Copa do Brasil não terá gol qualificado

0comentário

A CBF elaborou o Regulamento Específico da Competição (REC) da Copa do Brasil 2018, com todos os detalhes para a disputa da próxima edição. O formato foi mantido, mas o documento traz uma grande novidade: não haverá gol qualificado em nenhuma das fases. Ou seja, os gols marcados na casa do adversário não valem mais como critério de desempate.

“Esse tema está em análise há algum tempo. Levamos em consideração as opiniões dos clubes, técnicos, jogadores e profissionais envolvidos no universo do futebol. Diante do sucesso da Copa do Brasil e de sua importância crescente, entendemos que a melhor decisão seria padronizar a questão do gol qualificado, promovendo maior equilíbrio técnico”, explicou o diretor de Competições da CBF, Manoel Flores.

Outra mudança

Atendendo aos pedidos dos clubes, a data limite para inscrição de jogadores foi ampliada na Copa do Brasil. O prazo deste ano foi o dia 24 de abril. Em 2018, as equipes poderão receber novos atletas até 30 de julho, antes das Quartas de Final.

Ainda que o Regulamento Específico esteja sendo divulgado nesta sexta-feira (1º), todos os participantes da competição serão conhecidos após a conclusão do Brasileirão – Série A e da Copa Sul-Americana, pois os resultados influenciam no Ranking da CBF, que é base para definição de clubes classificados e sorteio dos confrontos.

No Maranháo, os representantes ser” ào Sampaio (campeão maranhense) e o Cordino (vice).

Prêmio recorde

Em termos de premiação por desempenho, a Copa do Brasil será  a principal competição a partir de 2018.  Serão R$ 50 milhões destinados ao campeão, outros R$ 20 milhões ao vice-campeão, R$ 8 milhões aos clubes semifinalistas, além de R$ 4 milhões pela participação nas quartas de final, valores sem precedentes na América do Sul. Somando as cotas das fases anteriores ao prêmio pelo título, o campeão pode faturar até R$ 68,7 milhões, considerando que participe desde a primeira fase.

sem comentário »

Nando Reis no Luau Bora4 em São Luís

0comentário

Cantor e compositor paulistano Nando Reis se apresenta em São Luís no dia 22 de dezembro, no Boracay (Av. Litorânea), iniciando em grande estilo o projeto “Luau Bora4”. Ele traz a turnê de seu muito elogiado pela crítica Jardim-Pomar, álbum indicado ao Grammy Latino 2017.

É possível adquirir o ingresso usando a solidariedade. No “Natal sem fome” da produtora 4Mãos Entretenimento, você doa uma lata de leite em pó e tem 50% de desconto na compra do ingresso de qualquer setor, mas vale lembrar que o desconto é apenas no valor do acesso e não no serviço. A promoção é válida apenas na compra de ingressos de inteira.

No show, Nando Reis vai apresentar ao público as músicas inéditas do disco Jardim-Pomar, além de vários sucessos da longa carreira iniciada no começo dos anos 1980.

Teremos canções como Só Posso Dizer, Azul de Presunto, Pra Onde Foi, Inimitável, entre outras do novo disco, e hits inclusive regravados e tornados sucessos nas vozes de outros músicos, como Os Cegos do Castelo, Sou Dela, All Star, O Segundo Sol, Relicário e Marvin, de seus tempos de Titãs, banda na qual permaneceu por bons 20 anos.

Roger Velloso dirige o espetáculo e divide a concepção visual com Nando Reis. Ele conta que tudo foi montado com muita simplicidade, para mostrar uma perspectiva completamente nova do cantor para o público.

“Será um show muito pessoal, para mostrar, além das músicas, Nando Reis por inteiro”, conta Velloso. O espaço cênico foi montado com transparências que se sobrepõem, imagens em movimento e um projeto de luz que cria um jogo entre as imagens, as músicas e a plateia.

Durante o show, o público poderá ouvir sons pré-gravados (conversas, vozes, sons mecânicos, rotina, cotidiano, passos e bastidores) que dialogam com a performance de Nando e sua banda.

Ações da turnê

Nando Reis preparou duas ações especiais para a turnê do CD Jardim-Pomar. A primeira delas tem muito a ver com o nome do disco e a preocupação com o meio ambiente, que permeia os pensamentos do cantor. A ideia é distribuir ao público dos shows sementes de árvores nativas de cada bioma do país. Com isso, Nando quer criar consciência ambiental e alertar para a importância de se preservar e plantar.

A segunda ação será o lançamento dos discos ao vivo durante a turnê. Em parceria com a ONErpm, o cantor lançará um álbum por show para que os fãs possam acompanhar cada apresentação da turnê. Cada lançamento estará disponível em todas as plataformas digitais de Nando Reis, alguns dias após a realização do espetáculo.

Serviço

Os ingressos estão à venda na Bilheteria do BoraBar (Av. Litorânea), Loja Visótica (Tropical Shopping) e Loja Ingressando (São Luís Shopping). Área vip com serviços de salgados, custa R$ 90 e a Casadinha R$ 160, o Camarote, com serviço de salgados e frios, R$ 120 e a Casadinha R$ 220.

Foto: Divulgaçào

sem comentário »

Prefeitura combate evasão escolar em SL

0comentário

Enquanto pais, tios, irmãos ou avós estudam na sala de aula, as crianças brincam e participam de atividades lúdicas em um ambiente especial. Essa é a proposta da Sala de Acolhimento, implantada pela Prefeitura de São Luís na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Carlos Saad, na Vila Mauro Fecury, na região Itaqui-Bacanga.

A iniciativa, da Secretaria Municipal de Educação em parceria com a Fundação Vale e o Instituto Formação, tem o intuito de incentivar jovens e adultos a prosseguirem nos estudos, levando em consideração que muitos deles deixam de ir às aulas por não terem com quem deixar as crianças.

Com capacidade para receber até 25 crianças entre 4 e 10 anos, a iniciativa integra o programa “Escola que Acolhe”, da Prefeitura de São Luís, por meio da Semed. O prefeito Edivaldo ressalta que a preocupação do poder público é “assegurar as condições necessárias para que os cidadãos tenham acesso ao ensino”.

“É através da educação que as pessoas desenvolvem habilidades e valores humanos. Cientes da importância de investir no ensino, estamos trabalhando para garantir ao cidadão o direito à educação. Com a sala de acolhimento, em especial, estamos oferecendo a jovens e adultos a oportunidade de deixarem suas crianças em um local seguro e adequado enquanto aprendem”, diz.

A primeira Sala de Acolhimento para alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) de São. Luís foi implantada na U.E.B. Carlos Saad. A sala, inaugurada em 18 de outubro, tem a proposta de contemplar os moradores do Itaqui-Bacanga que precisam estudar a noite e não têm com quem deixar seus filhos, irmãos pequenos ou sobrinhos.

O objetivo é também resgatar jovens e adultos que deixaram a escola, combatendo, assim, o analfabetismo no estado através dessa e outras ações desenvolvidas na área da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

O secretário municipal de Educação, Moacir Feitosa, explica o objetivo do trabalho. “Essa é umas das estratégias do prefeito Edivaldo para aperfeiçoar o ensino na rede municipal. O objetivo de ações como essas é estimular os estudantes a permanecerem em sala de aula”, destacou o secretário.

Fotos: Maurício Alexandre

sem comentário »

Dinheiro que faz falta

0comentário

A revelação da Polícia Federal de que a Operação Pegadores encontrou indícios de desvios de, pelo menos, R$ 18 milhões da Saúde do Maranhão – “pelo menos”, porque pode ser mais – pode ajudar a responder uma pergunta que se faz desde o início do governo Flávio Dino: por que os serviços nos hospitais da rede estadual pioraram tanto nos últimos anos?

O fato é que o dinheiro desviado faz falta. Faz falta, por exemplo, porque a “folha complementar” descoberta pelos federais era quitada com verbas direcionadas a pelo menos três unidades hospitalares do Maranhão.

De acordo com as investigações da PF, os recursos para os pagamentos “extras” saíam do Hospital Geral (Tarquínio Lopes Filho), do Hospital Presidente Vargas e da Unidade Mista do Maiobão.

A informação consta de planilhas encaminhadas por um funcionário do ICN à Secretaria de Estado da Saúde (SES), ainda em 2015, e são exatamente aquelas que chegaram às mãos do então subsecretário de Saúde, Carlos Lula, hoje titular da pasta.

Ainda de acordo com a PF, com o fim do contrato entre a SES e o ICN, outros institutos assumiram o pagamento dessa folha, gradativamente, até ela ser assumida pela própria administração estadual.

O resultado desse desvio ainda é sentido na rede estadual de Saúde: no Hospital Geral, por exemplo – unidade especializada no tratamento de Câncer -, está em falta desde o início do mês passado o medicamento Aromasin (Exemestano). Uma caixa dele, com 30 comprimidos, custa aproximadamente R$ 600,00. O remédio é de uso contínuo, principalmente para quem trata câncer de mama.

Mas a SES deixou faltar. Só nunca faltou verba para a “folha complementar”.

Estado Maior

sem comentário »

Edivaldo Holanda comanda encontro do PTC

0comentário

O presidente estadual do Partido Trabalhista Cristão (PTC), deputado estadual Edivaldo Holanda, demonstrou força e prestígio político nesta sexta (01), durante Encontro Estadual que reuniu filiados e lideranças estaduais e nacionais para discutir os rumos do partido nas eleições de 2018. Na oportunidade, Edivaldo declarou apoio à reeleição do governador Flávio Dino e à candidatura do deputado federal Weverton Rocha ao senado.

Além de vereadores, prefeitos e vice-prefeitos de todo o Estado, o encontro contou com a presença do governador Flávio Dino; do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi; do prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior; do deputado federal Weverton Rocha; e do presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputado Othelino Neto.

“O PTC acredita que o Maranhão está no rumo certo e por isso precisa dar continuidade à política de desenvolvimento implantada pelo Governo Flávio Dino, dando segmento aos avanços que estão sendo conquistados”, afirmou Edivaldo, que abriu oficialmente o encontro ao lado do presidente nacional do PTC, Daniel Tourinho e do deputado estadual Evaldo Gomes (PTC-PI). “Um momento muito importante, pois estão em pauta o debate político para a consolidação das escolhas da sigla para as eleições majoritárias de 2018 no Maranhão, e as composições para o pleito proporcional”, destacou.

Em todos os discursos, a lideranças políticas deixaram mensagens de apoio e aliança ao projeto político do PTC, além de declarar apoio à reeleição do governador Flávio Dino e à candidatura de Weverton Rocha ao senado. “Seguimos reforçando nossas alianças políticas e a parceria de sempre. Weverton pode contar com o PTC, que já fechou aliança com o PDT para representar o Maranhão como senador”, declarou o deputado.

Edivaldo Holanda também agradeceu as palavras de apoio do prefeito Edivaldo Holanda Junior, que tem feito um grande trabalho pela cidade, avançando com obras e projetos mesmo diante de um cenário de crise nacional. “Em 2018, somaremos forças em prol de mais desenvolvimento para São Luís e para o Maranhão”, completou.

O evento foi encerrado com a filiação de novos membros do partido. Lideranças como Telma Pinheiro; deputado Costa Ferreira; e os secretários Canindé Barros, Israel Ferreira e Moacyr Feitosa; entre outros.

sem comentário »