Maranhão anuncia mais reforços para a Série D

0comentário

Os meias Everlan, Wesley e Victor Palito e o atacante Vitinho reforçarão o MAC na Série D. Dos quatro, o meia Wesley e Victo Palito se apresentaram na manhã desta quinta, enquanto Everlan e Vitinho serão apresentados junto com Robson Simplício e mais um atacante, que ainda negocia com Quadricolor.

Aos 31 anos, Vitinho retorna ao futebol maranhense, onde defendeu o Moto em 2017. Desde então o atacante conta com passagens pelo Fortaleza, Treze e Concórdia. Em 2018 foi um dos titulares do Ferroviário, no acesso para a Série C, e em 2019 iniciou a temporada na disputa da Segundinha Mineira pelo Tupynambás.

O meia Everlan(foto) foi um dos destaques do Moto em 2018 e disputou o Campeonato Piauiense de 2019 pelo Parnahyba. O jogador conta com passagens pelo Juazeirense, Murici, Inter de Lages, entre outros clubes.

Aos 25 anos, Wesley chega ao MAC após disputar o Campeonato Sergipano pelo Olímpico. Revelado pelo Atlético-PE, o meia conta com uma breve passagem na base do Danúbio, do Uruguai, além de defender o Atlético-PB, Cabense e Vitória das Tabocas.

O meia Victor Palito, aos 34 anos, desembarca no Parque Valério Monteiro após disputar o Campeonato Maranhense pelo Cordino, onde marcou dois gols em cinco jogos. Revelado pelo Moto em 2006, o experiente meia conta com passagens recentes pelo Barcelona-RO, Marília e Sergipe.

O MAC aguarda a chegada do volante Robson Simplício, de 33 anos, e contratará mais um lateral-esquerdo e um atacante. O zagueiro Bruno Bacabal, que inicialmente não permaneceria para a Série D, teve sua situação revisada e foi reintegrado ao elenco atleticano. O Quadricolor estreia no dia 5 de maio, diante do Altos, no Castelão.

Foto: Lucas Almeida / L17 Comunicação

Globoesporte.com

sem comentário »

Morre o Pai de Santo Bita do Barão

0comentário

Morreu nesta quinta-feira (18), em Teresina, aos 108 anos, o Pai de Santo Bita do Barão.

Segundo boletim médico, a morte de Bita do Barão foi registrada às 12h40.

Ele estava internado há 10 dias devido a uma infecção pulmonar e o quadro agravando para um problema renal e pressão alta.

O corpo de Bita do Barão foi liberado por volta de 14h e deve chegar à cidade maranhense por volta das 19h.

O velório será na Tenda Espírita Rainha Iemanjá, na Rua Rui Barbosa, bairro Santa Filomena, em Codó.

sem comentário »

Prefeitura distribui pescado a famílias em São Luís

0comentário

A Prefeitura de São Luís está realizando, nesta semana, novas ações do Programa Peixe Solidário. A distribuição chega em boa hora a bairros de alto índice populacional na cidade, considerando que, na Semana Santa, os preços dos pescados costumam subir nas feiras e mercados. Desde o início de 2019, mais de 200 toneladas de peixe foram entregues em 49 territórios. O trabalho é parte da politica de combate à insegurança alimentar colocada em prática pela gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior. Só nesta semana, cerca de 68 toneladas estão sendo distribuídas, beneficiando mais de 26 mil famílias.

Nesta quarta-feira (17), a entrega foi realizada no Morro do Zé Bombom, Vila Sapinho, Vila São Luís e Na Vila Sarney. Nesta quinta-feira (18), serão contemplados moradores dos bairros Vila Conceição/Portelinha, Cidade Operária, Tibirizinho e Vila Brasil/São Bernardo. Nesta semana, já foram beneficiadas também famílias de bairros como Vila Cruzado/Vinhais, Residencial Batatã, Bairro de Fátima, Coquilho I, Pedrinhas, Baixão do São Cristóvão, Centro/Desterro e Alto da Esperança.

As distribuições do Programa Peixe Solidário são realizadas pela Secretaria Municipal de Segurança Alimentar (Semsa). “Nesse período, cresce a busca pelos pescados e, consequentemente, sobem os preços nos mercados. A distribuição, que segue orientação do prefeito Edivaldo, é de grande ajuda a essas famílias, que vivem em áreas consideradas de alto índice de insegurança alimentar e nutricional”, destaca a secretária municipal de Segurança Alimentar, Fatima Ribeiro.

Foto: Maurício Alexandre

sem comentário »

Flávio Dino: teoria e prática

0comentário

O governador Flávio Dino (PCdoB) parece mesmo estar decidido a mudar a postura em relação ao governo de Jair Bolsonaro ou pelo menos é o que parece revelar no Twitter.

Crítico severo do presidente, Flávio Dino recebeu esta semana dois ministros no Palácio dos Leões em busca de parcerias para o Maranhão.

“Nosso governo mantém o diálogo respeitoso com o governo federal, em busca de parcerias e medidas que possam ajudar o Maranhão. Nesta semana, recebemos a visita no nosso Estado do Ministro da Ciência e Tecnologia e do Ministro do Meio Ambiente”. disse.

Nas redes sociais, Flávio Dino aproveitou o espírito da Semana Santa para defender o diálogo permanente com o governo Federal.

“Divergências políticas não podem impedir o diálogo entre os entes da Federação, tampouco entre partidos e correntes de opinião diversas. Exerço meu direito de oposição, porém jamais com intolerância, desrespeito pessoal ou ódios. O Brasil precisa proteger a democracia”, afirmou.

Flávio Dino disse que mantém essa postura com prefeitos, mas que não aceita agressões pessoais.

“A mesma coisa faço aqui em relação aos municípios. Defiro cessão de funcionários para prefeituras governadas pela oposição e tenho obras em todas elas. Só considero incabíveis mentiras e agressões pessoais. Mesmo assim, mantenho as ações do governo nas cidades”, finalizou.

O problema é que Flávio Dino geralmente defende coisas bem diferentes daquilo que pratica. É sempre assim: diz uma coisa e faz outra.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Hildo mantém luta em defesa das rodovias federais

0comentário

Boa notícia para quem vai viajar no feriadão da páscoa: o consórcio Serveng/Aterp concluiu ontem os serviços de asfaltamento e sinalização do trecho duplicado da BR-135, na pista antiga, no Campos de Perizes. Assim, a pista no trecho do km 37 ao km 43, que estava interditada para a execução dos serviços, foi liberada possibilitando o tráfego nas duas pistas em toda a extensão do primeiro lote da duplicação, que vai de Estiva a Bacabeira.

A notícia animadora chega dois dias após o deputado Hildo Rocha ter feito duro pronunciamento na tribuna da Câmara Federal, cobrando providências quanto à precariedade das rodovias BR-135, BR-316 e BR-222.

Caxuxa/Miranda do Norte

Hildo Rocha lembrou que a sua indicação para restauração do trecho entre Miranda do Norte e Caxuxa foi encampada pela Bancada Federal que destinou uma das suas emendas para atender a sua proposta e assim garantir os recursos orçamentários para que o Dnit possa fazer a obra.

“Os recursos estão garantidos no orçamento da União para este ano. Eu apresentei uma proposta para que os colegas priorizassem o investimento de recursos da União na reforma completa da BR-135 no trecho entre Miranda e Caxuxa. Mas, infelizmente até o momento pouco foi feito”, lamentou.

Impactos negativos

De acordo com Hildo Rocha, a precariedade das rodovias federais está prejudicando a economia maranhense e afeta negativamente a imagem do Estado. 

“Recentemente as cenas de uma mulher grávida sendo carregada nos braços por cima de um lamaçal causou comoção e escandalizou o Maranhão. O fato aconteceu na BR-316. Essa rodovia não tinha muitos problemas, mas por falta de manutenção, surgiu um grande atoleiro que impediu a passagem da ambulância que conduzia a gestante. Sem ter como sair do atoleiro na ambulância a parturiente foi carregada nos braços, por populares que se encontravam no local. Essas cenas lamentáveis foram divulgadas para todo o Brasil, pelo Jornal Nacional, da Rede Globo, prejudicando a imagem do Maranhão “, declarou Hildo.

Herança maldita

Segundo Hildo Rocha, a situação deplorável em que se encontram as rodovias federais do Maranhão é uma herança maldita que foi herdada pelo presidente Jair Bolsonaro. Os serviços emergenciais que foram realizados pelo Dnit, em parte da BR 135, no município de São Mateus, servem como indicativo de que o governo começa a se livrar dessa situação. Significa que a persistente luta de Hildo Rocha pela melhoria das rodovias federais do Maranhão começa a dar resultados mais imediatos. 

“Tenho fé de que o ministro Tarcísio de Freitas e o General Santos Filho, Diretor-geral do Dnit vão dar um jeito nessas rodovias federais que cortam o Maranhão”, afirmou Hildo Rocha.

No peito e na raça, mas com diálogo, confiança e persistência, Hildo Rocha confirma que não é de fugir à luta. Bom para o Maranhão.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Moto perdeu o rumo após o Maranhense?

8comentários

A derrota para o Imperatriz no último minuto e a perda do título de campeão maranhense ainda provoca estragos nos bastidores do Moto.

Primeiro o clube havia decidido demitir o treinador Wallace Lemos, mas recuou da decisão no domingo passado.

Em seguida, o Moto decidiu dispensar o seu maestro e um dos principais jogadores do elenco, o meia Juninho Arcanjo, o lateral-esquerdo Mateus e o atacante Danilo Galvão. Depois até chegou a repensar a decisão sobre Juninho Arcanjo, mas já era tarde. Lucas Dias já havia acertado com o CSA.

Anunciou as contratações de Henrique que fez temporada ruim no Remo, Vinícius Paqueta que já conhecemos e o meia Neto que deu um “balão” nos dirigentes rubro-negros e foi parar no Sampaio. O atacante Bruno Henrique vai precisar mostrar que pode fazer os gols que o Moto precisa.

Agora anuncia as dispensas de Diego Vitor, Igor, Cauê e Léo Paraíba. Vocês lembram que até o mês passado, o Moto se orgulhava de dar chance a vários jogadores locais que agora são dispensados como é o caso de Diego Vitor que chegou a ser sondado pelo ABC.

Quando se imaginava que o Moto manteria a base do elenco, eis que tudo mudou por conta de uma derrota para o Imperatriz que não estava nos planos rubro-negro.

Que o Moto ponha a cabeça no lugar e já que decidiu reformular o elenco traga jogadores capazer de levar o time ao acesso à Série C, pois no momento a imagem que passa é que o Moto não sabe mais o que está fazendo e isso é muito ruim neste momento…

Foto: Lucas Almeida/L17 Comunicação

8 comentários »