Sousa Neto denuncia perseguição a delegada

0comentário

O deputado estadual Sousa Neto (Pros), criticou nas redes sociais, a remoção da delegada que relatou, no Facebook, as péssimas condições de trabalho na delegacia onde estava lotada.

A delegada Virgínia Loiola que comandava uma a 4ª Distrito Policial, em Imperatriz foi transferida após o episódio para Açailância, onde assume a Delegacia da Mulher e segundo o parlamentar foi mais uma demonstração de “punição e perseguição’ do governador Flávio Dino e do secretário Jefferson Portela.

“Como uma espécie de ‘punição’ e ‘retaliação’ por ter denunciado, nas redes sociais, às péssimas condições de trabalho, Flávio Dino removeu a delegada Virgínia Loiola do 4º Distrito Policial de Imperatriz para Delegacia da Mulher de Açailândia. Na época, fiz um pronunciamento sobre o caso e da insatisfação da polícia na Assembleia Legislativa, o que gerou grande repercussão na imprensa em todo o Estado, face a incompetência do secretário Jefferson Portela e do Governo Comunista em gerenciar o Sistema de Segurança, atestada pelos alarmantes índices de criminalidade e violência que afetam a sociedade. Mais uma vez, estamos assistindo a um ato abusivo, covarde e medíocre, como inúmeros já denunciados pela Oposição, de um governo ridículo, que tem como lema ‘perseguir os opositores e beneficiar protegidos’. Flávio Dino, respeite os profissionais que têm, verdadeiramente, o compromisso de bem servir o Estado; ao contrário de sua ‘curriola’, que só sabe maltratar nossa população”, disse.

Sousa Neto disse que levará o assunto à Tribuna da Assembleia Legislativa na próxima semana.

“Na segunda-feira (13), voltarei a tratar desse assunto na sessão plenária, e farei encaminhamentos pela Comissão de Segurança, solicitando que haja providências desta Casa para dar garantia de trabalho aos servidores da Segurança Pública e para frear esses desmandos, como temos visto nestes três anos do Governo Flávio Dino, contra aqueles que ‘ousam’ ir contra o domínio comunista”, finalizou.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Justiça afasta Zé Vieira pela terceira vez

0comentário

Após duas decisões que mantinham Zé Vieira (PP) no cargo de Prefeito de Bacabal (A 245 Km de São Luís), pela terceira vez a justiça o retira do comando da cidade. O desembargador Antônio Fernando Bayma Araújo determinou, nesta sexta-feira(10) a prevalência da decisão do desembargador José Ribamar Castro, do dia 01/11, em detrimento da decisão da desembargadora Nelma Sarney, que recolocava Zé Vieira no cargo.

No dia 18/10, o Supremo Tribunal de Justiça (STJ) condenou Zé Vieira por improbidade administrativa e dano ao erário público, sem direito a recurso. Essa foi primeira decisão do caso, que também suspendeu os direitos políticos de Zé Vieira por três anos.

Porém, no dia 31/10 a desembargadora Cleonice Freire concedeu tutela cautelar favorável a Zé Vieira, mesmo com a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). No entendimento da magistrada, a alternância administrativa causaria instabilidade política e social em Bacabal.

Como era uma decisão de Cleonice era liminar, foi necessário passar pelo relator do caso, desembargador José Ribamar Castro. No dia 01/11, o desembargador derrubou a liminar da desembargadora Cleonice Freire.

Contudo, no dia 03/11 a desembargadora Nelma Sarney recolocou Zé Vieira no comando da prefeitura mais uma vez. Na decisão, ela afirma que o desembargador José de Ribamar Castro não tinha competência para julgar a questão, de acordo com o regimento interno da corte.

Nesta sexta-feira(10), o vice-presidente em exercício do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Antônio Fernando Bayma Araújo, determinou que deve prevalecer a decisão do desembargador José Ribamar Castro. A decisão mantém o vice-prefeito Florêncio Neto no comando de Bacabal, que já havia sido empossado pela câmara de vereadores da cidade após a primeira decisão do Superior Tribunal de Justiça.

Em nota, a defesa de Zé Vieira informou que a decisão de Antônio Bayma gera danos ao município de Bacabal. Veja a nota na íntegra:

“A assessoria do Prefeito José Vieira entende que a decisão proferida pelo Ilustre Desembargador causa instabilidade política e sérios prejuízos a ordem política e econômica do Município de Bacabal, razão pela qual estão sendo tomadas as providências jurídicas necessárias”.

Leia mais

sem comentário »

Parceria reforça preocupação ambiental

0comentário

Com o apoio da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa) e do Governo do Estado, via Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima) e Agência Estadual de Defesa Agropecuária (Aged), foi realizada nesta quinta-feira (9), uma ação de recebimento itinerante de embalagens vazias de agrotóxicos na zona rural de São Luís. A ação contemplou os pequenos produtores agrícolas e foi realizada pelo Sistema Campo Limpo, do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (Inpev).

“Mais uma ação com a parceria da Prefeitura de São Luís e Governo do Estado, contemplando os agricultores familiares e pequenos agricultores da capital, mostrando a preocupação com o meio ambiente e a saúde da população que consome os produtos agroecológicos da nossa terra”, destacou o titular da Semapa, Ivaldo Rodrigues.

O Sistema Campo Limpo tem como base o princípio das responsabilidades compartilhadas entre todos os elos da cadeia produtiva (agricultores, fabricantes e canais de distribuição, com apoio do poder público) para realizar a logística reversa de embalagens vazias de defensivos agrícolas.

O Brasil é referência mundial na destinação ambientalmente correta do material, encaminhando 94% de embalagens plásticas primárias para reciclagem ou incineração. Já o Maranhão é o segundo estado do Nordeste em destinação adequada desse material.

Para o secretário da Sagrima, Márcio Honaiser, a ação conjunta reforça a preocupação do Governo do Estado com a produção agropecuária sustentável. “Nós temos incentivado, não só no agropolo da Ilha, como nos demais agropolos, a produção agroecológica, com menor uso de agrotóxicos. Colaborar com uma iniciativa como esta, que trabalha mais uma etapa da cadeia produtiva, só reforça a intenção de termos uma produção cada vez mais sustentável”, afirmou o gestor da Sagrima.

Foto: Renato Carvalho

sem comentário »

Roberto Rocha definitivamente no PSDB

0comentário

Protocolo do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA) confirma: o senador Roberto Rocha está sim filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) desde o dia 4 de outubro, conforme ficha abonada pelo senador Tasso Jereissati e o governador de São Paulo Geraldo Alckmin.

Em 31 de outubro, o cartório eleitoral da 76ª Zona Eleitoral, em São Luís, recebeu ofício que dá ciência da filiação do senador maranhense. No documento, assinado por advogados-delegados da executiva nacional do partido, comunicava a juíza Maria José França Ribeiro, e solicitava ainda, que o nome de Roberto Rocha fosse incluído na relação dos filiados da legenda.

De igual modo, a comissão provisória foi oficialmente comunicada para que fosse incluído o nome do senador na relação dos filiados e encaminhado ao juízo da 76º Zona Eleitoral. Logo, o procedimento de filiação do senador Roberto Rocha atendeu todas as exigências da lei.

Cabe a comissão provisória do PSDB em São Luís incluir na base de dados a filiação do senador junto ao TSE. A ausência temporária do nome dele não implica que Roberto Rocha não esteja filiado ao partido.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Micale participa da Semana de Futebol

0comentário

O técnico Rogério Micale, campeão olímpico de futebol com a Seleção Brasileira no Rio 2016, estará em São Luís para participar da I Semana de Futebol no Maranhão. O treinador será um dos palestrantes do curso teórico e prático e compartilhará com os presentes seus conhecimentos, que ajudaram o Brasil na conquista inédita em 2016.

Com passagens pelas categorias de base do Figueirense, onde conquistou o título da Copa São Paulo de 2008, Londrina e Atlético-MG, onde recentemente comandou o time no Campeonato Brasileiro de 2017. O treinador será um dos palestrantes do curso ao lado do técnico Marcelo Vilhena, que é instrutor dos cursos nível C e B para treinadores da CBF.

Na I Semana de Futebol no Maranhão, Rogério Micale também encontrará o analista de desempenho Bebeto Sauthier, que compôs a comissão técnica da Seleção Brasileira no Rio 2016. O evento é o primeiro no Estado a reunir dois campeões olímpicos.

No curso de futebol, além das aulas teóricas e práticas, serão ministradas palestras pelos jornalistas Pedro Venâncio, que trabalha na cobertura das categorias de base, e o Ricardo Porto, que atuou durante 29 anos na TV Globo, com a cobertura de Copa do Mundo e grandes eventos esportivos.

A I Semana de Futebol no Maranhão também oferecerá um curso de direito esportivo, que será ministrado pelos advogados Luciano Brustolini, Adolfo Testi e Márcio Biguá. As inscrições podem ser feitas através do brunolavesblog.com.br/semanadefutebol. A I Semana de Futebol no Maranhão é organizada pelos jornalistas Bruno Alves e Pedro Venâncio, com correalização da Rádio Mirante AM e patrocínio da Universidade Ceuma.

sem comentário »

Braide não descarta disputa para o governo

5comentários

O deputado estadual, Eduardo Braide (PMN) negou à coluna Estado maior, de O Estado que tenha descartado disputar a eleição para o Governo do estado em 2018.

Segundo a coluna, Braide disse que não poderá abrir mão de um projeto se o povo mostrar interesse em seu nome – como vem mostrando – nas pesquisas de intenção de votos.

Para reafirmar-se como pré-candidato, Braide vai voltar à TV na semana que vem, como protagonista do programa partidário do PMN.

Grande surpresa e segundo colocado na eleição para Prefeitura de São Luís e um dos mais atuantes deputados na atual legislatura na Assembleia, Eduardo Braide tem grande possibilidade de sucesso caso decida disputar a eleição majoritária ou para a Câmara dos Deputados e, também a reeleição para de deputado estadual.

E Braide vem avaliando e discutindo com assessores mais próximos e familiares todas as possibilidades para decidir no momento certo.

Foto: Divulgação

5 comentários »

FMF e clubes cometem erro no Estadual

28comentários

A fórmula de disputa proposta pela FMF e aceita pelos clubes para o Campeonato Maranhense para 2018 não garante um princípio básico que é o da igualdade da disputa às equipes. Erram clubes e Federação neste momento. Ou erram masi uma vez clubes e FMF como queiram.

Com oito equipes jogando entre si, jamais seria possível garantir o número de jogos iguais em casa e fora a todos os participante. O correto é fazer turno e returno, assim todas as equipes jogariam sete partidas em casa e sete fora. Nem vou falar de uma tabela divulgada onde o Moto viaja três vezes e Sampaio e MAC, apenas duas.

A FMF alega que dispõe de apenas 13 datas, mas dois exemplos de estaduais no Ceará e em Pernambuco derrubam a tese da entidade que organiza a competição. São dois estaduais com maior número de equipes e mais datas. Como eles podem fazer isso e nós não? Basta uma simples busca no Google que vocês verão o que a maioria das Federações irão fazer.

No Ceará, serão 10 equipes que jogarão em turno único na primeira fase e seis fazem um hexagonal, depois semifinal e finais, totalizando 19 datas. No Piauí são seis equipes e 14 datas.

Em Pernambuco terá um turno único com onze equipe e depois oito classificados para as quartas-de-final e depois semifinais em jogos únicos. A decisão será em dois jogos. A Paraíba, por exemplo vai iniciar seu Estadual no início de janeiro.

A FMF pode solicitar à CBF a antecipação do início do estadual para o início de janeiro, uma vez que os clubes já terão cumprido o período de férias dos atletas. Basta pedir a antecipação.

Não sou nenhum PHD em tabelas, mas numa análise simples com 8 equipes é possível fazer um campeonato justo e que garanta o mesmo número de jogos às equipes.

A FMF pode fazer dois grupos com 4 equipes jogoando entre si em sistema de ida e volta. As duas primeiras de cada grupo disputaria um quadrangular de ida e volta de onde sairiam campeão e vice. As outras quatro equipes disputariam um quadrangular da morte para definir a equipe rebaixada para a 2ª divisão. Todas as equipes jogariam 12 partidas.

Ainda assim para se manter o equilíbrio poderiam fazer turno e returno com pontos corridos e prontos. E teríamos direto campeão e vice. Neste caso, confesso que sou defensor das competições em pontos corridos, pois estas garantem sempre as equipes mais equilibradas nas primeiras colocações.

Pronto. Simples assim e o equilíbrio garantido. Pensem um pouco e façam o correto.

28 comentários »