Sem transparência

12comentários

AdrianoSarney

O deputado Adriano Sarney questionou na tribuna reportagem do portal UOL sobre a política fiscal do Governo Roseana. De acordo com o deputado verde, o Governo atual tem feito relatórios pela Secretaria de Transparência que de nada tem de transparente. “Já disse inúmeras vezes aqui, que essa Secretaria foi feita com o intuito de ficar perseguindo o Governo passado e os adversários políticos do governador Flávio Dino”.

Para o deputado a “Secretaria de Transparência faz uma auditoria, fabrica um relatório, divulga o que bem entende num relatório a nível nacional para a Veja, para a UOL, para o Estadão, para a Folha de São Paulo. Botam qualquer coisa, enquanto crianças estão morrendo no interior do nosso Estado”, destacou o deputado.

Segundo o parlamentar oposicionista, no governo passado, o secretário Trinchão conseguiu ter um aumento de arrecadação, um crescimento real acima da inflação de mais de 30% de arrecadação entre 2009 e 2014. “Isto tem que ser dito: o Trinchão era o presidente da Associação Nacional dos Secretários da Fazenda, isso demonstra sua competência, o Maranhão cresceu acima da média nacional economicamente falando, média de 10% ao ano, graças a uma política agressiva fiscal”.

12 comentários »

Duplicação parada

3comentários

BR135

O deputado Eduardo Braide (PMN) informou na sessão desta terça-feira (5) que conversou com o superintendente do DNIT no Maranhão, Gerardo Fernandes, acerca da duplicação da BR-135 e obteve dele a confirmação de que a obra está oficialmente paralisada. A empresa responsável já desmontou o canteiro e retirou todos os equipamentos.

De acordo com informações repassadas ao deputado pelo superintendente do DNIT, a paralisação da obra estava prevista para ocorrer apenas durante o período de chuvas, mas foi agravada por uma falta de repasse de recursos. Ainda faltam R$ 100 milhões para a conclusão da duplicação. Desses R$ 100 milhões, R$ 50 milhões já foram empenhados, R$ 38 milhões foram pagos e R$ 12 milhões foram contingenciados pelo governo federal.

O superintendente informou, ainda, ao deputado, que na próxima semana vai a Brasília discutir com o DNIT nacional, juntamente com o governo federal, sobre a liberação dos R$ 12 milhões que estão contingenciados e sobre o empenho dos R$ 50 milhões que faltam para terminar a obra.

“Fica claro, mais uma vez, a participação que a classe política do Maranhão terá, junto ao governo federal, no sentido de garantir o empenho desses recursos através do programa PAC, para que a obra de duplicação da BR-135 possa ser concluída”, declarou Braide.

Eduardo Braide fez um alerta para que a Assembleia Legislativa se movimente no sentido de sensibilizar a bancada federal maranhense –  deputados e senadores –  para que, juntos, consigam, o mais rápido possível a aprovação do descontingenciamento dos R$ 12 milhões que faltam para o pagamento da empresa que executa a obra.

Segundo ele, é necessário conseguir a garantia do empenho dos R$ 50 milhões para que a população do Maranhão e a classe política tenham a tranquilidade necessária de que a obra da BR -135 realmente será concluída.

Esclarecimento do DNIT

As obras de duplicação da BR 135/MA não estão paralisadas, estão apenas em ritmo mais lento devido ao período chuvoso, no qual intensas chuvas atingiram a região do 1º trecho da duplicação da BR 135 (entre Estiva e Bacabeira) provocando a redução dos serviços neste trecho.

Outro fator foi o atraso na aprovação do orçamento pela União para o exercício de 2015, uma vez que somente no final do mês de abril o orçamento foi aprovado.

O DNIT está providenciando os empenhos para este mês de maio e assim que as condições climáticas permitirem os serviços voltarão as condições normais e serão concluídos. A obra está prevista para ser concluída em setembro de 2015.

Informamos, também, que a empresa responsável pela duplicação não desmobilizou os equipamentos nem desmontou o canteiro de obras.

Foto: Biaman Prado/ O Estado

3 comentários »

Lei esquecida

8comentários

Terreno2

Se existe uma Lei que contribui muito para modificar a paisagem urbana de São Luís é a Lei de Muros e Calçadas. Na gestão do ex-prefeito João Castelo (PSDB), a Blitz Urbana jogou duro com donos de terrenos que foram obrigados a construir muros e calçadas.

Nos últimos dois anos, agora na gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PTC), a Secretaria de Urbanismo e a Blitz Urbana parecem ter esquecido completamente a importância que a Lei de Muros e Calçadas tem para a cidade.

Nunca mais ninguém ouviu falar de uma ação da Blitz Urbana para cumprimento da Lei. Exemplo disso é esta área na rua São Bento, no Calhau, próximo ao Barramar.

terreno1

Uma placa da Blitz Urbana havia sido colocada na gestão anterior nesta área. Ela chegou a ser murada. Sem fiscalização por parte da Secretaria de Urbanismo, o muro foi destruído por caminhões que chegam sempre cheios de lixo e entulho. Além disto, o local serve de abrigo para assaltantes.

Fica a dica para a Prefeitura de São Luís voltar a fazer valer em São Luís a Lei de Muros e Calçadas. É preciso voltar a jogar duro contra os donos dos terrenos que deixam as suas propriedades como estas que estamos mostrando. Esse é só um exemplo de muitos que observamos pela cidade.

Foto: Ana Paula Soares

8 comentários »

Caso Laura Marão

11comentários

CarlosDiego

O motorista Carlos Diego Araújo Almeida, de 22 anos, prestou depoimento hoje pela manhã (5), na Delegacia de Acidentes de Trânsito (DAT). Ele dirigia o veículo que provocou o acidente e levou à morte a menina Laura Burnett Marão, de 8 anos.

Em seu depoimento, Carlos Diego negou que estivesse embriagado no momento do acidente. Disse que havia bebido pela manhã em um evento e que não estava sob efeito de bebida alcóolica às 3h da madrugada de domingo (2).

A versão de Carlos Diego no depoimento de hoje é diferente do que foi registrado no dia do acidente pela polícia. De acordo com nota da Secretaria Estadual da Segurança Pública (SSP), ele “foi conduzido ao Plantão Central do Cohatrac por apresentar sinais de embriaguez”.

A secretaria informou que o motorista se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas confessou a ingestão de bebida alcoólica. Ele foi autuado em flagrante por conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool.

O motorista pagou fiança de R$ 800 e foi liberado.

Foto: Biaman Prado/ O Estado

11 comentários »

Alvos do Sampaio

16comentários

tecnicos

O Sampaio ainda não anunciou o nome do novo treinador em substituição de Oliveira Canindé que entregou o cargo após a derrota por 3 a 1 e a perda do título do Campeonato Maranhense para o Imperatriz.

Um dos nomes contactados pela diretoria do Sampaio foi o do treinador da Caldense, Léo Condé que foi vice-campeão no Campeonato Mineiro. O time de Condé perdeu apenas um jogo no estadual, exatamente na decisão para o Atlético-MG por 2 a 1, num lance polêmico de impedimento e chegou a passar 8 rodadas sem levar gols.

Ouro nome contactado foi o de Itamar Schulle campeão paranaense pelo Operário que recebeu o convite mas não definiu a sua vinda ao Sampaio.

Para os torcedores que ainda sonham com o retorno de Flávio Araújo, o Sampaio sequer fez contato com o ex-treinador e que atualmente comanda o Ríver de Teresina.

Sobre o interesse em voltar ao Maranhão, Flávio Araújo me disse por telefone hoje: “Tudo é uma questão de conversa, mas não fui procurado”.

Sobre a sua saída do Sampaio no ano passado, o treinador disse já fazer parte do passado.

Goleiro

Sem obter sucesso na contratação de um goleiro à altura para assumir a condição de titular após a saída de Rodrigo Ramos, o Sampaio anuncia a contratação de mais um goleiro na temporada.

Uma semana após o goleiro Milton Raphael protagonizar um lance bizarro e que virou motivo de chacota na imprensa nacional, o Sampaio anunciou a contratação de Renan Rocha que foi titular no Paulistão pelo Botafogo de Ribeirão Preto.

Com a chegada do novo goleiro é possível que um dos três goleiros do elenco venham a ser dispensados: Milton Raphael, Dida e Ruan.

Além do goleiro Renan Rocha, o Sampaio teria contratado o meia Alex Maranhão, de 22 anos, com passagem pelo Atlético-PR.

16 comentários »

Crescimento da violência

5comentários

SousaNeto

O crescimento da violência no Maranhão motivou forte cobrança do deputado Sousa Neto ao governo estadual, ontem (4) na Assembleia. “Enquanto estávamos aqui nesta tarde, um jovem entrava pra estatística de violência desse estado ao ser baleado em um assalto a ônibus em São Luís. O governador Flávio Dino tem que descer do palanque e tomar as providências necessárias para poder, pelo menos, frear a violência”, enfatizou ele.

Durante a sua explanação, Sousa Neto apresentou dados recentes da violência no estado e cobrou explicações do governo. “Em um fim  de semana, foram 10 mortes violentas na capital e no interior, só na noite de sábado foram 4. Fora os assaltos a ônibus e as explosões de caixas eletrônicos que só este ano foram 21. São dados como esses que me deixam preocupado em relação à segurança do nosso estado, e me faz pedir ao governador que desça do palanque e comece a trabalhar”, acrescentou.

Para o deputado, a falta de motivação e as condições de trabalho dos policiais só contribuem para o aumento da criminalidade no Maranhão. “Além de tudo, o governo mascara os dados sobre a violência para que a sociedade não tenha conhecimento desse quadro alarmante. Mas fiz um levantamento, e os números são absurdos: foram três agências bancárias explodidas em apenas três dias, e 21 explodidas só este ano”, informou.

Sousa Neto lembrou que, nos municípios onde ocorreram ataques a agências bancárias existem apenas dois ou três policiais, trabalhando sete dias e folgando sete dias. “Quem é que vai para o confronto com esses bandidos que só andam com mais de 15, 10? E quando acontece uma explosão no interior do Maranhão, o grupo tático aéreo, que era para estar trabalhando no combate a essas explosões de caixas, ninguém sabe onde está”, ressaltou.

O deputado também enfatizou que o governo do Estado está mascarando, mentindo e omitindo informações quando o assunto é segurança pública, citando ainda a fuga de 13 menores do Centro de Ressocialização em São Luís e o crime de pistolagem que vitimou o presidente da Câmara de Vereadores de Santa Luzia do Tide, executado à luz do dia,

“No interior do Maranhão a violência está desenfreada. Em Santa Inês foram 4 assassinatos no fim de semana. É preciso dar às polícias condições de nos proteger, porque o pânico está instalado no nosso estado. O governador Flávio Dino tem que ser responsabilizado e dar garantia à população de que os índices da criminalidade vão, de verdade, diminuir”, finalizou ele.

Foto: JR Lisboa/ Agência Assembleia

5 comentários »

Presos por agiotagem

1comentário

pacovan2
A Polícia Civil e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) prenderam nesta terça-feira (5) cinco suspeitos de envolvimento em crime de agiotagem no Maranhão durante a Operação Imperador.

A operação ainda está em andamento, mas já estão confirmadas as prisões  do empresário Josival Cavalcanti da Silva, o Pacovan (foto), do prefeito de Bacuri, Richard Nixon dos Santos; Edvan Costa (PMN), atual prefeito de Marajá do Sena; Perachi Roberto Ferreira de Morais, ex-prefeito de Marajá do Sena, além de José Epitácio Muniz que é contador da Prefeitura de Marajá do Sena.

A polícia tconfirmou que houve a condução coercitivas de Rui Clemêncio Barbosa, que seria laranja em negócios da Prefeitura de Zé Doca, e Francisco Jesus Silva Soares, empresário que emitia notas para os municípios de Zé Doca e Marajá do Sena.

Eles são investigados por crime de agiotagem envolvendo prefeituras maranhenses denunciado pelo jornalista Décio Sá que foi executado em um bar na avenida Litorânea em abril de 2012.

Na primeira fase da Operação Imperador realizada no dia 31 de março foram presos a ex-prefeita de Dom Pedro, Arlene Barros e o filho dela, Eduardo Barros. Os dois já estão em liberdade.

1 comentário »

Morte de estudante

5comentários

estudante

Morreu por volta de 0h desta terça-feira (5), o estudante Rondinely Ferreira da Costa, de 18 anos. Ele foi atingido com um tiro na cabeça ontem à tarde, durante um assalto a ônibus, em frente à Maternidade Marly Sarney, na Cohab.

Rondinely teve o telefone celular roubado e baleado na cabeça. A vítima foi levada para o Hospital Socorrão II, onde foi submetido a uma cirurgia e acabou morrendo.

Nas últimas duas semanas, foram registrados 11 assaltos a ônibus em São Luis.

O número de casos de latrocínio também aumentou. Entre abril e maio já são 9 casos.

Foto: Marcial Lima

5 comentários »

Festa do Cavalo

3comentários

IMperatriz

Jogadores, comissão técnica e torcedores do Imperatriz ainda comemoram a conquista do Campeonato Maranhense após o massacre contra o Sampaio por 3 a 1, no sábado, no Estádio Frei Epifânio D’Abadia.

As ruas de Imperatriz foram tomadas ontem à tarde por uma carreata num carro do corpo de bombeiros.

Bem, agora esquecer o que passou e começar a focar no Campeonato Brasileiro Sërie D para tentar o acesso à Série C.

A batalha para o Imperatriz não será fácil, pois os adversários na primeira fase deverão ser Remo (PA), Interporto (TO), Guarani de Juazeiro (CE) e possivelmente o Ríver (PI) que venceu o primeiro turno e tem tudo para ser campeão no Piauí.

Os adversários e a tabela com os jogos do Imperatriz deverão ser divulgados pela CBF nos próximos dias. A competição comeá no dia 5 de julho.

Foto: Kelly Queiroz

3 comentários »

Tentativa de intimidação

1comentário

AndreaMurad

A deputada Andrea Murad (PMDB) em discurso na tribuna, rebateu as denúncias sobre uso de helicóptero da saúde em sua campanha eleitoral e a mobilização do governador Flávio Dino em intimidar a sua postura de oposição ao governo com a criação de CPI para investigar o caso. Ela atribui a estratégia de constantes acusações infundadas, como perseguição política do atual governo. Mais uma vez, ela esclareceu o assunto enfatizando que não vai admitir que um fato mentiroso siga em frente.

“Eu não vou admitir que o governo tente me calar, achando que isso me intimida, porque quanto mais eles fazem isso, mais é a minha vontade de ir contra eles e mostrar o desgoverno que praticam. Então, se pensam que vão me calar, eles não vão conseguir, porque mais ainda é a minha vontade de escancarar os erros desse governo”, disse Andrea.

Sobre o uso de helicóptero, a deputada Andrea Murad desmentiu o líder do governo, Rogério Cafeteira, ao dizer que a parlamentar teria viajado em helicóptero (16/09) de uso da Secretaria de Saúde para São João dos Patos. Ela confirmou através de matérias referentes ao dia que estava em evento com o vice-presidente Michel Temer em São Luís. E que no dia seguinte (17/09) viajou em avião modelo Seneca, o mesmo que a retornou para São Luís, prova que podem ser facilmente obtidas em relatórios de vôos. A deputada explicou ainda que não estava presente em helicóptero que fez pouso forçado (18/09) com a presença do ex-secretário Ricardo Murad. Ela apresentou diálogos do dia em grupo do whastup da família mostrando os horários e os esclarecimentos sobre o ocorrido.

A deputada Andrea Murad considera uma tática do governo Flávio Dino, tentar intimidar o Poder Legislativo. Ela criticou os rumores sobre a criação de uma CPI para investigar o uso de helicóptero e disse ser a primeira a assinar o pedido desde que seja para investigar as contas de campanha dos 42 deputados e não apenas uma deputada que é oposição ao governo.

“Isso me dá mais ânimo, mais força para trabalhar contra ele porque mostra mais ainda que ele não é uma pessoa para exercer tal mandato. Ele já mostrou isso na administração e agora está mostrando como pessoa, ou seja, agora ele quer tirar um mandato de uma deputada que foi eleita legitimamente para poder calar a voz? Ele quer mais o quê? Ele já tem quantos deputados aqui nesta Casa? E os poucos que têm são vozes que estão incomodando demais o governador. E a tendência é só piorar porque quanto mais ele faz um governo ruim, mas eu vou estar aqui, nesta tribuna, para denuncia-lo”, finalizou.

1 comentário »