Susto e correria no shopping Rio Anil

1comentário

shopping

Noite de susto e correria no Shopping Rio anil. Por volta de 21h, parte do forro do primeiro pavimento desabou.

Segundo testemunhas, dois quiosques e pelo menos oito lojas foram atingidas.

Por conta do desabamento  todas as lojas do shopping fecharam mais cedo.

Ninguém ficou ferido.

Nota do shopping

O Shopping Rio Anil esclarece que uma parte do forro do centro comercial se desprendeu na noite desta quinta-feira, dia 28. Todas as medidas de segurança e proteção já foram tomadas pela equipe de manutenção do shopping, que trabalha para efetuar os reparos o quanto antes. O shopping ressalta que não houve feridos no incidente.

Fotos: Jana Bruna

1 comentário »

Sampaio humilha o Cordino

7comentários

O Sampaio não encontrou qualquer dificuldade para golear o Cordino por 6 a 0 e seguir mais líder do que nunca do primeiro turno do Campeonato Maranhense com 10 pontos ganhos. Os gols do Sampaio foram marcados por Eloir, Pimentinha (2), Célio Codó, Cleitinho e Deca. O próximo adversário do Sampaio será o Santa Quitéria, domingo, no Rodrigão. O Cordino recebe o Maranhão, em Barra do Corda.

Em Imperatriz, com dois gold de Lindoval, o Imperatriz bateu o lanterninha Americano por 2 a 0 e assumiu a 2ª colocação com 9 pontos ganhos. O Imperatriz folga na rodada de domingo, enquanto o Americano pega o São José, no Nhozinho Santos.

Em Bacabal, O BEC venceu o Santa Quitéria por 2 a 1 com gol de Cris e Carlos André e embora tenha alcançado 7 pontos a exemplo do MAC, segue na 4ª colocação. O Santa tem apenas um pontinho e está em oitavo. No domingo, o BEC vai a Balsas. O Santa recebe o Sampaio em casa.

No outro jogo da noite, o São José empatou com o Balsas por 1 a 1, no Nhozinho Santos e segue sem vencer na competição. Luís Henrique marcou para o São José e Gabriel para Balsas. O São José ocupa a 5ª colocação com 4 pontos e o Balsas coom 2 pontos ocupa a 7ª posição. Na próxima rodada o São José pega o Americano. Balsas receberá o Bacabal.

Classificação

1º Sampaio – 10 pontos
3º Imperatriz – 9 pontos
3º Maranhão – 7 pontos
4º Bacabal – 7 pontos
5º São José – 4 pontos
6º Cordino – 3 pontos
7º Balsas – 2 ponto
8º Santa Quitéria – 1 ponto
9º Americano – 0 ponto

Próximos jogos

03/04 – Domingo
16h – Santa Quitéria x Sampaio
16h – Cordino x Maranhão
17h – Balsas x Bacabal
17h – Americano x São José

7 comentários »

Estado e município discutem ações integradas

1comentário

acoesintegardas

O secretário de Estado de Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Mauricio Macedo, se reuniu, na tarde de quarta-feira (27), com o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico de São Luís, Ted Lago, para discutir sobre a aproximação das duas esferas governamentais a fim de integrar as ações em prol da população de São Luís, através da geração de emprego e renda.

Também participaram da reunião, ocorrida na sede da Secretaria de Estado de Desenvolvimento, Indústria e Comércio (Sedinc), o secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Victor Mendes; e os secretários municipais de Meio Ambiente, Rodrigo Maia, e de Urbanismo, Felipe Camarão; além do secretário-adjunto de Desenvolvimento Econômico da Sedinc, David Fernandes.

Dentre os assuntos abordados, o destaque foi o estabelecimento de uma agenda de trabalho visando à participação de órgãos estaduais na revisão e ampliação da Lei de Zoneamento de São Luís e da Lei de Uso e Ocupação do Solo, que integram o Plano Diretor do município. Além disso, foram discutidos temas como Distrito Industrial, capacitação de mão de obra e licenciamento de projetos empresariais.

Para Ted Lago, o diálogo entre as secretarias afins é importante para discutir ações que beneficiem a população. “Esta é uma reunião de aproximação para integrarmos as ações visando o incremento do desenvolvimento econômico de São Luís”, disse Ted Lago.

O secretário Mauricio Macedo destacou que a Sedinc tem trabalhado em parceria com diversas prefeituras do Maranhão. “São Luís é um dos principais polos de desenvolvimento, temos vários empreendimentos que estão se instalando aqui na capital e é importante criar uma agenda técnica de trabalho com o município”, observou o secretário.

1 comentário »

Prefeita anuncia redução de salários em Coroatá

3comentários

Para enfrentar a grave situação financeira em que recebeu a Prefeitura de Coroatá, e ao mesmo tempo dar respostas às demandas da população, a prefeita Teresa Murad (PMDB) tomou uma série de medidas para equilibrar as finanças municipais. Uma delas foi reduzir o próprio salário e o da vice-prefeita Neusa Muniz (PMDB) em 50%, assim como os vencimentos dos cargos comissionados em 25%. A medida foi aprovada pela Câmara de Vereadores, por meio de projeto de lei.

“Fui eleita pelo povo coroataense para resolver os problemas da nossa cidade, por isso tenho buscado todas as formas para tirar o município do caos financeiro e administrativo em que o recebemos, e os resultados já começam a aparecer. Nossos alunos voltaram às aulas em condições dignas, e a mesma prioridade está sendo dada à rede municipal de saúde, que está recebendo reformas emergenciais e sendo reaparelhada”, declarou Teresa Murad.

O salário da prefeita de Coroatá foi reduzido de R$ 16 mil para R$ 8 mil, e o da vice-prefeita de R$ 12 mil para R$ 6 mil. Todos os cargos em comissão tiveram uma redução de 25%, até que as contas municipais sejam equilibradas.

Coroatá tem hoje um desconto automático do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de cerca de R$ 400 mil mensais, fruto de parcelamentos feitos pela administração anterior. Quando Teresa Murad assumiu o cargo, em janeiro, o Município tinha em suas contas bancárias somente R$ 13.139,59. A prefeita requereu ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) uma auditoria geral nas contas municipais.

3 comentários »

Ribamar Alves expõe insatisfação com Edivaldo

5comentários

ribamaralvesO prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves (PSB) não esconde a sua insatisfação com o prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior. Em entrevista ao jornalista Roberto Fernandes, na Rádio Mirante AM, Ribamar Alves contou como foi toda a articulação para que o PSB pudesse garantir o apoio ao então candidato Edivaldo Holanda Júnior (PTC).

“O PSB estava no governo João Castelo. Na disputa de 2008 o PSB ia com Flávio Dino. Convenci a Drª Helena Duailibe de que seria muito melhor nós irmos com Castelo, porque ele já tinha mais de 70 anos, não tinha herdeiro político, a não ser a filha, que é deputada estadual. Ele iria abrir espaço para o partido e que a gente iria crescer politicamente. Convenci a direção do partido a aceitar. Ledo engano. João Castelo tirou Drª Helena da saúde pelo blog do falecido Décio Sá, não deu espaço para o partido, arrumou apenas alguns cargos. Nessa eleição fiz justamente o inverso. Tirei o partido de dentro da prefeitura. Pessoalmente fiz isso junto com Eduardo Campos, nosso presidente nacional, e Carlos Siqueira, que é o secretário, e Roberto Amaral, que é o vice-presidente. Convenci que era necessário ter um candidato próprio em São Luís, convenci o Roberto Rocha de que ele estava isolado no PSDB, que viesse para o PSB para ser candidato a prefeito. Infelizmente ele não conseguiu emplacar o nome dele como prefeito, mas conseguiu ser o vice, e a gente, então, construiu essa roupagem para São Luís. Ao tirar o PSB de dentro da prefeitura de São Luís, saiu junto o PPS, o PT e o próprio PCdoB que ia para lá também, além do PTC. O João Castelo se isolou de tal forma que para ele compor foi preciso compor com o PMN e o PRB”, contou.

Ribamar Alves disse que se sente também como um dos responsáveis pela vitória de Edivaldo.

“Nós possibilitamos criar aqui uma nova candidatura, que foi chamada até de consórcio de candidatos. Desse consórcio saiu o candidato Edivaldo Holanda, com o apoio do PSB, de vice, e o PCdoB, de Flávio Dino, que era a grande liderança. Se eu não tivesse tirado o partido de dentro da Prefeitura de João Castelo, o PTC não teria candidato. João Castelo sairia praticamente como candidato único. Então eu me senti também responsável pela eleição dele. Tiveram outras nuances: o acordo que eu tinha feito com Edivaldo Holanda pai e o próprio Roberto Rocha era de que desse espaço para os nossos pré-candidatos a vereadores. Nós tínhamos 26 pré-candidatos naquela época. Espaços na campanha, ou seja, material publicitário, tempo na TV. Naquele momento ele disse: o espaço de Roberto Rocha será dele, agora o do partido será do partido”.

O prefeito Ribamar Alves não escondeu a sua insatisfação com o fato do PSB não ter garantido espaço dentro da administração de Edivaldo Holanda Júnior.

“Passada a eleição eu não fui procurado para nada, nem o partido. Passado tempo falei com o Edivaldo pai e ele me disse que havia assumido compromisso e ele estava cumprido, que havia dado duas secretarias municipais e duas adjuntas para o partido, de porteiras fechadas. Eu disse que para o partido não, pois não fomos procurados. Ele disse: problema de vocês, vocês estão brigados? Eu disse que não estávamos brigados, mas o espaço era do partido. Nós não estamos atrás de cargos, e sim de espaço político para mostrarmos nossa força, para mostrar o PSB como gestor. Por isso eu me chateei e me afastei do prefeito e do grupo todo. Conceição Marques é minha amiga pessoal. Em Brasília encontrei com o Edivaldo e ele teceu vários elogios a ela. Mas eu perguntei pelo espaço do partido e ele disse que não iria lotear a prefeitura. Se fosse assim pleitearia espaço também em Santa Inês. Eu falei que a Prefeitura de Santa Inês estava à sua disposição, mas que lá o partido dele tinha votado contra. Para se ter uma ideia, a Conceição Marques me procurou, procurou Flávio Dino, Roberto Rocha, Marcelo Tavares, Marcone Farias, Humberto Coutinho etc, etc para ser secretária. Foi um esforço pessoal dela”, finalizou.

5 comentários »

São Luís vai integrar roteiro dos Jogos Olímpicos

2comentários

olimpica
Integrantes da Autoridade Pública Olímpica (APO) estiveram nesta quarta-feira (27), reunidos com o prefeito de Edivaldo Holanda Júnior para apresentação do projeto dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 e o engajamento da capital maranhense no evento. São Luís está no roteiro das cidades brasileiras que serão sensibilizadas a participar dos Jogos Olímpicos sediados no Rio de Janeiro.

Sérgio Roberto, Carla Russi e Regina Ramos, representantes do consórcio público formado pela União, Estado e município do Rio de Janeiro, trataram sobre assuntos do Comitê Olímpico Internacional. Eles convidaram o prefeito Edivaldo Holanda Júnior a se engajar na sensibilização social dos jogos olímpicos no Rio de Janeiro, como mobilização de voluntário, divulgação, etc.

Os integrantes da APO estão percorrendo as cidades brasileiras para traçar um diagnóstico sobre as possibilidades de participação nas Olimpíadas.

A atuação de voluntários e atletas ludovicenses nos jogos olímpicos esteve entre os assuntos tratados com o prefeito de São Luís com os integrantes da APO. Orientações neste sentido foram abordadas durante a audiência no Palácio La Ravardière, que contou com participação dos secretários Raimundo Penha (Desportos e Lazer), Márcio Jardim (Representação Institucional no Distrito Federal), Alan Kardec (Educação), Lula Fylho (Turismo), Márcio Jerry (Comunicação) e do presidente da Fundação de Cultura (Func), Francisco Gonçalves.

“Tivemos hoje a oportunidade de receber representantes da Autoridade Pública Olímpica para discutirmos pontos da realização das Olimpíadas. Foi uma tarde muito proveitosa”, disse Edivaldo Holanda Júnior.

O prefeito adiantou que São Luís deverá se candidatar para ser um dos Centros de Treinamento das Olimpíadas de 2016. As atividades nos centros acontecem antes da realização dos jogos. Os centros funcionam como instrumentos de ambientação das equipes.  O assunto será tratado com o Ministério dos Esportes pela equipe da Prefeitura de São Luís ainda neste semestre.

Na conversa entre o prefeito e representantes da APO não foram estipulados prazos, mas a ideia é iniciar ainda este ano as ações que assegurem a participação da cidade nas Olimpíadas de 2014.

“Embora os jogos aconteçam no Rio de Janeiro todo o país será envolvido nos jogos. Vamos escolher uma modalidade de esporte com a qual vamos trabalhar. Nosso grande desafio é termos um atleta de São Luís, representante de nossa cidade, participando das Olimpíadas”, avaliou o secretário Raimundo Penha.

Durante a manhã, a comitiva visitou espaços culturais, esportivos e turísticos de São Luís. O grupo tem percorrido outras capitais brasileiras para conhecer os espaços e atrativos regionais.

Foto: Fabrício Cunha

2 comentários »

Bira defende fim do 14º e 15º salários de deputados

5comentários

biradopindareO deputado Bira do Pindaré (PT) foi o único parlamentar a comentar a decisão tomada ontem, na Câmara dos Deputados, que aprovou o fim do 14º e do 15º salário. Ele utilizou a Tribuna para defender que a Assembleia Legislativa apresente um projeto de resolução acompanhando a decisão tomada pela Câmara dos Deputados e reduza o número de salários dos deputados para 13.

“Nós já travamos esse debate aqui o ano passado, em meio à denúncia que foi inclusive ao Fantástico, em rede nacional na Rede Globo. E nós, depois de um debate intenso em que vários deputados, alinhados conosco, defenderam a redução para 13 salários anuais. Houve um compromisso desta Casa de reduzir pra 15, mas que acompanharia a decisão do Congresso Nacional. Isso ficou nos Anais desta Casa. Portanto peço à direção desta Assembleia Legislativa, que urgentemente em sintonia com a Câmara Federal também apresente um projeto de resolução. A Mesa Diretora apresente um projeto de resolução extinguindo o 14º e o 15º salário na Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. Esse foi o compromisso que nós firmamos aqui, numa reunião, numa plenária, numa Sessão Ordinária em que todos os deputados quase estavam presentes, portanto, eu acho que vai ser um grande passo da Assembleia Legislativa do Maranhão, e uma sinalização altamente positiva para o povo do nosso Estado, se a gente acompanhar de maneira imediata a decisão da Câmara Federal, extinguido aqui no Maranhão na Assembleia Legislativa o 14º e o 15º e dessa forma garantindo o mínimo de isonomia em relação aos servidores públicos do Estado do Maranhão”, afirmou.

O vice-presidente, deputado Max Barros que presidia a sessão informou o assunto já está sendo debatido pela Mesa da Casa.

A assessora de comunicação da Assembleia Legislativa, Dulce Brito informou que o presidente Arnaldo Melo se encontra em Brasília acompanhando a governadora Roseana Sarney, mas adiantou que a Casa deverá acompanhar a decisão da Câmara dos Deputados.

A discussão é oportuna. E você o que acha?

Foto: JR Celedônio/Agência AL

5 comentários »

Lobão garante continuidade das obras da Refinaria

6comentários

edisonlobaoO ministro de Minas e Energia, Edison Lobão confirmou a continuação das obras da Refinaria Premium, em Bacabeira. Ele afirmou em entrevista ao Ponto Final, na Rádio Mirante AM que a presidente da Petrobras, Graça Foster se encontra na China para garantir junto a uma grande empresa os recursos que vão assegurar o andamento da obra.

“Este projeto anunciado por mim como ministro de Estado, pela pela presidente da Petrobras, pelo presidente Luís Inácio Lula da Silva e pela ministra Dilma Rousseff. Um projeto como este não pode acabar. Ele é uma necessidade para o país. O que houve é que ela é construída por etapas. Duas etapas já foram construídas. Eu recomendei à presidente da Petrobrás que fosse à China fechar com uma grande empresa para complementar o projeto e isto está sendo feito exatamente neste momento. Não há nenhuma intenção de paralisar nem essa, nem a do Rio de Janeiro e a de Pernambuco”, garantiu.

O deputado César Pires (DEM), líder do governo na Assembleia, cobrou da tribuna da Assembleia, na sessão desta quarta-feira (27), explicações do governo federal sobre a paralisação das obras da refinaria Premium, da Petrobras, no município de Bacabeira. “Gritei pelo aeroporto, gritei pela estrada e estou falando agora pela refinaria de Bacabeira. Quem quiser silenciar que silencie”, declarou.

6 comentários »

Desembargador deve acionar Flávio Dino

5comentários

josejoaquimfigueiredodosanjosO desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos, do Tribunal de Justiça, reforçou ontem o coro de magistrados contra as declarações do presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB), de que o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Maranhão teria fraudado a eleição de 2010 “na calada da noite”.

Durante a sessão do Pleno do TJ, o desembargador solicitou da Presidência o envio de expediente à Corte Eleitoral, pedindo a abertura de inquérito na Polícia Federal para apurar as acusações feitas pelo comunista.

O magistrado não descarta acionar Dino cível e criminalmente caso não se confirmem as suspeitas levantadas por ele em discurso num evento do PDT em Imperatriz, no sábado da semana passada, dia 23.

“Diante da notícia que foi publicada, eu levei o assunto para o Pleno e pedi que a presidência encaminhasse um ofício ao TRE, para que fosse oficiada a PF para instaurar inquérito para apurar a veracidade daquele fato que está ali narrado. Se não ficar provado, ele [Flávio Dino] será acionado civil e criminalmente, não tenho a menor dúvida”, disse.

José Joaquim, que era vice-presidente e corregedor eleitoral do TRE em 2010, lembra que autorizou, ele mesmo, a presença de um perito acompanhando a totalização dos votos no setor de informática do Tribunal na apuração daquele ano. E afirmou estranhar o fato de que Flávio Dino só questionou o resultado três anos após a sua proclamação.

Para o magistrado, a atitude é uma “irresponsabilidade”. Ele argumenta que tomou a decisão de pedir auxílio da Polícia Federal para que não pairem dúvidas sobre o processo eleitoral daquele ano.

“Na época, isso foi até objeto de um procedimento. Um perito veio ao Maranhão, arguindo que houve fraude na urna eletrônica. Então eu determinei que ele acompanhasse todo nosso trabalho direto no setor de informática. Depois de três anos, ele vem com essa irresponsabilidade. Eu não posso admitir. Se tinha mácula, ele teria que dizer. Se ele não disse à época, agora terá que provar isso aí. O que não pode é pairar dúvidas”, completou.

flaviodinoFlávio Dino defende apuração da PF

Ao jornal O Estado, Flávio Dino garante que apoia a decisão do desembargador José Joaquim Figueiredo dos Anjos de convocar a PF para apurar as denúncias. “Sempre lutamos por isso”, ressaltou.

“Sou a favor da plena apuração das suspeitas de crimes e de outros ilícitos praticados em 2010. Espero que haja a instauração de inquérito na Polícia Federal”, completou.

O Estado

5 comentários »

Prefeitura presta contas na Câmara Municipal

2comentários

audiencia1Os secretários municipais de Fazenda, Sueli Bedê, e de Planejamento e Orçamento, José Cursino Raposo Moreira, participaram, na manhã desta quarta-feira (27), de audiência pública, na Câmara Municipal de São Luís, que discutiu a execução das metas fiscais relativas ao terceiro quadrimestre do ano de 2012.

Na presença de vereadores e de representantes da sociedade civil, os secretários fizeram uma detalhada explanação sobre os trabalhos realizados em suas respectivas pastas, desde a posse do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, em janeiro de 2013. A secretária Sueli Bedê apresentou os resultados fiscais pautados em dois quadros demonstrativos: o Relatório Resumido de Execução Orçamentária e o Relatório de Gestão Fiscal.

Durante a audiência pública, presidida pelo vereador Astro de Ogum (PMN), Sueli Bedê foi enfática ao afirmar que, seguindo orientações do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, a administração municipal tem procurado melhorar, cada vez mais, a qualificação dos gastos públicos e a ampliação dos recursos para garantir o equilíbrio fiscal e a transparência das ações do poder público, pensando sempre nas aspirações da sociedade.

audiencia3Em seu pronunciamento, a secretária de Fazenda destacou a importância da gestão fazendária, empenhada no aprimoramento da arrecadação. Ela assegurou que, por expressa determinação do prefeito Edivaldo, a Fazenda municipal está trabalhando intensamente para obter, de forma gradual e segura, o aumento da arrecadação e a implementação de suas receitas próprias.

Questionada pelos vereadores, Sueli Bedê informou que estão sendo formuladas e implementadas políticas tributárias e importantes atividades como as de inteligência fiscal e investimentos em tecnologia de informação e comunicação.

Neste contexto, ela salientou ações fazendárias que “irão contribuir significativamente para o crescimento da receita municipal e, consequentemente, serão decisivas para ações de governo em prol do cliente-contribuinte e de todo o conjunto da população”.

Explanação detalhada

O secretário de Planejamento, José Cursino Raposo, também forneceu aos vereadores informações pormenorizadas sobre o quadro financeiro do município. A discussão foi travada em torno de dados técnicos sobre a arrecadação de tributos, dívidas, restos a pagar, pagamento de folha de pessoal, sobre serviços de fornecedores e também sobre problemas nas áreas da educação, saúde, infraestrutura e meio ambiente.

audiencia2O presidente em exercício da Câmara, vereador Astro de Ogum, frisou que a audiência pública foi importante porque permitiu a interlocução do Executivo municipal com o Legislativo e a sociedade civil.

“Fizemos todo este trabalho consoante a Lei Complementar 101/2000, a Lei de Responsabilidade Fiscal, que preconiza que tem de haver audiências públicas nos meses de fevereiro, maio e setembro, para que o Executivo municipal apresente aqui nesta Casa o relatório da gestão fiscal de cada quadrimestre”, enfatizou o vereador.

Ao final da audiência pública, realizada com a galeria completamente lotada, o líder do governo na Câmara, vereador Honorato Fernandes (PT), salientou que foi bastante proveitosa a explanação seguida de debate sobre o desempenho fiscal da Prefeitura de São Luís. “Foi importante o encaminhamento dado a toda esta discussão aqui na Casa, que mostrou uma vez mais o interesse de todos os vereadores para que se faça um debate correto e elevado sobre os problemas da nossa cidade”, ressaltou Honorato.

2 comentários »