Sampaio eliminado da Copa do Brasil

3comentários
Figueirense derrota o Sampaio por 1 a 0, no Orlando Scarpeli e segue na Copa do Brasil

Sampaio perde para o Figueirense e foco agora será total no Campeonato Brasileiro Série B

A Copa do Brasil acabou para o Sampaio, agora as atenções estarão voltadas somente para o Campeonato Brasileiro Série B.

O Sampaio voltou a ser derrotado pelo Figueirense, desta vez por 1 a 0, no Orlando Scarpeli, em Florianópolis com gol de Everton Santos.

O time maranhense já havia sido derrotado no Castelão pelo Figueirense por 2 a 1.

O técnico Vágner Lopes aproveitou a partida para poupar alguns titulares como Luís Otávio, Edgar e Pimentinha que entrou apenas no segundo tempo.

O time permanece em Florianópolis e no sábado enfrenta o Joinville, às 16h, na Arena Joinville pelo Campeonato Brasileiro Série B.

Sampaio e Joinville é uma briga direta contra o rebaixamento. O Sampaio é o décimo nono com 10 pontos e o Joinville com 11 pontos ocupa a décima oitava posição.

Foto: Petra Mafalda/Mafalda Press/Estadão Conteúdo

 

3 comentários »

Braide quer tratamento de resíduos sólidos

6comentários
Deputado estadual Eduardo Braide (PMN)

Deputado estadual Eduardo Braide (PMN)

O deputado Eduardo Braide criticou, nesta quarta-feira (6), a Prefeitura de São Luís pela falta de um plano Municipal de Resíduos Sólidos, o que acaba onerando indevidamente o Município. “O valor que se paga para coletar o lixo de São Luís é de R$ 420 por tonelada, o que resulta em R$ 10,5 milhões por mês. Diferentemente de São Paulo que paga R$ 340 por cada tonelada, além de Curitiba que tem um custo mensal de R$ 197  pelo mesmo serviço. Como se vê, temos um custo altíssimo, com serviço de péssima qualidade realizado em nossa cidade”, afirmou o parlamentar.

Para Eduardo Braide, a solução do problema é a implantação do sistema de resíduos sólidos consorciado entre os quatro municípios da Região Metropolitana. “Com o custo de R$ 18 milhões, pagos pelo Governo do Estado – que já sinalizou a viabilidade do projeto – o sistema consorciado reduziria, no mínimo pela metade, o valor pago mensalmente na coleta de lixo pela Prefeitura de São Luís”, explicou o deputado.

Eduardo Braide também criticou o posicionamento da Prefeitura com relação aos lixões existentes em São Luís. “Embora a Prefeitura diga que na cidade só há 399 pontos de descarte irregular, especialistas afirmam que os números são: 490 lixões clandestinos e 1.800 lixinhos. Não é difícil ver as pessoas reclamando da coleta de lixo na capital. E na maioria dos bairros é possível encontrar vários pontos transformados em lixões. É preciso encarar o problema com a seriedade necessária. Primeiramente porque é um problema de saúde pública e, depois, o acúmulo de lixo nas galerias só favorece os alagamentos e enchentes tão comuns nos períodos chuvosos na capital. Como é que pode São Luís não ter o seu plano de resíduos sólidos? As ações seriam muito mais eficientes se o plano pelo menos existisse”, frisou o deputado.

O deputado voltou a criticar a postura do prefeito de São Luís no tratamento de problemas prioritários como o dos resíduos sólidos. “São Luís paga caro pela coleta de lixo, mesmo com serviço de péssima qualidade. Não venha o prefeito dizer que herdou o contrato da administração anterior. Porque ele só herda as coisas ruins. Porque não herdou e implantou o VLT? O maior problema de nossa capital é a falta de gestão”, finalizou Eduardo Braide.

Foto: Kristiano Simas/Agência AL

6 comentários »

CBF divulga calendário para 2017

0comentário

CBF

A Diretoria de Competições da CBF publica o Calendário 2017 do Futebol Brasileiro, com as datas das competições, período de disputa e comentários para facilitar o entendimento dos critérios adotados.

Veja o resumo do calendário

30 dias de férias e 25 dias de pré-temporada garantidos pelo terceiro ano consecutivo.

Redução de uma data para estaduais, em comparação com 2016.

Oito datas reservadas para torneios regionais (Copa do Nordeste e Copa Verde)

Três meses (fevereiro a abril) destinados a estaduais e regionais: quantidade de datas para cada competição depende da composição feita entre as federações e os clubes envolvidos, com anuência da CBF.

Copa do Brasil iniciará mais tarde (12/4), se aproximando do início da Série A.

Séries C e D terminarão mais cedo. Desta forma, as federações podem realizar torneios seletivos ou iniciar, ainda em 2017, os estaduais de 2018, com a participação dos clubes que disputaram as séries C e D e aqueles que não jogam o Campeonato Brasileiro.

Nas rodadas de Eliminatórias realizadas durante a realização do Campeonato Brasileiro, a Série A é paralisada em três datas (duas quartas-feiras e um domingo).

Duas pausas de 13 dias cada no Campeonato Brasileiro – Série A: de 27 de agosto a 10 de setembro e de 1º a 15 de outubro de 2017.

Realização de nove rodadas intermediárias (em meios-de-semana) na Série A, duas a menos do que na edição de 2016.

Cronograma

Final do período de férias: 3/1

Pré-Temporada: 25 dias (4/0 a 29/1)

Campeonatos Estaduais: 18 datas (29/1 a 30/4)

Torneios Regionais: 08 datas (15/2 a 19/4)

Copa do Brasil: 07 fases e 21 datas (12/4 a 29/11)

Brasileiro Série A: 38 datas (7/05 a 3/12)

Brasileiro Série B: 38 datas (6/5 a 25/11)

Brasileiro Série C: 24 datas (7/5 a 15/10)

Brasileiro Série D: 16 datas (4/6 a 17/9)

Eliminatórias para Copa 2018: 06 datas (23/3, 28/3, 31/8, 5/9, 5/10 e 10/10)

Copa Libertadores: 06 fases e 20 datas (1º /2 a 2/8, a confirmar)

Copa Sul-Americana: 05 fases e 10 datas (16/8 a 6/12, a confirmar)

Mundial de Clubes: 10 datas (7/12 a 18/12)

Início do período de férias: 4/12

sem comentário »

Esporte como fator de inclusão social

0comentário

RaimundoPenha

O ex-secretário de Esporte de São Luís, Raimundo Penha divulgou nas redes sociais o importante papel do esporte como fator de inclusão social ao mostrar o grande exemplo do atleta Gabriel que tem síndrome de Down e é destaque de um projeto de Taekwondo,

“O jovem Gabriel é um exemplo de como o esporte pode ser inclusivo socialmente falando. Gabriel tem síndrome de Down e é um dos participantes do Projeto Feras de Taekwondo, com o incentivo de toda equipe que faz parte do projeto, o jovem tem vencido barreiras e mostrado que a prática esportiva além de fazer bem ao corpo, a mente, faz bem a alma, a autoestima e ao coração˜, disse.

Segundo Penha, a inclusão social deve ser uma bandeira daqueles que vivenciam e sabem a importância que o esporte tem. “Tratar o esporte como uma ferramenta de inclusão deve ser uma bandeira de luta, daqueles que vivenciam o esporte e sabem da sua importância, essa luta deve ser feita, buscando políticas públicas que incentivem a prática esportiva e que motive os esportistas”, afirmou.

Raimundo Penha fez questão de falar sobre as dificuldades e da sua contribuição que tem dado para projetos como este. “Quando eu era secretário municipal de desportos e lazer pude vivenciar na prática as lutas para se fazer esporte aqui, a determinação e principalmente, pude dar a minha contribuição. Na época efetivamos a escolinha de capoeira que atendia pessoas com deficiência. Muito bom poder fazer parte desse processo, entendendo que o esporte é uma porta de entrada para a cidadania de muitas crianças, adolescentes e jovens”, finalizou.

Foto: Facebook

sem comentário »

Edilázio critica Dino sobre Imperatriz

0comentário
Deputado estadual Edilázio Júnior (PV)

Deputado estadual Edilázio Júnior (PV)

O primeiro secretário da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, deputado Edilázio Júnior (PV), classificou de ‘fraco’ o desempenho político do governador Flávio Dino (PCdoB) na cidade de Imperatriz.

Ele afirmou que a adesão do comunista à pré-candidatura de Rosangela Curado (PDT) – com quem havia rompido politicamente no ano passado -, somente ocorreu após o fracasso de outras duas pré-candidaturas do PCdoB na cidade da Região Tocantina e enfatizou que apesar de ter alcançado votação expressiva nas eleições de 2014 naquela cidade, o governador sofre hoje com a forte rejeição do eleitorado local. Edilázio também disse que o apoio de Dino a Curado deve acabar prejudicando a pré-candidatura da pedetista.

“Vou pedir até aos meus colegas e à imprensa que me corrijam se eu estiver falando alguma bobagem em relação a Imperatriz. O primeiro candidato: Clayton Noleto. Uma invenção. Ele [Dino] achou que era Lula para fazer semelhante ao que fez com Haddad lá em São Paulo. Com a margem de erro para cima, Clayton Noleto não chegou a 2%. Chamou em seguida o deputado estadual Marco Aurélio, que inclusive já foi testado nas urnas. Aí, foi não sei quantas vezes para Imperatriz e povo que é bom, nada. Porque? Falta discurso, Imperatriz não tem nada. Seria muito mais fácil para o deputado Marco Aurélio se ele fosse hoje prefeito de Imperatriz, com a oposição no Governo do Estado. Ele iria falar que o Governo persegue Imperatriz, que não respeita os tocantinenses, que Imperatriz não recebe nada. Seria um passeio. Mas hoje, na situação em que está, não tem discurso”, disse.

Ele afirmou que a decisão do PCdoB em apoiar Rosangela Curado foi um recuo, que simboliza o fracasso do projeto político do governador Flávio Dino.

“Se o governo tivesse forte, o natural seria Rosangela Curado abrir para o candidato do governador, ou o candidato do governador abrir para Rosangela? Ainda vou dizer mais: doutora Rosangela Curado, pessoa séria, decente, que tenho estima e carinho muito grande, foi demitida da Secretaria de Saúde e humilhada pelo Governo. Foi humilhada. E quem se encarregou de humilhá-la e de difama-la, é justamente quem hoje a apoia. Rosangela hoje é cercada hoje por quem a difamou por todo o estado. E não foi a família Sarney, não foi Ildon Marques, não foi o delegado Assis. Quem a difamou, quem cerca ela hoje”, completou.

Foto: Kristiano Simas/Agência AL

sem comentário »

Esclarecimento aos leitores

32comentários

PontodeinterrogacaoTenho sido procurado por alguns torcedores do Moto, de fato uma minúscula parcela, mas que entendo merecer alguns esclarecimentos.

Sou questionado pelo fato de criticar o clube, em especial o seu planejamento para as competições. Bem, o fato de ter o Moto como clube do coração não é na minha opinião nenhum crime. Quem neste país do futebol não torce para um clube de futebol?

Mas o fato de torcer para este ou aquele clube não é garantia que temos que ficar calados. Ainda que não fosse jornalista, mesmo assim poderia exercer este direito como torcedor. Quem disse que o Moto não pode ser alvo de críticas?

Aqui no Maranhão quando você elogia alguém é adorado, se critica é visto como o “diabo”. Isto é na política e no futebol.

Todo mundo está vendo as limitações do time do Moto, Sampaio, e Maranhão, tudo por conta da dificuldade financeira, mas sobretudo pela falta de planejamento e contratações equivocadas.

Quem critica o Moto, atualmente é inimigo e contra a diretoria. Torcedores, conselheiros, jornalistas, ninguém presta quando critica os dirigentes ou que estamos querendo criar um clima ruim no clube A ou B.

Vejam vocês que os elogios a mim eram rasgados até criticar a equipe por conta do planejamento para a Série D. Foi o suficiente para que eu virasse inimigo do clube.

Ora bolas, não abrirei mão de dizer o que penso sobre qualquer clube. Gostem ou não este ou aqueles dirigentes que estão lá de passagem e que sempre tiveram em mim o apoio e o reconhecimento quando tomam atitudes corretas.

Aos desavisados quero deixar claro que nenhuma ofensa ou ameaça me farão calar, pelo contrário, em respeito ao reconhecimento a uma imensa maioria que nos acompanha vou continuar mostrando a realidade.

Gostem ou não aqueles que não sabem conviver com a crítica construtiva e vivem atrás de elogios baratos.

32 comentários »

MP aciona prefeito de Balsas

0comentário
Prefeito de Balsas Luiz Rocha FIlho

Prefeito de Balsas Luiz Rocha Filho

A contratação irregular de servidores pelo Município de Balsas levou o Ministério Público do Maranhão (MPMA) a ajuizar, em 30 de junho, uma Ação Civil Pública por ato de improbidade (ACP) contra o prefeito Luiz Rocha Filho (conhecido como Rochinha).

A ação é de autoria da titular da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca (que atua nas áreas de Defesa da Probidade Administrativa e do Patrimônio Público), Dailma Maria de Melo Brito.

Por meio de processo seletivo, em abril de 2014, o Município realizou contratações temporárias de servidores para diversos cargos, fora das hipóteses previstas pela Lei Municipal nº 922, de 13 de setembro de 2006.

Pela legislação municipal, as contratações temporárias somente são permitidas em situações de calamidade pública e combate a surtos endêmicos. Em caso de falta de servidores de carreira, é autorizada a contratação de profissionais da área da saúde para o Sistema Único de Saúde do Município e execução de programas e convênios municipais, estaduais e federais; professores e profissionais de recreação.

Descumprimento

Para regularizar a situação, o MPMA propôs, em maio de 2014, um Compromisso de Ajustamento de Conduta (CAC) estabelecendo a extinção até fevereiro de 2015 dos contratos temporários, exceto os de agentes de vigilância epidemiológica. Deveria ser, ainda, realizado concurso público, a ser homologado até o final de 2015.

Devido ao descumprimento, pelo Município, do CAC, uma Ação de Execução, ajuizada, em abril de 2015, estabeleceu a realização, até julho daquele ano, de um concurso público, o que somente ocorreu dois meses depois. A posse dos servidores aprovados e a exoneração de servidores contratados sem concurso deveriam ser efetivadas até janeiro de 2016.

“O prefeito mantém em sua folha de pagamento servidores contratados sem prévia realização de concurso público, ocupando cargos para os quais existem candidatos aprovados”, destaca a promotora na Ação.

(mais…)

sem comentário »

Bancada maranhense se reúne em Brasília

1comentário
BancadaMaranhense

Deputado Juscelino Filho coordenou primeira reunião da bancada maranhense na Câmara

A Bancada Federal do Maranhão esteve reunida pela primeira vez, sob a coordenação do deputado Juscelino Filho (DEM) na Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (5) .

Entre outros assuntos da pauta, os parlamentares deliberaram sobre a situação da obra de duplicação da BR 135 e deram encaminhamento à uma ação conjunta da Bancada junto ao Governo Federal, onde foi solicitada audiência com o presidente em exercício, Michel Temer, para evitar que as obras que foram iniciadas hoje, sejam paralisadas novamente.

Sobre as indicações das emendas LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) 2017, na divisão das três emendas indicadas, os parlamentares decidiram designar uma para investimento no ensino superior por meio da implantação de uma sede do ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica) na Base de Alcântara, outras para garantir recursos para continuação das obras de duplicação da BR 135 no segundo trecho, de Bacabeira a Miranda do Norte que ainda está em fase de licitação, e a terceira para apoio e manutenção das unidades de saúde do estado.

Conforme definido na reunião, as obras da BR serão acompanhadas e vistoriadas pelos próprios parlamentares com frequência. A Bancada fará sua primeira visita às obras na segunda-feira, dia 11 de julho, junto a Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados.

Estiveram presentes, os deputados Alberto Filho (PMDB), Aluísio Mendes (PTN), Cleber Verde (PRB), Eliziane Gama (PPS), Hildo Rocha (PMDB), Ildon Marques (PSB), João Castelo (PSDB), José Reinaldo (PSB), Junior Marreca (PEN), Pedro Fernandes (PTB), Rubens Pereira Junior (PCdoB), Victor Mendes (PSD) e Zé Carlos (PT), e representando do governo do estado teve presente o secretário-chefe da Casa Civil, Marcelo Tavares.

Foto: Agência Câmara

1 comentário »

Sampaio decide vaga na Copa do Brasil

4comentários
Atacantes Pimentinha e Edgar e o zagueiro Luis Otávio deverão ser poupados contra o Figueirense

Atacantes Pimentinha e Edgar e o zagueiro Luis Otávio deverão ser poupados contra o Figueirense

As atenções estão todas voltadas para o Campeonato Brasileiro Série D, onde a equipe tenta desesperadamente deixar a zona de rebaixamento, mas o Sampaio entra em campo, hoje (6), às 19h30, no Orlando Scarpeli, em Florianópolis para enfrentar o Figueirense pela Copa do Brasil.

Na primeira partida em São Luís, o Sampaio foi derrotado por 2 a 1, por isso a missão em Santa Catarina não será nada fácil. O Sampaio tem que vencer por dois gols de diferença, ou por um gol de diferença, mas pelo placar de 3 a 2 em diante para segui para a segunda fase.

A vitória do Sampaio pelo mesmo placar da primeira partida disputada no Castelão, em São Luís levará a decisão da vaga para as cobranças de pênaltis.

O time terá algumas modificações em relação à equipe que vem atuando pela Série B. Jogadores importantes como Luis Otávio, Edgar e Pimentinha deverão ser poupados para a partida de sábado, 16h, contra o Joinville, na Arena Joinville.

O Sampaio deverá atuar com: Rodrigo Ramos; Guilherme Lucena, Rodrigo Arroz, Wagner e Éder Sciola; Levi, Felipe Baiano, Lucas Sotero, Henrique, Jean Carlos e Paulo Marcelo.

Foto: Biaman Prado/ O Estado

4 comentários »