Wellington pede que Dino reduza ICMS do combustível

1comentário

Ao solicitar coerência e atitude que deveriam ser típicos de um governador, o deputado estadual Wellington do Curso cobrou de Flávio Dino um posicionamento para reduzir o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS, como forma de diminuir o alto valor da gasolina no estado, assim como já o fez em outras oportunidades.

Sobre o assunto, o deputado Wellington deixou claro que sabe que a problemática atinge todo o Brasil, mas ressaltou que o momento exige atuação e não apenas lamentações.

“Sabemos que o Maranhão não é o único estado que enfrenta esse problema com a alta no preço dos combustíveis. Sabemos também que a questão depende de atos do Governo Federal. No entanto, ficar se lamentando ou jogando a culpa em nada ajudará a população maranhense. No final de 2016, Flávio Dino sancionou a Lei nº 10.542/2016 que aumentou as preços da gasolina, do etanol, tarifas de energia elétrica, internet, telefonia e TV por assinatura, a partir do reajuste de ICMS, tornando o combustível mais caro em todo Maranhão”, disse.

“Eu votei contra esse projeto na Assembleia Legislativa. Vote contra porque não concordo com esses aumentos, sem justificativa. Se Flávio Dino quisesse, ele poderia reduzir o preço dos combustíveis, como fez em 2016, por meio do Decreto 31.535/2016, para ajudar aliados políticos. Atualmente, 26% do valor da gasolina são destinados ao imposto estadual, o que tem atingindo diretamente o bolso do trabalhador maranhense. Repense, Governador. Vossa Excelência fez isso em 2016. Pode fazer de novo. Dessa vez, pela população”, acrescentou Wellington.

Foto: JR Lisboa / Agência Assembleia

1 comentário »

Prefeitura de São Luís participa do Ação Global

1comentário

Para somar esforços à Ação Global 2018, a Prefeitura de São Luís oferecerá uma série de serviços nas áreas de saúde, assistência social, educação ambiental, entre outros. A Ação Global, projeto social realizado anualmente, é organizada pelo Serviço Social da Indústria (SESI) e conta com parceiros, como o poder público municipal, para a execução dos serviços. As atividades da 25ª edição do projeto social acontecem este sábado (26), no Multicenter Sebrae, das 8h às 17h.

Durante a ação, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) oferecerá consultas especializadas com profissionais como clínico geral, pediatra, ginecologista e dentistas. Entre os demais serviços, estarão também vacinação contra febre amarela, hepatite B, influenza, meningite, dentre outras; realização de teste rápido para detecção de doenças como HIV e Hepatites B e C; e a oferta de exames preventivos, com coleta de material para prevenção de câncer de colo uterino. Serão realizadas, ainda, atividades educativas sobre o combate às arboviroses.

A ação contará também com o suporte do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, destaca que a intenção do poder público municipal é contribuir com o projeto. “Sob determinação do prefeito Edivaldo, estamos mobilizando nossas equipes para reforçarem os serviços oferecidos durante a Ação Global, especialmente na área da saúde. Através de parcerias como essa, ampliamos o alcance de nossas ações e, consequentemente, o acesso aos serviços públicos”, diz.

A Ação Global é o somatório de cidadania e voluntariado que presta muito mais que o serviço, atende com atenção a expectativa da comunidade e promove uma sinergia do bem e o voluntariado. “Só temos a agradecer aos parceiros, a comunidade, e a todas as instituições, que, de alguma forma, contribuem para essa 25ª edição da Ação Global, um investimento social privado da indústria brasileira por meio do SESI e da Rede Globo”, destacou superintendente do SESI, Marco Antonio Moura da Silva.

Além dos serviços de saúde, a Prefeitura de São Luís oferecerá serviços na área da Assistência Social, com orientações sobre o Serviço de Abordagem Social e o Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEFI); agendamento para reunião de acolhida das famílias; informações sobre o Cadastro Único e o Bolsa Escola; divulgação dos serviços ofertados pelos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e do Cadastro Único para Benefício de Prestação Continuada; e panfletagem sobre o combate ao trabalho infantil.

Foto: Honório Moreira

1 comentário »

4Mãos confirma adiamento do evento “Sem Caô’

2comentários

A 4Mão Entretenimento divulgou comunicado informando o adiamento do evento “Sem Caô”, que aconteceria no dia 2 de junho em Sâo Luís com as atrações de Henrique e Juliano, Vintage Culturee Banda Eva.

Segundo o comunicado, o evento não recebeu a autorização da Secretaria de Meio Ambiente para que fosse realizado. Os clientes que adquiriram o ingresso começarão a ser resarcidos na próxima semana.

Leia o comunicado:

“Surpreendidos pelo expediente em forma de Parecer Técnico nº 33667/18, emitido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, na data de 24/05/2018, manifestando-se pelo Indeferimento da solicitação de autorização para o Evento Sem Caô, e entregue à nossa empresa na manhã desta sexta-feira, dia 25/05/2018, assinado pela Superintendência de Qualidade Ambiental da referida Secretaria de Meio Ambiente, por sua vez, indicando o cumprimento do que determina o Acórdão lavrado nos autos da Apelação Cível nº 7.784/2017 pela Quarta Câmara Cível do Egrégio Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (Ação Civil Pública nº 14917-32.2004.8.10.0001), que proíbe a realização de eventos que produzam poluição sonora na área da Ponta da Areia, logradouro este, onde situa-se o Rio Poty Hotel, proibindo, inclusive que todos os órgãos do município de São Luís, e, do estado do Maranhão concedam licenças e/ou alvarás,  e ainda após tentativa de transferência para realização do referido evento as dependências do Hotel Blue Tree Towers São Luís, tendo daquela gerência a negativa da possibilidade, em virtude de compromissos já assumidos na data, a Empresa 4Mãos Entretenimento, vem a público informar que os shows dos artistas Henrique & Juliano, Vintage Culture e Banda Eva, que aconteceria no próximo sábado, dia 2 de junho, foram adiados.

Aproveita ainda para informar que a partir da próxima terça feira, dia 29/05/2018, os clientes que compraram seus ingressos poderão reaver a quantia paga na loja 4Mãos Store – localizada no São Luís Shopping.

Para mais informações ligue 3016-6663/3235-5940″.

4MÃOS ENTRETENIMENTO

2 comentários »

Francisca Primo pede recuperação de ruas no Bequimão

0comentário

A deputada estadual, Francisca Primo (PCdoB) solicitou através de indicação à Prefeitura de São Luís que seja autorizada na Secretaria Municipal de Infraestrutura, a realização de obras de recuperação das ruas situadas no Bairro do Bequimão, nesta capital.

Na solicitação apresentada constam as ruas 14, 16, 29 e 31, uma vez que encontram-se deterioradas e com erosões que dificultam a trafegabilidade de pedestres e meios de transporte.

Essa medida visa favorecer toda a população do bairro, beneficiando também a trafegabilidade de todos que se deslocam para os diversos locais do bairro citado.

A indicação de N° 312 / 18 publicada no Diário da Assembleia Legislativa foi encaminhada ao prefeito municipal de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, para que determine as devidas providências no sentido de atendimento da solicitação.

Foto: JR Lisboa / Agência Assembleia

sem comentário »

PMN denuncia uso indevido da Rádio Timbira

2comentários

O Partido da Mobilização Nacional (PMN) ingressou na Justiça Eleitoral com uma representação para apurar abuso de poder político e uso indevido da Rádio Timbira, emissora pública gerida pela Secretaria de Estado da Comunicação Social e Assuntos Políticos, que tem veiculado em sua programação constantes comentários depreciativos à adversários políticos do governador do Estado.

“O governador não tem o direito de manchar a história da Rádio Timbira. Onde já se viu usar uma rádio pública para fazer política partidária, sobretudo, falando mentiras a respeito de seus adversários? Os ataques são constantes. E aí fica a pergunta: se o governo está tão bem e o governador tem 60% de intenção de votos nas pesquisas como ele faz questão de alardear, porque usar uma rádio que é pública para atacar seus adversários?”, questionou o presidente estadual do PMN, deputado Eduardo Braide.

Sobre os ataques, Braide destacou as mentiras ditas a seu respeito na Rádio Timbira.

“Tentam todos os dias desqualificar o PMN e a nossa posição política. Chegaram ao ponto de inventar que respondo a processos. É lamentável ver a Timbira ser usada em métodos políticos tão ultrapassados. Para quem tanto critica a utilização indevida de veículos de comunicação, o governador parece ter esquecido a proposta da Rádio Timbira: ‘fazer jornalismo público, pautado na verdade, transparência e honestidade’”, lamentou o deputado.

A Representação por abuso político e uso indevido da Rádio Timbira, protocolada na Justiça Eleitoral, já está aguardando a manifestação da Procuradoria Regional Eleitoral.

“A Representação é, antes de mais nada, uma defesa à história da Rádio Timbira, que jamais poderia ser usada para fins políticos. Confio na Justiça Eleitoral, que tem a importante missão de garantir uma disputa limpa e equilibrada. É isso que esperamos em 2018 aqui no Maranhão”, afirmou Eduardo Braide.

Foto: Agência Assembleia

2 comentários »

Honorato discute políticas de fortalecimento à leitura

0comentário

A Câmara Municipal de São Luís, por meio da proposição do vereador Honorato Fernandes (PT), realizou na quinta-feira (24), a Audiência Pública que discutiu temas referentes à campanha “Queremos nossa biblioteca escolar com bibliotecários”, cujo objetivo é contribuir para o cumprimento da Lei nº 12.244/2010, que estabelece que até 2020 todas as escolas públicas e privadas do Brasil terão de ter bibliotecas.

Entre os presentes, estavam o secretário municipal de Cultura, Marlon Botão, representando o prefeito Edivaldo Holanda Júnior; a secretária de Estado da Juventude, Tatiana Pereira; a presidente do Conselho Regional de Biblioteconomia, Leioneide Maria Brito Martins; a professora do departamento de Biblioteconomia da UFMA , Maria da Glória Serra Pinto de Alencar, representando a reitora da UFMA, Nair Portela; a vice-presidente do Sindeducação, profª Josidete Barbosa, além de profissionais da educação, bibliotecários, professores, universitários e seguimentos ligados ao livro e leitura.

A ausência de um representante da secretaria de Educação do município foi o primeiro ponto destacado pelo propositor da audiência, vereador Honorato Fernandes, quem abriu as discussões do debate. O parlamentar lembrou ainda que a Lei nº 12.244/2010, mais conhecida como “lei da biblioteca escolar”, foi assinada em 2010, pelo ex-presidente Lula.

“Lamentavelmente, vivemos hoje o desmonte das políticas de inclusão adotadas pelos governos petistas. Políticas como a lei de autoria do nosso ex-presidente Lula, a Lei nº 12.244, cerne das discussões desta audiência. Uma lei instituída dada a carência generalizada de bibliotecas nas escolas brasileiras”, destacou o vereador.

(mais…)

sem comentário »

Caminhoneiros mantêm bloqueio de estradas no MA

0comentário

Apesar de acordo do governo com os caminhoneiros ocorrido na quinta-feira (24) onde foi proposto a suspensão da greve da categoria no país, 14 trechos de rodovias federais no Maranhão permanecem bloqueadas. Os caminhoneiros no estado decidiram continuar em greve e não aceitaram a proposta.

Veja os pontos de protestos de caminhoneiros nas BRs do Maranhão:

  • Imperatriz: Km 246 da BR-010
  • Cidelândia: Km 299,5 da BR-010
  • Estreito: Km 131 da BR-010
  • Balsas: Paralisação ocorre nos Kms 396 e 406 da BR-230
  • Caxias: Km 544 da BR-316
  • São Domingos do Azeitão: Km 216 da BR-230
  • São Luís: Kms 2, 5 e 6 e 16,2 da BR-135
  • Grajaú: Km 413 da BR-226
  • Açailândia: Acontece na localidade Pequiá na BR-222
  • Bacabeira: Km 46 da BR-135

A greve dos caminhoneiros que já entra pelo quinto dia consecutivo já causou reflexos em vários segmentos no estado. A paralisação é devido a alta do óleo diesel. Os atos dos caminhoneiros foram iniciados na segunda-feira (21).

Em São Luís, por exemplo, vários postos já não possuem combustível. A falta de gasolina e diesel na cidade é uma consequência direta do bloqueio no transporte do combustível pela BR-135 e pela Vila Maranhão, que dá acesso ao Porto do Itaqui. Em outras cidades do Maranhão também há registros de escassez do produto em alguns postos.

Por falta do combustível, o Sindicado das Empresas de Transporte de São Luís (SET) decidiu disponibilizar aos usuários do transporte público da capital apenas 50% da frota. De acordo com o SET, a medida visa garantir um atendimento mínimo na cidade por conta da falta de combustível.

O protesto dos caminhoneiros também já gerou reflexos no setor alimentício. De acordo com o presidente da Ceasa, Milton Gadelha, a expectativa é que a partir desta sexta-feira (25), os produtos considerados essenciais aos consumidores como tomate, cebola e batata comecem a faltar nas prateleiras e que na segunda, não tenha mais produtos que possam ser revendidos aos supermercados da capital.

Fotos: Biné Morais e Diego Chaves/ O Estado

Leia mais

sem comentário »

Assis Filho recebe premiação na Espanha

0comentário

O secretário nacional de juventude, Assis Filho, recebeu da Organização Internacional de Juventude (OIJ), em evento na Prefeitura de Madri, Espanha, uma condecoração de reconhecimento internacional ao Brasil por boas práticas na implantação de políticas públicas para a juventude com a execução das ações do Brasil Mais Jovem – maior pacote de políticas para Juventude no Governo. Assis que já é considerado um dos melhores secretários do governo federal, agora se destaca no âmbito internacional.

As políticas que Assis Filho implementa no Brasil, por meio da Secretaria Nacional de Juventude (SNJ), são pioneiras e, agora, estão sendo reconhecidas e se tornando referência internacional. “Sinto-me muito honrado com a condecoração recebida, agradeço e socializo a homenagem com a nossa equipe da SNJ e do governo brasileiro. Seguimos com mais estímulo para servir cada vez mais o Brasil e ajudar a transformar a vida dos jovens brasileiros para melhor”. Declarou o secretário.

A entrega da condecoração aconteceu em meio à agenda da Cúpula de Ministros de Juventude do G20, realizado em Madri nos dias 23 e 24 de maio. A Cúpula é um espaço institucionalizado dos principais países do mundo para dialogar os problemas internacionais da juventude dentro da agenda pública. A agenda internacional foi convocada pela OIJ, Youth20 (Y20) e pelo Instituto da Juventude (INJUVE), com o objetivo de partilhar e promover as melhores práticas que têm impacto sobre a realidade da juventude.

Assis Filho participou também da cerimônia de abertura da Cúpula, que pauta o diálogo do setor público sobre o futuro do trabalho para os jovens no mundo, ao lado de líderes e representantes governamentais, academias, sociedade civil, setores privados e organizações internacionais. Na ocasião, o secretário destacou as políticas de empreendedorismo que a SNJ está implementando no Brasil como o Plano Nacional de Startups e Empreendedorismo para Juventude, o Inova Jovem e o Plano Juventude Viva.

Ainda na agenda, Assis e a delegação brasileira de juventude foram recebidos pelo ministro-conselheiro Rafael de Mello Vidal e a secretária do ministro-conselheiro, Teresa Helena de Carli, na embaixada do Brasil na Espanha.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Venezuelização do Maranhão

4comentários

Na Saúde, o instituto que gerenciava o Hospital Carlos Macieira tem o contrato cancelado pelo governo Flávio Dino (PCdoB), que levanta, em nota, suspeitas sobre a conduta da empresa que ele próprio contratou. Em resposta, o Instituto Gerir diz que teve o contrato encerrado após calote do governo, da ordem de cerca de R$ 60 milhões.

Na Segurança, o governo age de forma ditatorial e retira um outdoor pago pelo Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), em que tece críticas e aponta equívocos na gestão do governo no setor. Em resposta, o mesmo Sinpol chama Flávio Dino de ditador, epíteto que já começou a ganhar fama em todo o estado.

E assim vai sendo conduzido o governo comunista do Maranhão, que pregou a mudança e novas práticas administrativas, mas o que se viu, três anos depois, foram miséria, desemprego e perseguição em todos os níveis.

Talvez até para fazer valer a postura do PCdoB, que exalta em seu próprio site o regime ditatorial e perseguidor de Nicolás Maduro, na Venezuela, Flávio Dino demonstra, cada vez mais, estar parecido com esse ídolo do partido, que acaba de ser reeleito em uma fraude eleitoral condenada em todos os regimes democráticos do mundo.

Curiosamente, o mesmo Flávio Dino conduz o processo de sua reeleição nos mesmos moldes de Nicolás Maduro, com perseguição a adversários, espionagem da Polícia Militar, manipulação da propaganda e geração de notícias falsas contra seus adversários.

Maduro é visto como ditador pelo mundo livre e democrático. Flávio Dino já foi chamado de ditador por vozes do peso da ex-governadora Roseana Sarney, da ex-prefeita Maura Jorge e, agora, do prestigiado Sindicato dos Policiais. É a venezuelização do Maranhão, em todos os seus aspectos.

Coreia do Norte

Não é apenas o ditador Nicolás Maduro, da Venezuela, que recebe a exaltação pública do partido de Flávio Dino, o PCdoB.

O ditador norte-coreano Kim Jong-un, que assombra o mundo com seus projetos nucleares, também recebe, vez por outra, elogios do partido do governador maranhense.

E enquanto o PCdoB faz suas graças para os ditadores comunistas, o Maranhão vai se tornando cada vez mais parecido com esses lugares.

O Estado

4 comentários »

Andrea comenta impasse entre Gerir e SES

0comentário

A deputada estadual Andrea Murad (PRP) publicou comentário sobre a briga entre a SES e o Instituto Gerir, terceirizada que esta semana deixou de administrar 3 hospitais do estado, entre eles o Hospital de Alta Complexidade Carlos Macieira.

“A Secretaria de Estado da Saúde e o Instituto Gerir estão em guerra de acusações, desde calote até graves denúncias sobre o funcionamento das unidades, tudo que eu já havia denunciado foi confirmado hoje pelo Instituto Gerir. Primeiro, a estranha nota da Saúde acusando o Instituto Gerir de não cumprir com o contrato e não prestar contas devidamente. E mais estranho ainda é a secretaria produzir uma nota que mais parece vacina contra possíveis denúncias. Citanto “chantagistas”, “ameaças”, “pressão ilegal”, algo incomum para uma nota oficial. E como esperado, o posicionamento do governo revoltou a direção do Gerir que também lançou NOTA rebatendo a secretaria e levantando vários questionamentos”, escreveu a deputada.

Andrea Murad vem denunciando os problemas de gestão das unidades desde que Flávio Dino assumiu o governo. E o Hospital Carlos Macieira tem sido um dos mais prejudicados com a péssima gestão comunista, muitos dos fatos foram confirmados pelo próprio Instituto Gerir em nota de contestação ao governo.

“E o mais grave, (Gerir) relatou que ‘em toda a saúde do Estado faltam remédios, leitos e servidores. Esse tipo de caso, infelizmente, tem se tornado cada vez mais constante’, tudo que venho denunciando desde que Flávio Dino está no governo. E não adiantou a SES publicar uma segunda NOTA contestando o Gerir. Os problemas na rede imperam, sai instituto e entra instituto e nada melhora, o que nos leva a concluir que  a gestão da SES é ineficiente. Agora, caberá a justiça decidir o impasse entre SES e a terceirizada, enquanto isso o povo continua sofrendo com o caos intensificado na rede estadual de saúde, promovido por um secretário, Carlos Lula, irresponsável, citado em vários escândalos na saúde e sem qualquer competência para fazer a gestão de uma área tão peculiar, delicada, grandiosa como a da saúde pública do estado”, disse Andrea.

Foto: Nestor Bezerra

sem comentário »