Sampaio vacila e agoniza na Série B

5comentários
Sampaio empata com o Oeste, por 1 a 1, no Castelào e segue na lanterna da Série B

Sampaio empata com o Oeste, por 1 a 1, no Estádio Castelào e segue na lanterna da Série B

O Sampaio deixou escapar a grande chance de deixar a lanterna e assumir pela primeira vez no Campeonato Brasileiro Série B a décima oitava colocação e definitivamente entrar na briga contra o rebaixamento.

O time maranhense vencia o jogo contra o Oeste por 1 a 0, numa disputa direta, mas em um vacilo do setor defensivo levou um gol aos 46 minutos e deixou escapar uma vitória contra um adversário direto nesta missão difícil que é se livrar do rebaixamento para a Série C.

Além de levar um gol no fim, o Sampaio ainda perdeu várias chances de gol durante a partida e poderia ter vencido o Oeste com tranquilidade.

Com o resultado, o Sampaio permanece na última colocação com 26 pontos e embora tenha um jogo a menos contra o Vila Nova-GO, mesmo que vença, ainda assim ficará a 4 pontos do Oeste, diferença que poderia ficar em apenas 1 pontinho.

O Sampaio volta a jogar no dia 20, às 17h, contra o Tupi, em Juiz de Fora.

Foto: Biaman Prado/ O Estado

5 comentários »

Candidatura de Zé Vieira continua indeferida

0comentário
ZeVieira

TRE-MA manteve a decisão de 1ª grau que indeferiu o registro de candidatura de José Vieira

Acompanhando o voto do relator, desembargador Raimundo Barros, os membros do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão mantiveram nesta terça-feira (11), em sessão jurisdicional, a decisão de 1ª grau que indeferiu o registro de candidatura de José Vieira Lins (RE 187-25), que concorreu ao cargo de prefeito da cidade de Bacabal nestas eleições 2016. Da decisão, cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral.

Raimundo Barros destacou que existe contra José Vieira Lins causas de inelegibilidades devidamente tipificadas, conforme o artigo 1º, inciso I, alíneas “g” e “l” da Lei 64/90 por ato doloso de improbidade administrativa, enriquecimento ilícito e prejuízo ao erário.

O candidato Zé Vieira teve mais votos que o deputado Roberto Costa, na eleição do último dia 2 de outubro. Zé Vieira obteve 20.671 contra 18.330 de Roberto Costa, mas os votos foram anulados pela Justiça Eleitoral.

Bacuri

Já o recurso no registro de candidatura 329-38 (Bacuri), interposto por Washington Luis de Oliveira, teve o julgamento interrompido por pedido de vista do desembargador Raimundo Barros, após o Ministério Público opinar pela manutenção do indeferimento e o relator da matéria, juiz Eduardo Moreira, deferir o registro.

Arari

Ao julgarem o RE 78-66 (Arari), o relator, desembargador Raimundo Barros, votou pela manutenção da candidatura de Djalma de Melo Machado, sendo acompanhado pela juíza Kátia Coelho, impedido o juiz Daniel Leite e os demais (juízes Ricardo Macieira e Sebastião Bonfim) aguardarão voto-vista do juiz Eduardo Moreira, que prometeu apresentar entendimento na sessão do dia 13.

Extrapauta, nesta terça-feira, os membros do TRE-MA julgaram ainda outros 17 recursos em registros de candidaturas, restando apenas, dos 543 autuados na Secretaria do Regional, o julgamento de 62. A próxima sessão do Regional está marcada para ocorrer na quinta, 13, a partir das 15h.

sem comentário »

Edivaldo na Vila Mauro Fecury

1comentário
Prefeito Edivaldo Holanda Júnior participa de caminhada na VIla Mauro Fecury II

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) participa de caminhada na VIla Mauro Fecury II

O candidato à reeleição e prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior (PDT), esteve na tarde desta terça-feira (11), na Vila Mauro Fecury II, onde participou junto com os moradores do bairro de mais uma animada caminhada “Todos com Edivaldo”. Bandeiras e a Charanga do 12 entusiasmaram os participantes que vieram de várias comunidades do Anjo da Guarda e área do Itaqui-Bacanga.

Bastante comemorado em sua chegada, Edivaldo andava de um lado a outro da rua para cumprimentar e conversar com cada morador ou moradora. “Vim aqui pedir que voto mais uma vez no nosso projeto de melhorar ainda mais a cidade de São Luís e, principalmente, continuar transformando a vida da população”, disse o candidato da coligação “Pra Seguir em Frente” (PDT, PCdoB, DEM, PROS PTB, PSC, PRB, PTC, PEN, PR, PT e PSL).

Os moradores do bairro e áreas adjacentes agradeceram o atual prefeito de São Luís pelas benfeitorias feitas em sua gestão em toda São Luís. A maioria dos populares destacava a honestidade e o caráter de Edivaldo ao tratar sobre as questões públicas-administrativas. “Meu voto é Edivaldo porque ele tem que terminar o que começou. Não conheço nenhum prefeito melhor para governar a nossa cidade”, disse a comerciante Leonilde Pereira.

O vice na chapa, Júlio Pinheiro (PCdoB), morador há 40 anos na {área do Itaqui Bacanga, salientou a cada eleitor que encontrava a importância nesse segundo turno votar de novo em Edivaldo. “Tivemos nesta zona eleitoral mais de 28 mil votos expressivos. Vamos confirmar de novo nas urnas a vitória e reeleger o prefeito que fez e vai fazer muita mais por São Luís”, destacou.

Vereadores eleitos da coligação “Pra Seguir em Frente” e lideranças políticas comunitárias da Região do Itaqui-Bacanga marcaram presença na caminhada “Todos com Edivaldo”. Entre eles, Marcelo Poeta, Concita Pinto, Josué Pinheiro, Barbosa Lages, Alex Paiva e Solange Bezerra. Também prestigiou o evento o deputado federal Weverton Rocha, presidente estadual do PDT.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Braide participa de Sabatina em O Estado

0comentário
O candidato também aproveitou para agradecer a população que, para ele, fez história em São Luís

Eduardo Braide aproveitou para agradecer a população que, para ele, fez história em São Luís

O candidato Eduardo Braide (PMN), encerrou a série de entrevistas da Sabatina O Estado, nesta terça-feira (11). No bate papo com os jornalistas da editoria de Política do jornal, Braide disse que como prefeito da capital, governará com prioridades em todas as áreas.

Assim como no 1º turno, Eduardo Braide apresentou propostas e discutiu sobre o futuro político da capital com os jornalistas e com eleitores, que também interagiu via redes sociais. A entrevista foi transmitida ao vivo pelo site do jornal e teve a participação de internautas que enviaram perguntas aos candidatos.

O candidato também aproveitou para agradecer a população que, para ele, fez história em São Luís. “Quero dizer que estou aqui por causa de você, que decidiu fazer história e me tirou de apenas 5% nas urnas para um percentual que me garantiu chegar ao segundo turno”, afirmou.

Questionado sobre Cultura e Turismo, o candidato criticou a ineficiência do atual plano de cultura instituído pela Prefeitura de São Luís e disse que “ninguém governa sozinho e que governar é eleger prioridades” citando um dos 33 itens do seu Programa de Governo, que fala sobre a implantação do Programa Municipal de Cultura para possibilitar a continuidade das diversas manifestações populares de São Luís.

Sobre a educação, Eduardo Braide disse que antes de falar em construção de escola de tempo integral vai resolver os problemas de infraestrutura para que as aulas em tempo normal sejam retomadas.

“O problema da educação não é falta de dinheiro, mas sim falta de gestão. A pergunta que nós temos que fazer é: se um prefeito, desde o primeiro ano de mandato, tem à disposição recursos para entregar creches para as crianças e chega ao final de seu mandato e não entrega uma creche, quem está paralisando a cidade?”, questionou o candidato.

Na saúde, o candidato disse que a parceria será uma saída para resolver o problema de falta de leitos. Parceria com a Santa Casa será uma das possibilidades já que, de acordo com Braide, há 10 leitos de UTI fechados há dois anos.

“Ninguém governa sozinho e é dessa forma que vamos governar fazendo parcerias. A minha parceria é de verdade. Ele prometeu um hospital de referência e nunca colocou um tijolo. Mas tem mais de 10 leitos a disposição na Santa Casa que nunca foram utilizados” destacou.

Foto: Milena Cutrim

sem comentário »

Adriano protesta contra atropelo em votação

2comentários
Adriano recebeu apoio de outros parlamentares como Edilázio Júnior (PV), César Pires (PEN), Sousa Neto (PROS) e Max Barros (PRB).

Adriano Sarney recebeu apoio de Edilázio Júnior, César Pires, Sousa Neto e Max Barros

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) protestou contra a atitude ditatorial e antidemocrática da bancada governista, na sessão desta terça-feira (11), que colocou em votação um projeto de lei que estava sob pedido de vistas, ou seja, transgrediu o regimento interno da Assembleia Legislativa, atropelando o processo democrático. Adriano recebeu apoio de outros parlamentares como Edilázio Júnior (PV), César Pires (PEN), Sousa Neto (PROS) e Max Barros (PRB).

Em pauta estava o Projeto de Lei 183/2016, que autoriza o Governo do Estado a contrair empréstimo na Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 55,2 milhões, para obra de reestruturação da Avenida dos Holandeses, em São Luís (MA). Adriano ressaltou que não se dispôs contra o mérito do projeto, mas criticou duramente o trâmite da votação.

O referido projeto estava sob análise do deputado Adriano Sarney, que havia pedido vistas na sessão plenária ocorrida no final da tarde de segunda-feira (10). Como o projeto tramitava em regime de urgência, o pedido de vistas tinha prazo de 24 horas para ser avaliado pelo parlamentar, conforme o artigo número 52, inciso XIV, do Regimento Interno da Assembleia. Mas não transcorreu o prazo de 24 horas e o projeto foi colocado em pauta na manhã seguinte.

Como agravante, além de colocar em pauta o projeto que estava sob vistas, a presidência da Mesa Diretora suspendeu a sessão em curso para convocar uma reunião, extraordinária e conjunta, das comissões técnicas, entre elas a de Constituição e Justiça, presidida pelo deputado Rafael Leitoa (PDT).

Ressalte-se que a presidência da comissão que não atendeu às solicitações do deputado do PV, entre elas, a suspensão da reunião extraordinária (pois o projeto estava sob vistas do parlamentar) e também não acatou uma emenda proposta verbalmente pelo parlamentar, enquanto elaborava o seu voto ao parecer da comissão.

A assessoria jurídica da Assembleia informou que o parlamentar pode ingressar na Justiça com um Mandado de Segurança, com pedido de liminar para anular a sessão e fazer valer o regimento da Casa.

Foto: Agência Assembleia

2 comentários »

Edivaldo reúne lideranças em Plenária

0comentário
Edivaldo reúne lideranças políticas na Grande Plenária São Luís é 12

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior reúne lideranças políticas na Grande Plenária São Luís é 12

O prefeito de São Luís e candidato à reeleição, Edivaldo Holanda Junior PDT), reuniu na noite desta segunda-feira (10), no Comitê Central (Curva do 90), importantes lideranças políticas do estado durante a Grande Plenária São Luís é 12. Evento que teve como objetivo conclamar todos os militantes da coligação “Pra Seguir em Frente”a “marchar” com Edivaldo rumo à vitória no próximo dia 30 de outubro.

Para uma plenária lotada de militantes da coligação “Pra Seguir em Frente” (PDT, PCdoB, DEM, PROS PTB, PSC, PRB, PTC, PEN, PR, PT e PSL) e simpatizantes, Edivaldo fez um resumo de sua gestão ao longo dos quase quatro anos e da parceria com o governador Flávio Dino. E destacou ser o engajamento uma das principais forças para a concretização da continuidade da mudança em São Luís e no Maranhão.

“Juntos somos mais fortes e não podemos parar agora com o nosso projeto de ver a nossa cidade avançando nos próximos quatro anos. Deste modo, conclamo a todas as lideranças políticas e comunitárias, a todos os cidadãos a caminharmos juntos até a vitória, que será do povo de São Luís”, afirmou Edivaldo.

EdivaldoHolanda2

Deputados federais, estaduais; vereadores eleitos; secretários do estado e do município; dirigentes dos partidos que fazem parte da coligação “Pra Seguir em Frente”; lideranças políticas e comunitárias; correligionários e eleitores fizeram uma grande festa democrática, que culminou com a certeza da recondução do candidato Edivaldo à Prefeitura de São Luís.

Dentre os presentes o deputado federal Julião Amim; os deputados estaduais Bira do Pindaré, Rafael Leitoa, Rogério Cafeteira, Zé Inácio, os vereadores Osmar Filho, Marcelo Poeta, Ricardo Diniz; os secretários Márcio Jerry,Jeferson Portela, Felipe Camarão e Lula Filho.

O deputado federal Julião Amim lembrou o ex-governador Jackson Lago. Enfatizou ser fundamental a reeleição do prefeito Edivaldo para que não haja retrocessono processo de mudança retomado nas últimas eleições. “Edivaldo é um político honesto, é o melhor para a nossa São Luís.Cidade que sempre reconheceu as políticas públicas de Jackson Lago”.

sem comentário »

Grupo do PRTB declara apoio a Braide

1comentário

EduardoBraidePRTB

O suplente de vereador Basileu, Marcelo Carneiro e o vereador eleito Silvino Abreu, todos do PRTB, declararam apoio ao candidato Eduardo Braide, na noite desta segunda-feira (10).

“O time 33 tem ganhado reforços importantes. Quem está vindo para a nossa campanha entendeu que o nosso projeto é governar São Luís para a população, que merece uma cidade digna, com serviços que funcionem. O apoio do grupo do PRTB vem somar a esse nosso projeto para os próximos quatro anos”, disse Eduardo Braide.

Neste segundo turno, já declararam apoio a Eduardo Braide os vereadores José Joaquim Ramos (PMDB), Rose Sales (PMB), Estevão Aragão (PSB), Edmilson Jansen (PTC),  professor Sá Marques (PHS), Chaguinhas (PP), Manoel Rego (PP), Marlon Garcia (PSDC) , Armando Costa (PTdoB) e Luciana Mendes (PP).

Foto: Divulgação

1 comentário »

Oposição critica falta de transparência

0comentário
Oposição critica falta de transparência do governo em projetos e pedidos de informações

Oposição critica falta de transparência do governo em projetos e pedidos de informações

A deputada Andrea Murad (PMDB), líder da oposição na Assembleia Legislativa, criticou a falta de transparência do governo no projeto (PL nº 177/2016) de mais um empréstimo enviado para a Casa. Ela teve o pedido de vistas negado na reunião da Comissão de Constituição e Justiça e votou contra o empréstimo de R$ 14 Milhões em retaliação à forma obscura do governo, que oculta informações importantes como, por exemplo, o modo em que o recurso será aplicado.

“É completamente absurdo aceitar um parecer desta comissão que não preza pela transparência, por isso voto contra. Não pelas famílias rurais, jamais contra o desenvolvimento agrário, mas pela forma arrogante com que o governador Flávio Dino vem tratando os deputados desta casa, como se fôssemos meros coadjuvantes, empurrando goela abaixo esses empréstimos em que sequer temos informações de como serão aplicados na prática, intencionalmente para impedir e para dificultar a nossa fiscalização”, disse a deputada.

A parlamentar também teve seu requerimento (nº 435/2016) negado pela Mesa Diretora da Assembleia, a quem requereu que fosse enviado um pedido de informações para o Secretário de Saúde, Carlos Lula, sobre o funcionamento da regulação no hospital macrorregional de Santa Inês, assim como o funcionamento da unidade desde a sua inauguração, onde culminou na morte de um paciente encaminhado para unidade e que foi recusado porque o sistema de regulação e o oxigênio ainda não funcionavam.

“Os deputados não têm direito de saber nada, absolutamente nada. Aí por isso que sempre entro na justiça, porque hoje essa casa não serve pra nada, a não ser ficar de cócoras para o governo. A verdade é essa. Isso é um verdadeiro absurdo. Como é que se nega um requerimento de uma deputada que está fazendo um simples pedido de informação para um secretário? Qual é o crime de pedir essas informações para o secretário de saúde? Significa que indeferir um requerimento é uma retaliação ao deputado? Se for, isso é vergonhoso compactuarem com isso. Até hoje me pergunto se fomos eleitos para defender o povo ou para defender o governo. Essa casa deixou de ser a casa do povo para ser a casa do governo. E depois não adianta deputado dizer aqui que não é da base governista e agir como governo aqui dentro desta casa”, discursou a deputada.

Foto: Nestor Bezerra

sem comentário »

Maranhenses votam na PEC dos gastos públicos

0comentário
PEC

Deputados governistas estenderam uma faixa e ergueram cartazes no plenário em apoio à PEC

A Câmara dos Deputados aprovou em primeiro turno, a proposta de emenda constitucional (PEC) que estabelece um teto para os gastos federais para os próximos 20 anos.

Dos 18 deputados federais do Maranhão, 17 participaram da votação. Quatro votaram contra a PEC. Outros treze votaram a favor. O único deputado ausente foi Waldir Maranhão (PP).

A proposta foi aprovada por 366 votos a favor, 111 contra e duas abstenções. Para ter aprovação final, a PEC ainda precisa passar por um segundo turno de votação na Câmara e mais dois turnos no Senado.

Veja como foi a votação dos deputados maranhenses:

Aluisio Mendes – PTN – Sim
Alberto Filho – PMDB – Sim
Cleber Verde – PRB – Sim
Davi Alves Silva Júnior – PR – Sim
Eliziane Gama – PPS – Não
Hildo Rocha – PMDB – Sim
Ildon Marques – PSB – Sim
João Castelo – PSDB – Sim
João Marcelo Souza – PMDB – Sim
José Reinaldo – PSB – Sim
Júnior Marreca – PEN – Sim
Juscelino Filho – DEM – Sim
Pedro Fernandes – PTB – Sim
Rubens Pereira Júnior – PCdoB – Não
Victor Mendes – PSD – Sim
Weverton Rocha – PDT – Não
Zé Carlos – PT – Não

Foto: Gustavo Garcia / G1

sem comentário »

Adriano adia votação de empréstimo

0comentário
Deputado Adriano Sarney consegue adiar votação de empréstimo da Caixa

Deputado Adriano Sarney consegue adiar votação de empréstimo da Caixa pelo Governo Dino

O deputado estadual Adriano Sarney (PV) conseguiu adiar na Assembleia Legislativa a votação do Projeto de Lei 183/16, que solicita empréstimo da Caixa Econômica Federal de R$ 55,2 milhões para o governo Flávio Dino (PCdoB).

O parlamentar pediu vistas do projeto, durante a sessão desta segunda-feira (10). O projeto tramita em regime de urgência na Assembleia e seria votado a toque de caixa, mas a oposição conseguiu o adiamento para estudar e discutir melhor a operação de crédito.

O projeto deve entrar na pauta de votações da Assembleia na sessão desta terça-feira (11). De acordo com o documento, os recursos, caso o empréstimo seja aprovado, serão aplicados em uma obra de reestruturação da Avenida dos Holandeses, em São Luís (MA), sem maiores detalhes.

sem comentário »