Projeto social muda rotina de crianças da Vila Conceição

0comentário

Uma escolinha de futebol cuja a missão é aliar educação à prática esportiva. Desde fevereiro deste ano, este tem sido o desafio do Projeto Educação e Esporte – Escolinha de Futebol junto à comunidade do bairro da Vila Conceição, localizada na região do Altos do Calhau, em São Luís. Mais do que apenas proporcionar lazer à criançada do bairro, a iniciativa, patrocinada pelo governo do Estado, El Camiño Supermercados e pela Drogarias Globo por meio da Lei de Incentivo ao Esporte, também se dedica a incentivar o estudo dos participantes do projeto.

Atualmente, o Projeto Educação e Esporte – Escolinha de Futebol atende cerca de 40 crianças entre 8 e 12 anos que moram na Vila Conceição e Adjacências. Semanalmente, ocorrem os treinos da Associação dos Médicos e, paralelamente ao trabalho em campo, a garotada recebe acompanhamento educacional.

As aulas ministradas às crianças servem como uma espécie de reforço escolar, o que ajuda os meninos a conseguirem melhorar o rendimento na escola. “Eu gosto muito do projeto e de vim para cá toda semana. Aqui a gente joga bastante futebol e ainda aproveita para revisar e fazer as tarefas da escola. E ainda tem lanche pra gente”, explicou Vinícius Conceição Mendes, de 9 anos, estudante da UEB Menino Jesus de Praga e aluno do projeto social.

É importante destacar que os participantes da escolinha são alunos matriculados em escolas públicas da rede municipal de ensino e devem possuir 80% de frequência e aproveitamento escolar.

“Problemas sociais, não só os de origem financeira, podem ser menores para aqueles que praticam uma atividade física regularmente. Levando em conta esse aspecto, o esporte é um grande aliado para a formação de cidadãos capazes de interagir com a sociedade”, explicou o coordenador do projeto, Kléber Muniz.

É importante destacar que cada criança participante do projeto recebeu um kit doado pela organização composto de uniforme (camisas, calções e meiões), chuteiras e bolas esportivas. Para os pais, o projeto contribui para o desenvolvimento dos filhos como jovens atletas e, principalmente, como cidadãos.

“A escolinha é importante porque vai tirar esses meninos das ruas. Nós moramos num bairro carente e sabemos dos perigos que existem. Gostei muito de como se dá o projeto, com regras e disciplina. Muito interessante ensinar a prática esportiva sem se esquecer da necessidade de estudar”, disse Ana Cláudia, mãe de uma das crianças participantes do Educação e Esporte.

Projeto Educação e Esporte

O grande diferencial do Projeto Educação e Esporte – Escolinha de Futebol é justamente oportunizar a crianças de 8 a 12 anos os benefícios que a união entre esporte e educação podem proporcionar na formação do cidadão. As atividades são realizadas sempre duas vezes por semana: às segundas e quartas-feiras no turno vespertino. Nos dias dos treinos, sempre há o acompanhamento de uma pedagoga e um lanche para as crianças.

Durante a realização do Projeto Educação e Esporte – Escolinha de Futebol, haverá, ainda, a realização de um torneio onde os meninos poderão pôr em prática o que trabalhado nos treinamentos.

Fotos: Paulo de Tarso Jr.

sem comentário »

Tragédia no Chile: corpos de crianças são velados em SL

0comentário

Os corpos das duas crianças maranhenses que morreram na segunda-feira (3), num deslizamento de uma rocha, na Cordilheira dos Andes, no Chile chegaram a São Luís por volta de 15h45.

Khálida Carvalho Trabulsi, 4 anos e Isadora Bringel, de 7 anos que moravam em Bacabal estavam com os pais quando a tragédia aconteceu. Os pais estavam bastante emocionados e foram recebidos por familiares e amigos.

O corpo de Klálida foi levado para a na Igreja Batista Fialdélfia, no bairro Vinhais, onde será velado. Isadora será velada na Pax, na Rua Grande.

As duas crianças serão sepultadas neste sábado (8), às 9h da manhã, no Cemitério do Gavião, na Madre Deus.

Foto: Rafael Cardoso

sem comentário »

‘Estamos em choque’, diz avô de menina morta no Chile

0comentário

Raimundo Lisboa, avô da Khálida Trabulsi Lisboa, de 3 anos, contou ao G1 que a família está em estado de choque com a morte da neta, que completaria 4 anos no dia 22 de junho. Ela morreu junto com a amiga Isadora nesta segunda (3), após a queda de uma rocha em uma das montanhas nas imediações da Cordilheira dos Andes, no Chile.

“O convívio não poderia ser melhor. Era uma menina alegre. Quarta-feira foi meu aniversário e ela fez um bolo para mim, cantou parabéns para mim. Era uma criança maravilhosa, amada. Está todo mundo em estado de choque”, contou Raimundo.

Além de Khálida, a menina Isadora Bringel, de 7 anos, também morreu no acidente. Segundo a polícia local, ambas foram atingidas por uma rocha que se desprendeu de uma das montanhas nas imediações da barragem de El Yeso, um ponto turístico na Cordilheira dos Andes.

As famílias das duas meninas eram de Bacabal, no Maranhão, e foram ao Chile juntas em uma viagem de turismo. De acordo com familiares, todos saíram de Bacabal no dia 29 e retornariam nesta terça (4).

Taiane Rodrigues, que é esposa de Raimundo Lisboa, contou ainda que as meninas estudavam juntas e eram muito amigas.

“Pelo que soubemos, elas estavam na neve e uma rocha descarrou, caiu e pegou nas crianças e também atingiu o pai de Isadora, o Dr. Marcelo Bringel. As meninas eram da mesma escola e muito amigas”

De acordo com a governadora da província de Cordillera, Mireya Chocair, o local do acidente estava fechado para visitas justamente pelo risco de acidentes do tipo. O ônibus onde as duas crianças estavam cruzou a área interditada quando a rocha se desprendeu e caiu sobre elas.

O avô de Khalida também disse ao G1 que acha estranho as famílias terem ido para um local proibido, já que estavam com o passeio totalmente organizado por uma agência de turismo.

G1 MA

sem comentário »

Tragédia no Chile mata duas crianças de Bacabal

0comentário

Um deslizamento de rocha matou duas meninas brasileiras no Chile, informou a polícia local nesta segunda-feira (3). Khálida Trabussi Lisboa, de 3 anos, e Isadora Bringel, de 7, morreram depois de serem atingidas pela rocha, que se desprendeu de uma das montanhas nas imediações da barragem de El Yeso, um ponto turístico na Cordilheira dos Andes na região metropolitana de Santiago.

As identidades das meninas, que são do Maranhão, foram confirmadas ao G1 por Taiane Rodrigues, de 24 anos, que é casada com o avô de Khálida.

De acordo com a governadora da província de Cordillera, Mireya Chocair, o local do acidente estava fechado para visitas. O ônibus onde as duas crianças estavam cruzou a área interditada quando a rocha se desprendeu e caiu sobre elas.

Por isso, afirmou a governadora, a operadora de turismo responsável pelo passeio tem responsabilidade sobre o incidente. O nome da empresa não foi divulgado.

Segundo a rede de televisão T13, Khálida, de 3 anos, morreu no local. Isadora, de 7, foi levada a um centro médico, mas não resistiu aos ferimentos.

Ainda segundo a T13, as duas meninas estavam de férias com as famílias.

O consulado do Brasil no Chile informou ao G1 que uma equipe do consulado está a caminho do local do acidente para prestar assistência às famílias.

Leia no G1

sem comentário »

Vereadores repudiam abuso sexual contra crianças

0comentário

Os vereadores Raimundo Penha (PDT), Ricardo Diniz (PRTB) e Osmar Filho (PDT) participaram, na tarde desta sexta-feira (17), de uma grande caminhada, denominada de “Faça Bonito”, que percorreu diversas ruas do Centro de São Luís.

O evento, organizado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente e Conselho Municipal de Assistência Social, com o apoio da prefeitura e Rede Amiga da Criança, fez parte da programação em alusão ao Dia Nacional de combate à exploração sexual contra crianças e adolescentes.

“É importante conscientizar pais e responsáveis, oferecendo informações para reduzir os casos de abuso sexual e manter nossas crianças seguras. A prevenção deve partir de casa e todo cidadão tem que estar atento e denunciar, caso seja necessário, para o Disque 100”, afirmou Raimundo Penha, destacando que, neste sábado (18), uma nova caminhada será realizada na Cohab/Cohatrac, a partir das 7h, com ponto de concentração na Igreja Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.

Vale destacar que no próximo dia 23, às 10h, no plenário Simão Estácio da Silveira, na Câmara Municipal de São Luís, o pedetista presidirá sessão solene em alusão ao Dia Nacional de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

A iniciativa é fruto de requerimento apresentado pelo próprio Raimundo Penha, que é membro do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes – representando o Poder Legislativo – e ferrenho defensor das causas e movimentos ligados ao tema.

O pedetista justificou a proposta ressaltando que a data foi instituída em memória à menina Araceli Crespo, uma capixaba de apenas oito anos de idade que foi violentada e assassinada, em 1973. O “caso Araceli”, como ficou conhecido, chocou o país. Mas, apesar de hediondo, o crime permanece impune até hoje.

Osmar Filho, durante a caminhada no Centro da capital, também chamou a atenção da sociedade para a importância de denunciar este tipo de crime.

“É necessário que a sociedade desperte para esse tema e denuncie por meio do Disque 100. Vamos todos lutar pelo futuro do nosso país e estender os braços à favor desta causa”, disse o presidente da Câmara.

Além de estudantes, conselheiros tutelares e representantes de entidades ligadas ao tema, também participaram da caminhada o vice-prefeito Júlio Pinheiro (PC do B); o deputado licenciado e secretário estadual de Desenvolvimento Social, Márcio Honaiser; e o secretário municipal de Assistência Social em exercício, Rodrigo Desterro.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Câmara discutirá abuso sexual de crianças

0comentário

A Câmara Municipal de São Luís realizará no próximo dia 23, às 10h, no plenário Simão Estácio da Silveira, sessão solene em alusão ao Dia Municipal de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes.

A iniciativa é fruto de requerimento apresentado pelo vereador Raimundo Penha (PDT), membro do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes – representando o Poder Legislativo – e ferrenho defensor das causas e movimentos ligados ao tema.

O pedetista justificou a proposta ressaltando que a data foi instituída em memória à menina Araceli Crespo, uma capixaba de apenas oito anos de idade que foi violentada e assassinada, em 1973.

 O “caso Araceli”, como ficou conhecido, chocou o país. Mas, apesar de hediondo, o crime permanece impune até hoje.

“O Dia Municipal do Combate ao Abuso e Exploração Sexual é importante para sensibilizar a sociedade de que o abuso ou exploração sexual infelizmente ainda é uma realidade e muitas vezes pode acontecer no próprio ambito familiar.”, afirmou o vereador.

A sessão solene reunirá representantes do poder público e de entidades ligadas ao tema e funcionará como um amplo fórum de discussões.

Conselho – Recentemente, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) sancionou projeto de lei, de autoria de Raimundo Penha, que estabelece obrigatoriedade para que ações e contatos telefônicos do Conselho Tutelar sejam divulgados no ambiente das escolas das redes pública e privada de ensino de São Luís.

De acordo com a nova lei municipal, as escolas, a partir de agora, deverão afixar, em locais visíveis e de fácil acesso, cartazes com dados explicativos sobre o Conselho Tutelar e suas competências; além do número telefônico da sua respectiva circunscrição.

“O Estatuto da Criança e do Adolescente garante que nenhum integrante deste público será objeto de qualquer tipo de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão. A nova lei possibilita que o cidadão aja em favor dos mais fracos, corrigindo e até evitando os maus tratos das nossas crianças e adolescentes”, explicou Penha.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Gestão de Edivaldo promove inclusão de autistas

0comentário

Mais igualdade com mais inclusão, prioridade da Prefeitura de São Luís na garantia de direitos às crianças e jovens autistas. A política inclusiva executada pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior garante mais eficiência na educação e assistência social contribuindo para a qualidade de vida destas pessoas. No Dia Mundial de Conscientização sobre Autismo – 2 de abril – a gestão contabiliza importantes iniciativas nessa área.

“A política de inclusão implantada em nossa gestão tem como objetivo garantir que todo cidadão sinta-se integrado à sociedade. Contabilizamos avanços e vamos prosseguir possibilitando que haja sempre mais inclusão e mais igualdade”, pontuou o prefeito.A gestão obteve nos últimos anos um aumento significativo na promoção e oferta de serviços e acesso para crianças e jovens com deficiência ou altas habilidades.

A rede municipal conta atualmente com 70 escolas nos núcleos urbano e rural, equipadas com salas de recursos, totalizando 141 salas, para atender também os alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA). As ações são executadas pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da Superintendência da Área de Educação Especial.

Nas salas especializadas de recursos é desenvolvido um trabalho educativo diferenciado com o apoio de professores, com a finalidade de estimular o estudante nas áreas em que ele tem mais necessidade, de forma que desenvolva habilidades que lhe possibilite um desenvolvimento maior na sala comum. Ao todo, mais de 1.200 estudantes são beneficiados com o trabalho desenvolvido pelo município na área da Educação Especial, destes, 395 são autistas.

“Um direito garantido por lei e uma prioridade no rol da política inclusiva do prefeito Edivaldo. A escola é um direito de todas as crianças e o ingresso de uma criança autista em escola regular, garantido em lei. A inclusão é uma bandeira desta gestão que a reforça com diversas políticas voltadas à Educação Especial”, destaca o secretário de Educação (Semed), Moacir Feitosa.

A rede municipal conta ainda com equipe multiprofissional, que realiza atendimento pedagógico nas escolas, formada por pedagogos, assistente social, psicólogos, fonoaudiólogos e terapeuta ocupacional. Desde 2016, a gestão desenvolve o Projeto de Intervenção Pedagógica com Estudantes com Transtorno do Espectro Autista (PROJTEA). A iniciativa atende crianças com TEA no nível 3 – que têm comprometimento mais acentuado.

“O serviço busca proporcionar às famílias mais autonomia nos cuidados, ajudando-os e orientando-os no desenvolvimento dos cuidados básicos, promovendo, ainda, ações de apoio ao fortalecimento de vínculos entre pais e filhos acometidos por alguma deficiência. Por determinação do prefeito Edivaldo trabalhamos no sentido de garantir a melhoria de vida dessas pessoas, oferecendo a elas dignidade, fortalecendo sua autoestima, além de oferecer um acompanhamento socioassistencial”, destaca a titular da Semcas, Andréia Lauande.

As unidades contam com atuação de equipes especializadas composta de coordenadores técnicos, psicólogos, terapeutas e cuidadores promovendo atividades de lazer, educativas, culturais, autocuidado e de capacitação”, disse Andréia Lauande. O Centro-Dia Adulto e Infantil funciona no Centro Educacional São José Operário, na Cidade Operária, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. A base infantil atende crianças até os seis anos.

Foto: Maurício Alexandre

sem comentário »

Edivaldo participa de festa no Circo Escola

4comentários

O picadeiro do Circo Escola, programa social executado pela Prefeitura de São Luís, foi palco de muitas brincadeiras, animação e alegria na manhã especial de lazer promovida, nesta quinta-feira (18), para as crianças e adolescentes atendidos pelo Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), na capital. A iniciativa, que integra a programação de atividades desenvolvidas pela Prefeitura em comemoração ao Dia das Crianças – 12 de outubro – contou com a presença do prefeito Edivaldo Holanda Júnior. Cerca de 400 crianças participaram da ação, oportunidade na qual também puderam aprender um pouco da arte circense, com integrantes do grupo O Circo tá na Rua.

No evento, Edivaldo acompanhou as atividades desenvolvidas especialmente para promover momentos de interação e socialização à garotada da região. “Aqui no Circo Escola a nossa gestão já promove diversas atividades de cidadania, artísticas e culturais para o desenvolvimento educacional e psicossocial das crianças e, hoje, celebramos mais um dia especial em que elas puderam brincar, aprender e se socializar. A alegria e espontaneidade delas nos encanta e também nos estimula a fazer cada vez mais por cada menino e menina da nossa cidade”, afirmou o prefeito, que esteve acompanhado da primeira-dama Camila Holanda; do vice-prefeito, Julio Pinheiro; e da secretária municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande.

Além das brincadeiras, houve ainda distribuição de brinquedos, lanches, apresentação da Turma Mateus Kids, do Grupo Mateus, parceiro da ação, entre outras atrações culturais.

Segundo a secretária municipal da Criança e Assistência Social, Andréia Lauande, o programa Circo Escola está incluído no grupo de equipamentos do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). Atende mais de cinco mil pessoas de 60 bairros e tem parceria de rede socioassistencial formada por 58 entidades conveniadas. São assistidas crianças até seis anos; crianças de seis a 15 anos; adolescentes de 15 a 17 anos; e idosos.

A secretária afirma ainda que, além do Circo Escola, a Prefeitura desenvolve ações socioassistenciais em mais 62 entidades conveniadas, além da Casa do Bairro e o Centro de Convivência da Vila Luizão.

Foto: A. Baeta

4 comentários »

Feirinha terá programação para as crianças

1comentário

Em sua 19ª edição, a Feirinha São Luís que inova a cada semana, traz nesse domingo  (15), uma  programação especial para a criançada. De 9h ao meio dia terá apresentação de atrações infantis, como Teatro Musical “Mundo Imaginário de Juju Carrapeta”; Trupe Folia e Trenzinho da Alegria; Orquestra Infantil da Escola do Sesi; Show “Tem Criança no Samba”; Boi Barriquinha e Banda Vagalume. Depois do meio dia tem ainda a programação para os pais, com Raimundinho e Banda com Forró Pé no Chão; e Show de Gerude e Banda com participação especial de João Gerude.

O titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues, destaca que o projeto Feirinha São Luís é pensado para toda a família. “O sentimento de pertencimento da cidade à feirinha é fortalecido à cada edição do evento, são famílias inteiras que vão passear, com filhos, netos, avós, e até animais de estimação. Nada mais justo do que presentearmos nosso público com uma programação especial para celebrar o dia das crianças”, disse o secretário.

A Feirinha São Luís é um projeto da Prefeitura desenvolvido por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) e ocorre todos os domingos, na Praça Benedito Leite, das 7h às 15h, promovendo a reocupação do Centro Histórico desde junho, com o objetivo principal de divulgar e comercializar a produção agrícola familiar da capital e também divulgar as artes plásticas, artesanato, cultura, gastronomia e literatura.

O fortalecimento da agricultura familiar tem sido uma das bandeiras da gestão do prefeito Edivaldo que visa dar oportunidade ao produtor de ter mais um espaço de comercialização dos seus produtos. Além do viés da agricultura, a Feirinha também tem atraído grande público em razão de agregar cultura, artesanato e gastronomia em um mesmo espaço.

Ponto alto da gastronomia no evento, a Barraca do Chef tem como convidado nesse domingo Delmo Junior, do Restaurante Feijoada Sabor, especializado em comida típica brasileira, trazendo no menu as especialidades feijoada, mocotó e rabada. A proposta da Barraca do Chef é que a cada edição, seja apresentado um cardápio com a marca de cada profissional.

Participam da Feirinha 11 polos da grande Ilha, que comercializam produtos diversos a preços competitivos, distribuídos em mais de 90 pontos de comércio, movimentando o turismo na capital e a geração de renda. A Feirinha conta com 29 barracas para venda de produtos agrícolas, 25 para artesanato, 19 de alimentação e 13 food trucks.

Foto: Divulgação

1 comentário »

MP constata maus-tratos a crianças

0comentário

Flagrado pelo Conselho Tutelar, na manhã desta quinta-feira (28) cometendo crime de maus-tratos contra dois filhos, de quatro e nove anos, um casal, residente no município de Cajapió, está sendo investigado pelo Ministério Público do Maranhão. Uma das crianças estava acorrentada, a outra, amarrada.

A titular da Comarca de São Vicente Férrer (da qual Cajapió é termo judiciário), promotora de justiça Alessandra Darub Alves, requisitou a instauração de inquérito à Polícia Civil e irá pedir a prisão preventiva dos pais. Ela também vai propor uma ação solicitando a perda do poder familiar do casal sobre os filhos e, ainda, o abrigamento das crianças em São Luís.

A promotora de justiça informou que o Conselho Tutelar já havia recebido várias denúncias de maus-tratos supostamente cometidos pelo referido casal, mas nunca havia conseguido atestar alguma situação de violência.

No momento da vistoria do Conselho Tutelar, somente o pai estava na casa de taipa da família, localizada na sede do município. Uma das crianças informou que a mãe teria cometido a violência, tendo o pai mantido as crianças presas.

Após a soltura dos irmãos, ordenada pelo MPMA, Alessandra Darub inspecionou a residência no período da tarde. As crianças estão, no momento, sob os cuidados da avó materna, até que haja decisão judicial.

O município de Cajapió fica localizado a 161 km de São Luís.

sem comentário »