TCE desprova contas de Genival Fonseca

0comentário
Ex-vereador Genival Fonseca (Foto/Divulgação)

Ex-vereador Genival Fonseca (Foto/Divulgação)

RIBAMAR FIQUENE – Em sessão ordinária realizada quarta-feira, 9 de abril de 2014, o Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE), desaprovou as contas apresentadas por vários gestores no exercício financeiro de 2009.

As contas do ex-presidente da Câmara Municipal de Ribamar Fiquene, Genival Fonseca Pinheiro (2009) foram desaprovadas, com débito de R$ 38.892,38 (Trinta e oito mil oitocentos e noventa e dois reais e trinta e oito centavos) e multa de R$ 14.468 (Quatorze mil quatrocentos e sessenta e oito reais).

O ex-presidente da Câmara de Vereadores tem o prazo de 30 dias para apresentar razões de defesa ou recolher os respectivos valores aos cofres da Fazenda Estadual. Caso tenha a pretensão de candidatar-se a cargo eletivo nas eleições deste ano já estaria na lista dos  considerados inadimplentes.

Outros ex-presidentes de Câmara de Vereadores que tiveram as contas desaprovadas foram Antonio Carlos Alves da Silva (Timbiras/2010), com débitos de R$ 34.317, e multas de R$ 36.131; João Geraldo Rocha Coêlho (Viana/2009), com débitos de R$ 147.968,73 e multas de R$ 66.529; José Coêlho Barbosa Filho (Sucupira do Norte/2009), com débitos de R$ 1.288, e multas de R$ 38.006; Josivaldo Rocha (Monção/2010), com débitos de R$ 38.366,38 e multas de R$ 43.836; e Sidrão Soares Silva (Belágua/2011), com débitos de R$ 11.080,17 e multas de R$ 16.546,00.

sem comentário »