Quase fora

22comentários

motoeponteMesmo atuando com o time reserva, a Ponte Preta esteve perto de eliminar o jogo de volta contra o Moto Club pela segunda fase da Copa do Brasil. A Macaca soube aproveitar o péssimo primeiro tempo do Moto para fazer 1 a 0 com o maranhense Wanderson.

O time de Campinas chegou a abrir 2 a 0 com de Leandrinho aproveitando nova falha da defesa rubro-negra, mas cansou em campo e o Moto conseguiu diminuir o placar .

O atacante Rayllan recebeu a bola, limpou a zaga e bateu de esquerda para fazer o gol que garantiu o jogo de volta no interior paulista e a última chance para o Moto ainda  continuar em atividade nesta temporada.

A partida de volta entre Ponte Preta e Moto será na próxima quinta-feira (14), às 19h30, no Estádio Moises Lucarelli. O Moto terá que vencer por dois gols de diferença para se classificar ou tentar repetir o placar do Castelão e levar a decisão da vaga para os pênaltis.

Foto: De Jesus/ O Estado

22 comentários »

PTN na Oposição

1comentário

SousaNeto

O deputado Sousa Neto assumiu a presidência do diretório estadual do Partido Nacional Trabalhista (PTN).  Segundo o parlamentar, com esse novo momento, o PTN fará parte do grupo de oposição na Assembleia Legislativa, ou seja, atuará de forma oponente ao atual governo.

“Não faço oposição só pela oposição, mas pela convicção de que precisamos estar atento aos interesses da população e que os interesses pessoais não podem ser maiores que os coletivos”, explanou durante o seu discurso.

Ainda durante o pronunciamento esta semana na Assembleia Legislativa, Sousa Neto registrou que mesmo antes de assumir a presidência do partido no Estado, já atuava como oposição, denunciando irregularidades do governo Flávio Dino.

“Minha primeira atitude é retirá-lo do bloco Parlamentar Democrático, que apoia o atual governo e colocá-lo oficialmente como um partido de oposição”, anunciou o parlamentar.

1 comentário »

Correão é interditado

2comentários

RobertoCostaO deputado estadual Roberto Costa registrou na Tribuna da Assembleia Legislativa, a interdição do estádio de Bacabal, José Luís Neri Corrêa, o Correão. Segundo ele, o estádio, construído há 25 anos pelo senador João Alberto (na época governador do Maranhão).

Apesar de ser uma referência para o desporto na região do Médio Mearim, o Correão foi interditado pelo Corpo de Bombeiros após vistoria que constatou a fragilidade na estrutura do espaço.

Segundo o Corpo de Bombeiros, vários itens precisam ser providenciados para que o Correão funcione em condições seguras, dentre eles, o Projeto de Segurança Contra Incêndio, conforme determina o Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico no Estado do Maranhão.

O deputado embrou que o fechamento do estádio compromete ainda mais a situação do Bacabal Esporte Clube (BEC), hoje na segunda divisão do campeonato maranhense. Para Costa, a falta de estádio diminui a possibilidade do retorno do BEC à elite do futebol estadual.

“Essa interdição nos causa muita preocupação porque estamos vendo a volta do BEC se dificultar e atinge o futebol como um tudo, prática esportiva de presença muito forte na vida de Bacabal e da sua juventude”, pontuou.

O parlamentar pediu que a prefeitura do município agisse em favor do estádio, fazendo as reformas necessárias e se colocou à disposição para ajudar o Bacabal a voltar ao cenário do futebol estadual. Ele anunciou que convocará nomes que militam na causa esportiva em Bacabal para somar forças no sentido de agilizar o retorno do BEC à primeira divisão.

Foto: JR Lisboa/ Agência Assembleia

2 comentários »

Início preocupante

7comentários

Sampaio-2O Sampaio começa o Campeonato Brasileiro Série B com um grande problema para resolver. O time joga em Salvador, neste sábado (9), às 16h30, diante do Vitória sem treinador e será comandado interinamente pelo jogador Arlindo Maracanã.

Nem o mais pessimista torcedor do Sampaio imaginaria que o time fizesse a sua estreia numa competicão tão importante e sustentando o discurso de acesso à Série A, sem sequer ter o seu treinador.

O mandatário do clube alega falta de apoio e recursos para trazer um grande treinador, mas verdadeiramente não é bem isso. Mais uma vez o “planejamento” feito não deu resultado. O Sampaio trouxe Oliveira Canindé,  um caminhão de jogadores, mas não tem um time formado e que possa transmitir confiança ao seu torcedor.

Para piorar a situação, além de não ter treinador para a estreia, o time ainda segue contratando sem critérios. Como o Sampaio pode estar contratando jogadores para a Série B sem ouvir o treinador?

É por coisas desses tipos que muitos jogadores chega e não resolvem. O jeito é buscar outros e por ai vai. Perde-se tempo e muito dinheiro é jogado fora. Depois não adianta ficar chorando e reclamando de falta de apoio e patrocínio.

Apesar de tudo isso, nos resta torcer para que o time, mesmo diante desses problemas traga um resultado positivo diante do Vitória. E que consiga resolver o quanto antes todos esses pontos, pois todos nós queremos um time forte e à altura da força e tradição do Sampaio e que possa representar muito bem o Maranhão.

7 comentários »

Seminário em Brasília

1comentário

WellingtondoCursoO vice-presidente da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e das Minorias da Assembleia Legislativa, Wellington do Curso (PPS), participou na quarta-feira (5) do Seminário Internacional de Educação em Direitos Humanos, organizado pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), em Brasilia-DF.

O evento contou com a presença de inúmeros palestrantes e autoridades, entre elas o Ministro Chefe de Estado  da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), Pepe Vargas (foto); Secretário Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos, Paulo Maldos e o representante da Organização das Nações Unidas para a Educação,  Ciência e Tecnologia (UNESCO) no Brasil, Fábio Eon.

Na ocasião, foram discutidos temas relevantes a um Estado Constitucional de Direito, como a (re)construção de um Estado Democrático entre direitos e deveres, e debates em torno do cenário, desafios e perspectivas para a educação em direitos humanos, bem como a discussão do panorama dos planos e subsídios para a construção de diretrizes de educação em direitos humanos.

“Discorrer sobre a educação em direitos humanos e os direitos e deveres que permitem uma (re)construção do Estado Democrático de Direito é atentar para os princípios que norteiam as garantias das minorias sem oprimir a maioria. Enquanto representante do povo, que é o autêntico titular do poder constituinte, atrelo ao mandato representativo a responsabilidade de defender o cumprimento dos direitos sociais de todo e qualquer cidadão brasileiro, zelando por aquilo que nos faz ser um Estado Democrático de Direito e não apenas um Estado de Direito: a dignidade e a busca pela Justiça”, ressaltou Wellington.

1 comentário »

Menor rendimento

2comentários

Captura de Tela 2015-05-07 às 15.43.16Os trabalhadores ocupados no Maranhão tiveram o menor rendimento médio real (todos os ganhos recebidos no mês) em relação aos trabalhadores em todos os estados brasileiros no primeiro trimestre deste ano.

Os dados são da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, divulgados hoje (7) pelo IBGE.

Os menores rendimentos foram vistos no Maranhão (R$ 946), Piauí (R$ 1.122), Ceará (R$ 1.137), Alagoas (R$ 1.240) e Bahia (R$ 1.259).

Os maiores rendimentos estão no Distrito Federal (R$ 3.046), em São Paulo (R$ 2.401), Roraima (R$ 2.146), Paraná (R$ 2.027) e Santa Catarina (R$ 2.015).

De acordo com a pesquisa ficaram acima da média nacional os rendimentos dos trabalhadores do Sudeste (R$ 2.116), Sul (R$ 2.007) e Centro-Oeste (R$ 2.090).

Leia mais

2 comentários »

Sem risco de cancelamento

4comentários

SarneyFilhoO deputado federal Sarney Filho (PV) disse em entrevista ao Ponto Final, na Rádio Mirante AM que apesar da dificuldade financeira que o país atravessa não acredita que o Governo Federal venha a suspender a obra de duplicação da BR-135. Segundo o parlamentar, a bancada maranhense tem feito gestões junto ao governo para que a obra venha a ser concluída.

“A explicação mais razoável que eles dão é o período de chuva e também abertura do orçamento, mas nós sabemos que o governo está vivendo uma dificuldade de caixa, então possivelmente o que deve estar acontecendo é mesmo falta de dinheiro. O Maranhão todo votou com a presidenta Dilma, então está com crédito para cobrar a conclusão dessas obras que são importantes para o desenvolvimento do estado”, disse.

Segundo Sarney Filho, com a abertura do orçamento de 2015, os recursos para a conclusão da duplicação da BR-135, no Maranhão deverão ser liberados e a obra concluída nos próximos meses.

“Eu não vejo esse perigo. O que está ocorrendo é um problema de caixa e por conta disso essas obras estão quase todas paralisadas. Eu acho que com as pressões políticas que estamos fazendo eu acredito que os recursos começarão a ser liberados. O atraso já existe, mas as obras vão ser retomadas sim”, explicou.

Ouça a entrevista aqui

4 comentários »

Crise no PMDB

1comentário

ricardomuradO ex-deputado e ex-secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad comentou em rede social a crise no PMDB que veio à tona durante a sessão desta quarta (6), na Assembleia Legislativa e defendeu a mudança no comando do partido.

Para Murad, a reação despropositada do deputado Roberto Costa a um discurso da deputada Andrea, em que ela pedia à direção do PMDB a exclusão do atual prefeito de Bacuri dos quadros do partido, em razão de sua prisão por participar do esquema de agiotagem que está há muitos anos desviando centenas de milhões de reais de prefeituras maranhenses, demonstra a necessidade urgente da renovação da direção do PMDB no Maranhão.

Segundo Murad, a deputada Andrea defendeu a punição de todos os envolvidos no esquema de agiotagem que há anos vem prejudicando os mais pobres, pois os recursos para o pagamento de agiotas são tirados do transporte escolar, da merenda escolar, dos livros e material didático dos alunos, dos medicamentos para assistência à população mais pobre. Ela, portanto, cumpre o seu papel enquanto representante do povo ao defender, inclusive, a expulsão do prefeito de Bacuri.

“O esvaziamento do partido, com a saída de grandes e importantes quadros como recentemente assistimos, de Luis Fernando, Gastao Vieira, Katia Lobao, Robert Bringel e tantos outros, se deve à insatisfação de todos pela maneira como o PMDB vem sendo dirigido no Estado”, comentou.

Murad defendeu uma ação rápida das lideranças para evitar a saída de muitos outros companheiros precisa ser imediata.

“O maior partido do Maranhão não pode se permitir a essa autodestruição pela inércia de suas lideranças maiores”, finalizou.

A expectativa é de que o deputado Roberto Costa, a pedido da ex-governadora Roseana Sarney se retrate na sessão desta quinta-feira (7), na Assembleia Legislativa para estancar a crise no PMDB.

1 comentário »

Copa do Brasil

18comentários

MotoeBoaMoto Club e Ponte Preta fazem hoje (7), às 19h30, no Estádio Castelão, o primeiro duelo pela segunda fase da Copa do Brasil.

O time maranhense se classificou na primeira fase após empatar com o Boa Esporte, em Varginha, no interior de Minas Gerais por 1 a 1, e vencer nos pênaltis. A Ponte eliminou o Vilhena, de Rondônia na fase anterior e enfrenta o Moto com um time reserva, inclusive a comissão técnica. Os titulares serão poupados para a estreia no Campeonato Brasileiro Série A, domingo, contra o Grêmio, em Porto Alegre.

Eliminado do Campeonato Maranhense na semifinal e fora do Campeonato Brasileiro Série D, o Moto tentará salvar a temporada seguindo adiante na Copa do Brasil. Se passar pela Ponte Preta, o Moto garantirá a cota de R$ 560 mil e vai enfrentar o vencedor do confrotno entre Fortaleza e Coritiba, no primeiro jogo, o Fortaleza venceu, no Ceará por 2 a 1.

Para a partida de hoje, o técnico Felinto Holanda não terá o volante Felipe Dias. Em seu lugar estreia Sandro contratado junto ao São José.

O time que enfrenta a Ponte terá: Raniere, Édson Pacujá, Luís Fernando, Rodolfo e Rodrigo Fernandes, Sandro, Davys, Wanderlei e Kléo. Henrique e Naoh.

18 comentários »