Maranhão assume liderança da Copa FMF

0comentário

Maranhão e Pinheiro voltaram a vencer e mantém 100% de aproveitamento na Copa FMF – competição que garante o campeão no Campeonato Brasileiro Série D em 2019.

Em Bacabal, o MAC fez 4 a 0 contra o BEC. Os gols atleticanos foram marcados por Maurício (2), Clebler Pereira e Matheus Rubens. A partida marcou o retorno do goleiro Rodrigo Ramos ao time do Maranhão.

Em Barra do Corda, o Pinheiro não encontrou dificuldade para vencer o Cordino, por 2 a 0. Os gols do Pinheiro foram marcados por Lentine e Diego Vitor que é o artilheiro da competição com 4 gols.

No outro jogo da rodada, Santa Quitéria e São José empataram por 2 a 2.

Com os resultados, Maranhão e Pinheiro lideram com 6 pontos ganhos, mas o MAC está na frente no melhor saldo de gols.

Classificação

1º Maranhão – 6 pontos (saldo 7)
2º Pinheiro – 6 pontos (saldo 6)
3º Santa Quitéria – 2 pontos
4º Cordino – 1 ponto (saldo -2)
5º São José – 1 ponto (saldo -3)
6º Bacabal – 5 pontos

Próximos jogos

18/11 – Domingo
15h30 – Bacabal x Santa Quitéria – Correão – Bacabal
15h30 – São José x Cordino – Serejão – Rosário
15h30 –

19/11 – Segunda-feira
19h – Maranhão x Pinheiro – Castelão – São Luís

Foto: Reprodução/TV Mirante

sem comentário »

Penha prestigia alunos da Universidade da 3ª Idade

0comentário

O vereador Raimundo Penha (PDT) participou, esta semana, do batizado do Bumba Meu Boi Novilho da Luz, formado por alunos da Universidade Integrada da Terceira Idade (UNITI), projeto de extensão executado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA).

Padrinho da brincadeira pelo segundo ano consecutivo, o pedetista, que estava acompanhado da reitora Nair Portela e das coordenadoras Hortência Gago e Marly Abdalla, interagiu com os brincantes e elogiou o trabalho realizado em prol da melhor idade.

“Feliz em, mais uma vez, estar na universidade federal participando das atividades da UNITI, que é uma grande referência de projeto voltado para a terceira idade”, disse.

A Universidade Integrada da Terceira foi criada UNITI com o objetivo de oportunizar as pessoas idosas o reingresso nos diversos processos de informação continuada.

As condições necessárias para o resgate da auto-confiança e da auto-estima dessas pessoas – tidas como da melhor idade – acontece a partir de cursos e atividades educacionais, culturas e sociais.
Na semana passada, vale destacar, Raimundo Penha participou da IV Mostra de Talentos do CAISI, que reuniu idosos em diversas atividades – como dança, canto, poesia e mostra de produtos artesanais – na Casa do Maranhão.

O vereador também é idealizador do projeto SuperAção, importante ferramenta que vem melhorando a qualidade de vida dos ludovicenses (dentre eles muitos idosos), que passaram a ter contato direto com atividades gratuitas esportivas e de lazer, como treinamento funcional, aulas de zumba e dança que acontecem duas vezes por semana nos bairros polos de São Luís.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Marista reúne 150 crianças em Festival de Futsal

0comentário

Crianças de cinco escolas de São Luís participaram do XI Festival Marista de Futsal, no último dia 10 de novembro.

Além do Colégio Marista do Araçagy, participaram o Upaon-Açu, Batista Daniel de La Touche, Instituto Farina e Vinícius de Morais.

Coordenado pelo preofessor Neto, o projeto contou com cerca de 150 crianças de 6 a 10 anos, em cinco categorias (Sub 6, Sub 7, Sub 8, Sub 9, Sub 10).

“Esse é um evento que realizamos todos os anos com muito sucesso aqui no Marista. Esse ano tivemos outras quatro escolas convidadas e que deram ainda mais brilho ao nosso Festival. Ficamos muito satisfeitos com a participação das crianças e o apoio dos pais que também se fizeram presentes”, disse Neto.

Fotos: Divulgação

sem comentário »

Umbelino aprova dois bons projetos na Câmara

6comentários

A Câmara Municipal de São Luís aprovou dois projetos de lei de autoria do vereador Umbelino Junior (PPS), durante a sessão plenária desta quarta-feira (14). As propostas são voltadas para as escolas públicas da capital na Câmara Municipal de São Luís.

Aprovado em redação final, o projeto de lei Nº 110/2018 prevê a realização de palestras sobre primeiros socorros aos alunos da rede municipal de ensino. Segundo o projeto, o Poder Executivo fica obrigado a realizar palestras de conscientização e orientação sobre noções básicas de primeiros socorros. Esse trabalho deverá ser realizado por profissionais capacitados pelo menos uma vez por ano, durante o período letivo em todas as escolas municipais.

Além das palestras, a proposta também visa à confecção e distribuição de cartilhas contendo noções básicas de primeiros socorros destinados aos alunos, professores e funcionários das unidades escolares do município. A medida é uma forma de garantir segurança no ambiente escolar para os alunos e colaboradores.

Violência nas escolas

Também foi aprovado em redação final, o projeto de lei Nº 111/2018 que institui Políticas Públicas de Práticas Restaurativas nas Escolas. A proposta visa a implantação de um conjunto ordenado e sistêmico de princípios, métodos, técnicas e atividades que visam à conscientização e prevenção de conflitos e violências na comunidade escolar.

A ideia do projeto é garantir que o ambiente escolar possa fortalecer a evasão escolar por meio de controle preventivo e manter os alunos e educadores num vínculo harmonioso. Através da Política Pública de Práticas Restaurativas nas Escolas, serão trabalhados a promoção da cultura da paz nos ambientes escolares; a prevenção de violência e de infrações legais e a mediação de conflitos escolares.

Os projetos foram aprovados pelos parlamentares na Câmara, após votação em plenário.

6 comentários »

Herança de si mesmo

0comentário

A imprensa nacional trouxe em fevereiro de 2015 reportagens mostrando que 20 governadores assumiram o mandato naquele ano com as finanças do governo completamente comprometidas, deixando a situação delicada de não conseguir nem pagar a folha de pessoal. Em uma das reportagens, feita pelo Bom dia Brasil, os especialistas ouvidos foram claros ao afirmar que os gestores até 2014 não tiveram responsabilidade com os gastos públicos principalmente referente ao quadro de funcionários públicos.

Dos 26 estados e mais do Distrito Federal (DF), o Maranhão fazia parte do grupo de seis estados que estavam com as finanças equilibradas com folha de pessoal que comprometia somente 38% da receita corrente líquida.

Além, claro, de mais de R$ 2 bilhões em caixa para investimentos, dinheiro oriundo de financiamento junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) que somente foi possível porque o estado estava dentro das metas previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Quase 4 anos depois, o cenário do Maranhão é outro. Flávio Dino herdará um estado com sérias dificuldades. Longe do que ele recebeu em 2015. E herdará de si próprio.

O Maranhão se fosse incluído em nova reportagem sobre situação fiscal das unidades federativas, estaria na lista dos 20 estados (catalogados em 2015) com saúde fiscal comprometida.

O estado tem hoje crise na Previdência – após sucessivos saques do fundo próprio de aposentadoria dos servidores -, um déficit primário, em 2017, de quase R$ 1 bilhão; endividamento com mais de R$ 1 bilhão em empréstimo, possibilidade de mais aumento de imposto, após dois reajustes de alíquota do ICMS em vários serviços como energia elétrica, internet, TV por assinatura e combustível.

Soma-se a isso médicos com salários atrasados, Educação com professores insatisfeitos e Segurança com altos índices de criminalidade.

Que ventos menos tortuosos soprem sobre o Maranhão em 2019 é o que se espera.

Estado Maior

sem comentário »