Eduardo Braide quer ‘jogo limpo’

5comentários
Candidato Eduardo Braide (PMN) disputará o segundo turno contra o prefeito Edivaldo Holanda Júnior

Candidato Eduardo Braide (PMN) disputará o segundo turno contra o prefeito Edivaldo Júnior

O candidato Eduardo Braide (PMN) que disputará o segundo turno das eleições para a Prefeitura de São Luís, defendeu em entrevista coletiva, na tarde desta segunda-feira uma campanha limpa na disputa com o atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT).

“Eu quero pedir ao meu adversário, candidato Edivaldo Júnior, que converse com a sua militância, com os seus seguidores, que converse com aqueles que porventura estiverem fazendo qualquer tipo de ataques infundados e que representam calúnia e difamação, para que eles parem com isso. Eu quero que o nível desse segundo turno seja elevado. Nós não podemos tirar o foco e a atenção da administração da cidade, para um tema em que o povo não aguenta mais ouvir falar”, disse.

O candidato do PMN disse que não aceitará ataques e que buscará os meios legais para evitar ataques durante a campanha.

“Eu não ficarei omisso ou parado em relação aos ataques. Vou buscar os meios legais para que pessoa que fez o ataque possa pagar por aquilo que fez”, finalizou.

Braide disse que ainda não manteve qualquer tipo de contato com os candidatos que disputaram o primeiro turno, mas já adiantou que não fará nenhum tipo de aliança por troca de cargos num eventual governo.

“Não vou abrir mão dos meus princípios. Não trocarei aliança por cargos ou secretarias num eventual governo. Acredito que a população deixou um recado muito claro aos candidatos que não aceitará esse tipo de acordo, e eu não farei”, disse.

5 comentários »

Edivaldo inicia campanha na Rua Grande

3comentários
Edivaldo inicia campanha do segundo turno com caminhada na Rua Grande

Prefeito Edivaldo Jr. inicia campanha do segundo turno com caminhada na Rua Grande

Após expressiva vitória no primeiro turno com quase 240 mil votos obtidos, o prefeito de São Luís e candidato à reeleição, Edivaldo Holanda Junior (PDT), iniciou sua campanha no segundo turno, na tarde desta segunda-feira (3), com uma caminhada na Rua Grande. Assim como aconteceu no primeiro turno, uma multidão formada por militantes, vereadores e simpatizantes percorreu o trajeto que terminou na Rua do Passeio.

Conforme determina o calendário da Justiça Eleitoral, a caminhada “Todos com Edivaldo” começou depois das 17h, com grande aglomeração de pessoas se concentrando na Praça João Lisboa. De lá, os vereadores eleitos Osmar Filho, Raimundo Penha, Pedro Lucas, Pavão Filho, Concita Pinto, Afonso Manoel, Paulo Victor seguiram para a entrada da Rua Grande, onde fizeram questão de caminhar na principal rua comercial da cidade com o prefeito Edivaldo.

“A campanha neste segundo turno começa com todos unidos para reeleger o prefeito Edivaldo. Estamos todos confiantes, porque Edivaldo trabalhou e vai continuar fazendo muitas obras por São Luís. Vamos à vitória no dia 30”, afirmou o vereador Pedro Lucas, presidente municipal do PTB.

Como ocorre nas mais de 30 caminhadas feitas por Edivaldo, no decorrer da campanha, comerciários, moradores e eleitores vão ao encontro do candidato da coligação “Pra Seguir em Frente”, a fim de ter com ele uma conversa e dar-lhe um abraço em retribuição pelas políticas públicas implantadas na capital.

Edivaldo1

Prefeito Edivaldo Holanda Júnior  foi para o corpo-a-corpo com a população na Rua Grande

Em sua proposta de governo para os próximos quatro anos, Edivaldo pretende criar mais oportunidades de trabalho com novas obras, incentivos para instalação de empresas no Centro Histórico e cursos de empreendedorismo para os jovens. Na sua gestão, já conseguiu gerar 18 mil empregos com as muitas obras realizadas na cidade.

“Quero agradecer por mais esta calorosa recepção. Podem ter certeza que vamos continuar avançando, promovendo o melhor para a população. Neste começo de campanha do segundo turno continuaremos com nosso ritmo de irmos aos bairros e conversar pessoalmente com cada morador. Até o dia 30 seguirei levando a nossa mensagem aos ludovicenses. Com a graça de Deus seremos vitoriosos”, destacou Edivaldo ao lado do vice, Júlio Pinheiro do PC do B.

Também marcaram presença na caminhada “Todos com Edivaldo”, na Rua Grande, os deputados estaduais Rafael Leitoa, Bira do Pindaré e Rogério Cafeteira, além de militantes, correligionário e presidentes municipais dos 12 partidos que compõem a coligação “Pra Seguir em Frente” (PDT, PCdoB, DEM, PROS PTB, PSC, PRB, PTC, PEN, PR, PT e PSL).

“Continuo ao lado do prefeito Edivaldo por achar que ele é o melhor para São Luís. E essas melhorias passam pela parceria entre o governador Flávio Dino e Edivaldo. Qualquer outro cenário político para a cidade é aventura”, enfatizou Bira do Pindaré do PSB.

Fotos: Divulgação

3 comentários »

Andrea se pronuncia apos eleição em Coroatá

4comentários
Em comício, a deputada Andrea Murad repudia perseguição do governo

Em comício, a deputada Andrea Murad repudia perseguição do governo Flávio Dino

Através do seu perfil na rede social, a deputada Andrea Murad (PMDB) se pronunciou pela primeira vez sobre as eleições em Coroatá, onde sua mãe Teresa Murad foi candidata à reeleição.

A parlamentar agradeceu o empenho de todos durante o mandato da prefeita, exaltou o grande trabalho desenvolvido ao lado do ex-secretário Ricardo Murad e desabafou sobre a força brutal com que Flávio Dino usou a estrutura governo para eleger seu candidato.

Leia na íntegra:

Primeiro, quero agradecer a Deus e a todos que nos apoiaram nessa grande jornada de trabalho que minha mãe, a prefeita Teresa Murad, ao lado do meu pai, Ricardo Murad, realizaram em Coroatá, cercados de uma das equipes mais competentes que já vi agir no município, comprometida com a gestão pública de qualidade, reflexo do padrão de trabalho de Ricardo Murad. E isso facilmente pudemos ver em toda Coroatá, na qualidade dos serviços prestados pela prefeitura durante a gestão de Teresa e Ricardo Murad.

Infelizmente, de forma injusta e desigual, fomos vítimas do forte abuso de poder econômico e político promovido pelo governador Flávio Dino, que se aproveitou da estrutura do estado para reverter os votos de uma candidata que trabalha de verdade para um candidato que não tem qualquer experiência em administrar uma prefeitura como essa, com tudo que hoje ali existe, com a qualidade que possui, além de ser filho de um condenado a desviar recursos públicos dessa mesma prefeitura e que hoje está impedido de concorrer a qualquer cargo público.

Flávio Dino com toda a sua força policial política, financeira, abusiva, que amedrontou os coroataenses e elegeu na marra, repito, às custas da força, como fez em muitos outros municípios do Maranhão, mas em nenhum outro comparável ao que ele praticou em Coroatá. Ali seria uma questão de honra para o governador. Porque de Coroatá brilha um verdadeiro estadista e político em que ele jamais alcançará as mesmas qualidades de Ricardo Murad.

O resultado da eleição foi contrário a todas as pesquisas feitas, o que justifica mais ainda a ação brutal e a vontade desenfreada de um governador psicopata que só trabalha para perseguir as pessoas. Aceitar com resignação a vontade das urnas, é virtude de um grande político, mas combater os abusos que foram praticados às vésperas do dia 2 de outubro, é atributo de um político maior ainda que defende seu povo das mentiras de um governo fraudulento e usurpador de prefeituras. Portanto, iremos até o fim contra a maior fraude já vista na história do Maranhão.

Nem o eleitorado do Amovelar merecia um futuro tão desastroso como o que está reservado aos coroataenses nas mãos de um grupo que tanto mal fez para o município. Tal investida do governo comunista em Coroatá, não foi praticada a nenhum outro lugar do Maranhão. Nem mesmo nos grandes colégios eleitorais do estado se percebeu tantos abusos de Flávio Dino como Coroatá. Sem medo de errar, digo com toda clareza, acham que tirar Ricardo e Teresa de Coroatá é a única maneira de tentar apagar todos os grandes feitos no município e ainda as grandes realizações planejadas por eles para os próximos 4 anos. Hospital de Alta Complexidade, Upa, Central de videomonitoramento, internet grátis, centro de reabilitação, academia de saúde, praça José Sarney, sede da prefeitura, estradas, escolas de qualidade, enfim, incontáveis as obras e ações que em nenhuma outra cidade se fez tanto. Flávio Dino não soube enfrentar as urnas com honra porque é um político medíocre, que teme o futuro embate que lhe aguarda em 2018.

Mas o povo não esquecerá de como Teresa Murad está deixando a administração da sua querida cidade. Sei que a grande maioria reconhece todo o trabalho e esforço que Ricardo e Teresa fizeram por Coroatá, onde seus moradores não merecem a incompetência de um Luis e a perversidade de um governador que usou toda a estrutura do Estado para fraudar a eleição no município. O que Ricardo Murad faz é o que Flávio Dino não sabe fazer, que é administrar. Cresci assistindo vitórias e derrotas. A política é assim. E graças a Deus o meu pai tem uma luz que poucos políticos possui, o poder de se agigantar em momentos como esse. Fico triste por ver a tristeza de nossa gente e pela falsa alegria que outros experimentaram, mas que logo terão seus olhos abertos pela verdade.

Continuarei transbordante de orgulho da minha mãe, Teresa Murad, que deixou seu convívio diário com sua família, que deixou de presenciar o crescimento de seus netos, para se dedicar com muito amor ao trabalho em Coroatá. Muitas vezes, injustamente atacada por tentar ter o mínimo de convivência com sua família. E este ano, mais uma vez, estava disposta a se dedicar mais ainda pela sua gente, pela cidade que é o seu berço, dos seus pais, onde sempre disse que não podia abandonar, embora se sentisse cansada de viver longe da família.

Da mesma forma digo de meu pai, que passou os primeiros anos longe de Coroatá para se dedicar ao governo como secretário de estado da saúde, onde revolucionou a rede de assistência não apenas pensando em sua região, mas no Maranhão inteiro. Ele que enfrentou problemas de saúde, passou por uma cirurgia seríssima que o deixou alguns meses em recuperação para que pudesse lutar ao lado dos coroataenses esta batalha. É um valente, guerreiro, mesmo sozinho, atacado de todos os lados, coordenou esta campanha que, com todas as perseguições , ainda assim, saiu mais que vencedor. Maior é aquele que luta com armas justas, diferente de Flávio Dino, que apoiou fortemente uma eleição fraudulenta, basta ver a polícia política que invadiu Coroatá, sob a proteção de uma juíza e promotora que mais pareciam funcionárias do governo.

Quanto a mim, deputada Andrea Murad, estarei firme e atuante como sempre estive na Assembleia Legislativa, cada vez mais empenhada em desmascarar este governo fraudulento que se sustenta nos sonhos de nosso povo enquanto oferta ações maquiadas e que não se sustentarão por muito tempo. Enquanto isso, eu, Ricardo e todas as lideranças políticas que nunca irão compactuar com o jogo sujo de Flávio Dino, estaremos a postos, na forte e firme oposição de sempre, com nossas convicções imutáveis, sempre em defesa dos maranhenses que nunca nos verão sossegados diante das injustiças praticadas por este governador. Seja como deputados, como prefeitos, como governadores, em qual cargo estivermos, estaremos porque vivemos a política com amor, dedicação, compromisso, verdade e com a justiça ao nosso favor. Só assim, viveremos a paz que o Maranhão tanto almeja.

Foto: Divulgação

4 comentários »

‘Vitória é o reconhecimento’, diz Honorato

0comentário
HonoratoFernandes

Vereador Honorato Fernandes (PT) foi reeleito para novo mandato com 4.609 votos

Com 4.609 votos, Honorato Fernandes (PT) foi reeleito vereador de São Luís, garantindo o passe para o segundo mandato na Câmara Municipal. Após a apuração das urnas, o parlamentar agradeceu o apoio dos eleitores e disse que pretende dar continuidade ao trabalho que vem desenvolvendo, cujo maior objetivo é o fortalecimento da política de participação popular.

Ao longo do período de campanha, representantes do setor jurídico, sindical, do poder público, além de movimentos sociais e culturais manifestaram apoio ao projeto de reeleição de Honorato. Durante a comemoração da vitória, o petista agradeceu o voto de todos.

“Quero agradecer cada eleitor que depositou o voto na urna, num claro gesto de apoio e confiança em nosso trabalho. Agradeço o apoio dos amigos que fiz em cada bairro que visitei, não somente agora no período de campanha, mas durante todos esses anos de mandato. E aos amigos de representatividade em vários segmentos que também declararam apoio a mim, durante toda campanha”, afirmou Honorato, que atribuiu ainda a conquista do segundo mandato ao reconhecimento da atuação do primeiro.

“Nossa vitória representa o reconhecimento de um trabalho que se pauta na luta em defesa das causas populares. Na luta pelo direito à saúde, à educação, ao transporte público de qualidade, à moradia. Na luta a favor da mulher, contra a violência e a exploração infantil e contra a discriminação, seja de gênero, de raça ou de credo”, destacou o vereador reeleito.

Durante quase quatro anos de mandato, Honorato conseguiu projeção de destaque no Parlamento Municipal, graças a forte atuação dele junto às comunidades e a ampla articulação nos mais diversos segmentos.

A aproximação com as bases populares se deu por meio do Fala São Luís, projeto de autoria do vereador, que busca resgatar a participação popular no processo político. Segundo Honorato, o fortalecimento e a ampliação do projeto estão entre os principais focos desse segundo mandato.

(mais…)

sem comentário »

Bárbara diz que reeleição foi suada

0comentário
Vereadora Bárbara Soeiro (PMN) é reeleita para mais um mandato na Câmara de São Luís

Vereadora Bárbara Soeiro (PMN) é reeleita para mais um mandato na Câmara de São Luís

Mais do que uma grande conquista, a reeleição de um vereador pelo povo é a confirmação de que o trabalho realizado em prol da sua cidade está no caminho certo.

E este foi o recado da população de São Luís à vereadora Bárbara Soeiro que foi reeleita para exercer um novo mandato nos próximos quatro anos. Nas redes sociais, Bárbara disse que foi uma conquista suada e de muita luta e sacrifício.

“Como alguém já disse: sonho que se sonha só, é somente sonho e sonho que se sonha junto, é realidade, venho aqui agradecer a minha cidade que me permitiu continuar firmes nessa realidade, temos novamente um novo mandato, uma conquista suada, de muitas lutas, de muitos sacrifícios, que no final teve o reconhecimento daquele cujo voto é o mais importante: o voto de Deus”, disse.

Bárbara Soeiro disse que esperava muita dificuldade, mas que sempre acreditou no trabalho junto às comunidades nestes quatro anos.

“Sabíamos das atipicidades dessa eleição, das dificuldades de nossa coligação, por isso sempre mantivemos o pé no chão e a humildade de reconhecermos nossas limitações, mas também éramos sabedores e convictos do nosso trabalho, que não surge somente nos meses que antecedem o pleito eleitoral”.

A vereadora reeleita aproveitou para renovar o compromisso com a população e prometeu honrar cada um dos 4.420 que recebeu.

“Estou feliz! Tenho, nessa cidade que amo, milhares de amigos que confiaram a mim o seu coração e as suas esperanças e que tenham a certeza, terão o meu cuidado diário de honrar por mais esses quatro anos. Comemoremos, pois entre tantos Golias, nós como a exemplo de Davi, vencemos.  Muito obrigada a todos! Meu eterno carinho, sua amiga, Bárbara Soeiro”, finalizou.

Foto: Facebook

sem comentário »

Câmara terá 14 novos vereadores

0comentário
Vereadores eleitos: Marcelo Poeta, Concita Pinto, Marcial Lima, Aldir Júnior, Professor Sá Marques e Raimundo Penha

Marcelo Poeta, Concita Pinto, Marcial Lima, Aldir Júnior, Prof. Sá Marques e Raimundo Penha

A Câmara de São Luís terá 14 novos vereadores a partir de janeiro de 2017. A renovação com a eleição deste domingo foi aproximadamente de 45%. Dos 31 atuais vereadores, 17 renovaram o mandato.

Na lista dos novatos estão: Afonso Manoel (PMDB), Raimundo Penha (PDT), Nato Júnior (PP), Aldir Júnior (PR), Marcial Lima (PEN), Marcelo Poeta (PCdoB), Fátima Araújo (PCdoB), Professor Sá Marques (PHS), Umbelino Júnior (PPS), Concita Pinto (PEN), Edson Gaguinho (PHS), Genival Alves (PRTB) , Silvino Abreu (PRTB) e Cézar Bombeiro (PSD) .

Entre os que foram reeleitos estão: Osmar Filho (PDT), Astro de Ogum (PR), Pedro Lucas Fernandes (PTB),  Pavão Filho (PDT), Marquinhos (DEM), Chico Carvalho (PSL), Ivaldo Rodrigues (PDT), Beto Castro (PROS),  Estevão Aragão (PSB), Pereirinha (PSL) , Chaguinhas (PP), Dr. Gutemberg (PSDB), Bárbara Soeiro (PSC),  Josué Pinheiro (PSDB), Ricardo Diniz (PCdoB), Edmilson Jansen (PTC) e Honorato Fernandes (PT).

Novos vereadores

Afonso Manoel (PMDB) – 8.057
Raimundo Penha (PDT) – 8.068
Nato Júnior (PP) – 6.514
Aldir Júnior (PR) – 6.392
Marcial Lima (PEN) – 5.007
Marcelo Poeta (PC do B) – 4.920
Fátima Araújo (PC do B) – 4.892
Professor Sá Marques (PHS) – 4.685
Umbelino Júnior (PPS) – 4.619
Concita Pinto (PEN) – 4.426
Edson Gaguinho (PHS) – 4.028
Genival Alves (PRTB) – 3.030
Silvino Abreu (PRTB) – 2.233
Cézar Bombeiro (PSD) – 2.248

Vereadores reeleitos

Osmar Filho (PDT) – 9.809
Astro de Ogum (PR) – 9.703
Pedro Lucas Fernandes (PTB) – 9.049
Pavão Filho (PDT) – 8.511
Marquinhos (DEM) – 7.489
Chico Carvalho (PSL) – 5.784
Ivaldo Rodrigues (PDT) – 5.115
Beto Castro (PROS) – 6.663
Estevão Aragão (PSB) – 4.942
Pereirinha (PSL) – 4.943
Chaguinhas (PP) – 4.879
Dr. Gutemberg (PSDB) – 4.811
Bárbara Soeiro (PSC) – 4.420
Josué Pinheiro (PSDB) – 4.350
Ricardo Diniz (PC do B) – 4.205
Edmilson Jansen (PTC) – 4.108
Honorato Fernandes (PT) – 4.609

sem comentário »

Wellington sai vitorioso da eleição

1comentário
Wellington do Curso terminou o primeiro turno na terceira colocação na disputa em São Luís

Wellington do Curso terminou o primeiro turno na terceira colocação na disputa em São Luís

O deputado estadual Wellington do Curso (PP) candidato a prefeito de São Luís que terminou o 1º turno da eleição com 19,80% (103.951 votos) avaliou a sua participação na disputa eleitoral e disse ter recebido votos de quem acredita que é possível transformar a cidade.

Wellington sai vitorioso dessa campanha, pois sequer era cotado para ser candidato e chegou na reta final brigando pelo segundo turno com o atual prefeito.

“Recebemos com alegria o resultado da eleição para prefeito de São Luís. Não foi apenas uma eleição. Foi um momento em que percebemos a força do povo. Quem diria que alguém que está como deputado há menos de 2 anos já disputaria com tantos outros que nasceram em berço político? Quem foi responsável por toda a nossa vitória foi Deus e, depois, cada um de vocês. Foram mais de 100 mil votos. Não são votos comuns. São votos conscientes. Votos de esperança, votos de quem acredita que é possível transformar”, disse.

Wellington do Curso agradeceu as palavras de incentivos, sugestões e o apoio de todos.

“Eu só quero agradecer.Primeiramente, agradecer a Deus por nos ter concedido essa oportunidade e ter dado forças para caminharmos, de forma íntegra. Por nos ter permitido vencer os ataques com a coragem de quem prefere “perder” a ter que se corromper. Agradeço aos meus familiares, aos meus amigos e assessores, a todos os que mergulharam nessa onda azul. Agradeço a todos os que sonharam esse mesmo sonho com a gente. Agradeço por cada palavra de incentivo, por cada sugestão. Agradeço a forma carinhosa como fomos recebidos em cada reunião. Agradecer as manifestações públicas de carinho”, afirmou.

O candidato do PP reafirmou o compromisso de continuar trabalhando por um Maranhão melhor.

“Aos que acreditaram no nosso novo jeito de fazer política, eu reafirmo o meu compromisso de continuar trabalhando, diariamente, por um Maranhão melhor. A nossa candidatura surgiu nas ruas, surgiu no coração do povo e é por causa desse povo que eu continuarei trabalhando. Se há palavras que resumem toda essa nossa trajetória, são esperança e força. A esperança de quem não desiste de uma São Luís melhor e a força que nos faz prosseguir! Muito feliz. Obrigado, povo de São Luís!”, finalizou.

1 comentário »

‘Nós estamos preparados’, diz Edivaldo

2comentários
EdivaldoJunior

“Agora é continuar o trabalho que foi feito no primeiro turno”, diz o prefeito Edivaldo Júnior

A disputa à Prefeitura de São Luís (MA) será decidida no segundo turno das Eleições 2016, em 30 de outubro. O atual prefeito e candidato a reeleição, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), ficou com 45,66% dos votos válidos (239.737). Ele vai enfrentar o candidato do PMN, o advogado Eduardo Braide que obteve 21,34% (112.041).

Na última pesquisa Ibope, Eduardo estava em quarto lugar com 5% da intenção dos votos, atrás do atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior que estava com 38%, Wellington do Curso (PP) 28% e Eliziane Gama (PPS) 8%.

“De coração, agradecido a Deus e à população de São Luís por ter nos levado para o segundo turno com uma votação muito expressiva. Agora é continuar o trabalho que foi feito no primeiro turno, uma campanha muito intensa, levando a nossa mensagem para a população, tanto no palanque eletrônico quanto nas ruas, fazendo caminhadas, carreatas, conversando com as pessoas. É continuar no mesmo ritmo, agora no segundo turno”, disse Edivaldo Holanda sobre o segundo turno.

Questionado se ficou surpreso com o segundo turno, Edivaldo disse que não teme o adversário. “Quem vai para o segundo turno não tem que escolher adversário, tem que estar preparado para o segundo turno, e nós estamos preparados para poder enfrentar o debate, para poder levar a nossa mensagem e aguardar o resultado final das urnas”, afirmou.

Leia mais

2 comentários »

‘O povo de São Luís fez história’, diz Eduardo

0comentário
Candidato Eduardo Braide (PMN) diz que debate foi decisivo para ida ao 2º turno

Candidato Eduardo Braide (PMN) diz que debate foi decisivo para ida ao 2º turno

A disputa à Prefeitura de São Luís (MA) será decidida no segundo turno das Eleições 2016, em 30 de outubro. O atual prefeito e candidato a reeleição, Edivaldo Holanda Júnior (PDT), ficou com 45,66% dos votos válidos (239.737). Ele vai enfrentar o candidato do PMN, o advogado Eduardo Braide que obteve 21,34% (112.041).

Na última pesquisa Ibope, Eduardo estava em quarto lugar com 5% da intenção dos votos, atrás do atual prefeito Edivaldo Holanda Júnior que estava com 38%, Wellington do Curso (PP) 28% e Eliziane Gama (PPS) 8%.

“Eu fui, ao longo da campanha, prejudicado por um tempo de televisão de 10 segundos. Então, o debate (na TV Mirante) foi a oportunidade que eu tive de mostrar meu programa de governo e mostrar de que forma nós podemos fazer a minha cidade, a nossa cidade uma cidade muito melhor”, disse Eduardo Braide sobre o segundo turno.

Sobre o caminho para o segundo turno, Braide acredita que deve ter ‘fé em Deus e humildade’. “Duas coisas temos que ter em mente. Primeiro, agradecer. Hoje é um dia de agradecimento. Agradecer a Deus, agradecer ao povo da minha cidade. Eu quero deixar isso registrado. O povo de São Luís hoje (domingo) fez história. A forma como aconteceu nossa eleição demonstra de forma clara que o povo da minha cidade fez história. E, sem dúvida nenhuma, duas coisas não poderão faltar nesse segundo turno: fé em Deus e humildade”, afirmou.

Leia mais

sem comentário »

Divisão no Moto atrapalhou candidatos

29comentários

HansRommeo

A torcida do Moto jogou fora a chance de eleger um representante para a Cãmara de São Luís. É que os votos da torcida rubro-negra foram bem divididos.

Além do presidente Hans Nina, pelo outros três candidatos também tiveram parte da campanha com foco na torcida do Moto. Foi ruim para o clube, pois nessa divisão, o clube perdeu a grande oportunidade de garantir um representante direto. E ficou provado que a divisão não é boa para ninguém.

O presidente Hans Nina com 0,69% (3.615 votos) não conseguiu se eleger, mas terminou com a melhor votação no PMN.

O ex-secretário adjunto de Esporte, Rommeo Amim também não conseguiu garantir a eleição. Ele obteve votação superior ao presidente do Moto e chegou a 0,78% (4.106 votos). Vejam que mesmo com a temporada vitoriosa, ainda assim o presidente do Moto perdeu para Rommeo nas urnas. Mas é preciso dizer que Rommeo embora tenha raízes no clube respeitou o espaço e foi Hans que fez toda a campanha em cima do clube.

Ainda tivemos a vereadora Barbara Soeiro que também tem uma parcela na torcida organizada, aliás de onde ela saiu foi a única que obteve sucesso e foi reeleita com 0,84% (4.420 votos). E até o vereador Carioca que teve apoio de uma torcida do Moto e obteve 0,18% (966 votos).

Com tanta gente disputando o espaço rubro-negro, alguém tinha que sobrar.

Mas ainda teremos o segundo turno e as chances são grandes tanto para Hans Nina como para Rommeo Amim. É que os dois poderão assumir vaga caso o prefeito que venha a vencer no 2º turno chame um dos eleitos.

Além disso, Hans e Rommeo se potencializaram até para um eventual convite para assumir uma secretaria na futura administração de Edivaldo Holanda Júnior ou de Eduardo Braide.

29 comentários »