Governadora Roseana concede incentivo para funcionamento de hospitais no interior

0comentário

 

Foto/divulgação/Nestor Bezerra

Foto/divulgação/Nestor Bezerra

A governadora Roseana Sarney, o secretário estadual de Saúde Ricardo Murad e prefeitos de 60 municípios maranhenses assinaram nesta quinta-feira (27), no Palácio dos Leões, os termos de adesão ao Incentivo Estadual de Qualificação da Gestão Hospitalar para custeio das despesas decorrentes da manutenção e funcionamento dos hospitais de 20 leitos do Programa Saúde é Vida. O incentivo de R$ 100 mil será repassado mensalmente para que os gestores possam ampliar o acesso às ações e serviços de saúde na atenção hospitalar.

Roseana Sarney disse que logo no início do seu governo realizou uma pesquisa que mostrou que a maior demanda da população era um atendimento de saúde de qualidade. “Implantamos um projeto ousado e inovador de construção de 72 hospitais e estamos cumprindo. Já entregamos 37 hospitais de 20 leitos, totalmente construídos e equipados, e percebemos que houve uma grande melhoria no atendimento. Temos ainda 23 em fase final de construção e todos receberão o mesmo incentivo financeiro para que os maranhenses tenham, próximo à suas residências, atendimento de saúde digno e eficaz”, completou.

Nesta sexta-feira (28) a governadora inaugura o Hospital de Afonso Cunha. “O que percebemos é que a população busca os serviços e confia no atendimento prestado nas unidades, que funcionam com a parceria dos gestores municipais. Estamos muito satisfeitos com os resultados do Programa Saúde é Vida e até o final deste primeiro semestre estaremos entregando todos 60 hospitais, formando uma rede de saúde integrada e resolutiva”, justificou Roseana Sarney.

Ao assinar o termo de adesão, o gestor municipal assumiu o compromisso de cumprir o perfil mínimo assistencial obrigatório definido pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB), oferecendo nos hospitais construídos pelo Programa Saúde é Vida os seguintes serviços: SPA 24 Horas, sala de estabilização, nebulização, leitos de observação clínica, centro de parto normal, internações hospitalares nas clínicas básicas, sala de procedimentos ambulatoriais, consultório médico, sala de classificação de risco, exames laboratoriais, raio-X e eletrocardiograma.

Repasse estadual

Ricardo Murad ressaltou que o estado fixou inicialmente um repasse de R$ 60 mil mensais para que os municípios custeassem as despesas com os médicos nessas unidades esperando que o Ministério da Saúde definisse, também, um incentivo de custeio para esses hospitais tão importantes para o atendimento de urgência e emergência às pessoas residentes nos pequenos municípios maranhenses.

“Com a omissão do Ministério da Saúde, que até o presente momento ainda estuda o incentivo reivindicado por todos os pequenos municípios brasileiros, especialmente os das regiões Nordeste, Norte e Centro-Oeste, a governadora decidiu aumentar esse recurso para R$ 100 mil por mês para garantir um atendimento universal e de qualidade. Com essa medida, o Maranhão sai na frente, reconhecendo a importância dos hospitais de pequeno porte para facilitar o acesso da população aos serviços de saúde”, esclarece Ricardo Murad.

O secretário disse que agora os gestores municipais têm o compromisso de fazer o primeiro atendimento, com eficiência e profissionais qualificados. “Estamos colocando em operação o maior programa de saúde pública do país, planejado e executado por maranhenses, e que está servindo de modelo para outras entidades da federação. Nos nossos hospitais não existem depósitos de doentes. São estruturados para atender com qualidade, porque o doente não espera e precisa de cuidados dignos”, ressaltou Ricardo Murad.

Fonte: Assessoria

Sem comentário para "Governadora Roseana concede incentivo para funcionamento de hospitais no interior"


deixe seu comentário