Crédito a Roseana

0comentário

RobertoCosta

sem comentário »

Tabu continua

0comentário

MaranhaoeAmericanaO tabu continua. O Maranhão Basquete segue sem vencer o time de Americana.

No confronto disputado nesta segunda-feira, no Castelinho, em São Luís (o nono entre as duas equipes), Americana venceu por 82 a 68 (40 a 37 no primeiro tempo) e assumiu a liderança isolada da da Liga de Basquete Feminino (LBF) – 2014/15.

Com a vitória, o time comandado pelo técnico Antônio Carlos Vendramini chegou aos 31 pontos, em 16 jogos realizados (15 vitórias e 1 derrota).

O jogo foi equilibrado no primeiro tempo, com a equipe paulista começando melhor e o representante maranhense se aproximando no final do segundo quarto. O terceiro período, entretanto, foi determinante para o resultado final, já que a equipe de Americana cresceu de produção e mostrando um excelente preparo físico ampliou a vantagem.

O Maranhão Basquete se manteve na quarta posição na classificação, somando agora 27 pontos, em 16 partidas disputadas (11 vitórias e 5 derrotas).

Foto: Ayrton Vale

sem comentário »

Conselhão em foco

1comentário

AdrianoSarney

O deputado Adriano Sarney (PV)  repercutiu durante pronunciamento hoje (2), na Assembleia Legislativa reportagem veiculada na edição de domingo no jornal o Estado sobre o Conselho de Gestão Estratégica das Políticas Públicas do Governo (Congep), chamado “Conselhão” que paga a seus integrantes R$ 5.850,00 de jeton por reunião.

Cogita-se que o colegiado conta com a participação de 42 representantes (secretários e representantes da sociedade civil e organizada) que recebem 5.800 reais por reunião. Isso implicaria num gasto de no mínimo R$ 3 milhões por ano, ou em R$ 12 milhões, em 4 anos.

“Esse Conselhão, que na verdade é um apelido, Conselhão é o Congep, eu o acho de extrema importância para o nosso Estado. Acredito que o Conselhão, inclusive, diz muito do que eu quero falar aqui sobre o desenvolvimento, ele discute muito isso. Então, é necessário o Conselhão. O que eu sou contra, e aqui eu quero dizer a vocês e fazer um cálculo muito primário, é esse jeton que, inclusive, já foi bastante discutido nessa Casa. Inclusive o nosso, que hoje é chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, disse no governo passado e eu concordo plenamente e uso as palavras dele como se fosse as minhas hoje”, disse.

Com o objetivo de apurar o número de integrantes do conselho, o Deputado fez um requerimento a Secretaria de Estado de Transparência, solicitando a lista de todos os membros, cronogramas, pautas e atas das reuniões do Congep, já realizadas nos meses de janeiro e fevereiro deste ano.

Refinaria

O deputado Adriano Sarney foi eleito vice presidente da Comissão Especial em favor da instalação da Refinaria Premium, na cidade de Bacabeira-MA.

A comissão deliberou sobre requerimento de informações para a Fiema, Governo Federal, Prefeitura de Bacabeira, Governo do Estado do Maranhão a respeito da instalação da refinaria, atas da reunião do Conselho de Implantação da Refinaria no Maranhão, o custo do empreendimento e cópia da decisão da Petrobrás pelo cancelamento do empreendimento.

O deputado também abordou em seu pronunciamento de hoje, matéria veiculada nesta segunda no Bom dia Brasil, da TV Globo, que demonstra que apenas cinco Estados da Federação, entre eles o Maranhão, não abusaram dos gastos com pessoal no ano de 2014.

“Parece que o discurso do governador Flávio Dino de Estado de terra arrasada não é verdade! O governo caminha e realiza ações muitas delas deixadas pela gestão anterior, como o aumento dos salários dos servidores públicos dentro do Plano de Cargos e Salários, assegurados no governo passado!”, pontuou Adriano.

1 comentário »

CPI da Petrobras

0comentário

ElizianeGamaA deputada federal Eliziane Gama (PPS-MA), titular da CPI da Petrobras, protocolou, nesta segunda-feira (2), requerimentos de convocação de 23 pessoas e mais um, de instalação de quatro sub-relatorias.

Dentre os suspeitos que a deputada quer ouvir estão o ex-ministro José Dirceu, o tesoureiro do PT João Vaccari Neto, ex-ministro Antonio Palocci, o senador Fernando Collor (PTB-AL), o ex-gerente de Engenharia da Petrobras Pedro Barusco e o ex-diretor de Serviços da companhia Renato Duque. Ela também quer ouvir o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Cardozo será chamado para explicar por que se encontrou com advogados da empreiteiras em caráter reservado. Já o ex-ministro José Dirceu, do governo Lula, que cumpre pena por envolvimento no Mensalão, é apontado pelo doleiro Alberto Youssef como beneficiário de recursos pagos por empreiteiras investigadas na operação Lava Jato. Parte desse dinheiro teria ido para o PT por meio da atuação de Vaccari e Dirceu.

Eliziane Gama quer que o ex-ministro Antonio Palocci, dos governos Lula e Dilma, explique um pedido de “doação” de R$ 2 milhões para a campanha eleitoral de Dilma Rousseff, feito em 2010, conforme informação do ex-diretor de Abastecimento Paulo Roberto Costa.

De Fernando Collor de Mello, a deputada Eliziane quer saber sobre recebimento de propina resultante de um contrato de R$ 300 milhões assinado em 2012 pela BR Distribuidora com a rede de combustíveis São Paulo. O negócio foi intermediado, segundo o jornal Folha de São Paulo, por Pedro Leoni Ramos, emissário de Collor.

O depoimento de Pedro Barusco, segundo requerimento de Eliziane Gama, “é de extrema importância para a CPI”. Ele foi braço direito de Renato Duque e chegou ao cargo por indicação de José Dirceu. A diretoria comandada por Duque cuidava de projetos e licitações, como a refinaria de Abreu e Lima e Comperj, obras cujo custo ultrapassa R$ 200 bilhões. Dois delatores da Lava Jato disseram ter pago propina de R$ 97 milhões a Duque e a Barusco em nome das empreiteiras para conseguir contratos de cinco obras.

Eliziane Gama informou que o PPS quer que a Comissão Parlamentar de Inquérito tenha sub-relatorias de superfaturamento e gestão temerária na Petrobras; de constituição de empresas subsidiárias com o fim de praticar atos supostamente ilícitos; de superfaturamento e gestão temerária na construção e afretamento de navios de transporte, navios-plataforma e navios-sonda; e a última, para relatar denúncias de irregularidades na operação da companhia Sete Brasil e na venda de ativos da Petrobras para a África.

Os alvos dos requerimentos

Auro Gorentzvaig (convite)
Atan de Azevedo Barbosa
Antonio Palocci
Augusto Amorim Costa
Bernardo Schiller Freiburghaus
Cesar Roberto Santos Oliveira
Fernando Collor de Mello
Fernando de Castro Sá
Geovane de Moraes
Guilherme Esteves de Jesus
Joao Vaccari Neto
José Dirceu
José Eduardo Cardozo
Luís Eduardo Campos Barbosa da Silva
Mário Frederico Mendonça Goes
Milton Pascowitchi
Paulo Okamoto
Pedro Barusco
Renato Duque
Shinko Nakandakari
Venina Velosa da Fonseca

sem comentário »

Brasileirão Série A

0comentário

brasileirao-logo-globo-2011-450x322A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou a tabela completa do Campeonato Brasileiro Série A. (veja aqui)

A expectativa é de que até a próxima semana sejam divulgados os jogos da Série B, onde está o Sampaio Corrêa.

A rodada de abertura da Série A terá jogos disputados nos dias 9 e 10 de maio, mas a CBF ainda não divulgou os horários dos jogos.

Confira os jogos da primeira rodada:

Cruzeiro x Corinthians
São Paulo x Flamengo
Palmeiras x Atlético-MG
Vasco x Goiás
Fluminense x Joinville
Chapecoense x Coritiba
Atlético-PR x Internacional
Grêmio x Ponte Preta
Sport x Figueirense
Avaí x Santos

A última rodada vai acontecer no dia 6 de dezembro e terá os seguintes confrontos:

Corinhthians x Avaí
Santos x Atlético-PR
Ponte Preta x Sport
Flamengo x Palmeiras
Internacional x Cruzeiro
Atlético-MG x Chapecoense
Figueirense x Fluminense
Coritiba x Vasco
Goiás x São Paulo
Joinville x Grêmio

sem comentário »

Antes e depois

1comentário

As imagens são da Via Expressa, após inauguração no novo trecho, em dezembro do ano passado. A via foi idealizada para desafogar o trânsito entre o Jaracary e o Maranhão Novo.

ViaExpressa

As imagens abaixo são da Via Expressa, após as chuvas que caíram ontem em São Luís. Os trechos não são os mesmos, mas o local onde a obra cedeu também foi entregue no fim de 2014.

ViaExpressa

Esse é sem dúvida alguma um exemplo de serviço mal feito e que o poder público deveria cobrar o prejuízo da construtora que executou a obra que ficou destruída com a primeira chuva forte.

1 comentário »

Passaporte cheio

3comentários

Deu na coluna do Lauro Jardim, na Veja Online…

CleberVerde

3 comentários »

Explicação na Justiça

1comentário

Os promotores de justiça Joaquim Ribeiro Júnior, Alessandro Brandão e Ossian Bezerra, da Comarca de Imperatriz, instauraram nesta segunda (2) Procedimento de Investigação Criminal para apurar as circunstâncias em que ocorreram as afirmações proferidas, em 1º de março, no Facebook, pela gaúcha identificada como Isabela Cardoso, de 24 anos, contra o Estado do Maranhão, os maranhenses e sua cultura.

No último domingo, Isabela divulgou publicamente no seu perfil, a seguinte afirmação: “Finalmente em casa, depois de 1 ano e 7 meses na Suzano de Imperatriz eu e meu esposo retornamos a nossa cidade. Estado pobre, kkkkkkkkkk. A cultura maranhense é horrível. O carnaval é um lixo. Tal de bumba meu boi, tambor de crioula. A maioria das Mulheres são piriguetes e os Homens malandros. Mais da metade das pessoas são semi-analfabetas”.

A afirmação teve repercussão em diversos portais e blogs (veja aqui).

No final do domingo, a assessoria da empresa Suzano Papel e Celulose informou que desconhece a jovem e que o caso foi encaminhado ao seu setor de Recursos Humanos. A empresa pediu desculpas pelo ocorrido e destacou que se trata de opinião particular.

“A Constituição Federal repudia discriminação de qualquer natureza. O que torna o povo brasileiro especial é justamente sua diversidade. O Ministério Público do Maranhão adotará posições firmes com o objetivo de coibir práticas dessa natureza”, afirma o promotor Joaquim Ribeiro Junior.

De acordo com os representantes do MPMA, o art. 20 da Lei 7.716/89, de 5 de janeiro de 1989, que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor, estabelece como crime “praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, religião ou procedência nacional”.

Os promotores destacam, ainda, que se qualquer dos crimes previstos é cometido por intermédio dos meios de comunicação social ou publicação de qualquer natureza, os condenados estão sujeitos à pena de reclusão de dois a cinco anos e ao pagamento de multa.

O MPMA também solicitou à Justiça a notificação do responsável pelo setor de Recursos Humanos da empresa Suzano em Imperatriz para prestar esclarecimentos.

1 comentário »

Preservação dos rios

0comentário

sarneyfilhoO deputado Sarney Filho, do Partido Verde Maranhense, apresentou Projeto de Lei que prevê a proteção das nascente e das áreas de preservação permanente. O projeto de número 350 de 2015 altera dispositivos da Lei Florestal.

Sarney Filho explica que todas as áreas de preservação permanente nas margens de cursos d’água e nascentes devem ser preservadas e quando degradadas devem ter sua vegetação restaurada. O deputado ressaltou ainda a crise hídrica que o Brasil enfrenta atualmente decorrente dos maus-tratos as nascentes e as matas ciliares.

“Nos sabemos que hoje o Brasil inteiro vive uma crise da água. São Paulo, Rio e Minas, estados ricos e poderosos da nação, nós estamos tendo falta d’água. Água para beber, agua para tomar banho, água para agricultura.O que nós estamos vendo agora é que pelos maus-tratos e como está se desmatando as nascentes, está se desmatando as matas que ficam ao lado dos rios, as matas ciliares, que a gente chama, os rios estão ficando assoreados e o regime de chuvas está mudando. Então, eu estou fazendo uma proposta na Câmara para que a gente possa preservar a esses cursos d’água e dos rios e com isso garantir não somente para a atual geração, mas também para os nossos filhos, para as futuros gerações que esse bem tão importante que é vida”, disse.

Sarney Filho chamou a atenção para a seca no rio Tocantins, no Maranhão, que preocupa ambientalistas. De acordo com moradores e pescadores da região, as águas do rio estão muito abaixo do verificado em anos anteriores. O assoreamento do rio em pleno inverno é grande e aparecem praias que cruzam a extensão do rio.

A proposta apresentada pelo deputado Sarney Filho, se aprovada, pode ajudar a melhorar as condições do rio Tocantins e de outros rios em todo o país.

sem comentário »

Xenofobia na internet

10comentários

Print

Os comentários de uma gaúcha identificada como Isabela Cardoso, de 24 anos, vêm causando revolta nas redes sociais. Na publicação feita no Facebook, a mulher critica os hábitos e a cultura do Maranhão. Ela morava em Imperatriz, segunda maior cidade do Estado e seria esposa de um funcionário da empresa Suzano Papel e Celulose.

“Finalmente em casa, depois de 1 ano e 7 meses na SUSANO de Imperatriz eu e meu esposo retornamos a nossa cidade. Estado pobre kkkkkkkkk. A cultura maranhense é horrível, o carnaval é um lixo ‘Tal de bomba meu boi (sic), tambor de crioula’. A maioria das mulheres são piriguetes e os Homens malandros. Mais da metade das pessoas são semi-analfabetos (sic) #AmoMinhaCidade #Gramado RS”, critica Isabela.

Na manhã desta segunda-feira (2), o promotor de Justiça do Ministério Público do Maranhão, Joaquim Júnior, publicou na rede social que o MP tratará a publicação de Isabela como crime. “PRECONCEITO: logo nas primeiras horas dessa segunda, o MP tomará providências contra ex-funcionária da Suzano em Imperatriz que fez comentários preconceituosos contra maranhenses nas redes sociais, bem como contra as mulheres que aqui residem. O fato é considerado criminoso pela legislação”, escreveu.

Ao G1, o Ministério Público disse que foi aberta uma Ação Civil contra Isabela Cardoso. Esta ação foi assinada pelos promotores Joaquim Ribeiro de Sousa de Júnior, Alessandro Brandão Marques e Ossian Filho.

Por meio de nota, a assessoria da Suzano Papel e Celulose esclareceu que Isabela Cardoso nunca fez parte do quadro de funcionários da empresa e disso repudiou o comentário da gaúcha.

Veja a nota na íntegra:

“Em relação a post publicado em rede social no último domingo (01), no qual uma suposta ex-funcionária da Suzano Papel e Celulose fez comentários desrespeitosos à cultura maranhense e à cidade de Imperatriz (MA), a Suzano esclarece que tal pessoa nunca fez parte do quadro de colaboradores da empresa, mas que, independentemente disso, a empresa repudia tal comportamento.

A Suzano ainda afirma que está plenamente satisfeita em estar presente no Maranhão e só tem a agradecer ao povo maranhense pela forma como foi acolhida.

A empresa se coloca à disposição para colaborar com quaisquer investigações que se façam necessárias e reforça que os usuários de mídias sociais são pessoalmente e integralmente responsáveis pelo conteúdo de seus posts”.

10 comentários »