Edivaldo lança a 12ª Feira do Livro de São Luís

3comentários

“A Brasilidade na Cultura Contemporânea” é o tema da 12ª edição da Feira do Livro de São Luís (FeliS), que será promovida pela Prefeitura de São Luís de 16 a 25 de novembro, no Multicenter Sebrae. Nesta quarta-feira (31), o prefeito Edivaldo Holanda Júnior lançou oficialmente o evento, que este ano tem como patrono o escritor maranhense Graça Aranha, um dos articuladores da Semana de Arte Moderna, movimento artístico de grande importância para história e a cultura brasileira. A FeliS é coordenada pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult), com apoio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e tem como correalizadores o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e o Serviço Social do Comércio (Sesc).

“É com muita felicidade que estamos preparando essa grande festa da nossa literatura. Será uma semana repleta de atividades para enaltecermos nossas letras, nossas artes, valorizar nossos escritores e a cultura ludovicense de modo geral. A Feira do Livro de São Luís já é um patrimônio da nossa cidade e se transformou no maior espaço de estímulo à leitura e fomento à literatura do Maranhão. Realizaremos centenas de atividades para todas as idades e convidamos toda a população para participar desse grande momento literário”, disse o prefeito Edivaldo que estava acompanhado do vice-prefeito, Julio Pinheiro e dos secretários Marlon Botão (Cultura) e Moacir Feitosa (Educação).

No lançamento, realizado no auditório Fernando Falcão, o prefeito e o secretário municipal de Cultura, Marlon Botão, apresentaram a programação da 12ª FeliS à imprensa, parceiros, escritores e convidados. A programação completa do evento já está disponível no site http://www.feiradolivrodesaoluis.com.br/programacao. Participaram do ato de lançamento da 12ª Felis o superintendente do Sebrae-MA, João Batista Martins; a diretora regional em exercício do Sesc-MA, Rutineia Amaral; a gerente de Relações Institucionais da Vale, Gisele Pinto; e o diretor da Companhia Maranhense de Gás (Gasmar) José Artur Cabral.

A FeliS tem ainda como apoiadores do evento o Governo do Maranhão, a Vale, a Companhia Maranhense de Gás (Gasmar), a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), a Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Associação dos Livreios do Maranhão e a Potiguar.

Foto: A. Baeta

3 comentários »

Braide confirma convite do partido de Bolsonaro

0comentário

O deputado federal eleito, Eduardo Braide (PMN), o segundo mais votado no Maranhão, confirmou que recebeu sim o convite do PSL, partido do presidente eleito, Jair Bolsonaro, para se filiar, mas deixou claro que a prioridade, pelo menos agora, é a permanência no PMN.

O problema é que o PMN, assim como o PCdoB, do governador reeleito Flávio Dino, irão ser penalizados com a cláusula de barreira, conforme o Blog do Jorge Aragão já demonstrou (reveja). Por conta disso, devem ficar sem tempo no horário eleitoral gratuito no rádio e TV, além de não terem direito ao fundo partidário.

Braide assegurou que a primeira alternativa é buscar uma fusão do seu partido, o PMN, com outra legenda para superar a cláusula de barreira, mas não descartou uma saída para sua sobrevivência política.

“Agradeço sim o convite do presidente do PSL, o vereador Chico Carvalho, e de outros convites, mas a ideia é fazer uma fusão com outro partido para podermos superar a cláusula de barreira, se essa fusão provavelmente meu caminho é permanecer nesse novo partido que surgirá da fusão do PMN, mas caso isso não aconteça, irei analisar todos os convites recebidos”, disse.

Sobre o resultado do 2º Turno das eleições, Eduardo Braide, apesar de mais novo, mas bem mais maduro, inclusive politicamente, deu uma espécie de lição para o governador reeleito do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), que tem portado mais como um militante de grêmio estudantil do que a maior autoridade de um Estado.

“A eleição passou e o Bolsonaro é presidente de todos os brasileiros. O que nós precisamos entender, nós enquanto classe política maranhense, é que precisamos manter uma boa relação com o Governo Federal para que o Maranhão para que o Estado venha a colher frutos desse relacionamento, não podemos é criar um embate ideológico onde o penalizado será o povo maranhense”, declarou.

Prefeitura – Já sobre a disputa de 2020 pela Prefeitura de São Luís, Braide, que é apontado, hoje, como favorito na disputa, falou com cautela sobre o assunto. O deputado federal eleito assegurou que precisa primeiro honrar os votos recebidos e deixará a cargo do povo de São Luís lhe chamar para a missão de comandar a capital maranhense.

“O momento agora é de trabalhar, trabalhar muito por São Luís e pelo Maranhão, vamos focar no nosso mandato de deputado federal. Agora, é claro que se meu nome for lembrado pelo povo de São Luís para a disputa das eleições de 2020, serei sim candidato à Prefeitura de São Luís”, finalizou.

Foto: Agência Assembleia

sem comentário »

Edilázio lamenta postura hostil de Dino com Bolsonaro

0comentário

O deputado estadual Edilázio Júnior (PSD), eleito para a Câmara Federal no início deste mês, afirmou na tribuna da Assembleia Legislativa, na sessão de hoje, que atuará em Brasília em busca de recursos e investimentos do Governo Federal no Maranhão.

“Quero dizer que estarei em Brasília, na Câmara Federal, ao lado da democracia, ao lado do estado do Maranhão para que possa trazer recursos para os municípios”, disse.

Edilázio lamentou a postura de Flávio Dino e a hostilidade ao presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL).

“O Maranhão tem tudo para ser um estado penalizado pela conduta do governador que nós temos, um governador comunista, um governador que foi extremamente hostil e descortês com o presidente eleito, mas tenho certeza de que a grande maioria da Câmara Federal vai trabalhar em prol do estado para que nós possamos conseguir os recursos necessários para ajudar os nossos municípios, que o presidente eleito olhe o estado do Maranhão com bons olhos, não olhe para o governador do estado, mas olhe para o estado”, completou.

Edilázio elogiou o posicionamento do senador eleito, Weverton Rocha (PDT) e disse que o diálogo é o caminho para que o Maranhão avance.

“Fiquei até surpreso e feliz ao ver, para citar como exemplo, o senador eleito Weverton Rocha quando, nas redes sociais, falou que será oposição ao presidente eleito, porém está aberto a diálogo. O diálogo, que é importante para o nosso estado, tem que estar em primeiro lugar e acima de qualquer querela partidária. Coisa que falta ao nosso governador que está sempre acima do bem e do mal e acha que não precisa de ninguém”, enfatizou.

sem comentário »

Empresários querem aumentar tarifa para dar reajuste

1comentário

Uma nova rodada de negociações entre o Sindicato dos Rodoviários, Sindicato das Empresas de Transporte (SET) e representantes do poder público foi agendada para a próxima quarta-feira (7), às 14h, na sede do Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA), em São Luís.

A primeira audiência de mediação ocorreu na tarde desta quarta (31) e foi presidida pelo procurador Regional do Trabalho Roberto Magno Peixoto Moreira. Em pauta, a convenção coletiva de trabalho dos rodoviários para o biênio 2018-2020.

O sindicato obreiro pede reajuste salarial de 12%, aumento no valor do tíquete alimentação e inclusão de dependentes nos planos de saúde e odontológico. O sindicato patronal apreciou a proposta, mas ainda não foi possível celebrar acordo.

Para aceitar a proposta dos Rodoviários, os empresários precisariam aumentar a tarifa de R$ 3,10 para R$ 4,00.

Os representantes dos dois sindicatos se comprometeram em não realizar nenhuma paralisação do serviço de transporte até quarta-feira (7), data da próxima audiência.

Foto: Divulgação

1 comentário »

Maranhão pode sediar etapa da Superliga de Vôlei

0comentário

O secretário de Estado do Esporte e Lazer, Hewerton Pereira, esteve em reunião na terça-feira (30) com representantes da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e da Federação Maranhense de Voleibol (FMV), a fim de buscar parcerias para o calendário anual de jogos do ano que vem.

Na conversa, os gestores abordaram o trabalho realizado pela Secretaria durante o ano de 2018, e também trataram sobre a possibilidade de o Maranhão sediar uma das etapas do Campeonato Brasileiro de Vôlei, que ocorrerá em 2019.

“Nossa gestão tem investido no desenvolvimento do esporte, feito esse que pode ser visto por meio do grande número de atletas e modalidades que contam com o apoio do Estado”, enfatizou o secretário Hewerton Pereira.

A iniciativa de sediar uma etapa brasileira visa o fomento à pratica esportiva no Estado. “É uma iniciativa fundamental para o esporte do Maranhão, além de ajudar nossos atletas e incentivar a prática esportiva no Estado”, garantiu Hewerton.

Também conhecido como Superliga de Vôlei Brasileiro, o campeonato é um torneio anual realizado pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e que dá acesso ao Campeonato Sul-Americano de Clubes.

Foto: Divulgação

sem comentário »

Claro e NET ampliam liderança na velocidade da banda larga, segundo Speedtest® by Ookla®

0comentário

 

A Ookla analisou os resultados consolidados das medições de resultados do Speedtest realizadas pelos usuários durante o terceiro trimestre de 2018. Os resultados levam em conta milhões de testes realizados pelos brasileiros, via aplicativo ou pelo site do Speedtest, a partir de conexões móveis ou fixas.

A Ookla analisa velocidades de download, upload e latência de todas as operadoras do mercado.

Assim como no último report, Claro e NET foram consideradas as operadoras mais rápidas do Brasil, nas plataformas móvel e fixa, respectivamente.

Na categoria de rede móvel, a Ookla analisa os resultados alcançados em testes feitos por smartphones com sistemas operacionais Android e iOS. Já na rede fixa, os dados do Speedtest Intelligence® reportam as maiores velocidades atingidas em conexões com e sem fio (wi-fi) de cada operadora responsável pela conexão.

Rede Móvel

Nos resultados, a Claro obteve 12% de crescimento na média de velocidade de download em aparelhos compatíveis com o 4G (LTE) em relação ao segundo trimestre, sendo também a operadora que mais aumentou o percentual de velocidade média em relação ao trimestre anterior.

A Claro obteve média de velocidade de download de 31,7 Mbps no terceiro trimestre, índice 58% superior à média do mercado, que foi de 20,1 Mbps.

Já nas medições de upload, a Claro obteve velocidade de 10,51 Mbps, resultado 29% superior à média do mercado, que foi de 8,12 Mbps.

A rede móvel da Claro alcançou a liderança na média de velocidade de download em 25 das 27 unidades federativas. E, em relação à concorrência, a operadora tem a média de velocidade de download 55% superior à segunda colocada (20,48 Mbps) e 107% superior à terceira (15,30 Mbps). Já em upload, a Claro é 28% mais veloz que a segunda da lista e 38% superior à terceira colocada.

Recentemente a Claro divulgou resultados demonstrando forte crescimento da receita de serviços móveis e liderança na relação de portabilidade numérica, sinais de que o diferencial em qualidade de sinal e velocidade da conexão móvel estão ajudando a operadora a atrair novos clientes.

“Estes resultados refletem o investimento significativo e consistente que está sendo feito em nossa infraestrutura de rede. Cerca de 80% do projeto de modernização da rede móvel da Claro será concluída ainda este ano, e os 20% restantes serão modernizados em 2019. Com isso, estamos implantando o que há de mais moderno disponível e expandindo nossa cobertura e qualidade de sinal”, avalia Paulo César Teixeira, CEO da Claro.

Rede Fixa

Na banda larga fixa, a NET manteve seu status de internet mais rápida do Brasil com velocidade média de download de 37,4 Mbps, 50% acima da média nacional, que ficou em 24,9Mbps. A performance da operadora superou os resultados alcançados no trimestre anterior em 11,2%.

Como resultado do investimento na infraestrutura de rede, a NET segue liderando o crescimento do mercado de banda larga fixa no Brasil, com 9 milhões de clientes, e também no segmento de “ultravelocidade” (conexões com velocidade acima de 34 Mbps), alcançando a marca de 2,9 milhões de clientes e mais de 50% de participação de mercado no segmento.

A NET lidera em 20 dos 25 onde atua, segundo dados do Speedtest Intelligence. Em alguns dos estados a velocidade média alcançada pela NET chega a ser 200% superior ao segundo colocado.

Daniel Barros, CEO da NET, acredita que os investimentos na rede da operadora e a expansão para novas cidades são alguns fatores que colaboram para resultados tão expressivos. “Nossos investimentos estão sempre voltados em novas tecnologias e soluções, para que o nosso cliente tenha maior estabilidade para a conexão, com a maior velocidade e menor latência, permitindo uma experiência conectada em toda a casa e para todos os dispositivos”, afirma.

Informações e dúvidas podem ser direcionadas à Ookla pelo e-mail [email protected].

Da Assessoria

sem comentário »

Eliziane critica a fusão de ministérios por Bolsonaro

0comentário

A senadora eleita Elizane Gama (PPS) criticou o anúncio de fusão de ministérios pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Uma das promessas de campanha de Bolsonaro foi a redução do número de ministérios que deverão ser reduzidos a 15 ministérios.

Segundo Eliziane, a fusão dos ministérios da Agricultura com Meio Ambiente pode significar sobrepor a defesa do meio ambiente a interesses econômicos.

“O Ministério da Agricultura tem o dever de fomentar um importante setor da economia nacional. O Mininistério do Meio Ambiente de proteger os nossos ecossistemas. Unificar pode significar sobrepor a defesa do meio ambiente a interesses econômicos”, disse.

Além da fusão dos ministérios da Agricultura e Meio Ambiente, o presidente eleito deverá unificar os ministérios da Fazenda, Economia e Indústria e Comércio.

Outra fusão bastante comentada é a dos ministérios da Educação, Cultura e Esporte, além de Infraestrutura e Transportes; Desenvolvimento Sociail e Direitos Humanos; Integração Nacional, Cidades e Turismo.

Foto: Agência Câmara

sem comentário »

Maranhão registra 141 mortes violentas em agosto

0comentário

O Maranhão registrou 141 mortes violentas no mês de agosto, segundo o balanço da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA). O índice representa 2.0 mortes para cada 100 mil habitantes.

Em agosto, o estado obteve 136 homicídios dolosos e 5 latrocínios e nenhuma lesão corporal seguida de morte foi registrada. Neste mês, foram contabilizados 15 crimes a mais em relação ao mês de julho. Até o momento, o Maranhão já registrou ao todo, 1.126 mortes.

O levantamento realizado durante os oito primeiros meses, revelou que janeiro, março, junho e agosto são até o momento os meses mais violentos do ano, contabilizando ao total, 611 mortes. Abril segue sendo o mês menos violento, com o registro de 121 mortes.

Os dados foram levantados pelo índice nacional de homicídios criado pelo G1, ferramenta que permite o acompanhamento dos dados de crimes violentos mês a mês no país.

O mapa faz parte do Monitor da Violência, uma parceria do G1 com o Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (USP) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública.

Confira os dados mês a mês:

JANEIRO: 164 mortes – índice de 2.33 mortes para cada 100 mil habitantes
FEVEREIRO: 131 mortes – índice de 1.86 mortes para cada 100 mil habitantes
MARÇO: 152 mortes – índice de 2.16 mortes para cada 100 mil habitantes
ABRIL: 121 mortes – índice de 1.72 mortes para cada 100 mil habitantes
MAIO: 137 mortes – índice de 1.90 mortes para cada 100 mil habitantes
JUNHO: 154 mortes – índice de 2.20 mortes para cada 100 mil habitantes
JULHO: 126 mortes – índice de 1.80 mortes para cada 100 mil habitantes
AGOSTO: 141 mortes – índice de 2.0 mortes para cada 100 mil habitantes

Leia mais no G1

sem comentário »

Sampaio também denuncia o São Bento no STJD

3comentários

O Sampaio protocolou uma denúncia no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) contra o São Bento por conta de uma possível irregularidade na transferência atacante Gabriel Vasconcelos no Campeonato Brasileiro da Série B 2018.

A ação do Sampaio segue a mesma linha do Paysandu que foi a primeira equipe a levantar a possível irregularidade do jogador emprestado ao São Bento pelo Corinthians. Segundo o diretor jurídico do Sampaio, o atacante Gabriel Vasconcelos atuou de forma irregular em cinco partidas.

“Entendemos que houve um artifício para burlar o Regulamento Específico da competição, que impede um clube de receber mais de 5 atletas de outros clubes da Série B. O atleta, a nosso ver, participou de 5 jogos de forma irregular e isso precisa ser punido. Nessa reta final, uma posição na classificação pode ser fundamental para nossa permanência na Série B”,  disse diretor jurídico do Sampaio, Perez Paz.

Segundo o departamento jurídico de Paysandu e Sampaio, o São Bento extrapolou o número de contratações permitidas de jogadores na Série B.

O Artigo. 8º do REC (Regulamento Específico da Competição) diz: “Uma vez iniciado o Campeonato, cada clube poderá receber até 5 (cinco) atletas transferidos de outros clubes da Série B”. O São Bento teria seis, no caso o atacante Gabriel Vasconcelos.

Com 43 pontos, o São Bento é o 12º colocado e se for punido perderá 15 pontos e cairia para a última colocação com 28 pontos.

Foto: Emilio Botta

3 comentários »

MP realiza operação em Paço do Lumiar

0comentário

Onze pessoas foram presas, na manhã desta quarta-feira, (31), na segunda fase da Operação Cooperare, que investiga irregularidades na contratação da Cooperativa Maranhense de Trabalho e Prestação de Serviços (COOPMAR) pela Prefeitura de Paço do Lumiar.

Deflagrada pelo Ministério Público do Maranhão, por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Paço do Lumiar e do Grupo de Atuação Especial no Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), em parceria com a Polícia Civil e Controladoria Geral da União (CGU), a operação cumpriu mandados de prisão preventiva de Gleydson de Jesus Gomes Araújo, Marcelo Antônio Muniz Medeiros, Raildson Diniz Silva, Marben Costa Bezerra, Hilda Helena Rodrigues da Silva, Carlos Alex Araújo Prazeres, Artur Costa Gomes, Gedian Lima de Macedo, Peterson Brito Santos, Lucas do Nascimento e Aislan Denny Barros Alves da Silva. Os acusados foram denunciados por lavagem de dinheiro, organização criminosa e peculato.

A primeira fase da Operação Cooperare aconteceu em 2016. Durante as investigações, foi apurado que a COOPMAR, ao longo de três anos, recebeu repasses de 17 prefeituras e também da Federação das Administrações Municipais do Estado do Maranhão (Famem), da ordem de R$ 230 milhões. Desse total, R$ 12.929.170,11 foram creditados pelo Município de Paço do Lumiar.

Relatórios técnicos da Assessoria Técnica do Ministério Público e da CGU constataram que a COOPMAR não possuía os requisitos necessários para ser classificada como cooperativa de trabalho, funcionando, na prática, como uma empresa privada.

Na época, foram cumpridos mandados de busca, apreensão e de bloqueio de bens, autorizados pela juíza Jaqueline Caracas, da 1ª Vara de Paço do Lumiar.

Foto

sem comentário »