Caso de Polícia

28comentários

nhozinho

O torcedor que foi até o Estádio Nhozinho Santos, em São Luís-MA, para assistir o amistoso entre Moto Club e Cobreloa-CHI saiu decepcionado. Com problemas financeiros com os organizadores do evento, o time chileno se recusou a entrar em campo e a partida não aconteceu.

O empresário Ronaldo da Silva concedeu entrevista coletiva ainda no Estádio Nhozinho Santos. Organizador da partida amistosa, ele isentou o Moto Club de qualquer responsabilidade e afirmou que a direção do Cobreloa-CHI agiu de má fé.

– O Moto Club me recebeu muito bem. Eu elimino qualquer tipo de responsabilidade do Moto Club em relação ao meu contrato com o Cobreloa-CHI. Me coloco a disposição da justiça. O Crobeloa-CHI se recusou a jogar por um motivo fútil. Só por não ter água e não querer fazer um acerto financeiro no final da partida – disse.

O presidente do Moto Club, Roberto Fernandes, se pronunciou no estádio sobre o assunto. Segundo o dirigente, a equipe rubro-negra irá fazer um boletim de ocorrência e entrará na justiça pelos danos morais.

– Vamos sair agora e fazer um boletim de ocorrência. Iremos nos cercar de todas as providencias possíveis. Pegar todas as entrevistas do empresário isentando o Moto Club. Desrespeitaram o nosso torcedor e o nosso clube e tomaremos os caminhos da justiça quanto a isso – afirmou ao Globoesporte.

O presidente do Moto, Roberto Fernandes anunciou que os torcedores que adquiriram o ingresso para o amistoso que não aconteceu serão ressarcidos a partir de segunda-feira, no escritório do clube, na Rua de Nazaré, Centro.

28 comentários »

Corpo mole?

16comentários

pimentinha

O atacante Pimentinha está praticamente fora do jogo contra o Luverdense. O atleta alega estar sentindo dor na parte posterior da coxa, mas o exame médico atesta que Pimentinha está 100%.

O fato deixou o técnico Flávio Araújo irritado e aumentou ainda mais a suspeita de que o jogador estaria fazendo corpo mole. Após o exame comprovar que Pimentinha não tem qualquer contusão, ele passou a alegar cansaço muscular e por este motivo se recupera no departamento médico.

Ao ser procurado para falar sobre o assunto, Pimentinha disse que não falaria com qualquer veículo do Sistema Mirante. Ele disse que foi orientado a não conceder entrevistas aos veículos do Sistema Mirante, após a publicação de uma reportagem no Portal Imirante envolvendo o pai do jogador na partida contra o Treze.

Na ocasião, houve de fato um erro do Portal Imirante, mas a coordenação entrou em contato com o jogador e fez a retratação publicando uma nova matéria e retirando a anterior. A coordenação do Imirante chegou a pedir desculpas ao jogador pelo episódio, mas a reação de Pimentinha hoje foi outra ao se negar a gravar com o repórter Afonso Diniz para a Rádio Mirante AM e Globoesporte.

Bom, menos Pimentinha…

Por telefone, o presidente do Sampaio, Sérgio Frota disse que chamará Pimentinha para conversar sobre o assunto. Ele lamentou o fato e disse que o assunto já deveria ter sido superado pelo jogador, uma vez que após o erro, o veículo se retratou ao publicar uma nova reportagem. “Vou conversar com o Pimentinha. A imprensa toda e o Sistema Mirante só tem ajudado o Sampaio e não quero isto neste momento”, adiantou.

16 comentários »

MP e OAB apertam advogado

16comentários

Gustavo Zanelli Ferreira

A procuradora-geral de justiça, Regina Lúcia de Almeida Rocha, representou junto à OAB e apresentou notícia crime junto à Procuradoria da República no Maranhão nesta quinta, 12, contra o advogado Gustavo Zanelli Ferreira, pela prática de ofensas de caráter racial e discriminatório contra a cultura e a população nordestina e maranhense.

O vice-presidente da OAB/MA, Valdênio Caminha, no exercício da presidência da Seccional Maranhense, disse que a diretoria já adotou as medidas legais cabíveis, no âmbito da entidade, para apurar a conduta do advogado paranaense Gustavo Zanelli tendo em vista postagens com cunho preconceituoso, a ele atribuídas, em seu perfil em uma rede social.  O vice-presidente disse, ainda, que o advogado entrou em contato com a OAB/MA para informar que o seu perfil no facebook teria sido invadido, negando, inclusive, a autoria dos textos publicados.

16 comentários »

Xenofobia pura

99comentários

oab

É grande a repercussão nas redes sociais da postagem do advogado Gustavo Zanelli. Ele defendeu a divisão do país e fez críticas ao Maranhão e ao Nordeste.

Por telefone tentamos contato com o advogado por meio de um telefone disponibilizado na página do Conselho Federal da OAB. A pessoa que atendeu a ligação disse que Gustavo não estava, estava no Maranhão.

Minutos depois, o advogado retornou a ligação para o celular e disse não entender a reação das pessoas. “Fiz uma crítica de conhecimento público sobre a questão do nepotismo e não estou entendendo a reação das pessoas”.

Ao ser perguntado se o perfil no facebook era seu, o advogado confirmou que sim. Ele, no entanto não quis comentar as declarações sobre o Maranhão e o Nordeste. “Me permita desligar a ligação. Eu só vou falar sobre o assunto em juízo”, afirmou.

O advogado disse não estar mais no Maranhão.

 

tela3tela2

tela1tela4

99 comentários »

Rumos do PSB

0comentário

lucianoleitoa

O prefeito de Timon, Luciano Leitoa foi o entrevistado de hoje no Ponto Final, com Jorge Aragão na Rádio Mirante AM. Ele falou sobre os 9 meses de administração e do posicionamento do seu partido, o PSB para a eleição do próximo ano.

Luciano disse que desde que assumiu já pagou R$ 9 milhões em salários de funcionários que estavam atrasados. “Assim como muitos municípios maranhenses, também Timon foi uma Prefeitura que recebemos com muitos problemas. Nós já pagamos R$ 9 milhões em salários atrasados e R$ 2 milhões em ISS que não foram honrados pela administração anterior. Somente na semana passada nós tivemos condições de tirar Timon da inadimplência. Hoje o nosso maior gargalo é a educação. A maioria das escolas em Timon são escolas comunitárias. Outro problema é a questão da saúde pública”, destacou.

O prefeito de Timon falou sobre a relação com o governo do Estado e criticou o acirramento de grupos políticos na relação com os municípios. “Nessa relação, todo mundo sabe qual é o meu posicionamento político. As relações intitucionais tem que partir dentro do respeito. Tive reuniões com a governadora e ela olhou a pauta e ficou de verificar a possibilidade de resursos para Timon. Neste novo momento político eu acho que não cabe nenhum tipo de acirramento. Este é um pensamento pequeno. Também o Luís Fernando Silva esteve lá e nós recebemos”, afirmou.

Luciano Leitoa que também é presidente da Excutiva Regional do Partido Socialista Brasileiro (PSB) falou sobre a reorganização do partido visando a eleição de 2014. “Vamos ter um encontro aqui visualizando a questão Estadual e também Municipal. Vamos contar com a presença do presidente do partido Eduardo Campos”, disse.

Segundo Luciano, o PSB no Maranhão estará alinhado a questão nacional e defendeu uma única candidatura na Oposição. “O PSB tem este alinhamento com a Oposição, mas o partido está alinhado também com a questão nacional. Temos aqui o Flávio Dino e o PSB está alinhado neste caminho. A Oposição precisa ter a capacidade de unir em torno de uma candidatura única ou vai acabar perdendo para ela mesmo. Mas quem vai fechar tudo será a questão nacional com a possibilidade da candidatura do governador Eduardo Campos à Presidência da República”, finalizou.

sem comentário »

Mudança no Sampaio

12comentários

pimentinhaeedgar
Mais do que qualquer estratégia de jogo é o emocional dos jogadores do Sampaio que deve ser trabalhado pela comissão técnica e diretoria neste momento decisivo para o time no Campeonato Brasileiro Série C.

É uma bobagem muito grande como tenho dito aqui procurar culpados neste momento. O fato é que o Sampaio deixou de ser uma equipe com pensamento coletivo e isto quando ocorre é fatal no futebol. Mas ainda é possível reencontrar o caminho certo.

Jogadores importantes que deixaram de render aquilo que estamos acostumados a ver não devem esperar a cobrança de ninguém, muito menos do torcedor que é passional. Todo mundo sabe que o Sampaio depende muito de Rodrigo Ramos, Arlindo Maracanã, Eloir e Pimentinha. E se alguma coisa não anda bem com alguém desse quarteto é bem provável que o time inteiro sofra também.

As mexidas anunciadas pelo técnico Flávio Araújo são necessárias, mas a maior delas é na cabeça de cada um. Inclusive do próprio treinador que tem aprovação total da torcida, mas também não deve descansar diante da situação.

O tempo é curto, mas Flávio precisa encontrar novas alternativas de jogo. Está na cara que o Sampaio se tornou previsível e nem seria diferente. Se imaginarmos que esse time vem desde o ano passado “bombando” é claro que viraria alvo de adversários. É o que acontece neste momento. O Sampaio era o time a ser batido.

Todos já sabem como e quem joga no Sampaio. É preciso criar alternativas. E sem querer dar uma de treinador que não é a minha perguntaria: porque não Pimentinha e Edgar? Que time na Série C tem dois atacantes com tanta acidez e qualidade? Os dois jamais foram titulares juntos nesse time.

Sempre entendi que no futebol a melhor forma de se defender é atacando. E esta pode ser a grande alternativa do Sampaio de agora em diante.

Vale a reflexão…

Foto: Paulo Soares/ O Estado

12 comentários »

Praça do Jegue

0comentário

pedrolucasfernandes

Por meio de requerimento aprovado nesta quarta-feira (11), pelo plenário da Câmara, o vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) solicita que a Prefeitura de São Luís realize a reforma e a revitalização da chamada “Praça do Jegue”, situada no canteiro central da Avenida José Sarney, na Camboa.

Localizada em um dos bairros mais populosos de São Luís, próximo ao Centro Histórico, o logradouro perdeu sua essência e se transformou em uma espécie de estábulo a céu aberto, usada por carroceiros para alimentar e recolher animais, o que deixa o local tomado pelo mau cheiro de urina e de fezes.

O petebista quer que o espaço seja completamente revitalizado, para servir ao lazer da comunidade, e que seja destinado um local próximo, com infraestrutura adequada, para o uso dos carroceiros.

“A comunidade precisa de um espaço de lazer e os carroceiros precisam de um espaço para recolher os animais, que são suas ferramentas de trabalho”, disse Pedro Lucas.

sem comentário »