Jornalismo e ficção

8comentários

boatos

O dia de hoje será sem dúvida mais um daqueles que deveriam servir de estudo para as futuras gerações nas faculdades. Daria sem dúvida uma boa tese.

Nas redes sociais muita gente tirou o dia para criticar os veículos do Sistema Mirante. Mas é a opinião de cada um e devemos respeitá-la.

Mas qual o motivo da crítica? Bem, ao afirmar que não houve arrastão hoje em São Luís e que tudo não passou de boato, todos os veículos do Sistema Mirante foram duramente e injustamente criticados. “A TV do Sarney não vai falar mal do governo da filha dele”, muitos disseram isso.

Pois bem. Aos que escreveram o que não viram fica o desafio. É muito fácil criar uma história como no mundo da ficção. Mas jornalismo não é ficção.

Como o Sistema Mirante poderia mostrar um arrastão que não aconteceu? Quem fez imagens? Fotografias? Quem viu? Fica o desafio. Eu, pelo menos não vi.

E não soube que nenhum outro veículo tenha mostrado o que não aconteceu. E que tenha sido criticado por tratar o assunto como boato.

Nas redes sociais, todos os jornalistas de várias TVs, rádios, jornais impressos e portais, escreveram sobre a existência dos boatos, ressaltando o perigo de levar falsas notícias à população.

Isso já aconteceu por aqui. Lembram da “Guerra dos Mundos”?

Fica o tema para discussão.

8 comentários »

Banco da Cidade

0comentário

robertorocha

Os último detalhes para implantação do projeto Banco da Cidade fora acertados hoje (10), em reunião que contou com a presença do vice-prefeito de São Luís, Roberto Rocha, o Secretário Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Marcelo de Araújo, o vereador Roberto Rocha Filho e o superintendente estadual do Banco do Nordeste (BNB), Helton Mendes

Durante o encontro, na sede da Superintendência Estadual do Banco do Nordeste no Maranhão ficou acertada a inclusão de produtores rurais ludovicenses como beneficiários do projeto Banco da Cidade, cujo lançamento deve acontecer ainda este mês.

O Banco da Cidade de São Luís é um projeto resultado de um acordo de cooperação técnica entre o Banco do Nordeste e a Prefeitura de São Luís com o objetivo de disponibilizar produtos e serviços financeiros do Programa de Microcrédito Urbano do BNB, o Crediamigo, para atender a demanda dos empreendedores de São Luís.

Para isso, o poder público municipal, por meio da Secretaria de Agricultura, Pesca e Abastecimento vai disponibilizar 50 colaboradores para atuar como promotores dos serviços, sendo responsáveis por identificar as demandas em potencial para o microcrédito, realizar palestras informativas junto aos potenciais clientes, coletar dados cadastrais e encaminhar os empreendedores ao Programa Crediamigo, a fim de agilizar o acesso ao crédito produtivo e acompanhado.

O vereador Roberto Rocha Filho, autor do projeto que cria o Banco da Cidade, afirma que incluir o setor rural como beneficiário do projeto é resultado da observação da capacidade produtiva que a região detém. “São Luís é uma das capitais brasileiras com maior área de zona rural e com considerável capacidade de produção. Percebemos nisso uma oportunidade de incluir esses produtores rurais nos benefícios do acesso ao microcrédito produtivo e orientado do Banco do Nordeste e, assim, tornar a produção ludovicense economicamente viável”, garante.

Para o vice-prefeito Roberto Rocha, o Banco da Cidade é um dos principais produtos que a Prefeitura vai oferecer à população. “Este é um projeto que já foi amplamente discutido na Câmara de Vereadores de São Luís, exatamente pela sua importância aos microempreendedores de nossa cidade. Com o Banco da Cidade, faremos o crédito chegar a quem realmente precisa de recursos para desenvolver seus negócios e ainda beneficiaremos todos os envolvidos nessa cadeia produtiva”, conclui.

sem comentário »

Formação de policiais

0comentário

aluisio

Vinte e seis formandos receberam na última terça-feira (8), o certificado no Curso de Formação de Soldados da Polícia Militar do Maranhão. Ao todo, 23 homens e 3 mulheres passaram por treinamento durante seis meses e apartir de agora etão aptos para trabalhar nas cidades que compreendem a 9ª Companhia Independente de Codó, que ainda abrange os municípios de Coroatá, Peritoró e Timbiras.

Na abertura da solenidade, o Major Jairo Xavier deu as boas vindas à nova turma e falou sobre o curso de formação e as perspectivas de uma turma que conta com alunos possuidores de alto nível de graduação.

O Secretário de Estado de Segurança Pública, Aloísio Mendes, traçou um panorama sobre os índices de criminalidade no Brasil. Tomando por base o percentual da violência e a relação de Policial Militar por número de habitantes, o secretário informou que estado do Maranhão, apesar do efetivo insuficiente, apresenta índices menores de violência em relação a outros estados da federação.

formacao

Ao final do discurso, o Secretário anunciou a instalação do Sub-grupamento do Corpo de Bombeiros em Codó e o início do Curso de Formação para Policia Militar. Mais dois grandes reforços para a estrutura de segurança pública para o município de Codó.

O prefeito de Codó, Zito Rolim disse que as conquistas de Codó na área de segurança pública são atribuídas a um esforço conjunto entre o Governo do Estado do Maranhão, a Prefeitura Municipal de Codó e a sociedade civil organizada. “Em dois anos avançamos consideravelmente no setor da segurança pública em Codó. Os anseios de nossa população foram ouvidos pela administração e levados ao Governo do Estado. Ao logo desses meses estamos podendo testemunhar a evolução e o cumprimento de tudo o que foi solicitado ao Secretário Aloísio Mendes e a Governadora Roseana Sarney”.

sem comentário »

Ônibus param…

1comentário

onibus

O Sindicato dos Trabalhadores do Transporte Rodoviário do Estado do Maranhão confirmou que os ônibus deixarão de circular após às 19h desta quinta-feira (10).

A decisão foi tomada depois do incidente registrado ontem à noite quando sete ônibus foram incendiados por uma facção criminosa em resposta às mortes na Casa de Detenção (Cadet), em Pedrinhas.

Foto: Douglas Júnior/O Estado

1 comentário »

Boatos em São Luís

12comentários

São Luís foi surpreendida, nesta quinta-feira (10) por uma onda de pânico sem razão de ser e que deixou a população em polvorosa, provocando até fechamento de escolas, universidade e estabelecimentos comerciais da Rua Grande. Tudo provocado por boatos, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP) que se espalharam nas redes sociais e ganharam eco.

Não se sabe os reais motivos e onde começaram os posts sobre registros de confusão na cidade. O certo é que, no início da manhã, começaram a surgir na internet informações sobre arrastões e outras ocorrências em diversos bairros da cidade.

A polícia apurou as denúncias, inclusive a notícia sobre o arrastão que teria ocorrido em uma universidade particular, mas, após averiguação, concluiu que não encontrou indícios de qualquer movimentação estranha no local.

A Secretaria de Comunicação Social do Maranhão (Secom) informou no início da tarde de hoje (10) que a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) não recebeu qualquer chamado de ocorrência de arrastões em São Luís.

O secretário Sérgio Macedo disse não saber de onde surgiram os boatos que se tornaram mais intensos na metade da manhã e levou várias escolas e comércio a suspenderem as atividades.

Ainda é de surpreender que, com tantos meios de checagem, a população ainda fique a mercê de boataria de quem parece não ter mais nada com que se preocupar.

Fica o alerta!!

12 comentários »

Segurança em Coroatá

1comentário

teresaealuisio

O secretário de Estado de Segurança Pública, Aluisio Mendes, visitou nesta quarta-feira (9) o município de Coroatá, onde entregou uma nova viatura para auxiliar os trabalhos ostensivos desenvolvidos pela Polícia Civil e deu posse ao delegado Samuel Moritta, que assume o distrito policial da cidade.

Acompanhado do subcomandante geral da Polícia Militar, coronel Edilson Gomes, Mendes anunciou obras que serão executadas pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) de reforma e construção das unidades policiais no interior do estado. A prefeita de Coroatá, Teresa Murad, reafirmou a parceria institucional com a SSP. “Estamos estudando também sobre o projeto do Sistema de Videomonitoramento, já implantado pela SSP em São Luís, para instalar aqui em Coroatá, com o apoio técnico da Secretaria de Segurança”, frisou.

A visita a Coroatá foi acompanhada ainda pelo secretário de Estado da Saúde, Ricardo Murad, que destacou a integração das ações do Governo Roseana Sarney, com investimentos em todas as áreas.

Atendendo a um pedido da prefeita Teresa Murad, Aluisio Mendes afirmou que no bairro Trizidela, naquele município, também será erguido um distrito policial. A Prefeitura se comprometeu em doar um terreno para a obra. O secretário de Segurança determinou, em caráter de urgência, que o antigo prédio onde funcionava o distrito policial da cidade, que havia sido destruído durante um motim, seja reformado e readaptado.

Já o Destacamento da Polícia Militar também possuirá uma nova sede. O prédio que vai abrigar as instalações da unidade policial será erguido em uma área total de 17.000 m². A obra ficará pronta no prazo máximo de 100 dias após a assinatura da Ata de Adesão. A SSP ainda estuda a construção de um Centro de Formação de Soldados em Coroatá.

Outra parceria anunciada foi à qualificação dos guardas municipais para atuarem de forma conjunta com os policiais militares. Convênios operacionais desse tipo já foram celebrados com a Prefeitura de Lago da Pedra, no qual os guardas municipais saem em dupla com os militares. Para Mendes, é uma forma de duplicar as ações dos profissionais de segurança no combate ao crime. Além do treinamento, a SSP disponibilizará para a cidade, equipamentos de uso não letal.

1 comentário »

Flávio analisa…

5comentários

flavioA vitória por 2 a 1 não refletiu o volume de jogo do Sampaio na noite desta quarta-feira contra o Rio Branco-AC. A vitória curta, que colocou o time maranhense na vice-liderança do grupo A incomodou o técnico Flávio Araújo, que criticou as chances desperdiçadas pela equipe, tanto no primeiro, quanto no segundo tempo.

“Parecia chute a gol. A equipe teve um volume e um ritmo de jogo muito forte. 1 a 0 foi pouco no primeiro tempo, mas foi muito pouco. No segundo tempo diminuímos o ritmo, mas mesmo assim. Quantas e quantas jogadas de linha de fundo a gente não aproveitou. Foi domínio total do jogo. Quando a vê um time ter 25 oportunidades e fazer só um gol e o adversário fazer um gol num lance bisonho nosso, logicamente preocupa bastante”, disse ao Globoesporte.

Apesar das críticas ao baixo aproveitamento nas finalizações, Flávio exaltou a entrega do time em campo. Além disso, o treinador destacou o crescimento do time na véspera do jogo contra o Fortaleza.

“Mesmo assim valeu o resultado, nosso time está vivo na competição e só depende de nós. Vamos sair desse jogo fortalecido para esse grande jogo contra o Fortaleza, para decidir a nossa classificação”, afirmou.

Com a vitória diante do Rio Branco-AC, o Sampaio pode se classificar até com um empate no próximo domingo. A equipe tricolor soma 32 pontos e encara o Fortaleza às 16h, na Arena Castelão.

Foto: Paulo de Tarso Jr./Imirante

5 comentários »

Promoção de professores

0comentário

professores

sem comentário »

Noite de horror

4comentários

p1050005

Pelo menos treze presos morreram e trinta ficaram feridos durante uma briga de facções criminosas na Casa de Detenção (Cadet) do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís. Os dados foram confirmados pelo secretário de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), Aluísio Mendes em nota encaminhada pelo governo do Estado à imprensa.

Segundo o secretário, a rebelião foi contida pelos homens do Choque e do Grupo Tático Aéreo (GTA).

“As mortes todas são em decorrência de brigas entre detentos de facções adversárias. O tumulto começou após a inteligência da SSP ter descoberto que 60 presos estavam cavando um túnel pelo qual pretendiam sair essa madrugada. Quando agentes penitenciários tentaram acessar a cela onde ficava o início do túnel, os presos se rebelaram tentando evitar a revista”, disse Aluísio.

Ainda segundo Aluísio Mendes em resposta às mortes, a facção criminosa incendiou sete ônibus em São Luís.

Na manhã de hoje (10), o secretário Aluísio Mendes admitiu que houve erro na contagem do número de mortos. Segundo ele, o número exato é de 10 mortos. Os corpos estariam no IML (6) e Hospital Socorrão (4).  A SSP deve divulgar uma nova nota oficial confirmando o número de mortos.

Foto: César Hipólito

4 comentários »