César Pires defende diabéticos e hipertensos

0comentário

O deputado César Pires (PV) vai propor a criação da Frente Parlamentar em Defesa dos Hipertensos e Diabéticos do Maranhão, para discutir e apresentar propostas que garantam os direitos dos portadores dessas doenças, principalmente na área da saúde. Esse foi um dos compromissos assumidos pelo deputado em reunião com o presidente da Associação de Diabéticos e Hipertensos do Maranhão (ADIHMA), Edilson Wanderley, que pediu o apoio do parlamentar contra o fechamento do Centro de Medicina Especializada (Cemesp), que funcionava no Bairro de Fátima e teve seu funcionamento encerrado pelo governo estadual.

Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, de 6% a 8% da população maranhense tem diagnóstico confirmado da doença. No Cemesp, unidade de saúde que era referência estadual em hipertensão e diabetes, cerca de 8 mil pacientes eram atendidos mensalmente, com consultas e exames especializados, realização de curativos e dispensação de medicamentos. “É um absurdo, insensatez, incapacidade gerencial e falta de sensibilidade fechar um serviço de saúde que atendia milhares de pessoas. Vamos debater essa situação em audiências públicas, buscar o apoio do Ministério Público e do Judiciário, e cobrar do governo estadual melhor assistência a essas pessoas”, afirmou César Pires.

Edilson Wanderley lamentou o fechamento do Cemesp e a forma como a Secretaria Estadual de Saúde tratou a questão, já que afirma não ter havido nenhum comunicado prévio aos pacientes sobre o encerramento do serviço que funcionava no Bairro de Fátima. “Quando o Cemesp foi aberto, o atendimento era de uma unidade privada, com todos os exames, consultas e medicação garantidos. Nos últimos anos os serviços foram ficando precários até chegar a esse ponto, de acabar com o centro que era referência para a nossa saúde”, declarou ele.

O presidente da ADIHMA disse ter procurado o Ministério Público para tentar evitar o fechamento do Cemesp, mas não houve por parte do órgão nenhuma iniciativa nesse sentido. E acrescenta que a informação extraoficial é que somente 30% dos profissionais do Cemesp serão transferidos para o antigo PAM Diamante, onde os pacientes deverão buscar atendimento a partir de agora. “Estamos na incerteza sem saber como seremos atendidos, já que somos mais de 8 mil pacientes. E precisamos ter garantido o direito de receber a nossa medicação, pois a maioria não tem condições de comprar e não pode esperar”, enfatizou ele.

César Pires ressaltou que solicitará informações à Secretaria de Estado da Saúde (SES) sobre como será feito o atendimento aos hipertensos e diabéticos que eram atendidos no Cemesp, e afirmou que defenderá a manutenção de um serviço especializado de saúde para os portadores dessas doenças crônicas. “São pessoas já fragilizadas por ter a saúde comprometida, e que não podem ser penalizadas ainda mais pela falta de sensibilidade do governo estadual”, finalizou ele.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Violência contra a mulher aumenta em São Luís

0comentário

A Delegacia da Mulher em São Luís recebeu, em 2018, 1870 denúncias de mulheres ameaçadas por companheiros ou alguém de convivência familiar. Ao todo, foram 1625 inquéritos instaurados, 3789 pedidos de medidas de proteção e 433 prisões. Só agressão física somou mais 1120 casos em toda a região metropolitana da capital.

“Não é necessariamente que a violência contra a mulher está aumentando, mas que a mulher está denunciando mais. A gente trabalha no sentido de combater a violência contra a mulher, mas também estimular as denúncias porque essa violência tende a ser invisível. A mulher, calada, não denuncia. Então, com as mulheres denunciando mais esse número tem crescido”, declarou a delegada da Mulher, Wanda Moura.

O número de casos de estupro também aumentou. Foram 59 estupros em 2017 e 89 em 2018, um crescimento de 34% no número de casos a mais registrados pela na Delegacia da Mulher. Segundo a delegada Wanda Moura, chama a atenção o fato da maioria dos casos terem sido causados pelo marido.

“Não é porque ela é casada que ela tem que submeter ao ato sexual no momento em que o marido quer. Então elas tem denunciado também os estupros, muitas vezes em que o marido chega em casa bêbado, drogado, bate na mulher, ameaça e ainda a obriga a manter relação sexual com ele. Isso é estupro. Isso é crime”.

Já em relação aos casos de feminicídio, houve redução entre 2017 e 2018. De acordo com a polícia, em 2017 foram 51 mortes de mulheres por questões de gênero, enquanto no ano passado ocorreram 43 casos.

G1 Maranhão

sem comentário »

Robson Paz assume a presidência do Maranhão

0comentário

O radialista Robson Paz, atual secretário adjunto de Comunicação do governo Flávio Dino (PCdoB) foi aclamado presidente do Maranhão Atlético Clube para o biênio 2019/2020.

A ida de Robson Paz para o MAC já havia sido anunciada pelo Blog do Zeca Soares desde o dia 13 de dezembro de 2018.

“Honrado em ser eleito, por aclamação, para presidir meu amado Maranhão no biênio 2019/20, ao lado do professor Roberto Brandão (vice-presidente). Agradeço a união e confiança de todos os maqueanos, que terão em nós seriedade, amor e trabalho para tornar o MAC ainda maior e mais forte. Gratidão a Deus por mais este desafio!”, disse no Twitter.

O secretário de Comunicação e Articulação Política do governo, deputado federal eleito Märcio Jerry (PCdoB), que também é torcedor do MAC comentou a notícia nas redes sociais. “Nação atleticana sob comando do amigo Robson Paz. Salve! Vambora, demolidor!”, destacou.

A missão de Robson Paz logo neste primeiro ano será a conquista do Campeonato Maranhense e do acesso à Série C e para isso deverá contar com projetos por meio da Lei de Incentivo ao Esporte.

Para isso, além da contratação do técnico Marcinho Guerreiro, o MAC deve formar uma boa equipe.

Vamos aguardar.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Hildo Rocha recebe título em Nina Rodrigues

0comentário

Em Sessão Solene realizada na Câmara de Vereadores de Nina Rodrigues, no último fim de semana, o deputado federal Hildo Rocha (MDB) recebeu o título de cidadão ninense.

“É grande o sentimento de gratidão aos vereadores, à presidente da Câmara, vereadora Cita, ao prefeito Rodrigues, que sugeriu essa grande honraria. Faço um agradecimento especial ao vereador Erlan, autor da proposição. Agora sou conterrâneo das pessoas que nasceram em Nina Rodrigues isso aumenta a minha ligação com os meus novos conterrâneos. O compromisso é muito grande a responsabilidade maior ainda”, declarou o deputado.

Participaram do ato, a presidente da Câmara Municipal, vereadora Cita Braga; os vereadores  Erlan; Júnior da Zitinha; Raimundinho e Zeca Lima. Também prestigiaram o evento o prefeito Rodrigues da Iara; o vice, Pedro Custódio;  os ex-prefeitos Ivaldo, Iara Quaresma e Jones Braga, além de secretários municipais, lideranças comunitárias e populares que lotaram o plenário.

Todos os oradores destacaram o  trabalho que o deputado Hildo Rocha realizou em benefício da população de Nina Rodrigues e enfatizaram o perfil municipalista do parlamentar.

O prefeito lembrou que o deputado destinou emendas para a construção de estradas vicinais; compra de patrulha mecanizada; kits para agricultores familiares; barco de pesca; reforma do hospital, construção de Ginásio de Esportes e implantação de Agroindústria de Beneficiamento de Mandioca (Casa de Farinha); entre outras conquistas.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Cultura e turismo nas férias em São Luís

0comentário

A edição de 2019 do projeto Mais Cultura e Turismo de Férias terá, partir desta sexta-feira (4), atrações para os maranhenses e turistas, com apresentações de artistas da terra. As atrações, nas semanas deste mês de janeiro, serão em dois pontos: a Praça Nauro Machado, no Centro Histórico de São Luís, às sextas-feiras e na Lagoa da Jansen, aos sábados.  A promoção é do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur).

Com a Caravana Laborarte, a programação, na noite desta sexta-feira, na Nauro Machado, começa às 19h e será marcada pela presença do Tambor de Crioula do Laborarte, Rosário de São Benedito e o show da cantora Camila Reis, trazendo o ritmo regueiro com o Tributo à Jamaica Brasileira, e da cantora Rosa Reis, com Circulador de Encantos.

Quem também se apresentará, nesta sexta-feira, será o tradicional Cacuriá de Dona Teté. Performático, o grupo, do Laborarte, enfatiza elementos característicos que originaram de um misto de dança e da expressão da teatralidade. A brincadeira é conhecida pela sensualidade que explora o ritmo e o movimento dos quadris. As letras das canções geram uma identidade única que conquistou o público maranhense e de outras regiões.

As coreografias do espetáculo são criadas a partir dos movimentos dos pássaros e animais destacados nas letras das músicas, inspirada nas brincadeiras tradicionais, alegria das caixeiras e brincantes ao final da festa do divino, quando na derrubada do mastro é realização do carimbó de caixeiras.

A programação promete atrair maranhenses e entreter turistas que curtem as férias na capital com atrações que darão continuidade as festividades do período Natalino e do Réveillon de Todos, principalmente no centro histórico. Já a Praça da Lagoa da Jansen vai oferecer programação voltada para o público infantil com espetáculos e atividades recreativas, e para abrir a temporada neste sábado (5), a Banda Unidunitê.

Ocupações Artísticas

Além da programação da edição de férias do Mais Cultura e Turismo, o governo do Maranhão mantém as atrações do Ocupações Artísticas em São Luís. Para esta sexta-feira (4), a partir das 17h30, o Pôr do Sol no Palácio dos Leões, na Praça Dom Pedro II, será ao som do grupo instrumental Tangará.

A programação no Pôr do Sol no Forte de Santo Antônio, que acontecerá no sábado (5), ficará com por conta dos grupo instrumental Tanagará. No domingo (6), é a vez do Cantinho do Choro que começa a partir das 17h30 durante os dois dias do final de semana.

sem comentário »

Omissão e crescimento

3comentários

O PDT vem a cada ano, no Maranhão, ganhando o espaço que perdeu no estado – em especial em São Luís – a partir de 2008 e principalmente após a queda do partido em 2009, com a cassação por abuso de poder político e econômico do governador Jackson Lago. De lá para cá, o partido veio rastejando entre as mudanças no perfil político do país e do estado para conseguir os espaços de volta.

E parece que vem conseguindo. Ao contrário do PCdoB – que surfa na onda de ter o governador e o presidente da Assembleia Legislativa, que o PDT teve em boa parte do tempo -, a legenda comandada por Weverton Rocha vem voltando à cena política mais forte do que nos tempos de Jackson Lago, cuja inuência deixou a sigla por quase 20 anos no comando da capital maranhense.

O PDT – que nacionalmente não avançou, pelo contrário, reduziu-se com menos governadores e deputados federais – ganhou mais força no Maranhão e já é visto como ameaça por aliados do governador Flávio Dino.

Mesmo assim, o comandante do estado não parece preocupado com a atuação do senador eleito, que além de ter um mandato pelos próximos oito anos, já conseguiu ter o PDT no comando da Prefeitura de São Luís com Edivaldo Júnior, tomou a presidência da Câmara Municipal da capital e agora avança para ter o comando da Famem, entidade que reúne os prefeitos do Maranhão e garante força nas eleições.

Como fica Flávio Dino em todo este contexto? Para o Senado, aceitou ainda na pré-campanha o nome de Weverton Rocha. Antes disto, na disputa municipal de 2016, até ensaiou não gritar a favor de Edivaldo, mas cedeu aos “encantos” do presidente do PDT. Na Câmara de São Luís, usou a influência necessária para ajudar o PDT a ficar no comando da Casa.

Para a Famem, Dino, por enquanto, incorpora o papel de omisso e garante que quer o consenso. Mas Weverton não quer consenso. Ele que mais força, mais espaço. E pretende buscar mais. Em 2020, depois 2021 e assim se consolidar no ano seguinte para, quem sabe, substituir o próprio Dino, que parece não ter forças para impedir os “avanços” no poder do PDT.

Racha

Do grupo do governador Flávio Dino, quem parece disposto a iniciar um enfrentamento ao PDT é o vice-governador, Carlos Brandão (PRB). Ele pretende declarar apoio pela reeleição à presidência da Famem ao prefeito de Tuntum, Cleomar Tema (PSB), amanhã durante entrega de obras no município. Com isto, iniciará o princípio do racha do grupo de Flávio Dino, cujo ponto final deverá ser a eleição de 2022. Resta saber o quanto o governador influenciará em todo o processo.

Na disputa

E Cleomar Tema – muito influenciado pelo ainda deputado federal Zé Reinaldo Tavares (PSDB) – não desistiu ainda da disputa pela Famem. A eleição ocorrerá no próximo dia 30 e Tema vem buscando todo tipo de apoio e de ação que traga os prefeitos para seu projeto de reeleição. Pelo tom do atual prefeito da Famem, não há clima para qualquer tipo de consenso e com um aliado no Palácio dos Leões, a possibilidade de alinhar com os projetos do PDT é quase zero.

Estado Maior

3 comentários »