Novos uniformes

22comentários

ArteSampaio

A Super Bolla lançou agora à noite, no Rio Anil Shopping, os novos uniformes do Sampaio para a temporada e que serão usados o Campeonato Brasileiro Série B que começa no mês de maio.

Foram apresentados os novos modelos do uniforme 1, o tradicional Tricolor, o uniforme 2, o branco e o verde que é número três..

Os uniformes de goleiros serão na cor limão, encarnado e amarelo.

Arte: Maurício Araya/Imirante.com

22 comentários »

Defesa dos autistas

1comentário

WellingtondoCurso

Em defesa dos autistas, o deputado Wellington do Curso (PPS) solicitou na manhã desta quinta-feira (19), uma audiência pública com as Comissões de Direitos Humanos e Educação da Assembleia Legislativa para debater sobre a atuação das entidades convocadas no tocante às políticas voltadas para as garantias fundamentais dos direitos das pessoas com transtorno espectro autista, em referência à Lei Federal 12764/12.

O requerimento tem como objetivo discutir políticas públicas a serem adotadas, a fim de atender as especificidades regionais e proporcionar aos autistas um amplo tratamento multiprofissional que atenda às suas necessidades.

Segundo o parlamentar, o autismo é um transtorno global do desenvolvimento que não tem recebido a devida atenção por parte do Poder Público, principalmente no Maranhão (2º maior Estado com autistas), tanto no que se refere ao diagnóstico precoce quanto em relação ao tratamento dos portadores.

“A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem a redução do risco de doença e outros agravos e torne igualitário o acesso às ações e serviços para sua proteção e recuperação”, destacou o vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos.

Foto: JR Caledônio/ Agência Assembleia

1 comentário »

Modernização do futebol

1comentário

DilmaRousseff

A presidenta Dilma Rousseff  assinou, nesta quinta (19),  Medida Provisória para modernizar a gestão e a responsabilidade fiscal do futebol brasileiro. O texto prevê obrigações que deverão ser seguidas pelos clubes. Uma delas é a renegociação das dívidas que, se descumpridas pelas entidades, poderão resultar em rebaixamento de divisão.

A presidenta elencou as principais medidas constantes na MP, que foram pautadas por regras de governança, transparência e responsabilidade fiscal, e não meramente a renegociação de dívidas.

“Estamos propondo um programa que permitirá aos clubes superar dificuldades financeiras e adotar boas práticas de gestão do futebol. A intenção da lei é que se torne viável o efetivo fortalecimento dos clubes. O programa vai ser aplicado e como todos os programas, fiscalizado“, destacou a presidenta.

Dilma destacou que o futebol brasileiro necessita com urgência de um programa de modernização da gestão e de responsabilidade fiscal. “Por isso, acredito sinceramente que o futuro de nosso futebol depende da aprovação desta legislação que temos a honra de submeter ao exame do Congresso Nacional”, salientou a presidenta.

A presidenta também ressaltou que o texto foi construído por meio do diálogo entre os mais diversos setores ligados ao futebol. “Essas propostas vão ao encontro das demandas dos clubes, dos profissionais da cadeia produtiva do futebol, das entidades representativas do segmento e do Bom Senso Futebol Clube e também tiveram a participação muito efetiva dos cronistas esportivos do país”, lembrou.

Foto: Roberto Stuckert Filho/PR

1 comentário »

Acesso gratuito

2comentários

GlaubertCutrim

O deputado Glalbert Cutrim (PRB) apresentou nesta quinta-feira (19), durante sessão na Assembleia Legislativa, requerimento cobrando das autoridades competentes o cumprimento da Lei Estadual nº 9.926/13 que garante acesso gratuito de ambulâncias que estejam transportando pacientes na travessia do ferryboat – destino Baixada Maranhense/São Luís e vice-versa.

Glalbert afirmou que, recentemente, esteve reunido com prefeitos da região da Baixada e os mesmos afirmaram que, apesar da gratuidade estar garantida em lei, as empresas concessionárias do serviço continuam cobrando das ambulâncias valores referentes à passagem para travessia.

“É inadmissível o que está acontecendo em relação a travessia de ambulâncias que, diariamente, transportam pacientes desta região de nosso estado para a capital São Luís. A Lei que determina a gratuidade existe há dois anos e não está sendo cumprida. É necessário que a Emap e o próprio Ministério Público Estadual fiscalizem com rigor essas empresas no sentido de obriga-las a cumprir o dispositivo legal”, afirmou o parlamentar ressaltando que a cobrança irregular acaba onerando os cofres dos municípios e os próprios prefeitos.

“Neste caso, diante dessa cobrança indevida, são os prefeitos que pagam as passagens com o objetivo de garantir que os pacientes não sejam prejudicados”, completou.

Pátio Norte – Ainda durante o seu pronunciamento na tribuna da Assembleia, Glalbert Cutrim destacou a inauguração, na última terça-feira (18), do Pátio Norte Shopping, empreendimento localizado no município de São José de Ribamar e que está gerando milhares de novas vagas de emprego na Grande Ilha.

Cutrim e o deputado Edilázio Júnior (PV) participaram do evento representando a AL. “Este empreendimento corresponde a um investimento da ordem de mais de R$ 120 milhões que, além de gerar emprego e renda, oferta aos moradores da Ilha um mix de oportunidade de negócios, entretenimento e inclusão social. O grupo Canopus está de parabéns, assim como a administração do prefeito Gil Cutrim, que soube trabalhar para que o novo Shopping fosse construído no território ribamarense”, finalizou.

2 comentários »

Bradesco é condenado

1comentário

RicardoDuailibe

O Banco Bradesco terá que indenizar em R$ 10 mil e restituir em dobro os valores cobrados indevidamente a uma aposentada com o desconto em parcelas mensais do seu benefício previdenciário. A decisão é da 5ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça (TJMA), que manteve sentença do Juízo da 2ª Vara da Comarca de João Lisboa.

Na ação a aposentada ressalta que não realizou contrato com o referido banco, informação verificada pelo relator do processo, desembargador Ricardo Duailibe, que reconheceu a ilegalidade dos descontos mensais realizados no benefício previdenciário da autora.

Para o magistrado, o Bradesco não apresentou nenhum documento que demonstrasse a existência e validade do referido contrato, restringindo-se a afirmar que o mesmo teria sido efetivamente firmado.

E sua defesa, o Bradesco alegou que não houve exposição de qualquer vexame, abalo, dor, constrangimento ou angústia que caracterizassem e evidenciassem o dever de indenizar. Assegurou que agiu com a mais absoluta boa-fé, ao efetuar os descontos referentes ao empréstimo que se configura validamente contratado.

Os argumento da instituição financeira não convecera o desembargador Ricardo Duailibe. Para o magistrado, o banco agiu com culpa, ao realizar o desconto no benefício da aposentada sem que existisse um vínculo contratual, devendo ser mantida a sentença para condenar o réu ao pagamento em dobro dos valores indevidamente descontados de seus proventos e que serão apurados em liquidação de sentença.

De acordo com o relator, o valor da indeização se mostra razoável e proporcional à justa reparação do prejuízo, a teor do artigo 944 do Código Civil, observando-se, sobretudo, a capacidade econômica das partes e as circunstâncias do caso concreto, de forma que a referida condenação não se traduz em enriquecimento sem causa.

1 comentário »

Pacto federativo

1comentário

SarneyFilho

O Plenário da Câmara dos Deputados foi transformado na última terça-feira (17), em comissão geral para discutir o pacto federativo e a distribuição de recursos públicos e obrigações entre União, estados, municípios e o Distrito Federal. O líder do Partido Verde, deputado Sarney Filho, do Maranhão, ressaltou em seu pronunciamento que a distribuição atual de recursos públicos e de obrigações enfraquece os estados e, principalmente, os municípios.

“O governo federal algumas vezes faz um programa para construção de creches, para construção de escolas, mas ao mesmo tempo não dá dinheiro para que essas escolas municipais e para que essas creches municipais tenham estrutura para poder funcionar. Não é `a toa que a cada seis meses, para cá para Brasília, vem comitivas e mais comitivas, de encontros de prefeitos, que com toda razão querem um novo pacto federativo, um que respeite a autonomia dos municípios. Um que dê aos municípios as condições de fazerem um planejamento da sua gestão, coisa que hoje não pode mais porque o Fundo de Participação fica, que nem se diz no Maranhão, um cofo a sabor da maré, se a maré enche o cofo vem, se a maré vasa, o cofo vai”.

Sarney Filho também criticou a política econômica do governo federal referente à isenção de IPI, uma vez que, ao diminuir o imposto, diminui automaticamente o Fundo de Participação dos Municípios.

“O que nós temos visto é que toda política econômica do governo, quando dá, por exemplo, isenção de IPI, não livra os municípios, ao contrário, diminuindo o IPI, diminui o Fundo de Participação dos Municípios e dos estados também. E o que acontece? Por causa de uma política cuja a decisão é unicamente do Executivo, da União, nacional, os municípios são penalizados. O que nós estamos vendo hoje é o empobrecimento dos municípios”.

Durante o debate, deputados da base do governo e da oposição destacaram a dificuldade de os estados e municípios assumirem suas obrigações. Segundo os parlamentares, os estados e municípios não tem receita suficiente para uma boa prestação  de serviços públicos.

1 comentário »

Hospital em Santa Inês

1comentário

Sousa-Neto

O deputado Sousa Neto (PTN) cobrou do secretário estadual de Saúde, Marcos Pacheco, durante a Audiência Pública realizada pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, na última terça-feira (17), a data precisa para a inauguração do Hospital Macrorregional de Santa Inês.

“Perguntei ao secretário Marcos Pacheco sobre a questão do hospital e a resposta que tive é que ele não sabe ao certo quando é que vai inaugurar. Até porque, segundo ele, ainda será realizada uma reunião com todas as regionais para poder discutir e saber o que é realmente de urgência e o que realmente tem que ser inaugurado”, informou o parlamentar.

Sousa Neto disse que a sua maior preocupação é porque o secretário já demonstrou que o governo não tem interesse da verdade em abrir um hospital que já tem até tomógrafo. Ele se refere ao hospital localizado na cidade de Santa Inês, que possui 100 leitos de internação, 12 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), um Centro de Hemodiálise e uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em anexo.

Segundo o parlamentar, o hospital tem um centro de hemodiálise com 50 máquinas que podem atender a mil pacientes que sofrem com problemas renais. “Esses pacientes que estão sofrendo lá em Santa Inês, vão fazer hemodiálise em Bacabal três vezes por semana ou peregrinar para São Luís. Eu queria que o governador tivesse a sensibilidade em atender o clamor daquela região e abrisse o hospital macrorregional”, concluiu.

Foto: JR Caledônio/ Agência AL

1 comentário »

UPA superlotada

5comentários

UPABacanga

A deputada Andrea Murad, titular da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa, visitou a UPA do Itaqui Bacanga nesta quarta-feira (18) e ficou impressionada com a quantidade de doentes que superlotam a unidade. A calçada da UPA continua servindo de assentos para quem busca atendimento. Ao entrar na recepção, o espaço estava completamente lotado e em muitos momentos, a triagem era feita na própria recepção.

“Vi o desespero de muitos pacientes por causa da demora no atendimento. Superlotada, com pacientes aguardando atendimento sentados na calçada, recepção alagada, pacientes tomando soro em pé nos corredores, mais de 7 horas de espera e crianças quase convulsionando de febre na porta dos consultórios. Para minha tristeza, uma situação totalmente diferente do que eu vi ano passado quando visitei a mesma UPA. Infelizmente as Upas estão virando Socorrao”, avaliou Andrea Murad.

A deputada tomou conhecimento ainda que existem salas onde o piso está infiltrado. Na ala de classificação de risco, onde acontece a aferição da pressão e da temperatura, os doentes estavam em pé. Uma delas, estava envolta de cobertores sem ter onde sentar. De imediato, a deputada solicitou uma cadeira para a paciente. No setor dos consultórios, mais pacientes em pé.

UPA1

A direção explicou que a unidade atende com plantão 2 clínicos gerais, 2 pediatras e 1 médico intensivista, chegando a receber até 600 pessoas por dia. Ao se reunir com a diretoria, a deputada lamentou que a qualidade no atendimento tenha caído consideravelmente.

A direção da UPA Itaqui Bacanga explicou que a superlotação é por causa da sazonalidade e que os problemas estruturais já foram demandados à Secretaria de Estado da Saúde. Andrea Murad disse que pretende estar mais perto das demandas da saúde até para cobrar do governo o que vem presenciando nas unidades.

“A visitas são necessárias porque eu tenho recebido muitas denúncias. Então, nós precisamos estar perto da população e interceder por ela nesses momentos de deficiência na saúde pública. E pra isso, nada melhor do que visitar a UPA, conversar com os pacientes, conversar com a diretoria pra  entender de perto o que está acontecendo. Estamos em uma situação crítica, totalmente diferente do que eu vi ano passado quando visitei a mesma UPA, o governo não está conseguindo resolver e, talvez, ouvindo as pessoas, possamos cobrar ações mais práticas da secretaria”, disse Andrea Murad.

5 comentários »

Dois eliminados

25comentários

sampaio

Acabou a Copa do Nordeste para os dois representantes maranhenses. Saímos com a sensação de que poderíamos ir bem mais longe se as nossas equipes não tivessem os problemas fora de campo.

O Sampaio perdeu para ele mesmo quando mostrou total amadorismo ao escalar um jogador irregular e perdeu 6 pontos no Tapetão. O Moto, num grupo fraco e com uma equipe limitada perdeu para os seus próprios problemas financeiros e administrativos.

O Sampaio precisava vencer e torcer por um tropeço do Coruripe. O time alagoano até empatou, mas o Sampaio perdeu para o Sport, na Ilha do Retiro por 3 a 1, e deu adeus à competição.

O Sport ficou em primeiro no Grupo B com 9 pontos. O Coruripe com 5 pontos ficou em segundo. O Sampaio foi o terceiro com 5 pontos e o Socorrense o último com 3 pontos.

MotoePiaui

O Moto entrou em campo sem acreditar na possibilidade de classificação que foi ficando mais clara a medida em que os resultados dos outros jogos começaram a favorecer o time maranhense.

Mas o empate com o Piauí, por 1 a 1, no Estádio Castelão tirou qualquer possibilidade do Moto seguir adiante. Com as combinações de resultados, se tivesse vencido por 3 a 1, de forma incrível, o time rubro-negro estaria comemorando a classificação.

O Moto ainda chutou três bolas no trave. A partida terminou após muita pancadaria entre os jogadores das duas equipes.

No Grupo C, o Salgueiro foi o primeiro colocado com 10 pontos. O Náutico com 8 foi o segundo. O Moto terminou em terceiro com 6 pontos e o Piauí foi o lanterna com 5 pontos.

Os classificados foram: Vitória-BA, América-RN, Bahia-BA, Salgueiro-PE, Sport-PE, Ceará-CE, Fortaleza-CE e Campinense-PB. Os confrontos na próxima fase serão definidos em sorteio.

Fotos: Aldo Carneiro/Pernambuco Press e Paulo da Tarso Jr./ Imirante.com

25 comentários »