Adriano de que aumento de tarifas é um desrespeito

2comentários

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) que é pré-candidato a prefeito de São Luís, criticou o reajuste nas passagens de ônibus anunciado pela Prefeitura de Sào Luís e que entra em vigor neste domingo (16). Clique aqui e veja o vídeo.

A tarifa das linhas integradas, que atualmente está em R$ 3,40 vai para R$ 3,70 e não integradas passarão de R$ 2,95 para R$ 3,20.

O deputado estadual Adriano Sarney (PV), disse que não há justificativa para mais esse aumento, tendo em vista que os ônibus transitam em péssimas condições, superlotados, sem cobradores, com atrasos e demoras, em quantidade insuficiente, terminais sucateados e sem o mínimo de conforto à população.

“Ser usuário nessas condições e ainda desembolsar R$ 3,70 por passagem é um desrespeito do governo PDT/PCdoB aos trabalhadores e estudantes de São Luís”, concluiu.  

Foto: Reprodução

2 comentários »

São José apronta e bate o Maranhão de virada

0comentário

Em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Maranhense, o São José venceu o Maranhão, de virada, por 2 a 1, neste sábado (15), no Estádio castelão.

O time de São José de Ribamar que já havia empatado com o Moto na rodada anterior, mostrou recuperação e segue mais vivo do que nunca na competição, enquanto o Maranhão deixou escapar a chance de assumir a liderança.

Os gols da partida saíram no segundo tempo. O Maranhão fez 1 a 0 numa cobrança de escanteio que Samuel cobrou e Maicon fez de cabeça.

O São José foi buscar o empate aos 31 minutos num levantamento de Kléo para a área que Jô aproveitou para fazer 1 a 1. O gol da virada saiu aos 46 minutos quando Carioca escapou pela direita e cruzou para Jô fazer 2 a 1.

Com a vitória, o Sào José que ocupava a última colocação subiu para quarto e colocou o Imperatriz que tem um jogo a menos na zona de rebaixamento.

O São José volta a jogar na terça-feira (3 de março), 20h, contra o Imperatriz, no Castelão. O MAC enfrenta o Pinheiro, na Baixada, no domingo (1), às 16h.

O Campeonato Maranhense prossegue neste domingo com apenas uma partida. Pinheiro e Juventude jogam às 16h, no estádio Costa Rodrigues, em Pinheiro.

Foto: Gabriel DCastro/Maranhão

sem comentário »

Braide critica aumento de tarifas em São Luís

0comentário

O deputado federal e pré candidato a prefeito de Sào Luís, Eduardo Braide (Podemos) se manifestou nas redes sociais sobre o aumento de R$ 0,30 na tarifas de ônibus de Sào Luís, anunciado na sexta-feira (14) pela Prefeitura.

Braide disse que a população mais uma vez é quem vai pagar a conta e prometeu que a partir do ano que vem a história vai mudar em São Luís.

“Em 2016 eu avisei… Quem acaba pagando a conta é sempre a população de São Luís. A Prefeitura anunciou pra este domingo mais um aumento nas passagens de ônibus: de R$ 3,40 para R$ 3,70; e de R$ 2,95 para R$ 3,20. Mas a partir do ano que vem essa história vai mudar!”, disse Braide.

Braide lançou um desafio ao governo para que reduza o ICMS como forma de reduzir as tarifas.

“A retirada dos cobradores, zerar os créditos de passagens e aumentar em 12,5% a tarifa de ônibus é um absurdo! Já que a Prefeitura não teve a capacidade de resolver a situação, é hora de mostrar à população de São Luís que ela e o Governo são parceiros. Basta o governador reduzir o ICMS sobre o diesel do transporte público para diminuir o percentual do reajuste como foi feito em 2015. E aí, vão fazer? “, afirmou.

Foto: Divulgação

sem comentário »

O Maranhão real

1comentário

Por Adriano Sarney

A realidade sobre o governo do Maranhão começa a ser revelada em alguns veículos da imprensa nacional. Na medida em que o governador avança em sua tentativa de se tornar uma opção à presidência pela esquerda brasileira, seus serviços de assessoria de imprensa, pagos com o suado dinheiro do maranhense, e que servem apenas para lhe elogiar, se tornam pequenos frente à cobertura da imprensa em geral. Como um dos poucos que tem a coragem e a lealdade com a população de fiscalizar o governo, assim como os deputados Cesar Pires e Wellington do Curso, estou sendo assediado por jornalistas quase que diariamente. Para facilitar o meu trabalho e o deles, relato, com dados, alguns pontos que expõe as contradições entre o “governo modelo da esquerda para o Brasil” e o “governo do Maranhão real”.

1) Aumento da pobreza e vulnerabilidade social. Segundo o IBGE, o percentual de maranhenses na extrema pobreza subiu 17,75% entre 2016 e 2018, superior a média nacional. Foram 223 mil pessoas que retornaram para a extrema pobreza. De acordo com o Programa de Pesquisa para o Desenvolvimento Nacional (PNPD), no período de 2011-2015, o Maranhão reduziu em 22,7% a vulnerabilidade social associada aos indicadores de renda e trabalho, saindo da faixa de alta vulnerabilidade social para a média. Já no período de 2016-2017, no governo do PCdoB, o estado volta para a faixa de alta vulnerabilidade social, aumentando o índice em 3,6% de um ano para o outro. O vizinho Piauí obteve melhora durante o mesmo período. Isso significa o fracasso no programa Mais IDH e outras políticas estaduais de distribuição de renda.

2) Aumento do desemprego. Segundo o IBGE, a taxa de desocupação no Maranhão dobrou entre os anos de 2014 (7%) e 2018 (14%). Enquanto o estado registrou um aumento no desemprego da ordem de 7%, no Brasil esse número foi menor, 5%. Contribuíram para esses fracassos do programa Mais Emprego e o fim dos programas Primeiro Emprego e do Pro-Maranhão, responsável por incentivos para instalação de novos investimentos no estado. O Maranhão perdeu para o Pará uma siderúrgica da Vale em parceria com os chineses com investimento de R$1,5 bilhão e a geração de 15 mil empregos.

3) PIB em baixa. Os dados mais recentes do IBGE (2015-2017), apontam uma queda média de 2% no Produto Interno Bruto (PIB) do Maranhão. O PIB é o índice que mede todos os bens e serviços finais produzidos no estado. Em outras palavras, durante o governo do PCdoB, o Maranhão produziu menos. A queda é maior do que a média brasileira, colocando por terra o argumento governista de que os efeitos negativos da economia são causados por razões nacionais. Alguns motivos para a queda de produção são o aumento de impostos estaduais e a falta de investimento em obras estruturantes. O saldo de mais de R$ 2 bilhões de reais do financiamento do BNDES para investimentos em infraestrutura no Maranhão foram destinados a obras diversas como asfaltamento urbano durante o período das eleições em detrimento da modernização da máquina pública e da conclusão do Anel da Soja no sul do estado, por exemplo. A situação não está pior devido à produção agrícola em 2017.

4) Déficits fiscal e previdenciário. A situação fiscal e previdenciária no estado estão deficitárias, apesar dos constantes aumentos de impostos e da dilapidação da reserva dos aposentados (foram consumidos mais de R$ 1 bilhão do Fundo dos Aposentados e Pensionistas do Estado). A gestão equivocada faz com que áreas como comunicação (R$ 76,6 milhões), que teve um acréscimo de 21% em sua receita este ano, receba mais recursos do que habitação (23,9 milhões) e indústria (39,6 milhões) juntos. O resultado não poderia ser outro senão o anuncio de que o governo estuda contingenciar 30% do orçamento de 2020 para retomar o selo de bom pagador do Tesouro Nacional.

O estado está quebrado como venho relatando nesta coluna. Este é o Maranhão real!

1 comentário »

Claro lidera pesquisa de satisfação da Anatel

0comentário

A Claro liderou novamente a mais recente Pesquisa de Satisfação de Qualidade Percebida da Anatel. O ranking, que é divulgado anualmente pela agência, contou com a opinião de mais de 89 mil usuários e avaliou os serviços residenciais de banda larga, telefonia fixa, TV por Assinatura, além dos serviços móveis nas modalidades pós-pago e pré-pago.

A pesquisa reflete a qualidade percebida pelos consumidores das principais operadoras de cada serviço, nos 26 estados brasileiros mais o Distrito Federal, no maior painel realizado no país para avaliação da satisfação com os serviços de telecomunicações.

Com estratégia centrada na experiência do cliente e na oferta de serviços inovadores e convergentes, os resultados obtidos refletem os significativos investimentos da operadora em infraestrutura de rede de última geração, além de produtos e serviços de alto valor percebido pelos consumidores de todos os segmentos.

“A Claro comemora os resultados da pesquisa de satisfação da Anatel, onde liderou a percepção dos consumidores nos serviços móveis pré-pago e pós-pago. E também obteve a melhor performance entre as operadoras de abrangência nacional nos serviços residências de TV, banda larga e telefonia fixa”, afirma Paulo Cesar Teixeira, CEO da operadora.

(mais…)
sem comentário »

Prefeitura realiza Dia D contra o Sarampo em SL

0comentário

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) ofertará, neste sábado (15), postos volantes nos shoppings Rio Anil, Shopping da Ilha  e São Luís disponibilizando a vacina contra o sarampo para pessoas entre os 5 e 19 anos de idade.

As unidades volantes nos shoppings estarão abertas das 15h às 19h com profissionais de saúde (técnicos de enfermagem e enfermeiros) aplicando as doses. Os postos, em locais estratégicos, se juntam à programação do Dia D contra a enfermidade, que também contará com unidades fixas de saúde abertas no sábado das 8h às 12h. A campanha integra a política de saúde preventiva da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior. 

Nos postos volantes, os profissionais se basearão nos mesmos critérios de aplicação da vacina dos utilizados durante a campanha (iniciada na segunda-feira, dia 10). De acordo com o Ministério da Saúde (MS), serão aplicadas as doses ao público que ainda não foi vacinado contra a doença ou que esteja com o esquema de vacinação incompleto. Pessoas que não receberam as duas doses da tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) também devem receber a vacina contra o sarampo.

A inclusão de postos volantes, em parceria com as direções dos shoppings, foi exitosa nas últimas campanhas. A campanha contra o sarampo, de acordo com a programação da Semus, acontecerá nos postos fixos até o dia 13 do próximo mês.

Pessoas que se deslocarem às unidades de saúde durante a campanha ou aos postos volantes sem o cartão ou a caderneta de vacinação poderão receber uma dose da vacina tríplice viral e serão convocados a comparecer às unidades em até 30 dias. A segunda etapa da campanha contra o sarampo em 2020 acontecerá em agosto. Em outubro do ano passado, na etapa complementar contra o doença, mais de 12.900 pessoas foram vacinadas.

Foto: Honório Moreira

sem comentário »

Liga de Basquete Feminino terá oito equipes em 2020

1comentário

A Liga de Basquete Feminino (LBF) terá oito equipes de quatro estados brasileiros em 2020. A competição que completa 10 anos terá início no dia 8 de março (Dia Internacional da Mulher).

Vão participar as equipes de Blumenau-SC, Ituano Basquete-SP, Pró-Esporte/Sorocaba-SP, Sampaio Basquete-MA, Santo André/Apaba/Caoa Chery-SP, Sesi Araraquara-SP, Sodiê Doces/LSB-RJ e Vera Cruz/Campinas-SP.

Todas as equipes se enfrentam em turno e returno na primeira fase. Nas quartas de final, serão quatro confrontos em séries melhores de três partidas (1º x 8º; 2º x 7º; 3º x 6º; e 4º x 5º), com vantagem de quadra para as equipes de melhor campanha. A fase seguinte, semifinal, também acontecerá entre três jogos, enquanto a grande decisão receberá cinco partidas para definir o campeão de 2020.

O Sampaio Basquete que tenta o tricampeonato terá o patrocínio da Equatorial Energia e Governo do Maranhão por meio da Lei de Incentivo ao Esporte e será comandado pelo técnico francês Virgil Lopez.

O time maranhense já confirmou a contratação da armadora argentina Meli Gretter, a pivô Érika, as alas Tainá Paixão, Tati Pacheco, Raphaella Monteiro e Gabi Guimarães. Também já assinaram com o Tricolor a pivô Gilmara e a lateral Isabela Ramona.

Foto: Arte/LBF

1 comentário »