Autoenganação

6comentários

O grupo do governador Flávio Dino (PCdoB) aproveitou-se do fim de semana para soltar mais duas pesquisas que forçam uma barra pela reeleição do comunista em primeiro turno. Já multado por vários delitos eleitorais na mídia, Dino insiste em utilizar-se dessas pesquisas para criar um ambiente a seu favor.

É uma espécie de autoenganação. Dino sabe que os números divulgados incompletos – curiosamente diante do TRE e da Procuradoria-Regional Eleitoral – apenas fantasiam sua própria situação, que, aliás, pode ser vista nas ruas de cidades como Rosário e Dom Pedro, como ocorreu no fim de semana.

As pesquisas estão incompletas porque não trazem os dados sobre votos nulos, em branco e eleitores indecisos. E esses dados somem para que os índices de Dino subam às alturas. Mas os próprios institutos se denunciam quando põem os números nominais. Nesse caso, Dino varia abaixo da linha de corte para a vitória em primeiro turno. Ou seja, as pesquisas contratadas pelo comunista tentam criar um ambiente que não existe na campanha, o de vitória em primeiro turno.

Mas o governador quer forçar isso porque sabe que as coisas ficam mais difíceis para ele no segundo turno, caso tenha que enfrentar um adversário num tête-à-tête. E pelo temor que ele tem disso, já se vê os riscos que ele corre.

Novo Ibope

A próxima pesquisa do Ibope, que serve de referência para todos os grupos políticos – mesmo os que não gostam do instituto -, deve ser divulgada por volta do dia 15 de setembro.
Mas uma outra pesquisa, esta do Instituto Escutec, deve sair nos próximos dias.

Os dois costumam pôr ordem na confusão que os institutos pagos pelo Palácio dos Leões fazem.

Estado Maior

6 comentários »

Flávio Dino de olho nas pesquisas

1comentário

O governador Flávio Dino (PCdoB) e seus mais apaixonados seguidores bem que tentaram, mas não conseguiram negar o abalo que as mais recentes pesquisas causaram em suas hostes.

Mais especificamente os levantamentos do instituto Escutec, que desde o mês passado tem feito consultas em vários municípios do estado – todos apontando, até, agora, vitória da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) sobre o comunista.

E a prova cabal veio ontem, depois de o chefe do Executivo cumprir agenda na cidade de Codó.

O governador desembarcou na cidade com seu séquito para anunciar, como sempre, diversas obras e ações. Prometeu o que podia e um pouco mais.

O pano de fundo para a visita, no entanto, é o resultado de dois questionamentos feitos pelo Escutec aos eleitores da cidade. O primeiro deles: qual a preferência local na disputa pelo Governo do Estado em 2018. Roseana Sarney apareceu com 40%; Flávio Dino, 31,5%.

Mas o que mais incomodou os comunistas foi o resultado do segundo questionamento: para 61% dos codoenses, a peemedebista fez mais pela cidade do que o atual governador.

E a visita de ontem, então, pode ser considerada um “efeito Escutec”.

Estado Maior/ O Estado

1 comentário »

Pesquisas pululam

1comentário

São numerosos os institutos e diversos os levantamentos feitos em todo o Maranhão sobre a corrida eleitoral que se avizinha. As pesquisas são feitas em âmbito estadual, por soma de regiões ou nos próprios municípios. E todos apontam uma situação de desgaste do governador Flávio Dino (PCdoB), além da franca ascensão da ex-governadora Roseana Sarney (PMDB).

Em síntese, as pesquisas mostram características claras entre os principais candidatos. As principais delas:

Flávio Dino: É claro o desgaste do governador comunista após três anos de promessas de campanha não cumpridas com prefeitos e munícipes no interior do estado. Dino tem força para revirar este cenário, mas a força com que Roseana aparece nos números é de preocupar qualquer político.

Roseana Sarney: Mesmo sem declarar-se candidata e sem nenhum contato direto com a população do interior, desde o início do governo Flávio Dino, Roseana lidera todos os cenários das pesquisas independentes, mostrando que tem força suficiente para a disputa.

Roberto Rocha (PSB): Sem Roseana na disputa, ele passa a ser o principal adversário de Flávio Dino, mas sem força suficiente para provocar um segundo turno. Seu patamar mais alto, com dois dígitos, mas abaixo dos 20%, se dá sem a presença da ex-governadora.

Maura Jorge (Podemos): A ex-prefeita tem se consolidado em todas as regiões, mesmo que ainda na casa de apenas um dígito. Os números mostram que ela tem potencial para crescer, mas apontam que seus índices não são, ainda, suficientes para um confronto direto. A baixa rejeição é um trunfo para crescer ao longo da campanha.

Coluna Estado Maior/ O Estado do Marahão

1 comentário »

Edivaldo e Wellington sobem, Eliziane cai

1comentário
Pesquisas mostram a tendência após a primeira semana de propaganda eleitoral

Pesquisas mostram a tendência após a primeira semana de propaganda eleitoral no rádio e TV

As cinco pesquisas divulgadas esta semana apontam cenário de liderança do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) na corrida pela disputa da Prefeitura de São Luís, bem como o crescimento do candidato Wellington do Curso (PP) que se mantém na segunda colocação.

As pesquisas apontaram a tendência de queda da candidata Eliziane Gama (PPS) que aparece na terceira colocação, além do crescimento de Eduardo Braide (PMN) que começa a se consolidar na quarta colocação.

Todas as pesquisas refletem o início da propaganda eleitoral no rádio e na televisão que teve início no dia 26 de agosto e também do corpo a corpo que os candidatos vem enfrentado nas caminhadas nos bairros. Vamos aos números:

Na pesquisa Escutec divulgada hoje em O Estado, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) que na última pesquisa divulgada no dia 8 de agosto tinha 25,2% agora aparece com 30,6%. O segundo colocado é o candidato Wellington do Curso (PP) que tinha 18,7% e subiu para 19,5%, Eliziane Gama (PPS) que era a segunda colocada caiu para terceiro. Ela tinha 21,8% e caiu para 18,5%. Eduardo Braide está em quarto. Ele aparecia com 4,9% e agora soma 6,5%.

O Ibope, divulgado na terça-feira pela TV Mirante apontou o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) candidato à reeleição tem 29%. O segundo é Wellington do Curso (PP) 20% e Eliziane Gama está em terceiro com 16%. Em seguida, aparecem empatados com 5% Eduardo Braide (PMN), Fábio Câmara (PMDB) e Rose Sales (PMB).

A Pesquisa do Instituto Prever divulgada na terça-feira (30) pelo Blog do Luís Cardoso confirmou a liderança do prefeito Edivaldo Holanda Júnior na disputa da corrida eleitoral em São Luís. A novidade é o empate entre Eliziane Gama (PPS) com 17,1% e Wellington do Curso (PP) com 17% na segunda colocação , mas os números da pesquisa espontânea mostram Wellington do Curso com 11,57% e Eliziane Gama 10,6%.

Números do Instituto Ímpar divulgados por O Imparcial mostraram Edivaldo com 23,65%. Edivaldo é seguido pela candidata Eliziane Gama (PPS) com 18,5% e Wellington do Curso (PP) com 16,58%. Na espontânea, Wellington é o segundo com 7,59% e Eliziane Gama com 6,89%.

E por fim, a pesquisa do DataM divulgada pela TV Difusora Edivaldo lidera a corrida eleitoral com 25,7% das intenções de voto, seguido de Eliziane Gama (PPS) 19%, Wellington do Curso (PP) 12,8%. Os números da pesquisa espontânea também confirmaram a tendência de evolução de Wellington do Curso que aparece à frente de Eliziane 4,3% a 4%.

Com esses primeiros números, os candidatos começaram a avaliar o início da campanha eleitoral e a definir os próximos passos.

1 comentário »