Questões indígenas

0comentário
(Foto/Arquivo)

(Foto/Arquivo)

IMPERATRIZ – COC promove debate sobre “Manifestação da Cultura dos povos indígenas no Maranhão”

Em comemoração ao Dia do Índio, o COC vai realizar uma palestra para debater as questões indígenas no Maranhão. A palestra acontecerá na quarta-feira (22) às 15h, e abordará o tema “Manifestação da Cultura dos povos indígenas no Maranhão”, com a representante indígena e assistente social da Casa de Apoio a Saúde Indígena e da Fundação Nacional do Índio, Suluene Santana. O evento é aberto ao público.

“Vamos ter a oportunidade de ouvir do próprio índio quais são suas dificuldades em manter sua cultura. Lançar esse debate na escola é importante por que as problemáticas vão além da questão da terra e do extermínio, que são as mais debatidas. Os desafios de afirmação de identidade começam desde o nascimento”, disse a professora Luciene Santana, idealizadora da iniciativa.

No século XVII, a população indígena no Maranhão, era composta por aproximadamente 250.000 pessoas, agrupados em cerca de 30 etnias. Hoje, são apenas 25 mil, divididos em poucos grupos etnicos Tentehar/Guajajara, Ka’apor , Awa/Guajá, Krikati, Pukobiê/Gavião, Ramkokamekra/Canela, Apaniekra/Canela, Krepunkatyê e os Krenjê.

As causas para a diminuição da população são as mais diversas. Vão desde escravização no período colonial, as doenças importadas, a miscigenação forçada, a imposição de modelos culturais, até ausência de políticas públicas de educação e preservação desses povos.  Daí a importância de se discutir as problemáticas em torno da cultura autóctone.

Sem comentário para "Questões indígenas"


deixe seu comentário