Sampaio perde e segue na lanterna

14comentários
Sampaio abre o placar, mas sofre a virada e perde para o CRB, no Rei Pelé, em Maceió

Sampaio abre o placar, mas sofre a virada e perde para o CRB, no Rei Pelé, em Maceió

Está cada vez mais difícil para o Sampaio…

O time maranhense saiu na frente, fez 1 a 0, mas cedeu o empate e acabou tomando a virada para 2 a 1 e perdeu para o CRB, no Estádio Rei Pelé, em Maceió pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro Série B.

O Tricolor segue em crise profunda na competição. Após 7 rodadas, o time não csabe o que é vencer. Incluíndo a Copa do Brasil e o Campeonato Maranhense são nove jogos sem vitórias (8 derrotas e 1 empate).

O gol do Sampaio foi marcado logo no início da partida por Léo Gago cobrando pênalti sofrido por Pimentinha.

O CRB empatou ainda no primeiro tempo com o atacante maranhense Lúcio Maranhão e virou com Rodolfo na etapa final.

Com a derrota, o Sampaio segue em último com apenas 1 ponto. O CRB, com 12 pontos ocupa a sétima colocação.

O próximo confronto do Sampaio será contra o Criciúma, na sexta-feira, às 20h30, no Castelão, em São Luís.

Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas

14 comentários »

“Agora é com Marcelo Tavares”, diz Andrea

3comentários
"Espero que o governo cumpra imediatamente o pedido desta casa.", diz Andrea

“Espero que o governo cumpra imediatamente o pedido desta casa.”, diz Andrea Murad

Quase que de forma unânime os deputados aprovaram requerimento do deputado Adriano Sarney que pede informações ao chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, sobre as obras financiadas pelo BNDES. Já é a segunda vez que deputados buscam informações sobre o andamento dos projetos, a primeira a solicitar foi a deputada Andrea Murad (PMDB) que há 10 meses oficiou na Casa Civil um pedido de esclarecimentos que até hoje não foi respondido.

Na época, a parlamentar também entregou nas mãos do presidente da Assembleia, deputado Humberto Coutinho, um relatório completo das obras do BNDES no Estado. Em discurso nesta terça-feira (7), Andrea disse que espera uma resposta imediata do governo encaminhando as informações completas sobre as obras.

“Espero que o governo cumpra imediatamente o pedido desta casa. Em agosto do ano passado oficiei a Casa Civil, entreguei aqui o relatório e não nos deram retorno. Então, vamos aguardar todas as informações atualizadas, constatar, de fato, onde estão os principais  erros  cometidos e para que nós possamos  fiscalizar in loco cada obra que está em andamento no Maranhão”, disse.

Andrea Murad criticou ainda a ausência de dados durante a reunião com técnicos do BNDES no Rio de Janeiro e ressaltou um dos pontos questionados na área da saúde sobre hospitais prontos e que ainda não foram inaugurados, cuja justificativa foi o pedido de aditivos aos projetos pelo governo Flávio Dino.

“O fato é que aquela reunião onde os próprios técnicos não tinham absolutamente nenhum documento em mãos, nenhuma informação concreta, sem dados que a gente pudesse discutir ali, não fez o menor sentido. Tudo que se perguntava eles pediam que enviassem a pergunta por ofício. O fato é que os técnicos do BNDES, não sabe sequer que há sim obras prontas para inaugurar, equipadas e estão abandonadas. Um dos fatos afirmados pelos técnicos do BNDES para justificar o atraso na inauguração de hospitais é que o governo pediu para todos os macrorregionais que eles não inauguraram, que estavam todos prontos, inclusive com equipamentos, pediram aditivos e agora estão aí esperando a aprovação dos aditivos. Algo me intrigou nessa informação. O governo não achou que a saúde gastou tanto e agora eles vão pedir mais aditivos? Voltarei a tratar desse assunto assim que tiver os dados exatos. Mas o fato é que são centenas de obras paradas pelo Maranhão, hospitais que já eram para estar inaugurados e que hoje estão destruídos. E isso não se justifica, é um verdadeiro absurdo o governador deixar que isso aconteça”, discursou a deputada.

3 comentários »

Governo terá que explicar uso de empréstimo

3comentários
Governo terá de explicar utilização do empréstimo do BNDES, diz Adriano Sarney

Governo terá de explicar utilização do empréstimo do BNDES, diz Adriano Sarney

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) teve aprovado pelo plenário da Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (7), o seu requerimento de informações ao Governo do Estado sobre o empréstimo de R$ 3,8 bilhões do BNDES. Foram 21 votos a favor do requerimento e apenas dois votos contra, um fato até então inédito para a ala de oposição nesta legislatura.

De acordo com o requerimento (número 281/2016), será solicitada ao secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares, informações detalhadas sobre a alocação de recursos proveniente do empréstimo assinado entre o BNDES e o Governo do Estado, ainda na gestão Roseana Sarney, até o período atual (gestão Flávio Dino).

Em fins de maio deste ano, o deputado Adriano Sarney havia discursado na tribuna sobre o financiamento de R$ 3,8 bilhões do BNDES. Na oportunidade, a proposição de esclarecer a aplicação dos recursos, tanto no governo anterior como no atual, foi endossada pela liderança do governo na Assembleia.

“O financiamento de R$ 3,8 bilhões deixado pelo governo Roseana Sarney é um presente, uma herança bendita, para o governo atual”, declarou o deputado, na ocasião. O deputado disse ainda que, sem esse recurso “o governo atual certamente estaria sem fazer grandes obras ou talvez nada, por que sabemos que o país passa por uma grande crise e, mais ainda, sabemos que o governo estadual tem uma política econômica equivocada, que fez com que a economia do Maranhão se agravasse mais do que a de outros estados da Federação”, explicou Adriano.

Ainda segundo o deputado, no governo passado, o crescimento econômico do Maranhão foi superior ao de outros estados brasileiros e que, atualmente, tem apresentado quedas maiores do que a média nacional. O parlamentar ressaltou que o requerimento de informações se refere a todas as obras que foram financiadas pelo BNDES e em cada município do estado.

3 comentários »

Edivaldo leva asfalto a Cidade Olímpica

1comentário
Prefeito Edivaldo Holanda recebido com carinho por moradores da Cidade Operária

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior é recebido com carinho por moradores da Cidade Olímpica

Os moradores do Bloco C da Cidade Olímpica terão todas as ruas pavimentadas pela Prefeitura de São Luís. O anúncio foi feito pelo prefeito Edivaldo, em ato no fim de semana que contou com a presença de lideranças comunitárias e moradores da região

A obra, coordenada pela Secretaria de Obras e Serviços Públicos (Semosp), já está em execução e beneficiará mais de 800 famílias do bairro.  Para Edivaldo anunciar a ação de urbanização nas ruas do Bloco C é um fato histórico.

“São 20 anos que esta comunidade espera por este serviço. Estamos honrando mais este compromisso com a população de São Luís, apresentando aos moradores desta parte da Cidade Olímpica uma ação que tem por objetivo trazer cidadania, dignidade e qualidade de vida para a comunidade”, disse Edivaldo.

O prefeito de São Luís destacou que foi por meio de muito planejamento, trabalho e responsabilidade que a Prefeitura de São Luís tem conseguido avanços significativos na saúde, educação e infraestrutura, além de projetos estruturantes nas demais áreas de sua administração.

(mais…)

1 comentário »

Urbanização beneficiará municípios da Ilha

8comentários
FlavioDino

Flávio DIno autoriza obre de pavimentação que vai beneficiar municípios da Grande São Luís

O governador Flávio Dino (PCdoB) e o prefeito Gil Cutrim (PDT) autorizaram, nesta terça-feira (7), o início das obras de pavimentação e urbanização da Avenida Nossa Senhora da Vitória, que corta os municípios de São Luís, São José de Ribamar e Paço do Lumiar.

A cerimônia aconteceu no período da manhã no complexo da Praça da Juventude do Parque Vitória, inaugurado por Cutrim ano passado. Participaram do ato várias lideranças políticas e comunitárias da Ilha, dentre elas o prefeito da capital, Edivaldo Holanda Júnior, e o deputado estadual Glalbert Cutrim – ambos do PDT – que representou a Assembleia Legislativa.

“Cadastramos o projeto de urbanização da avenida no Governo do Estado desde 2014. Solicitamos ao governador Flávio, tão logo o mesmo assumiu, apoio para executar a obra. E, finalmente, o que era sonho agora se tornou realidade”, afirmou Gil Cutrim.

Os trabalhos terão duração de seis meses e serão custeados com recursos estaduais da ordem de mais de R$ 3 milhões. Consistirão no asfaltamento e implantação de sistema de drenagem profunda em um trecho de cerca de dois quilômetros da avenida, o que colocará fim aos alagamentos e beneficiará moradores de vários bairros ribamarenses.

Um outro trecho da via, localizado no território de Paço do Lumiar e que faz interligação com a MA – 202 (Estrada da Maioba), receberá serviços de recuperação asfáltica. Ruas que interligam bairros de São José de Ribamar localizados nesta região, tais como Parque Vitória, Parque Jair, Alto do Turu e Jardim Turu, por exemplo, também serão contempladas com serviços de recuperação da malha viária.

(mais…)

8 comentários »

Derrotas em amistosos não afetam MAC

0comentário
LuisMiguel

Técnico Luís Miguel diz não estar preocupado com derrotas do MAC em amistosos

O MAC estreia no próximo domingo no Campeonato Brasileiro Série D, no próximo domingo (16), no estádio Castelão contra o Altos-PI.

Antes do primeiro compromisso, o time realizou três amistosos com duas derrotas e uma vitória. O MAC venceu o São José por 4 a 1 e foi derrotado para o Americano por 2 a 1 e para um combinado formado por jogadores sem clube por 3 a 1.

O técnico Luís Miguel minimizou os resultados e adiantou que o time está evoluíndo.

“Nós estamos com muito volume de jogo, mas pecando nas finalizações. O time está crescendo. Se eu quisesse ganhar amistoso, tinha mantido o time titular o tempo todo e não mudaria a equipe toda”, disse ao Globoesporte.

O time base que vem sendo lançado por Luís Miguel e que deve ser utilizado na estreia tem o goleiro Paulo Rafael; Johildo, Rômulo Ferreira e Leomar; Daylson, Sandro, Otávio, Rômulo César e Ratinho; Elton e Gileard.

Foto: Didupaparazzo

sem comentário »

Expoema é cancelada por falta de local

0comentário
Expoema

Governo pediu a devolução do Parque Independência à Associação dos Criadores do Maranhão

A decisão do Governo do Estado em pedir a devolução do Parque Independência levou a Associação dos Criadores do Maranhão (Ascem) a cancelar a Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema), que seria uma grande festa em comemoração aos 60 anos deste que é o maior evento agropecuário do Norte e Nordeste do país.

A Expoema, que tradicionalmente acontece no mês de setembro, começou a ser ameaçada por volta de 30 de março, quando o Governo do Estado manifestara sua intenção de retomar o Parque Independência, que é administrado pela Ascem em forma de comodato, desde 2009 e cuja vigência vai até 2026.

Desde então, a Associação vinha tentando dialogar com o governo, sem avanços. Dia 2 deste mês, recebeu ofício da Secretaria de Estado de Gestão e Previdência (Segep) informando que a entidade deveria entregar as chaves do Parque Independência em 24 horas a contar da hora do recebimento da comunicação.

Sem a garantia do espaço, segundo o presidente da Ascem, José Assub Neto, não há como realizar a Expoema, que este ano seria emblemática por estar na sua 60ª edição. “Infelizmente não temos condições de realizar a exposição, que todos os anos gera milhões de reais em negócios, movimentando a economia local”, declarou.

O ex-presidente da Ascem, o pecuarista Cláudio Azevedo, classificou como lamentável a decisão do Governo do Estado em retomar o Parque Independência, resultando no cancelamento da Expoema. “É uma decisão impensável do governo, que vai de encontro ao desenvolvimento do Maranhão, posto que a Expoema fomenta essa importante atividade econômica que é a agropecuária”. Disse.

Cláudio Azevedo lembrou que ao longo dos anos a Expoema contribuiu fortemente para o melhoramento genético do rebanho maranhense – bovinos, eqüinos, ovinos e caprinos, por meio da realização de provas, julgamento de animais e leilões.

Foto: Flora Dolores/ O Esatdo

O Estado

sem comentário »

Uchoa reage a críticas de Jefferson Portela

0comentário
SebastiaoUcha

Sebastião Uchoa foi delegado do Meio Ambiente e ex-secretário de Administração Penitenciária

O ex-delegado de Meio Ambiente e ex-secretário de administração Penitenciária, Sebastião Uchoa reagiu às críticas feitas pelo secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela sobre Pedrinhas, em entrevista à revista Carta Capital, publicada no fim de semana.

Segundo Uchoa, “é muita ousadia falar sem conhecimento de causa por parte de uma pessoa que sequer domina tecnicamente a pasta que politicamente assumiu”.

O ex-secretário disse não temer as  perseguições e que somente a morte lhe calará. “Não tenho medo de perseguições sob qualquer espécie e, enquanto continuarem mentindo ou omitindo sobre Pedrinhas e tentando subjugar nossos inúmeros verdadeiros e estratégicos combates a organizações criminosas que se instalaram em Pedrinhas, somente a morte física me calarará”, afirmou

Veja a íntegra da resposta de Uchoa:

É muita ousadia falar sem conhecimento de causa por parte de uma pessoa que sequer domina tecnicamente a pasta que politicamente assumiu.

Falar que herdaram desordens, “que estão construindo presídios”, mais precisamente que “… o maior controle sobre os presos resultou na resposta violenta da facção nas ruas” e “Eles queriam o retorno a regras da gestão anterior, quando os presos tinham liberdade para ficar soltos no pátio”, e apelando no sentido de que “o novo governo impôs o uso obrigatório de uniformes e refez o gradeamento de todas as celas”, e que “a realidade prisional do Maranhão é aquela que foi herdada da administração anterior.

E “Estamos inaugurando novas unidades, mas convivemos com a superlotação, um problema nacional”, por fim “defende a estratégia de isolamento das facções rivais”, é no mínimo ser digno dos adjetivos que um deputado estadual lhes deu ano passado, assim como de profunda adjetivação recebida numa charge de um conceituado jornal no estado, com a palavra depreciativa de “verborrético”.

Onde, parecem-me que bem se encaixa na defesa fundamentalista de um modelo de gestão que já nasceu morto em várias acepções, embora os esforços dos heróicos de plantão existentes nas forcas policias civis e militares, no estado.

Desafio a ele ou a quem fizer sua vez para um debate técnico, moral e ético, sobretudo apartidarizado, fente a frente para se discutir Pedrinhas e Segurança Pública em todos os sentidos.

Contudo, repito, tecnicamente, sem jargões, sofismas ou decorebas inflamatórias, que visam vender ilusão ao povo que cansado se encontra diante do caos que se instalou no estado, a partir da completa politização da pasta, tão avisado que se foi, antes que o governo em curso assumisse a grande missão de promover “mudanças” no cenário da gestão estadual como um todo.

Por isso que Carta Capital, desta feita, parece-me não fora tão infeliz com sua matéria, por conseguinte, puxou-me à presente reação.

Por fim, repito: não tenho medo de perseguições sob qualquer espécie e, enquanto continuarem mentindo ou omitindo sobre Pedrinhas e tentando subjugar nossos inúmeros verdadeiros e estratégicos combates a organizações criminosas que se instalaram em Pedrinhas, somente a morte física me calará, tenham certeza disso!”

sem comentário »

Sampaio tenta primeira vitória na Série B

6comentários
Sampaio

Sampaio vai buscar em Maceió, diante do CRB a sua primeira vitória no Brasileirão

Precisando desesperadamente da vitória para iniciar uma reação no Campeonato Brasileiro Série B, o Sampaio volta a campo nesta terça-feira (7), às 19h15, para enfrentar o CRB-AL, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.

A campanha do Sampaio como todo mundo sabe é muito ruim neste início de competição. Após seis rodadas, o time maranhense é o último colocado com apenas 1 ponto e ainda não venceu.

O Sampaio realizou seis jogos. Perdeu cinco e empatou apenas um diante do Bragantino e em pleno Castelão, além disso sofreu três derrotas em casa para Vasco, Paraná e Ceará.

Levou duas goleadas humilhantes 4 a 0 para o Vasco e 5 a 0 para o Náutico, mas no Tricolor todos acreditam que somente com trabalho é que os bons resultados virão.

Para a partida de hoje, o Sampaio sofrerá várias alterações. O técnico Wagner Lopes sequer divulgou a lista dos jogadores que viajaram para Maceió. A partida pode marcar a reestreia do goleiro Rodrigo Ramos.

A vitória certamente hoje em Maceió não vai tirar o Sampaio da zona de rebaixamento, mas será um passo importante e o início da reação tão esperada pelo torcedor Tricolor.

Tudo sobre CRB-AL e Sampaio você acompanha ao vivo pela Rádio Mirante AM.

6 comentários »