Morre o ex-governador e senador Epitácio Cafeteira

7comentários

Morreu na tarde deste domingo (13), o ex-governador Epitácio Cafeteira, aos 93 anos, em casa em Brasília.

Além de ex-governador, Cafeteira foi ex-prefeito de São Luís, senador por duas vezes e deputado federal por quatro mandatos pelo Maranhão.

O corpo chega a São Luís, nesta segunda-feira (14), por volta de 16h e será velado na Assembleia Legislativa e o sepultamento na terça-feira (15), às 10h, no Cemitério do Gavião.

A morte foi confirmada pelo deputado estadual Rogério Cafeteira, sobrinho do ex-governador que divulgou nota:

“É com imenso pesar e tristeza profunda que comunico a todos o falecimento do meu tio, ex-governador e ex-senador, Epitácio Cafeteira.

Ele encontrava-se enfermo e inspirava cuidados, em UTI residencial, decorridos de seu delicado estado de saúde.

Natural da Paraíba, Cafeteira veio ainda pequeno para o Maranhão, onde construiu uma admirável história política, dedicando a maior parte de sua vida a este estado, onde constituiu sua família.

Atualmente ele residia em Brasília e estava com 93 anos, deixando viúva a minha tia Isabel, de filha a minha prima Isabel e netos.

É um momento de bastante tristeza para toda a família. A perda, para mim que o considerava um segundo pai, está sendo muito difícil, mas com a certeza que agora ele descansa nos braços do nosso Deus todo poderoso!

Em nome de nossa família, agradeço as mensagens de solidariedade que temos recebido.

São Luís, 13 de maio de 2018″.

Rogério Cafeteira
Deputado Estadual

7 comentários »

Moto empata e garante classificação na Série D

4comentários

O Moto empatou com o Altos-PI por 0 a 0, neste domingo (13), no Estádio Felipão em Altos pelo Campeonato Brasileiro Série D.

O time rubro-negro não fez uma boa partida, mas conseguiu arrancar o empate fora de casa que serviu para garantir a classificação antecipada para o primeiro mata-mata de acesso à Série C com duas rodadas de antecedência.

Nas duas rodadas que restam, o Moto vai precisar pontuar para terminar a fase de classificação entre as melhores equipes e garantir a vantagem nas próximas fases da competição.

Com o resultado, o Moto chegou a 10 pontos e lidera o grupo. O Altos é o segundo com 5 pontos ganhos. O Assu é o terceiro com 4 pontos e o Sparta tem apenas dois pontos é o quarto.

No outro jogo do grupo A5, Sparta-TO e Assu-RN também empataram por 0 a 0.

Pelo grupo A4, Cordino e 4 de Julho empataram por 0 a 0.

Foto: Wenner Tito

4 comentários »

Sampaio é finalista da Liga de Basquete

0comentário

O Sampaio é finalista de Liga de Basquete Feminino (LBF). As maranhenses venceram mais uma vez o Uninassau, neste domingo (13), no ginásio Castelinho, em São Luís, por 63 a 55 e chegam pela segunda vez a uma final nos últimos três anos.

No primeiro confronto em Recife, o Sampaio já havia vencido por  83 a 73.

O adversário do Sampaio na decisão será o time do Vera Cruz Campinas que venceu os dois confrontos da semi contra Blumenau, por 76 a 63 e 69 a 60.

A decisão da LBF será em melhor de cinco jogos. A primeira partida será no domingo (20), em campinas, às 15h.

Veja os confrontos:

Vera Cruz Campinas x Sampaio – 1ª partida – Domingo (20), 15h – Campinas
Vera Cruz Campinas x Sampaio – 2ª partida – Terça (22), 19h – Campinas
Sampaio x Vera Cruz Campinas – 3ª partida – Domingo (27) – 15h – São Luís
Sampaio x Vera Cruz Campinas – 4ª partida – Terça (29) – 19h – São Luís
Vera Cruz Campinas x Sampaio – 5ª partida – Domingo (3), 15h – Campinas

Foto: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Roberto Rocha acionará ‘aplicativo’ na Justiça

1comentário

O senador Roberto Rocha (PSDB-MA) vai impetrar representação judicial contra o aplicativo “Detector de Corrupção”, por entender que é indevida a inclusão de seu nome, que não possui nenhum inquérito ou responde a processos na Justiça ligados à atos de corrupção.

“Dou um crédito de boa-fé aos autores do aplicativo, mas informo que tomarei medidas judiciais caso mantenham meu nome, associado a suspeitas de corrupção”, afirmou o senador, para quem o problema reside no fato do aplicativo não fazer distinção entre diferentes situações, como uma simples investigação, de ordem administrativa, de uma condenação em última instância.

O senador é citado em um único inquérito que trata sobre prestação de contas eleitorais de 2014, que já foi julgada e aprovada pelo Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, inclusive com parecer favorável do Ministério Público.

“Trata-se de um caso de jus esperneandi, como dizem no meio jurídico, de um adversário político inconformado com a derrota. Como pode isso, que nada tem a ver com corrupção, estar sendo usado para denegrir o meu nome?”, afirmou.

A denúncia foi apresentada em 2017 contra Roberto Rocha, arquitetada por adversários políticos, apenas para buscar manchar uma biografia que não tem antecedentes de envolvimento com malfeitos.

O caso aguarda parecer da Procuradoria-Geral da República, seguindo seu curso normal no sistema judiciário. Para o senador, “faz parte de um processo mais amplo de criminalização da política tentar jogar num mesmo cesto todos os políticos, como se uma simples investigação fosse igual a uma sentença. Dessa forma, esse aplicativo, que poderia ser uma boa ideia, acaba sendo um desserviço à pedagogia democrática da população”, concluiu o senador.

Foto: Divulgação

1 comentário »