaduais de vários estados foram conhecidos hoje à tarde.

No Rio de Janeiro, o Vasco quebrou o jejum de 12 anos e conquistou oCampeonato Carioca. Após vencer o primeiro jogo por 1 a 0, o Vasco voltou a vencer o Botafogo por 2 a 1 e fez a festa no Maracanã.

Em São Paulo, vitória do Palmeiras sobre o Santos no primeiro jogo por 1 a 0. Vitória do Santos por 2 a 1, hoje na Vila Belmiro. A decisão foi para os pênaltis e o Santos levou a melhor.

No Rio Grande do Sul, o Internacional venceu o Grêmio por 2 a 1 e levou o título do Gauchão. Em Minas Gerais deu Atlético que venceu a Caldense por 2 a 1. Joinville e Figueirense empataram por 0 a 0 e o Joinvile levantou a taça em Santa Catarina, mas pode perder o título se for confirmada a irregularidade de um atleta. No Paraná o Operário goleou o Coritiba por 3 a 0 e levou o título.

Brinaceara

No Ceará, o Fortaleza levou o título ao empatar com o Ceará por 2 a 2. A decisão terminou com uma briga generalizada de torcedores com destruição do Castelão.

Em Pernambuco, o Santa Cruz bateu o Salgueiro por 1 a 0 e ficou com o título. O Bahia fez 6 a 0 contra o Vitória da Conquista e lebou o Baianão. O Goiás fez a festa com o título do Campeonato Goiano ao empatar por 1 a 1 com o Aparecidense. O Remo venceu o Independente por 2 a 0 e garantiu o título no Pará.

Outros campeões

MA – Imperatriz
RN – América
DF – Gama
MS – Comercial

Falta conhecer os campeões do AM, AP, RR, RO, TO, PI, PB, AL, SE, MT e ES

Foto: Paulo Fernandes / Vasco.com.br e Bruno Gomes/Agência Diário

11 comentários »