Transporte em pauta

0comentário

HonoratoFernandesO vereador Honorato Fernandes (PT) recebeu nesta terça-feira (7) o presidente da Juventude do PT-MA, Felipe Serejo e o coordenador geral do DCE “17 de Setembro”, da UFMA Kleysson Adriano Moreira. O motivo da visita foi o convite para o vereador participar, nesta quarta-feira(8), de audiência pública no auditório Paulo Freire (UFMA).

Os principais pontos a serem debatidos na audiência são: aumento da passagem; retirada e redução das linhas 305 e 311; melhoria da frota e no atendimento das linhas citadas; cartão estudantil; ampliação do atendimento do posto de vendas de crédito no Campus UFMA e ponto de tiragem e recadastramento de cartão estudantil no Campus UFMA.

Durante o encontro o vereador recebeu, da direção do movimento, informações da reunião realizada entre o grupo e o secretário municipal de Transportes, Canindé Barros. “Em relação as passagens tratamos com Canindé sobre o índice praticado no aumento. Pedimos que este processo seja esclarecido com transparência e que sejam apresentados cálculos utilizados para chegarem a estes índices”, explicou Felipe Serejo.

O coordenador geral do DCE, Kleysson Adriano, enfatizou que o movimento está em sintonia com os moradores da área Itaqui Bacanga no sentido de buscar melhorias para o transporte naquela região.

O vereador Honorato agradeceu ao convite e confirmou presença no evento. O vereador também fez um retrospecto das suas ações desde o anúncio do aumento e explicou como está a relação da Câmara Municipal em torno desta questão. Honorato destacou ainda que percebe no executivo Municipal, uma consciência da necessidade em dialogar com a população para chegar a um consenso.

“As manifestações por conta do aumento das passagens são legitimas, pois o caminho inicial adotado pela Prefeitura não foi muito coerente, só que agora vejo uma nova tomada de posição, por parte do poder Municipal, no sentido de resgatar esta discussão. A movimentação é legitima, eu apoio mas destaco a importância do diálogo”, destacou Honorato Fernandes.

A audiência pública acontece nesta quarta-feira(8) às 16 horas no auditório Paulo Freire, no Campus da UFMA.

sem comentário »

Novidades no Sampaio

1comentário

PauloSergioO Sampaio acertou a renovação do contrato do zagueiro Paulo Sérgio. O anúncio foi feito nesta terça-feira.

Paulo Sérgio se recupera de uma cirurgia no joelho esquerdo após uma contusão sofrida no ano passado quando ainda disputava o Campeonato Brasileiro Série B. Em entrevista há duas semanas na Rádio Mirante AM, o jogador se mostrava bastante motivado com a possível renovação de contrato com o Sampaio.

Além de Paulo Sérgio, o Sampaio já acertou com o zagueiro Edimar que também se recupera de contusão. Os dois só deverão voltar em maio com o início da Série B. A estreia do Sampaio na Série B será no dia 9 de maio, as 16h30, contra o Vitória, no Barradão, em Salvador.

Outra novidade no Tricolor é a contratação do meia Fábio Lopes. Ele é filho do ex-craque Raimundinho Lopes e sobrinho de outro grande nome do futebol maranhense o meia Beato Lopes.

Fabinho será apresentado nesta quarta-feira (8).

Foto: Douglas Jr/ O Estado

1 comentário »

Mudança no Turismo

0comentário

SocorroAraujoA Prefeitura de São Luís comunica mudança no secretariado municipal. Na Secretaria de Turismo (Setur), assume a professora Socorro Araújo como titular da pasta, em substituição ao empresário Guilherme Marques, que volta ao cargo de secretário adjunto da Setur.

Socorro Araújo já esteve à frente da Setur em outras duas ocasiões, nas administrações de Jackson Lago e Tadeu Palácio. Uma das principais metas de Socorro na gestão da área será ampliar a captação de recursos.

Graduada em Serviço Social pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e mestre em Cultura Popular pela PUC-SP, Socorro Araújo é professora universitária e uma das precursoras da gestão pública municipal do Turismo, já que foi dela a ideia de criação da secretaria.

Além de já ter sido por duas vezes titular do Turismo em São Luís, Socorro Araújo exerceu a função de secretária adjunta de Turismo do Maranhão. A professora também atuou como coordenadora do curso de Turismo da UFMA. Antes de assumir o novo desafio, Socorro conduzia a Secretaria de Turismo e Cultura de São José de Ribamar.

sem comentário »

Saúde em Santa Inês

0comentário

SousaNetoO deputado Sousa Neto (PTN) discursou nesta terça-feira (7) sobre a visita que realizou durante o feriado às dependências do Hospital Macrorregional de Santa Inês e relembrou o compromisso que o secretário estadual de Saúde, Marcos Pacheco, tinha assumido durante audiência pública realizada pela Comissão de Saúde.

Segundo Sousa Neto, por ocasião da audiência, o secretário garantiu que se reuniria com as regionais da saúde para discutir a abertura ou não do hospital. “Ele prometeu que iria e até agora não foi. O secretário disse, naquela audiência, que não sabia como estavam as obras. Mas eu fui ao hospital com a imprensa e nós mostramos à população de Santa Inês que ele está 100% pronto”, explicou Sousa Neto.

Ainda sobre a visita, Sousa Neto denunciou que o tomógrafo do Hospital Macrorregional de Santa Inês estaria sendo enviado para o município de Presidente Dutra “Vejam só, uma população carente, que já não tem acesso a esse exame, pode continuar sem essa assistência, pois na rede particular é um exame que custa caro e o tomógrafo novo, que está dentro do hospital fechado aguardando ele ser inaugurado, querem tirar de lá e levar para Presidente Dutra”, denunciou o parlamentar.

Na oportunidade, o deputado sugeriu que o presidente da Comissão de Saúde, Stênio Rezende, pudesse acelerar a ida do secretário Marcos Pacheco a Santa Inês para que ele possa ver in loco a urgência da abertura de tal importante hospital para a região.

Foto: Cristiano Simas/ Agência AL

sem comentário »

Dois dias depois…

0comentário

muro (1)O governo do Maranhão justificou o resgate cinematográfico de quatro presos do Centro de Detenção Provisório (CDP) em Pedrinhas como um “erro operacional”, mas existe um aspecto ninguém consegue entender até este momento.

Dois dias depois, ao fato mais comentado na impensa nacional, o presídio continua sem o funcionamento da cerca elétrica que ainda não foi consertada.

Ontem à tarde em entrevista ao G1, o secretário de Segurança, Jefferson Portela afirmou que a cerca elétrica seria consertada imediatamente. “Não tem o que se esperar. São medidas administrativas de pronta-intervenção.”, explicou.

Mesmo com a garantia de Jefferson que a cerca seria consertada imediatamente tudo continua como na madrugada de domingo quando os detentos foram resgatados.

Foto: Reprodução TV Mirante

sem comentário »

Cobrança de ‘pedágio’

4comentários

AndreaMuradA deputada Andrea Murad (PMDB) fez uma grave denúncia na Assembleia Legislativa sobre as empresas que ainda precisam receber pagamentos do governo do estado. A parlamentar disse que há uma cobrança de ‘pedágio’ aos empresários e que corruptos estão pedindo 40% do valor total devido. Andrea Murad considerou a conduta criminosa e que prejudica a saúde financeira das organizações privadas que prestaram serviços ao Governo do Maranhão. Ela chamou a atenção também para a nova Superintendência de Combate a Corrupção que precisa investigar imediatamente o caso.

“Agora vem o governo do estado pregar honestidade e o que existe é cobrança de 40% de ‘pedágio’ para quitar as dívidas com os prestadores de serviços. Criaram a Superintendência de Combate a Corrupção e espero que iniciem os trabalhos investigando os de casa. Se não fosse para perseguir inimigos políticos, seria de muita utilidade. O governador Flávio Dino deveria começar a investigar o presidente Humberto Coutinho, acusado pelo MP em ações civil e criminal de desviar recursos de convênios entre o governo do estado e a prefeitura de caxias; começar pelo deputado Othelino Neto, condenado pela justiça por improbidade administrativa entre outros processos, inclusive, por pedir propina a empresas para autorizar licenças ambientais”, citou a deputada.

Na tribuna, Andrea Murad citou também outros casos envolvendo a equipe direta do governador Flávio Dino. Para a deputada, a superintendência tem que iniciar investigando o chefe da Rede de Saúde, Luiz Júnior, que teve as contas rejeitadas pelo TCE. Outro caso citado foi referente à família do atual Secretário de Transparência, Rodrigo Lago, em que o pai, Aderson Lago, ainda responde em 2 processos resultados da Operação Obra Prima. Um deles investiga, além do pai, mas também o irmão de Rodrigo Lago e a participação do presidente Humberto Coutinho que na época era prefeito de Caxias.

“Então, a Superintendência deveria investigar Luiz Júnior, condenado a devolver aos cofres públicos R$ 7 Milhões por desviar recursos da saúde; devia investigar o seu secretário de Transparência, Rodrigo Lago, que recebeu na sua conta bancária recursos desviados pelo pai Aderson Lago; e também Davi Telles da Caema, de onde seu pai desviou R$ 3 Milhões de reais. E mais, investigar o maior agiota do Maranhão que também financiou a campanha de Flávio Dino. É por aí que a Superintendência de Combate à Corrupção deveria começar trabalhando. Ou será dois pesos e duas medidas?”, disse Andrea Murad.

A sessão foi encerrada logo após as fortes denúncias da deputada Andrea Murad com o declínio do líder do Governo, Rogério Cafeteira, e outros parlamentares programados para falar na tribuna nesta segunda-feira. Após discurso da deputada, parlamentares se reuniram na presidência da Assembleia.

4 comentários »

Estratégia manjada

2comentários

governotwitter

Bastou a primeira crise no atual governo estourar na imprensa nacional para voltar à tona nas redes sociais a mesma estratégia utilizada na campanha eleitoral e que já não cola mais para ninguém.

Coincidentemente foram escalados as mesmas pessoas: o agora adjunto da Secom, Marco Aurélio (Revista Péssima), o agora secretário de Articulação, Márcio Jerry e lógico que o próprio governador com a sua resposta para todos os assuntos da “herança recebida”.

Não sei porque os dois jornalistas estão estranhando o fato da Mirante ter vazado o relatório que toda mídia teve acesso e se não divulgaram é porque não quiseram.

É importante lembrar que a campanha já acabou desde outubro e o governo agora é outro, mas o discurso de caos e os problemas continuam, embora o governador Flávio Dino tenha afirmado que o Estado a partir de primeiro assumiria o comando do Sistema Penitenciário no Maranhão.

Por este motivo a cobrança deve ser feita exatamente para quem está no comando do Sistema…

2 comentários »

Perguntas sem resposta

21comentários

FlavioDInoMuitas perguntas ainda não foram respondidas pelo governo do Maranhão em relação ao resgate de presos que seguiu um roteiro cinematográfico no domingo (5) no Centro de Detenção Provisória (CDP) em Pedrinhas.

As explicações dadas até aqui por meio de nota são insuficientes para a população entender o que de fato aconteceu e saber se houve conivência ou incompetência.

Ninguém consegue entender porque o governo do Maranhão mesmo sabendo do resgate de presos com duas horas de antecedência não conseguiu evitar a fuga.

O governo do Maranhão precisa explicar porque quatro detentos estavam fora das celas em plena quatro horas da manhã.

Porque a Polícia Rodoviária Federal (PRF) não foi avisada para interceptar os presos uma vez que relatório da polícia registra a vinda do grupo armado do interior?

Porque apenas uma viatura foi acionada para fazer a segurança na parte externa do presídio, mesmo sabendo que os bandidos chegavam em dois veículos?

Passados sete meses da derrubada do muro para facilitar a fuga porque até agora a cerca elétrica do CDP não foi recuperada?

São essas perguntas que a população está fazendo e pedindo respostas. Dizer apenas que é uma herança da gestão anterior parece apenas uma resposta pronta por parte de quem quer apenas fugir da responsabilidade e não sabe o que fazer diante da crise intsalada no Sistema Penitenciário.

21 comentários »

Crise em Pedrinhas

2comentários

AdrianoSarneyO deputado Adriano Sarney (PV-MA) fez uso da Tribuna da Assembleia Legislativa, nesta segunda (6) para falar da fuga de quatro detentos em Pedrinhas, ocorrida na madrugada de domingo (5).

Para o Deputado, o problema da fragilidade do sistema de segurança pública e do sistema prisional deveria ser encarado com rigor e determinação pelo governo, uma vez que sabia, de forma antecipada, da ação dos bandidos. Adriano foi enfático ao afirmar que é necessário contrapor alguns discursos e fatos que ele chama de “guerra moral”.

“Pedrinhas é conhecido por todos como um dos desgastes do governo passado. Durante a última campanha eleitoral, o discurso principal era de mudança, de combate ao patrimonialismo e outras retóricas. Entretanto, se vê que essa mudança não aconteceu, nem nos contratos públicos que contemplam até família de aliados do governo, e muito menos, na segurança”, enfatizou o parlamentar.

Adriano também reconheceu na tribuna a bravura dos quatro policiais da guarnição Choque 14, que foi a única equipe posicionada na chegada dos bandidos ao CDP. “Destaco o excelente trabalho dos policiais do Batalhão de Choque pela coragem em combater os bandidos, mesmo sem reforços e estrutura”.

Inoperância

O parlamentar verde também citou que o Serviço de Inteligência foi reestruturado no governo Roseana, assim como a construção dos presídios São Luís III e Coroatá, além das obras em conclusão dos presídios de Timon e Imperatriz.

“De fato existiu inoperância! O governo, em nota oficial, reconheceu que houve realmente um erro operacional. Quero combater essa guerra moral que foi decretada nesse Estado ao apontar apenas os defeitos da gestão anterior. Estamos vendo às irregularidades na gestão dos contratos públicos, e a fragilidade do sistema de segurança. Sabemos que a realidade é muito diferente do discurso”, finalizou o parlamentar.

2 comentários »