Professores do município entram em acordo

1comentário
Professores da rede municipal entram em acordo para retomada de calendário escolar

Professores da rede municipal entram em acordo para retomada de calendário escolar

Os professores da rede municipal de São Luís entraram em acordo e devem retomar as aulas. A decisão foi tomada pela categoria em assembleia realizada pelo sindicato dos professores. Uma reunião deverá ser realizada esta semana entre o sindicato de professores e a Secretaria Municipal de Educação (Semed) para definir o calendário de reposição dos dias letivos afetados pelo movimento.

Os professores aceitaram a proposta de 10,67% de reajuste, que já havia sido aprovada pela Câmara de Vereadores. Desde 2013, a categoria acumula reajuste de 39,08% – 9,5% em 2013; 5,9% em 2014; e 13,01% em 2015. No mesmo período, foram implantados também direitos dos professores protocolados há vários meses, como progressões horizontais e verticais e adicionais por titulação e por trabalhar em escola de difícil acesso. Também foram aposentados mais de 400 professores.

Os vencimentos dos professores são custeados pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais do Magistério (Fundeb). Para garantir o reajuste deste ano, também foi feita complementação com recursos próprios da Prefeitura de São Luís.

Para o titular da Secretaria Municipal de Educação (Semed), Moacir Feitosa, a retomada do calendário letivo representa a vitória da mesa de negociação. “Foi a decisão mais sensata a ser tomada e representa a vitória da mesa de negociação e do diálogo que sempre tivemos com os professores”, disse Moacir Feitosa.

(mais…)

1 comentário »

Larápios e ladrões

0comentário
Professor universitário Oduvaldo Cruz

Professor universitário Oduvaldo Cruz

Por Oduvaldo Cruz

A etmologia da palavra ladrão remonta ao Império Romano. Diz-se que na Roma antiga havia um pretor (juiz, magistrado) chamado LUCIUS ANTONIUS RUFUS APPIUS que ficou célebre por proferir decisões favoráveis a quem melhor lhe pagasse. Ele assinava suas sentenças com as iniciais de seu nome (L.A.R.) mais o sobrenome APPIUS: L.A.R. APPIUS. Revoltadas, as vítimas daquele funcionário malvado passaram a chamá-lo pejorativamente de LARAPPIUS. Criado o léxico, desde então, o neologismo “larápio” passou a significar aquele que furta, o gatuno, o ladrão.

Também na Roma antiga, eram chamados de “LATERONIS” os soldados que guardavam as laterais (e as costas) do imperador. Ocorre que, de tanto estarem ao lado do poder, aqueles soldados passaram a acreditar que eram o Poder. Assim, nos dias de folga, cometiam delitos, tomando, mediante a força das armas, os pertences de camponeses e viajantes. Eles acreditavam que eram impunes, já que estavam tão perto do rei, a quem os pobres não tinham acesso e, desse modo, não podiam se queixar. Com o correr do tempo, os “lateronis” passaram a ser chamados de “latronis”. Posteriormente, a língua protuguesa traduziria o que verdadeiramente eram: ladrões.

É claro que já existiam ladrões em Roma, antes do magistrado Appius vender sentenças e dos soldados do rei virarem bandidos. O dramaturgo Tito Mácio Plauto (255-185 a.C.) chamava o ladrão de “homem de três letras”, pois, em Roma eram conhecidos pelo nome de “fur”, do cujo radical derivaram o substantivo “furto” e o verbo “furtar”. Desse modo, aquele que furta o dinheiro público, ou se vale de cargo público para tomar o alheio deve, acertadamente, receber o nome de ladrão.

A corrupção alastrou-se de tal modo no seio do Império Romano que o poeta e senador Caio Salustio Crispo (86-34 a. C.) escreveu: Romae omnia venalia esse (em Roma tudo está à venda). Note-se que tanto o magistrado Appius, quanto os  “lateronis” do rei eram servidores do Estado. Daí decorre a noção de que o poder conferido ao Estado, e, por conseguinte, o poder de que dispõem os servidores do Estado, está associado à possibilidade de corrupção, porquanto favorece seu uso abusivo e estimula atos de violação à moral e aos costumes.

O Império Romano não resistiu a seus muitos vícios, vindo a ser diluído em meio à fragmentação medieval. Mas, o ideal de Estado não sucumbiu à corrupção. Ao contrário, o Estado se reinventou e se fortaleceu muito a partir do Renascimento. Na Revolução Gloriosa, de 1689, na Inglaterra, o parlamento destronou o rei absolutista Jaime II e coroou Guilherme de Orange, sob o compromisso do novo monarca respeitar a lei. A Declaração de Direitos (Bill of Rights), votada pelo parlamento inglês ganhou a feição do que posteriormente seriam as modernas constituições e, desde então, o Estado evoluiu bastante em matéria de controle.

A Revolução Francesa, de 1789, pôs abaixo a monarquia absolutista de Luis XVI, reduziu drasticamente os privilégios da nobreza e do clero, instituiu a República e proclamou o direito do povo à igualdade, à liberdade, à propriedade e à resistência a toda forma de opressão. Com a Revolução Francesa nasceu o Estado moderno, embora fragmentos dele tenha origem nas ideias renascentistas de Maquiavel (1469-1527) que denunciou o absolutismo dos papas Júlio II e Alexandre VI e associou a ideia de liberdade política ao conceito de República. O Estado moderno, tal como hoje o conhecemos, caracteriza-se por uma rigorosa e inescapável submissão à lei, pela iguadade jurídica de todos os cidadãos e por um rígido sistema de controle, capaz de punir exemplarmente a corrupção e o abuso de poder.

(mais…)

sem comentário »

Coroatá lança Cidade Digital

2comentários
Deputada Andrea Murad participa de inaugurações em Coroatá e do lançamento da

Andrea Murad participa de inaugurações em Coroatá e do lançamento da Cidade Digital

A deputada estadual Andrea Murad (PMDB) participou nesta sexta-feira (1º) em Coroatá de inaugurações promovidas pela Prefeitura Municipal. Ao lado da prefeita Teresa Murad, do ex-secretário estadual de Saúde, Ricardo Murad, de lideranças da região e da população coroataense, foram entregues o novo prédio da prefeitura e a nova praça José Sarney, espaço que contará com um benefício inédito no Maranhão.

Na Praça José Sarney foi instalada uma torre de sinal de internet gratuita para a população. O programa Cidade Digital, lançado hoje pela prefeitura municipal de Coroatá, é pioneiro entre as cidades maranhenses e garante acesso fácil, rápido e grátis para os moradores.

“Vejo com muita felicidade a Prefeitura Municipal de Coroatá proporcionar um espaço como este que nós sabemos que promove a inclusão digital, garante o acesso à informação, produz dados para a gestão do espaço e, principalmente, estimula as atividades políticas, culturais e econômicas. A partir do momento que há a disposição gratuita de um serviço de internet nesse porte, há progresso em todos os sentidos, sejam estudantes aprofundando os estudos ou trabalhadores oferecendo seus produtos e serviços pela internet. Então, é saber aproveitar bem esse instrumento disponibilizado pela prefeita Teresa Murad”, declarou Andrea Murad à imprensa.

A nova sede do Governo Municipal foi o primeiro espaço inaugurado. Passou por grandes transformações como a nova fachada que agora segue uma tendência mundial, o Grafite Urbano. A exemplo de vários prédios públicos espalhados por todo Brasil e pelo mundo, a sede da Prefeitura recebeu traços modernos e coloridos, que remetem a pontos importantes e turísticos da cidade. Desenhos que lembram a ponte sobre o Rio Itapecuru, a Estação Ferroviária, que muito em breve passará a abrigar o Museu do Dinossauro.

Outra grande obra entregue para a população foi a nova Praça José Sarney. Totalmente remodelada e construída, a nova praça é um espaço de lazer, com pistas de skate, equipamentos de ginástica, área para alimentação e palco para apresentações culturais. Em breve, a praça formará o Complexo Cultural de Coroatá, composto pelo prédio da Prefeitura, Largo da Juventude e futuramente o Museu dos Dinossauros (Estação Ferroviária).

2 comentários »

Fufuca entre os melhores parlamentares

3comentários
Andrefufuca1

Deputado federal André Fufuca (PP)

O deputado federal maranhense André Fufuca (PP) está entre os 14 melhores parlamentares de todo o Brasil e é o terceiro melhor deputado segundo o Ranking dos Políticos. O deputado recebeu a notícia com entusiasmo.

O Ranking dos Políticos é uma iniciativa criada anos atrás para facilitar o acompanhamento dos políticos brasileiros pelo eleitorado. A ferramenta compara políticos de todo o Brasil reunindo eletronicamente uma grande quantidade de fatos e dados sobre todos eles. Após isso, e sem nenhuma intervenção humana, cada um recebe uma pontuação que leva em conta privilégios, promessas de campanha descumpridas e processos judiciais. Todos os dados coletados são de origem oficial pública, sendo a maioria deles vindos diretamente do site do Congresso.

“Nesse pouco mais de um ano como deputado, já tive a honra de relatar uma grande CPI, de coordenar a bancada federal do meu estado entre muitas outras coisas. Hoje eu recebo com muita felicidade e certeza de que honro aqueles que confiaram a mim este mandato”, disse.

André Fufuca foi o terceiro melhor colocado entre os 513 deputados do Brasil, e o melhor entre todos os deputados do Maranhão e do nordeste brasileiro. Como a lista também engloba senadores, o jovem deputado maranhense ficou no 14º geral.

Para o deputado, a qualificação no ranking aumenta a responsabilidade no mandato. “Acredito que a cada prova de nossa idoneidade e compromisso as expectativas das pessoas em relação a nosso mandato aumentam. Se aumentam as expectativas, aumenta a responsabilidade e a necessidade de melhorar cada vez mais”, concluiu.

Você pode acessar o ranking completo em http://www.politicos.org.br

3 comentários »

Edivaldo e Wellington mostram evolução

0comentário

precandidatos

Os números da pesquisa Escutec divulgados neste sábado (2) pelo jornal O Estado apontam o crescimento na estimulada do prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e do deputado Wellington do Curso (PP) em relação à pesquisa feita pelo instituto no mês de abril e uma queda da deputada Eliziane Gama (PPS).

Em abril, Wellington do Curso tinha 6,6% e agora chega a 17,5%. O prefeito Edivaldo Holanda Júnior que tinha 16,3% agora chega a 20,8%. Eliziane Gama caiu de 23,5% para 22,4%.

Também caíram os pré-candidatos Bira do Pindaré (de 8,7% para 5,6%), Rose Sales (de 7,2% para 4,4%), Fábio Câmara (de 6,0% para 3,6%) e Bentivi (de 1,2% para 1,5%). Disseram que não votam em nenhum desses pré-candidatos caiu de 23,1% para 11,6% e nãosabe/não responderam de 3,8% para 8,9%.

Rejeição

Chama atenção também os dados sobre rejeição. Eliziane Gama (PPS) que tinha 3,1% agora aparece com 10,6%. Já o prefeito Edivaldo Holanda que tinha rejeição de 39,3% dimninuiu 6% e agora tem 33,3%. Dos primeiros colocados, a menor rejeição é de Wellington do Curso que saiu de 1,,0% para 3,3%

O pré-candidato Bentivi que aparecia com 3,2% agora tem 8,9% de rejeição, Bira do Pindaré tinha 3,0% e agora aparece com 5,5%, Fábio Câmara que saltou de 0,9% para 3,7%. Rose Sales que tinha 1,8% de rejeição agora aparece com 3,2%. Disseram que não votarão em nenhum desses pré-candidatos 9,9% e não sabe ou não responderam: 14,6%.

sem comentário »

Pesquisa aponta equilíbrio em São Luís

5comentários

espontanea

Pesquisa Escutec contratada pelo jornal O Estado e divulgada neste sábado (2) mostra que a maioria do eleitorado da ainda não sabe ou não respondeu em quem vai votar e aponta equilíbrio na disputa da Prefeitura de São Luís. Três candidatos disputam vaga no segundo turno: Edivaldo Holanda Júnior (PDT), Eliziane Gama (PPS) e Wellington do Curso (PP).

Os números da pesquisa espontânea, aquela que não indica o nome do candidato apresenta Edivaldo Holanda Júnior com 11,7%. Em segundo Está Eliziane Gama com 9,5%, Wellington do Curso tem 7,2%, Bira do Pindaré 2,0%, Rose Sales 1,7%, Fábio Câmara 1,6%, Eduardo Braide 1,4%, João Castelo 1,1%, Bentivi 1,0, Tadeu Palácio 0,2, ninguém 5,8 e não sabem não responderam 5,8%.

Os números da pesquisa estimulada também apontam equilíbrio. Eliziane Gama tem 22,4%, Edivaldo Holanda Júnior 20,8% e Wellington do Curso 17,5%. Veja os números.

CenariocomBira
Em um outro cenário da pesquisa estimulada, sem a presença de Bira do Pindaré (PSB) os números são os seguintes:

Cenariosembira

A pesquisa Escutec foi realizada entre os dias 28 de junho a 1º de julho. Foram ouvidos 1.000 entrevistados. O levantamento tem margem de erro de 3%. A pesquisa foi registrada na Justiça Elitoral sob o número 07983/2016.

5 comentários »