Edivaldo vai ao Castelão e sofre com o Sampaio

12comentários

edivaldoO prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior esteve no Estádio Castelão e também sofreu com o Sampaio que perdeu o jogo e a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil.

O prefeito ficou no estádio até a cobrança de pênaltis, vencida pelo Campinense por 7 a 6.

Edivaldo acompanhou a partida nas cadeiras cobertas ao lado dos secretários José Silveira (semosp) e Raimundo Penha (Esporte), além do Procurador do Município, Marcos Braid.

E testou a popularidade tirando muitas e muitas fotos…

Que o prefeito esteja sempre presente e que prestigie os nossos times. E mais que ajude a tirar os clubes da Capital da situação crítica em que se encontram.

12 comentários »

Sampaio perde gols, perde pênaltis e perde a vaga

54comentários

rodrigoramosFoi dramático…

A história se repetiu quarenta e um anos depois. Como em 1972, a decisão da vaga na Copa do Brasil entre Sampaio-MA e Campinense-PB foi para as cobranças de pênaltis. Mas desta vez o final não foi nada feliz para o Sampaio.

Além da desclassificação, o Sampaio perde a grande chance de realizar dois grandes jogos contra o Flamengo, inclusive com televisionamento para todo país, além da garantia de casa cheia no Castelão.

Após vencer em Campina Grande por 1 a 0, o Sampaio só precisava de um simples empate. O campeão brasileiro foi melhor, teve a chance de marcar durante os 90 minutos, perdeu pênalti e sofreu o golpe fatal com Ricardo Maranhão que marcou 1 a 0 para o Campinense. Antes do gol do Campinense, Arlindo Maracanã ainda perdeu um pênalti.

Com a derrota, a decisão foi para a cobrança de pênaltis. O Sampaio perdeu com André Beleza e Deca. E quando tudo levava a crer que o Campinense venceria a disputa, Ricardo Maranhão chutou para fora e na última cobrança, o goleirão Rodrigo Ramos salvou o Sampaio ao defender o pênalti cobrado por Willian.

Ficam a decepção e o prejuízo ao Sampaio….

54 comentários »

Ações de saúde marcam Governo Itinerante

5comentários

saude

A exemplo do trabalho desenvolvido em Bernardo do Mearim e Lima Campos, centenas de pessoas foram atendidas pelas equipes da Secretaria de Estado da Saúde durante a passagem do Governo Itinerante pelos municípios de Timbiras, Aldeias Altas e Graça Aranha, no início desta semana. Foram intensificados os atendimentos de clínica médica, pediatria, dermatologia, oftalmologia (com cirurgias de catarata e glaucoma), prevenção de câncer de colo uterino, exames laboratoriais, glicemia, aferição de pressão arterial, vacinação e a realização de cirurgias de hérnia umbilical e inguinal no Hospital Geral de Timbiras.

Além das cirurgias, no primeiro dia de atendimento foram realizadas 26 consultas de clínico geral e 31 de pediatria; 51 preventivos de câncer de colo uterino; 208 exames clínicos (glicemia, colesterol e PSA).

artesaude

Também no primeiro dia de atendimento em Aldeias Altas foram realizados 131 atendimentos dermatológicos – com o diagnóstico de seis casos novos de hanseníase; 126 de clínica médica e 82 consultas de pediatria; 226 verificaram a pressão arterial; 166 fizeram o exame de glicemia e 223 de exames clínicos. Foram realizadas 65 consultas com oftalmologista e 11 pacientes submetidos aos procedimentos cirúrgicos de catarata e piterígio.

Em Graça Aranha foram contabilizados 112 atendimentos dermatológicos e diagnosticados três casos novos de hanseníase; 129 consultas de clínica médica e pediatria; 83 exames preventivos de câncer de colo uterino, 139 de colesterol, 220 de glicemia e 37 de próstata.

O aparecimento de casos novos de hanseníase nos municípios de Bernardo do Mearim, Aldeias Altas e Graça Aranha, todos beneficiados pelo mutirão da saúde, ocasionou uma nova mobilização por parte dos técnicos da SES. Novas capacitações de servidores municipais e campanhas educativas junto à comunidade deverão se realizadas para apoiar os municípios no diagnóstico e tratamento da doença.

5 comentários »

Bira diz que aumento é inoportuno

4comentários

biradopindarePor Jorge Aragão

O deputado estadual Bira do Pindaré (PT) mais uma vez foi a exceção na Assembleia Legislativa do Maranhão. O parlamentar foi o único a se posicionar contra o reajuste que os deputados estaduais receberam nas verbas destinadas ao Auxílio-Moradia e outras indenizações.

“É inoportuno, pois acabamos de extinguir o 14º e o 15º salários e gera aumentos de verbas para os parlamentares e ficará a nítida impressão que é uma espécie de compensação. Para a sociedade é muito ruim e não contribui em nada para a imagem da Assembleia”, declarou o petista.

Bira do Pindaré ainda foi mais longe. O petista parece ser o único entre os 42 parlamentares a recusar a verba de Auxílio-Moradia, pois reside na capital maranhense e também criticou que colegas com residências em São Luís recebam esse tipo de verba.

“Eu não recebo Auxílio-Moradia, eu moro em São Luís, o que justifica o recebimento dessa verba se eu moro aqui”, afirmou.

Vale lembrar que Bira do Pindaré foi o único deputado a subir na Tribuna para cobrar da Mesa Diretora a diminuição de 15 para 13 o número de salários dos deputados estaduais, assim como a Câmara dos Deputados havia reduzido. Além disso, Bira também foi o único a ter anunciado a devolução dos salários extras que recebeu, quando os parlamentares recebiam 18 subsídios.

Em meio aos colegas a atitude de Bira pode gerar desconforto e até mesmo ser taxado de hipócrita, mas inegavelmente o parlamentar sobe seu conceito com a população maranhense, pois mais uma vez foi a exceção em prol da moralidade.

4 comentários »

Detran abre concurso para 160 vagas

2comentários

andrecamposO Departamento Estadual de Trânsito do Maranhão (Detran/MA) e a Secretaria de Estado da Gestão e Previdência (SEGEP) com fundamento no Plano Geral de Carreiras e Cargos da Administração Direta e Fundacional do Poder Executivo Estadual–PGCE divulgam que já encontra-se disponível no site da Fundação Getúlio Vargas o edital de concurso público para preenchimento de 120 vagas para nível médio, cargo de Assistente de Trânsito, e 40 vagas para nível superior, cargo de Analista de Trânsito.

As inscrições podem ser efetuadas somente pela internet no site da Fundação Getúlio Vargas (www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/maranhao13.). O valor da taxa de inscrição é de R$ 130,00 para os cargos de nível superior e R$ 90,00 para os cargos de nível médio. O concurso terá provas objetivas e discursivas (nível superior). As provas serão realizadas na data de 07 de julho do corrente ano, em São Luís, Imperatriz e Caxias. Para ambos os cargos será exigida a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), no mínimo categoria B. Programa e demais informações podem ser conferidos no edital.

Os vencimentos básicos variam de R$ 1.400,00 para Assistente de Trânsito  (nível médio) e R$ 4.300,00 para Analista de Trânsito (nível superior). As vagas de nível médio serão destinadas para capital e interior do Estado totalizando 120 vagas, sendo 114 para ampla concorrência e 6 vagas para portador de deficiência. Já as vagas de nível superior são 40, sendo 38 de ampla concorrência e duas para portador de deficiência. Vale ressaltar que as vagas de nível superior são para qualquer curso de graduação e para as cidades de São Luís e Imperatriz.

Ambos os cargos tem jornada de trabalho de 30 horas semanais, os candidatos nomeados poderão ser designados para exercer suas atribuições na sede do Detran, em São Luís, ou municípios do Estado, conforme o edital.

“Esse é um momento histórico e muito esperado para o Detran-MA. Desde a sua fundação em 1966 esse é o primeiro concurso público destinado exclusivamente para o preenchimento de vagas da autarquia. Agradecemos o empenho da Governadora Roseana Sarney e do Secretário de Estado da Gestão e Previdência, Fábio Gondim que foram fundamentais na concretização desse concurso!”, finaliza o Diretor Geral do Detran-MA, André Campos.

2 comentários »

MP aciona prefeita por contratações ilegais

0comentário

HPIM0092-300x225A Promotoria de Justiça da Comarca de Vargem Grande (a 176 km de São Luís) ajuizou, em 9 de abril, Ação Civil Pública por Atos de Improbidade Administrativa contra a prefeita do município de Presidente Vargas (Termo Judiciário da Comarca), Ana Lúcia Cruz Rodrigues Mendes, pela contratação temporária ilegal de professores e auxiliares operacionais, mesmo havendo cadastro de reserva resultante de concurso público realizado pelo Município em julho de 2011.

Na manifestação do Ministério Público do Maranhão (MPMA), o promotor Benedito de Jesus Nascimento Neto cita, pelo menos, 63 casos de professores e servidores contratados temporariamente, apesar de existirem aprovados remanescentes do concurso público de 2011. Além de não observar o cadastro de reserva, a gestora municipal contratou os professores e auxiliares operacionais sem autorização da Câmara de Vereadores do município.

“Por que o Município de Presidente Vargas, diante da necessidade de servidores para atender à demanda na área da educação e havendo lista com aprovados em cadastro de reserva, preferiu contratar temporariamente outras pessoas em detrimento dos concursados remanescentes?, questiona o promotor na Ação.

Outra ilegalidade cometida pela prefeita de Presidente Vargas foi a determinação para que alguns professores atuassem em duas escolas, configurando as chamadas “dobradinhas”.

Pedidos

Na Ação, além da perda do cargo de prefeita de Presidente Vargas, o representante do MPMA requer que Ana Lúcia Cruz Rodrigues Mendes seja condenada à restituição de todos os valores pagos aos contratados temporariamente, com e sem autorização da Câmara de Vereadores.

Também requer que a Justiça condene a gestora municipal à suspensão dos direitos políticos, por 5 anos, e ao pagamento de multa de até 100 vezes o valor da remuneração recebida  e à proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios, por 3 anos.

Outro pedido feito na Ação Civil Pública por Atos de Improbidade Administrativa do MPMA é o encaminhamento da lista contendo nomes, cargos, locais de lotação, remunerações, datas de contratação, vias dos contratos temporários, com autorização legislativa ou sem ela, desde 1º de janeiro deste ano até a data da expedição das informações.

O promotor Benedito de Jesus Nascimento Neto igualmente solicita que sejam informados nomes, cargos, locais de lotação, remunerações, datas e vias de nomeação de todos os professores que fazem ”dobradinhas” no município.

Ação anterior

No dia 8 deste mês, o titular da Promotoria de Justiça da Comarca de Vargem Grande ajuizou Ação Civil Pública com pedido de liminar requerendo a nomeação e posse dos aprovados remanescentes do concurso de 2011, prejudicados pelas contratações temporárias feitas ilegalmente pela prefeita Ana Lúcia Cruz Rodrigues Mendes.

sem comentário »

Pedro Lucas e Astro reforçam base de Edivaldo

3comentários

pedrolucasfernandesO vereador Pedro Lucas Fernandes (PTB) confirmou nesta quarta-feira (17) apoio ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) na Câmara Municipal. A exemplo de Bárbara Soeiro, Sebastião Albuquerque e Estevão Aragão, o vereador Pedro Lucas Fernandes passa a integrar a base governista na Câmara.

Pedro Lucas Fernandes lembrou que sempre esteve ao lado do prefeito. “Amigo está sempre ao lado dos amigos. E digo mais: amigos ajudam os amigos. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior sabe que pode contar comigo para ajudar a solucionar os graves problemas de São Luís, por isso estamos juntos”, afirmou ao Blog de Zeca Soares.

astroO líder do governo, Honorato Fernandes Júnior (PT) disse que espera garantir o apoio ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior de pelo menos mais quatro vereadores até sexta-feira. “O apoio ao prefeito por parte desses vereadores com aqueles que já estão desde o início vai permitir maior tranquilidade para encaminhamento de diversas questões na Câmara, além de garantir que mudanças em São Luís ocorram mais cedo”, disse.

No fim da tarde de hoje, o vereador Astro de Ogum, após conversa com o líder do governo, Honorato Fernandes também anunciou que também já integra a base do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC) na Câmara Municipal.

* Atualizada às 20h30

3 comentários »

Deputados aumentam benefícios

9comentários

artemoradia

Por Gilberto Léda

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa publicou ontem (16) resolução administrativa para aumentar de R$ 2,2 mil para R$ 2,85 mil o valor da “Ajuda de Moradia” aos deputados estaduais maranhenses.

Na mesma resolução, de nº 383/2013, aumentam-se, também, os valores da “Verba Indenizatória de Exercício Parlamentar”, de R$ 15 mil para R$ 16.261,95; e da “Verba Indenizatória de Ajuda de Gabinete”, de R$ 17.894,67 para R$ 19.400,16.

Curiosamente, a medida é tomada pouco mais de um mês após os parlamentares extinguirem, na base da pressão, o 14º e o 15º salários. Com aquele corte, cada deputado saiu perdendo aproximadamente R$ 42 mil por ano.

Agora, sabe o caro leitor quanto cada um recupera anualmente com os reajustes propostos pela mais nova resolução?

Acertou quem disse R$ 41.009,28.

Apesar disso – e de este blog já haver antecipado que, com o fim dos dois salários extras, os deputados seriam compensados de outra fora, o presidente da Assembleia, deputado estadual Arnaldo Melo (PMDB), garante que os fatos não têm qualquer relação.

“O que fizemos foi adequar os valores ao que é praticado na Câmara dos Deputados. Nossos subsídios e auxílios correspondem a 75% do que é pago lá. Como eles reajustaram essas três verbas, nós também reajustamos aqui”, disse.

9 comentários »

Gardênia Castelo critica PEC 37

2comentários

gardeniacasteloA deputada Gardênia Castelo (PSDB) criticou, na manhã desta terça-feira (16), a Proposta de Emenda Constitucional 37/2011, em tramitação no Congresso Nacional, que pretende eliminar o poder de investigação do Ministério Público.

A PEC 37/2011, de autoria do deputado Lourival Mendes (PTdoB-MA), acrescenta um parágrafo ao artigo 144 da Constituição Federal, para estabelecer que a apuração das infrações penais será competência privativa das polícias federal e civil. Atualmente, por determinação constitucional, o Ministério Público e outras instituições também exercem a atividade de investigação criminal.

“A aprovação desta PEC”, afirmou a deputada Gardênia Castelo, “representa uma ameaça à democracia brasileira, já que no momento em que restringe as investigações apenas à polícia ela estimula o corporativismo e alimenta a impunidade, pois a gente sabe perfeitamente que a polícia sozinha não tem nem recursos humanos, nem financeiros, nem materiais, nem tecnológicos para conduzir todas as investigações que diariamente desafiam a banda sadia da sociedade brasileira”.

Gardênia Castelo afirmou ainda que o simples fato de apenas três países, no mundo inteiro, três países governados por tiranos: Quênia, Indonésia e Uganda, não permitirem a presença do Ministério Público nas investigações criminais, por si só dá a medida exata do quanto esta PEC “representa de atraso, de corporativismo barato e de distância dos anseios e da realidade dos cidadãos comuns que não toleram mais a política com ranço”.

Ao encerrar seu pronunciamento, a deputada Gardênia Castelo disse que seria interessante sugerir à União Nacional dos Legisladores e Legislativos Nacional (Unale) que também se incorpore nesta luta contra a PEC 37 e a favor da democracia brasileira. “Portanto, senhor presidente, senhores deputados, eu também sou contra a PEC 37”, ressaltou Gardênia Castelo.

Foto: Racciele Olivas/Agência AL

2 comentários »

Membros do Conselho de Esportes tomam posse

4comentários

Os membros do Conselho Municipal de Esportes de São Luís (Comesp) tomarão posse nesta quarta-feira (17), às 16h, no auditório Reis Perdigão, no Palácio La Ravardière, Centro. O Conselho é composto por 13 membros entre representantes da sociedade civil e do poder público.

O Comesp tem por finalidade definir, acompanhar e avaliar as políticas públicas municipais voltadas para o desporto, buscando o desenvolvimento de programas de democratização do acesso à prática e à cultura do esporte, lazer e atividade física.

Embora a criação do Comesp esteja amparada pelo Artigo 9º da Lei 4.895 de 2007, o Conselho nunca tinha sido implantado. No início de fevereiro deste ano, por intermédio de mobilização da Secretaria de Desportos e Lazer (Semdel), foram indicados representantes da sociedade civil e do poder público para implantação do Conselho.

Em março, a Semdel promoveu uma “Roda de Diálogo” com a participação dos 13 titulares indicados ao Comesp e seus respectivos suplentes. A ativação do Conselho é uma ação da Prefeitura para fortalecer o processo de discussão e definição das políticas públicas para o esporte da capital.

4 comentários »