Prioridade em Codó

0comentário

Secretaria de Desenvolvimento Social inaugura sede do Serviço de Acolhimento Institucional

O prefeito de Codó, Francisco Nagib e a secretária de desenvolvimento social, direito da mulher, proteção alimentar e igualdade racial, Agnes Oliveira, inauguraram na manhã desta terça-feira (17) a nova sede do Serviço de Acolhimento Institucional, que ampara crianças e adolescentes vítimas de violência sexual e com vínculos familiares rompidos. Estavam presentes na ocasião o ex-prefeito de Codó, Zito Rolim, secretários de governo, vereadores, entre outras autoridades.

De acordo com Caroliny Lima, coordenadora do serviço de acolhimento institucional, o novo espaço, que irá abrigar crianças e adolescentes, será mais amplo e confortável. “Estamos muito felizes com o novo lar, pois fizemos tudo com muito amor e carinho, para que o novo espaço possua toda a estrutura necessária para o bem estar das crianças e que possa recriar um ambiente com aspecto semelhante de uma residência, com todo o aconchego de um lar”.

O serviço de atendimento terá dois quartos, berçário, cozinha e refeitório, banheiros, salas de atendimento e área externa para lazer. De acordo com a Secretária de Desenvolvimento Social, Direito da Mulher, Proteção Alimentar e Igualdade Racial, Agnes Oliveira, o centro de acolhimento poderá atender até trinta crianças e adolescentes, propiciando aos menores um espaço acolhedor, até que justiça consiga junto a instituição restabelecer os vínculos familiares rompidos.

“Hoje é uma ocasião especial e um dia muito feliz, pois quando assumimos a secretaria uma das questões que mais tocou meu coração foi a do centro de acolhimento. Um lugar para proporcionar as crianças amor, carinho, dignidade. Esse é um dos investimentos mais importantes do governo do prefeito Francisco Nagib, pois preserva a integridade física de nossas crianças, dando-lhes toda proteção, cuidados, orientações e, sobretudo, muito carinho e amor”, explicou Agnes Oliveira.

Para o prefeito Francisco Nagib, a proteção a crianças e adolescentes, principalmente em situação de risco, será prioridade em sua administração. “Todos sabemos o quão frágil é a condição de um criança e adolescente, principalmente com vínculos familiares rompidos por alguma razão. Este centro irá cuidar dessas crianças em situação de vulnerabilidade, pois faz parte da nossa missão cuidar das pessoas, cuidar de nossas crianças. Começamos uma administração com toda a força de vontade de trabalhar por todos e querendo fazer o melhor para nossa população. Parabéns a secretária Agnes de Oliveira e toda a sua equipe”

Fotos: Ascom/ Prefeitura de Codó

sem comentário »

Omissão de Dino

1comentário

Policiais Militares desapareceram há dois meses quando estavam em serviço em Buriticupu

O deputado estadual Sousa Neto (Pros) criticou nas redes sociais a “omissão” do governo Flávio Dino (PCdoB) em relação ao desaparecimento de dois policiais que estavam a serviço em Buriticupu. Após dois meses, o caso segue sem resposta.

“Já se passaram dois meses do sumiço dos policiais militares em Buriticupu, e até agora nenhuma resposta, nenhum posicionamento do governo Flávio Dino e da Segurança Pública. Um absurdo! Um Governo ao qual o cabo Júlio César e o soldado Carlos Alberto serviam, e que agora desampara os seus”, disse.

O parlamentar pergunta onde está o Direitos Humanos.

“Cadê os Direitos Humanos? Cadê o comando da Polícia Militar do Maranhão? Filhos, esposas e familiares estão há sessenta dias, aflitos, à espera de notícias do paradeiro dos dois militares. E o que é pior, sem assistência e sem ajuda financeira, eles já estão passando necessidades”.

Sousa Neto disse que solicitou informações do secretário Jefferson Portela, mas não obteve resposta.

“Solicitamos, no mês de dezembro, do secretário de Segurança, Jefferson Portela informações das investigações do caso, e até agora nada!!! Vamos continuar acompanhando e cobrando para que o fato não caia no descaso e no esquecimento, e sim, seja elucidado!”, finalizou.

Foto: Agência Assembleia

1 comentário »

Febre amarela

0comentário

Prefeitura de São Luís disponibiliza vacinação contra febre amarela durante todo o ano

A Prefeitura de São Luís disponibiliza, durante todo o ano, doses da vacina contra a febre amarela nas unidades de saúde do município. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Semus), por conta dos casos suspeitos da doença registrados em algumas cidades de Minas Gerais, houve um aumento na procura pela imunização nos últimos dias. Desta forma, a Semus orienta a população sobre a necessidade da vacinação, mas esclarece que não há necessidade de correria aos postos de saúde.

A secretária municipal de Saúde, Helena Duailibe, tranquiliza a população. “A vacinação é de rotina, feita o ano inteiro e as doses estão disponíveis em 64 postos no município. Quem estiver com o esquema vacinal incompleto, deve ser vacinado porque a única forma de evitar a febre amarela é a vacinação”, explica a secretária.

A imunização contra a doença é feita com a administração de duas doses da vacina, sendo que a primeira delas pode ser aplicada em bebês a partir de nove meses de idade, neste caso, a segunda dose deve ser administrada antes dos quatro anos. Pessoas que receberam apenas uma dose da vacina antes de completar cinco anos de idade devem receber uma dose de reforço, respeitando o intervalo mínimo de 30 dias entre as doses.

Para quem tem a partir de cinco anos de idade e nunca foi vacinado ou não possui comprovação de vacinação, a recomendação é administrar a primeira dose da vacina e fazer o reforço após 10 anos.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não recomenda a vacina para pessoas com doenças como lúpus, câncer e HIV, devido à baixa imunidade; grávidas, alérgicos a gelatina e ovo também não devem ser vacinados. Para idosos a partir de 60 anos, o médico deverá avaliar o benefício e os riscos da vacina.

Quem tiver qualquer dúvida sobre a necessidade de tomar a vacina pode solicitar mais informações junto à Divisão de Imunização da Semus, por meio do telefone (98) 99135-9332.

Foto: Honório Moreira

sem comentário »

Sem laudos

1comentário

Castelão é o único estádio apto a receber jogos com a presença de público no Maranhense

Faltando apenas quatro dias para o início do Campeonato Maranhense um problema que se repete que é a falta de laudos dos estádios.

Se os laudos não forem encaminhados à FMF até sexta-feira, os jogos nos estádios que ainda não possuem laudo serão realizados com portões fechados.

Se a competição começasse hoje, apenas o Estádio Castelão estaria apto para receber jogos com a presença do público.

A Federação Maranhense de Futebol (FMF) ainda aguarda os laudos do estádio Frei Epifânio, em Imperatriz, Dário Santos, em São Jsé de Ribamar; Leandrão, em Barra do Corda; Rodrigão, em Santa quitéria e até do Estádio Nhozinho Santos que tem previsão de reabertura para o dia 29 de janeiro.

A primeira rodada marca os seguintes jogos: Sábado (21), às 15h45, no Leandrão, em Barra do Corda tem Cordino e Moto. O Sampaio recebe o Santa Quitéria, às 16h30, no Castelão e o Imperatriz enfrenta O São José, às 19h15, no Frei Epifânio. No domingo, o MAC pega o Americano, às 16h, no Castelão.

Foto: Biaman Prado

1 comentário »

Operação Simulacro

1comentário

Polícia cumpre mandados de busca e apreensão e material recolhido está sob análise do MP

A pedido do Ministério Público do Maranhão, a Justiça determinou a busca e apreensão, nesta terça-feira (17), nos imóveis do advogado Jorge Arturo Mendoza Reque Júnior na capital maranhense. A Polícia Civil apreendeu computadores, documentos, joias, cheques e obras de arte no escritório, localizado no Renascença, e em dois imóveis residenciais, um no bairro do Olho D’Água e outro na Ponta D’Areia.

O advogado foi um dos dez denunciados, em outubro de 2016, por pertencer a uma organização criminosa que concedia compensações ilegais de débitos tributários com créditos tributários a empresas, causando prejuízo milionário aos cofres públicos. A estimativa inicial do MPMA é que o prejuízo tenha ultrapassado a cifra de R$ 410 milhões.

O pedido cautelar complementar de busca e apreensão de documentos, bens e equipamentos eletrônicos de Jorge Arturo foi registrado no dia 13 de janeiro pelos promotores de justiça Paulo Roberta Barbosa Ramos (2ª Promotoria de Justiça de Defesa da Ordem Tributária e Econômica de São Luís), Marcia Moura Maia (12ª Promotoria de Justiça Criminal) e Pedro Lino Silva Curvelo (32ª Promotoria de Justiça Criminal), deferido na mesma data pela juíza Oriana Gomes, titular da 8ª Vara Criminal.

O MPMA já havia realizado pedido de busca e apreensão contra Jorge Arturo, em novembro do ano passado, mas as investigações apontaram que, às vésperas do cumprimento da medida judicial, o acusado retirou todos os documentos dos imóveis dele.

No pedido cautelar, os promotores de justiça destacam que um dia antes da primeira decisão de busca e apreensão deferida pelo Poder Judiciário, Jorge Arturo teria levado vários documentos do seu imóvel com “claro objetivo de embaraçar as investigações e destruir as provas dos crimes cometidos, o que representa não somente um atentado à garantia da ordem pública como também à própria conveniência da instrução criminal”.

Segundo o MPMA, Arturo era um dos principais operadores da organização criminosa, pois fazia o trabalho de agenciamento das empresas interessadas para que comprassem cotas de precatórios inexistentes para compensação.

Foto: Divulgação

1 comentário »

OAB em alta

3comentários

Edilázio diz que aumento sancionado pelo governador Flávio Dino penaliza os maranhenses.

O deputado estadual Edilázio Júnior (PV) destacou nas redes sociais, a decisão da Ordem dos Advogados do Brasil no Maranhão de entrar com duas representações contra o Governo do Maranhão por conta do Aumento do ICMS.

Segundo Edilázio, o aumento sancionado pelo governador Flávio Dino penaliza a todos os maranhenses.

“A Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Maranhão (OAB) não poderia ter tomado decisão mais acertada, ao protocolar duas ações na Justiça contra a Lei Estadual 10.542/2016 de autoria do governador Flávio Dino (PCdoB) e sancionada por ele, que aumenta alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) no estado. O aumento do imposto sobre a conta de energia elétrica, preços da gasolina, do etanol, telefonia e TV por assinatura, principalmente neste período de crise por qual atravessa o país, só penaliza o maranhense”, disse.

Edilázio elogiou a OAB e disse que o exemplo deveria servir para a Assembleia Legislativa.

“Enquanto parlamentar e advogado, me sinto no dever de reconhecer, publicamente, a atuação da OAB em favor da população do nosso estado, e que tenta reverter essa grave injustiça praticada pelo governo comunista, ao contribuinte. A OAB, diferente de outrora, quando atuava sob coloração e até imposição partidária, demonstrou com essas duas ações na Justiça que atua hoje na defesa dos interesses sociais e coletivos do povo do Maranhão. Não há bandeira vermelha, foice ou martelo. Há defesa da legalidade de ações, da ética, da Constituição, da Justiça e do Estado Democrático de Direito. Há, sobretudo, sensibilidade para com a população, lesada com esse aumento de imposto defendido pelo Palácio dos Leões. Que sirva de exemplo para a Assembleia Legislativa. E que a Casa coloque em primeiro lugar os interesses da população, e não do chefe do comunismo”, finalizou.

Foto: Agência Assembleia

3 comentários »

Combate às drogas

3comentários

Autoridades de Vargem Grande assumem luta contra as drogas no município

A Coordenadora da Comissão Externa da Câmara dos Deputados sobre consumo de drogas entre jovens, deputada federal Eliziane Gama (PPS-MA) fez a apresentação da campanha sobre drogas na manhã desta terça-feira (16) no município de Vargem Grande. As autoridades e representantes da sociedade civil presentes no evento se comprometeram a contribuir com a campanha sobre drogas no município.

“Estou muito feliz com o nível de aceitação da campanha e o engajamento da sociedade civil e do poder público. Depois retornaremos nas cidades para o lançamento da campanha”, enfatizou Eliziane.

O encontro contou com a presença de representantes do Poder Judiciário, presidente da Câmara Municipal e vereadores; além do delegado da cidade e dos Secretário de Esporte e Juventude da cidade. A audiência também contou com a presença, conselheiros tutelares, pastores e representantes da Pastoral da Juventude da cidade. O presidente da Câmara Germano Barros se comprometeu a trabalhar para a instalação do conselho sobre drogas no município.

O delegado de Vargem Grande, Pedro Henrique falou sobre a necessidade de investimento social e atividades para a juventude. Ele se colocou à disposição da campanha e pediu para que outras audiências sejam realizadas sobre o tema. “Quando o problema chega até a polícia é porque a sociedade falhou”, disse delegado.

A assistente social Neuza Muniz falou sobre a importância da estruturação dos conselheiros tutelares e cursos de qualificação profissional para a juventude e inserção no mercado de trabalho. “Precisamos dar condições de trabalho para os conselheiros tutelares e investir na nossa juventude”, afirmou.

Eliziane apresentará a campanha na tarde desta terça (17) em Chapadinha e nesta quarta-feira (18) nos municípios de Coelho Neto (9h) e Timon (15); na quinta-feira (19) em Caxias (9h) e Codó (15h) e na sexta-feira (20) em Coroatá (9h).

Fotos: Marcos Pinheiro

3 comentários »

Falta de oxigênio

2comentários

Andrea Murad vai entrar com representação no MP contra possível falta de oxigênio nas UPAs

A deputada estadual Andrea Murad (PMDB) vai pedir ao Ministério Público que apure a denúncia de falta de oxigênio em três UPAs de São Luís.

Segundo a parlamentar, o problema foi registrado nas unidades da Vila Luizão, Itaqui Bacanga e Parque Vitória, de onde foram transferidos pacientes da UTI por conta de problemas no sistema de oxigênio.

Em novembro do ano passado, a parlamentar denunciou e protocolou uma representação denunciando a falha no sistema de oxigênio que pode ter causado a morte de oito pacientes no Hospital Presidente Vargas. Os casos que já estão sendo investigados pelo Ministério Público.

2 comentários »

Sampaio Basquete

2comentários

Sampaio Basquete vai em busca da reabilitação na LBF contra Presidente Venceslau

Reabilitação em casa. Este é o objetivo da equipe do Sampaio Corrêa Basquete que encara, nesta quarta-feira (18), o Presidente Venceslau em jogo válido pela quinta rodada da Liga de Basquete Feminino (LBF). A bola sobe às 20h (horário local), no Ginásio Castelinho, em São Luís.

Para a equipe maranhense, somente a vitória interessa. Após um início ruim na competição nacional, com quatro tropeços seguidos, o Sampaio Corrêa precisa se recuperar para seguir na briga por uma vaga nos playoffs da LBF.

Para o duelo contra Presidente Venceslau, o Sampaio Corrêa conta, mais uma vez, com o apoio do torcedor maranhense. E, como mais um atrativo para o torcedor, a partida desta quarta-feira deverá marcar a estreia da ala/armadora norte-americana Jasmine James. Regularizada, a atleta deve ficar à disposição da técnica Lisdeivi Pompa.

Além do duelo desta quarta-feira, Sampaio Corrêa Basquete e Presidente Venceslau também irão se enfrentar na sexta-feira (20), novamente às 20h, no Ginásio Castelinho. Os ingressos para as duas partidas poderão ser trocados por 1kg de alimento não perecível nas bilheterias do ginásio.

Foto: Paulo de Tarso Jr.

2 comentários »

Exemplo de comunismo

1comentário

O aluguel de imóveis no Governo Flávio Dino (PCdoB) repercute na mídia nacional.

A coluna de Cláudio Humberto destacou nesta segunda-feira (16), o pagamento de aluguel no valor de R$ 30 mil por imóvel de familiares da cunhada do governador.

Segundo a coluna, o governo Flávio Dino explicou: “A família Sarney fazia o mesmo”.

1 comentário »