Ferroviário de Açailandia é campeão sub-15

0comentário
Garotada do Ferroviário de Açailandia comera título (Foto/Kassius Kenedy)

Garotada do Ferroviário de Açailandia comera título (Foto/Kassius Kenedy)

IMPERATRIZ – Final equilibrada na Taça Cidade de Imperatriz categoria Sub-15, com as equipe do EG Sports e Ferroviário de Açailândia que empataram no tempo normal pelo placar de 2 x 2. Não teve prorrogação e o campeão foi conhecido através de cobranças de pênaltis.

O Ferroviário de Açailândia venceu o EG Sports pelo de placar 4 x 3 em cobrança de penalidades.  O herói do jogo foi o goleiro Walisson que fez duas defesas, nas cobranças do volante Wesley e do zagueiro Athirson, do EG Esports. O curioso é que no tempo normal o goleiro Walisson foi o grande vilão pois o Ferroviário conseguiu virar o jogo após estar perdendo de 1 x 0, gol do volante Wemerson. O empate aconteceu quando faltavam três minutos para terminar o primeiro tempo.

Na etapa complementar mais dois gols foram marcados, um de cada lado. Final do jogo 2 x 2, com melhor performance do Ferroviário na cobrança de penaltis.

A Taça Cidade de Imperatriz Sub-15 que foi equilibrada desde o início, apresentando bom índice técnico. Na decisão as duas equipes mostraram excelente desempenho com um jogo sempre movimentado no aspecto tático. A equipe do EG Sports reclamou muito do arbitro que teria invertido alguns lances. O dia não foi brilhante para equipe de Imperatriz que errou muito dentro durante a partida dramática.  Enquanto isso, o Ferroviário de Açailândia conseguiu dois gols e adotou uma proposta de jogo diferente jogando nos erros do adversário, valorizando o clássico, realmente uma grande final.

Os destaques da competições ficaram dividido entre as duas equipe o artilheiro da competição foi o atacante Jackson do EG Sports com 8 gols marcados, já o goleiro menos vazado foi o Wallison do Ferroviário, além dos troféus e medalhas para as equipes finalista foi proporcionado uma premiação extra em dinheiro 500,00 reais para o campeão e 300,00 reais para o vice-campeão.

Com a apoio decisivo do empresário Walter Lira, da Lideral Empreendimentos e do secretario de esportes Joaquim Quirino Cruz através da SEDEL, a Taça Cidade de Imperatriz Sub-15 teve o brilho de uma competição consolidada e, que fica marcada no calendário esportivo do futebol de base da Região Tocantina.

sem comentário »

Cavalo de Aço fora das semifinais

0comentário
Imperatriz ganha no Frei Epifânio (foto/M. Vitória)

Imperatriz ganha no Frei Epifânio (foto/M. Vitória)

IMPERTARIZ – Jogando no estádio Frei Epifânio domingo (23) à tarde, Imperatriz venceu o Santa Quitéria pelo placar de 2 x 0, gols de Léo Carioca cobrando penalti aos 32 minutos do primeiro tempo e Everton aos 35 minutos do segundo tempo.

Imperatriz apresentou o melhor padrão técnico e derrotou o Santa Quitéria, que mesmo perdendo vai disputar as semifinais do segundo turno, tendo garantido a segunda coloção no Grupo B com 9 pontos. 

Já o Cavalo de Aço se manteve invicto no segundo turno, e apesar de ganhar do santinha no estadio Frei Epifânio, não conseguiu garantir a classificação as semi-finais do segundo turno do Campeonato Maranhense de 2014.

O treinador Sandow Feques comemorou a vitória, mas lamentou a desclassificação. “Infelizmente o nosso time dependia da combinação de outros resultados para classificar. Fizemos o dever de casa, mas ficamos fora, pela derrota de Sampaio e Maranhão”, comentou Feques.

Para o lateral direito Digão esse foi um momento de rara infelicidade. “Nós estamos ajustados no esquema tático proposto pelo professor Sandow. Melhoramos fisicamente com a aplicação do Zaparolli. Ganhamos os jogos e mantivemos a invencibilidade, mas não classificamos”, declarou.

PARADA

Depois do jogo diretores da Sociedade Imperatriz de Desportos anunciaram que o departamento de futebol profissional será desativado por tempo indeterminado. A prioridade é pagar os jogadores e comissão técnica. Após cumprir essa etapa, deverá ser levantada uma campanha para arrecadar recursos e pagar as dívidas financeiras junto aos credores.

Segundo declaração do presidente Buzuca, é bem provável que o time do Imperatriz não participe do calendário da Federação Maranhense de Futebol no segundo semestre deste ano. A ideia é promover um amplo debate envolvendo empresários, torcedores e cronistas esportivos, de modo a reestruturar o Estatuto Social que regulamenta os conselhos deliberativo e administrativo.

sem comentário »